Carregando...
JusBrasil
24 de outubro de 2014

Página 1 de 225.514 86 32 107.617 117.778 5 2 resultados para "Art. 485, V, CPC" em Notícias em Artigos em Jurisprudência em Diários em Legislação em Modelos e peças

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 715 SP 1998/0001134-0 (STJ)

Data de publicação: 22/08/2014

Ementa: PROCESSO CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. ART. 485, V, CPC. VIOLAÇÃO LITERAL A DISPOSITIVO LEGAL. INOCORRÊNCIA. 1 - O manejo da ação rescisória é, por princípio, medida judicial excepcional, e sua admissão deve ser restritiva, em atenção ao princípio da segurança jurídica. 2 - Não merece prosperar a pretensão rescisória nos casos em que os dispositivos ventilados pelo postulante e a matéria trazida para deslinde não tenham sido examinados pelo julgado o qual se postula a desconstituição. 3 - Ação rescisória cujo pedido é julgado improcedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 1932 SP 2001/0109813-9 (STJ)

Data de publicação: 22/08/2014

Ementa: PROCESSO CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. ART. 485, V, CPC. VIOLAÇÃO LITERAL A DISPOSITIVO LEGAL. INOCORRÊNCIA. REVISÃO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO. IMPROCEDÊNCIA. 1 - O manejo da ação rescisória é, por princípio, medida judicial excepcional, e sua admissão deve ser restritiva, em atenção ao princípio da segurança jurídica. 2 - A jurisprudência do STJ é pacífica no sentido de que o ajuizamento de ação rescisória com fulcro no art. 485, V, do CPC, pressupõe violação a dispositivo legal em sua literalidade. 3 - In casu, a decisão rescindenda exarou entendimento no sentido de que "o cálculo do menor valor-teto dos salários-de-benefício, com o advento da Lei n.º 6.205/75", posteriormente alterada pela Lei n.º 6.708/79, desvinculou-se do número de salários mínimos, passando-se a utilizar a unidade-salarial. 4 - Com efeito, reportando à jurisprudência desta Corte de Justiça ao tempo do julgado guerreado, verifica-se que existiam entendimentos análogos ao expresso no acórdão rescindendo. 5 - Ação rescisória improcedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3503 MG 2006/0033682-5 (STJ)

Data de publicação: 10/06/2014

Ementa: PROCESSUAL CIVIL E PREVIDENCIÁRIO. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL DE DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . CONVERSÃO DE TEMPO DE SERVIÇO ESPECIAL EM COMUM. EXPOSIÇÃO A RUÍDO. LIMITE MÍNIMO. 1. Decisão rescindenda que, monocraticamente, deu provimento a recurso especial do INSS sob a equivocada percepção de que o acórdão recorrido destoava da jurisprudência dominante desta Corte. 2. Ao tempo em que proferida a decisão rescindenda, prevalecia no âmbito desta Corte a orientação firmada no julgamento dos EREsp n. 412.351/RS, no sentido de que o ruído a ser considerado para efeito de aposentadoria especial permaneceu fixado em 80dB até 5.3.1997, conforme estabelecido em instrução normativa do INSS. 3. Efetiva violação literal de dispositivo legal (art. 557 , § 1º-A, do CPC ), que somente admite o provimento monocrático do recurso, pelo relator, se a decisão recorrida estiver em manifesto confronto com súmula ou com jurisprudência dominante do Supremo Tribunal Federal ou de Tribunal Superior. 4. Precedente: AR 3.412/MG, Rel. Ministro Sebastião Reis Júnior, Terceira Seção, DJe 5/6/2013. 5. Ação rescisória procedente.

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL AgRg no AgRg no AREsp 257728 MA 2012/0242849-9 (STJ)

Data de publicação: 31/03/2014

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. ART. 485 , V CPC . ACÓRDÃO RECORRIDO EMBASADO NAS PROVAS DOS AUTOS. REEXAME. IMPOSSIBILIDADE. SÚMULA 7/STJ. O Tribunal de origem amparou-se inteiramente nas provas dos autos para julgar procedente a ação rescisória, o que importa dizer que, para infirmar as conclusões a que chegou a Corte a quo, necessário seria o reexame do conjunto fático probatório, o que encontra óbice na Súmula 7/STJ. Agravo regimental improvido.

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL AgRg no REsp 1397694 MG 2013/0263664-9 (STJ)

Data de publicação: 05/12/2013

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL. AÇÃO RESCISÓRIA. LEGITIMIDADE PASSIVA. COISA JULGADA AUSÊNCIA DE VIOLAÇÃO LITERAL A DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . 1. O STJ tem entendimento uníssono sobre a impossibilidade de rescindir o julgado sem clara demonstração de ofensa a norma legal. Precedentes. 2. Agravo Regimental não provido.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3440 SP 2005/0182317-0 (STJ)

Data de publicação: 10/06/2014

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL DE DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . OCORRÊNCIA. ACUMULAÇÃO DE BENEFÍCIO AUXÍLIO-ACIDENTE COM APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO. POSSIBILIDADE. APOSENTADORIA E MOLÉSTIA INCAPACITANTE ANTERIORES À VIGÊNCIA DA LEI N. 9.528 /1997. PRECEDENTES. AÇÃO PROCEDENTE. 1 - O art. 485 , V , do CPC abre caminho à rescisão do decisum quando ocorre violação de literalidade da norma legal. 2 - O acórdão rescindendo exarou entendimento, baseado na norma prevista na Lei n. 8.213 /1991, com redação dada pela Lei n. 9.528 /1997, de que é vedada a cumulação da aposentadoria e do auxílio-acidente. 3 - Todavia, na espécie, a aposentadoria e a doença incapacitante são anteriores à inovação legal inserida pela Lei n. 9.528 /1997. 4 - Aplicação do enunciado sumular n. 507 deste Superior Tribunal de Justiça: "a acumulação de auxílio-acidente com aposentadoria pressupõe que a lesão incapacitante e a aposentadoria sejam anteriores a 11/11/1997, observado o critério do art. 23 da Lei n. 8.213 /1991 para definição do momento da lesão nos casos de doença profissional ou do trabalho". Precedentes. 5 - Ação rescisória procedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3657 SP 2006/0227152-5 (STJ)

Data de publicação: 10/06/2014

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL DE DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . OCORRÊNCIA. ACUMULAÇÃO DE BENEFÍCIO AUXÍLIO-ACIDENTE COM APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO. POSSIBILIDADE. APOSENTADORIA E MOLÉSTIA INCAPACITANTE ANTERIORES À VIGÊNCIA DA LEI N. 9.528 /1997. PRECEDENTES. AÇÃO PROCEDENTE . 1 - O art. 485 , V , do CPC abre caminho à rescisão do decisum quando ocorre violação de literalidade da norma legal. 2 - O acórdão rescindendo exarou entendimento, baseado na norma prevista na Lei n. 8.213 /1991, com redação dada pela Lei n. 9.528 /1997, de que é vedada a cumulação da aposentadoria e do auxílio-acidente. 3 - Todavia, na espécie, a aposentadoria e a doença incapacitante são anteriores à inovação legal inserida pela Lei n. 9.528 /1997. 4 - Aplicação do enunciado sumular n. 507 deste Superior Tribunal de Justiça: "a acumulação de auxílio-acidente com aposentadoria pressupõe que a lesão incapacitante e a aposentadoria sejam anteriores a 11/11/1997, observado o critério do art. 23 da Lei n. 8.213 /1991 para definição do momento da lesão nos casos de doença profissional ou do trabalho". Precedentes. 4 - Ação rescisória procedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3838 SP 2007/0223984-1 (STJ)

Data de publicação: 27/03/2014

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL À DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . INOCORRÊNCIA. ACUMULAÇÃO DE BENEFÍCIO AUXÍLIO-ACIDENTE COM APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO. IMPOSSIBILIDADE. DECISÃO RESCINDENDA EM CONSONÂNCIA COM A LITERALIDADE DO ART. 86 DA LEI N. 8.213 /1991, COM REDAÇÃO DADA PELA LEI 9.528 /1997. PRECEDENTES. PEDIDO IMPROCEDENTE. 1 - O art. 485 , V , do CPC abre caminho à rescisão do decisum quando ocorre violação à literalidade da norma legal. 2 - O § 2º , do art. 86 , da Lei n. 8.213 /1991, com redação dada pela Lei n. 9.528 /1997, é claro ao vedar a acumulação do benefício de auxílio-acidente com a aposentadoria, qualquer que seja a sua natureza. 3 - O acórdão rescindendo exarou entendimento, baseado na norma insculpida na Lei de Benefícios, de que é vedada a cumulação da aposentadoria e do auxílio-acidente. 4 - A jurisprudência do STJ é pacífica quanto à impossibilidade de perceber concomitantemente benefício acidentário e aposentadoria, quando o acidente ocorreu após a mudança legislativa operada pela Lei n. 9.528 /1997. 5 - Ação rescisória cujo pedido é julgado improcedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3582 SP 2006/0122549-8 (STJ)

Data de publicação: 27/03/2014

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL À DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . INOCORRÊNCIA. ACUMULAÇÃO DE BENEFÍCIO AUXÍLIO-ACIDENTE COM APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO. IMPOSSIBILIDADE. DECISÃO RESCINDENDA EM CONSONÂNCIA COM A LITERALIDADE DO ART. 86 DA LEI N. 8.213 /1991, COM REDAÇÃO DADA PELA LEI 9.528 /1997. PRECEDENTES. PEDIDO IMPROCEDENTE. 1 - O art. 485 , V , do CPC abre caminho à rescisão do decisum quando ocorre violação à literalidade da norma legal. 2 - O § 2º , do art. 86 , da Lei n. 8.213 /1991, com redação dada pela Lei n. 9.528 /1997, é claro ao vedar a acumulação do benefício de auxílio-acidente com a aposentadoria, qualquer que seja a sua natureza. 3 - A decisão monocrática rescindenda exarou entendimento, baseado na norma insculpida na Lei da Benefícios, de que é vedada a cumulação da aposentadoria e do auxílio-acidente. 4 - A jurisprudência do STJ é pacífica quanto à impossibilidade de perceber concomitantemente benefício acidentário e aposentadoria, quando o acidente ocorreu após a mudança legislativa operada pela Lei n. 9.528 /1997. 5 - Ação rescisória cujo pedido é julgado improcedente.

STJ - AÇÃO RESCISÓRIA AR 3492 SP 2006/0021525-6 (STJ)

Data de publicação: 27/03/2014

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. VIOLAÇÃO LITERAL À DISPOSIÇÃO DE LEI. ART. 485 , V , CPC . INOCORRÊNCIA. ACUMULAÇÃO DE BENEFÍCIO AUXÍLIO-ACIDENTE COM APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO. IMPOSSIBILIDADE. AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DO NEXO DE CAUSALIDADE E REDUÇÃO DA CAPACIDADE LABORAL. DECISÃO RESCINDENDA EM CONSONÂNCIA COM A LITERALIDADE DO ART. 86 DA LEI N. 8.213 /1991, REDAÇÃO ORIGINAL E REDAÇÃO DADA PELA LEI 9.528 /1997. PRECEDENTES. PEDIDO IMPROCEDENTE. 1 - O art. 485 , V , do CPC abre caminho à rescisão do decisum quando ocorre violação à literalidade da norma legal. 2 - O texto original do art. 86 da Lei n. 8.213 /1991 é claro, no seu § 2º, em consignar que é possível a acumulação do auxílio-acidente com outro rendimento auferido pelo segurado, e no § 4º estabelece que em casos de disacusia é necessária a comprovação do nexo de causalidade da doença com o labor exercido, bem como a perda ou redução da capacidade de trabalho. 3 - A Lei n. 8.213 /1991, com redação dada pela Lei 9.543 /1997, vedou a possibilidade de cumular o benefício acidentário com aposentadoria e manteve a necessidade de comprovação do nexo causal da moléstia incapacitante com a atividade profissional e a diminuição da capacidade produtiva. 4 - A decisão monocrática rescindenda exarou entendimento de que é vedada a cumulação do benefício de aposentadoria com o de auxílio-acidente após a edição da Lei n. 9.528 /1997 e de que não há elementos nos autos que comprovem a eclosão da doença incapacitante em período anterior à edição da citada norma infraconstitucional que proibiu a pretendida cumulação. 5 - O autor, aposentado por tempo de serviço desde 18.2.1998, o qual não se afastou da atividade laborativa, período em que teria adquirido a moléstia incapacitante, cujo ajuizamento da ação deu-se em momento posterior à inovoção legislativa. 6 - O laudo pericial não conclui pelo nexo de causalidade da doença com o labor exercido, assim como pela inexistência de redução da capacidade produtiva. 7 - A jurisprudência do STJ é pacífica quanto à impossibilidade de perceber concomitantemente benefício acidentário e aposentadoria, quando o acidente ocorreu após a mudança legislativa operada pela Lei n. 9.528 /1997. Precedentes. 8 - Ação rescisória cujo pedido é julgado improcedente....

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca