Carregando...
JusBrasil
01 de agosto de 2015

Página 1 de 21.340 8 1.068 20.263 1 resultados para "Designada nova audiência admonitória ()" em Notícias em Jurisprudência em Diários em Legislação

DJGO 09/10/2014 - Pág. 923 - Seção II - Diário de Justiça do Estado de Goiás

DO DA ACUSADA REQUEREU QUE SEJA DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA. NãO CONSTA NOS AUTOS MOTIVO... DESPACHO : DESIGNO AUDIENCIA ADMONITORIA PARA O DIA 05/11/2014 AS 13:00 HORAS PARA AUDIENCIA... MESMO ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 23/03/2015 - Pág. 1039 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA, PARA A QUAL O REEDUCANDO NAO COMPARECEU (FL. 94). FOI.... 77). COM A REFORMA DA CONDENACAO FEITA PELO TJGO, F OI DESIGNADA AUDIENCIA ADMONITORIA (FL. 80... NO REGIME ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 10/04/2015 - Pág. 583 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

AS FL. 201/202, QUANDO SE RA DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA, COM A EXPEDICAO DA GUIA... HORAS PARA REALIZACAO DE AUDIENCIA ADMONITORIA. INTIME-SE O REEDUCANDO. NOTIFIQUE-SE O MINISTERIO... DE ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 28/11/2014 - Pág. 2651 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

EM QUE DEV ERA SER DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA. NADA MAIS HAVENDO P ARA CONSTAR, O MM... - CONDUZIR DOCUMENTOS PESSOAIS E COPIA DO TERMO DE AUDIENCIA DE A DVERTENCIA, PARA EXIBI A AUDIENCIA O FOI ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 09/02/2015 - Pág. 746 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

DE ENDERECO (FL. 19), A PRISÃO FOI REVOGADA (FL. 22), TENDO SIDO DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA... DE R$ 724 ,00. A FL. 02 FOI DESIGNADA AUDIENCIA ADMONITORIA, REALIZADA A FL . 07. O REEDUCANDO... ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 03/12/2014 - Pág. 74 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

REQUEREU QUE FOSSE DESIGNADA NOVA AUDIENCIA ADMONITORIA CO M A CONSEQUENTE EXPEDICAO DE CARTA... : EMANUEL DAMASCENO VIEIRA DESPACHO : ATA DE AUDIENCIA ADMONITORIA AUTOS N : 201400638253 AUTOR : MINIS... O ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJCE 23/02/2010 - Pág. 229 - Diário de Justiça do Estado do Ceará

: POR MEIO DESTA, FICA VOSSA SENHORIA INTIMADO QUE FOI DESIGNADA NOVA AUDIÊNCIA ADMONITÓRIA, NOS TERMOS... - INTIMAÇÃO PARA COMPARECEREM À AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO AGENDADA PARA O DIA 02 DE MARÇO DE 2010... ...

Diário • Diário de Justiça do Estado do Ceará

TJ-PR - Habeas Corpus HC 12465342 PR 1246534-2 (Decisão Monocrática) (TJ-PR)

Data de publicação: 07/04/2015

Decisão: para tanto a concessão liminar da ordem para que seja designada nova audiência admonitória, para que o paciente, querendo, apresente resposta quanto ao descumprimento da pena aplicada. É, em suma, o relatório. Observa-se que foi realizada uma audiência monitória em 10 de julho de 2014 e que a pretensão do presente habeas corpus era justamente a realização desta, para que o paciente pudesse justificar o descumprimento das penas restritivas de direito, e, assim, retomar a execução normal dessas reprimendas. Posto isso, entendo que não mais subsiste o aventado constrangimento ilegal e o presente writ perdeu seu objeto. Assim, conforme prevê o artigo 659, do Código de Processo Penal, "Se o juiz ou o tribunal verificar que já cessou a violência ou coação ilegal, julgará prejudicado o pedido". Neste sentido: "HABEAS CORPUS - PERDA DE OBJETO - EXTINÇÃO DO PROCESSO. Verificada a perda de objeto da medida, impõe-se a extinção do processo sem julgamento de mérito." (STF - 1ª Turma - HC 82986/SP - Rel. Min. Marco Aurélio - unanime - j. 11/11/2003 - pub. 06/02/2004). Sendo assim, ante a perda do objeto, julgo prejudicado o presente writ, nos termos do artigo 659, do Código de Processo Penal. Ante o exposto, monocraticamente, julgo extinto o presente habeas corpus, em razão da perda de objeto, com fulcro nos artigos 659 do Código de Processo Penal e 200, inciso XXIV do Regimento Interno deste Tribunal. Intimem-se. Curitiba, 26 de março de 2015. MÁRCIO JOSÉ TOKARS Relator MB..., visto que não foi designada audiência admonitória para que o paciente pudesse justificar-se. Requer

STF - HABEAS CORPUS HC 111904 SP (STF)

Data de publicação: 09/03/2012

Decisão: do descumprimento das condições fixadas para o cumprimento das penas restritivas de direito, foi designada nova... audiência admonitória. O advogado do paciente não pôde comparecer à primeira audiência, marcada para o dia 04 de agosto de 2010, por ter outra audiência marcada para a mesma data. Por esse motivo, houve nova designação. À segunda audiência, em 02 de setembro de 2010, o paciente não compareceu, apresentando atestado médico para justificar ausência. O Magistrado do feito não aceitou a justificativa do paciente e determinou a conversão das penas restritivas de direito em privativa de liberdade e alterou para semiaberto o regime inicial de cumprimento da pena. A decisão do Magistrado de primeiro grau foi mantida pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região e pelo Superior Tribunal de Justiça. Daí a presente impetração. 3. Neste writ, o impetrante assevera constrangimento ilegal, à alegação de: i) cerceamento de defesa pela decisão do Juiz de primeiro grau, que não aceitou pedido para apresentação de outro atestado médico; ii) necessidade, para a regressão do regime prisional, de prévia oitiva do paciente; iii) nulidade da audiência marcada para o dia 07 de setembro de 2010, por falta de intimação do paciente. Assim, requer o impetrante o deferimento de medida liminar a fim de que se suspendam os efeitos do mandado de prisão expedido contra o paciente. No mérito, requer o restabelecimento do regime aberto para o cumprimento da pena privativa de liberdade. É o relatório. Decido. 4. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça denegou o HC 196.756/SP , nos termos da seguinte , da lavra do Ministro Gilson Dipp: “CRIMINAL. HABEAS CORPUS. CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA. PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE SUBSTITUÍDA POR RESTRITIVAS DE DIREITOS. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS À COMUNIDADE. PRESTAÇÃO PECUNIÁRIA. DESCUMPRIMENTO REITERADO DAS CONDIÇÕES IMPOSTAS PELO JUÍZO. NÃO COMPARECIMENTO INJUSTIFICADO À AUDIÊNCIA ADMONITÓRIA DESIGNADA. CONVERSÃO DA PENA ALTERNATIVA EM CORPORAL. CERCEAMENTO DE DEFESA NÃO DEMONSTRADO. APENADO QUE NÃO COMPARECEU À SEGUNDA AUDIÊNCIA. DEFESA QUE NÃO APRESENTOU QUALQUER DOCUMENTO APTO A JUSTIFICAR O COMPORTAMENTO DO PACIENTE. MAGISTRADO QUE OFERECEU DIVERSAS OPORTUNIDADES AO SENTENCIADO ANTES DE DECRETAR A REGRESSÃO AO REGIME SEMIABERTO. PERSONALIDADE QUE NÃO SE ADEQUA AO DESCONTO DA REPRIMENDA EM MEIO ABERTO. ORDEM DENEGADA. I. Cerceamento do direito de defesa do apenado por ausência de intimação pessoal da data da primeira audiência admonitória que não restou demonstrada nos autos, tendo o Juízo processante, de fato, determinado a sua intimação pessoal, advertindo-lhe acerca da possibilidade de conversão das penas restritivas de direitos em corporal. II. Regressão de regime que se baseou no fato de o paciente não ter justificado o descumprimento das penas restritivas de direitos a ele impostas, não obstante lhe terem sido oferecidas diversas oportunidades para tal mister, sem que possa se falar em cerceamento de defesa pelo simples fato de o Juízo das Execuções ter indeferido o pedido de apresentar novo atestado médico em data posterior. III. Defesa que se limitou a indigitar supostas irregularidades processuais, olvidando-se de apresentar qualquer prova de que o descumprimento das condições impostas ao réu tenham sido justificáveis, não tendo sequer mencionado qual teria sido o óbice enfrentado pelo paciente que o impediu de acatar a ordem judicial. IV. Em que pese a impossibilidade de alteração da sentença após o seu trânsito em julgado, admite-se a regressão de regime prisional quando o apenado descumpre as condições imposta para o desconto da pena em meio menos severo. V. O condenado poderá ser transferido do regime aberto quando frustrar os fins da execução, sendo que atitudes que evidenciam verdadeiro desprezo à execução penal permitem não só a conversão da pena alternativa em privativa de liberdade, mas também a imposição de regime mais gravoso do que o imposto na sentença condenatória. VI. O descumprimento reiterado das condições impostas na audiência admonitória demonstra, em princípio, que o paciente não possui a autodisciplina necessária e senso de responsabilidade necessário para o cumprimento da pena em meio aberto. VII. Ordem denegada, nos termos do voto do Relator”. Com efeito, da leitura do acórdão impugnado na inicial, verifico que o ato se encontra devidamente motivado, apontando as razões de convencimento para denegar o pedido. Ressalto que, para fins de apreciação do pedido de medida liminar, é necessário avaliar se o acórdão atacado caracteriza patente constrangimento ilegal. Na hipótese dos autos, as razões do aresto hostilizado mostram-se relevantes e, em um primeiro exame, sobrepõem-se aos argumentos lançados no writ. Pelo que se depreende do relato do caso, o paciente, em cognição sumária, não cumpriu as penas restritivas de direito e deixou de comparecer, às audiências designadas pelo Juízo, nas quais seria oportunizada a apresentação de justificativas.Pelo menos três datas foram designadas para tal fim, sendo que em uma não compareceu injustificadamente e nas outras sempre foi apresentada alguma escusa. Ora, se condenado tem que cumprir pena restritiva e se sabe que o descumprimento desta pode levar a sua prisão, deveria ver como prioritário para os seus interesses o comparecimento em audiência designada pelo juiz para o esclarecimento dos fatos. Não o fazendo, aparenta agir com desídia, não deixando alternativa ao juiz da execução. Desse modo, não vislumbro a presença do requisito do fumus boni iuris para a concessão da tutela pleiteada. 5. Ante o exposto, indefiro o pedido de liminar. Encaminhem-se os autos à Secretaria Judicial para que se aguardem as informações solicitadas anteriormente pelo Ministro Cezar Peluso, Presidente desta Suprema Corte. Após, colha-se a manifestação da Ministério Público Federal. Publique-se. Brasília, 05 de março de 2012.Ministra Rosa WeberRelatora... o cumprimento das penas restritivas de direito foram fixadas em audiência admonitória realizada em 02...

STF - Inteiro Teor. HABEAS CORPUS: HC 111904 SP

Data de publicação: 24/04/2013

Decisão: restritivas de direito, foi designada nova audiência admonitória, para fins de justificação. Em 12... 111904 / SP liberdade, inicialmente em regime aberto, restando designada nova audiência admonitória... injustificadamente. Nessa mesma ocasião, foi designada nova audiência admonitória para o dia 24 de agosto...

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca