Carregando...
JusBrasil
01 de julho de 2015

Página 1 de 69.802 19 16 43.431 26.326 11 1 resultados para "Extinção do Processo por Carência de Ação (ilegitimidade ..." em Notícias em Artigos em Jurisprudência em Diários em Legislação em Modelos e peças

TJ-MG - Apelação Cível AC 10045120019976001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 17/04/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO - RELAÇÃO LOCATÍCIA NÃO COMPROVADA - ILEGITIMIDADE ATIVA - CARÊNCIA DA AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. I- É legítimo para figurar no pólo ativo de ação de despejo cumulada com cobrança de aluguéis o locador do imóvel. II- Inexistindo nos autos sequer indícios suficientes para demonstrar a existência do contrato de locação entre as partes (ainda que verbal), a fim de embasar a pretensão autoral, impõe-se a extinção do feito, sem resolução do mérito, por ilegitimidade ativa "ad causam". (art. 267 , inc. VI do CPC )

TJ-MG - Apelação Cível AC 10701110375089001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 12/07/2013

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS DE TERCEIRO. ILEGITIMIDADE ATIVA. CARÊNCIA DE AÇÃO. EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO. CONFIRMAÇÃO. Diante da constatação de que a penhora questionada por via de embargos de terceiro não incide sobre bem ou direito de titularidade dos embargantes, correta se mostra a declaração de ilegitimidade ativa e carência de ação, com a extinção do processo sem julgamento de mérito.

STJ - RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA RMS 29701 GO 2009/0113029-7 (STJ)

Data de publicação: 30/09/2009

Ementa: PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO – MANDADO DE SEGURANÇA – ILEGITIMIDADE PASSIVA AD CAUSAM – CARÊNCIA DA AÇÃO – EXTINÇÃO DO PROCESSO – RECURSO QUE NÃO DEMONSTRA A LEGITIMIDADE ATIVA DO IMPETRADO – INSURGÊNCIA APENAS CONTRA O MÉRITO. 1. Acórdão que extinguiu o feito por ilegitimidade ativa do Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, pois o ato impugnado foi expedido por determinação do Conselho Nacional de Justiça. 2. Recurso que não refuta o fundamento do acórdão estadual, tampouco demonstra a legitimidade ativa do impetrado. Razões recursais que dizem respeito apenas ao mérito do ato apontado como coator, sequer analisado pelo Tribunal a quo. Recurso ordinário não-conhecido.

TJ-SP - Apelação APL 91148076520098260000 SP 9114807-65.2009.8.26.0000 (TJ-SP)

Data de publicação: 28/03/2014

Ementa: Apelação. Ação Anulatória. Não comprovação do registro do instrumento particular de compromisso de compra e venda. Carência da ação por ilegitimidade ativa. Extinção do processo sem resolução de mérito. 1. Insurgência dos autores da ação anulatória contra atos praticados em execução fiscal. 2. Contratos particulares não são oponíveis à Fazenda Pública. 3. Impõe-se o reconhecimento da ilegitimidade ativa e da carência da ação por falta de condição da ação. 4. Apelo da Municipalidade provido, para extinguir o processo, sem resolução do mérito, diante da carência da ação por ilegitimidade ativa. Recurso provido.

TJ-MG - Ação Direta Inconst 10000130951312000 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 06/03/2015

Ementa: AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE - AJUIZAMENTO POR SINDICATO DE BASE TERRITORIAL MUNICIPAL - SUJEITO NÃO CONTEMPLADO NO ROL CONSTITUICIONAL TAXATIVO DE PARTES LEGITIMADAS - ILEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - CARÊNCIA DE AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO, SEM RESOLUÇÃO DE MÉRITO. - As entidades sindicais de base territorial municipal não estão contempladas no rol taxativo estabelecido no art. 118 da Constituição do Estado, das partes legitimadas para o ajuizamento das ações diretas de inconstitucionalidade. Assim, os sujeitos dessa categoria não possuem legitimidade ativa para o ajuizamento das ações da espécie. Precedentes do STF e do TJMG.

Encontrado em: JULGARAM EXTINTO O PROCESSO, SEM RESOLUÇÃO DE MÉRITO". Esteve presente o (a) WALLACE FABRÍCIO PAIVA... SOUZA pelo (a) recorrente (s) Órgão Especial / ÓRGÃO ESPECIAL 06/03/2015 - 6/3/2015 Ação Direta

TJ-MG - Apelação Cível AC 10309100040125001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 27/04/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS DE TERCEIRO. CARÊNCIA DE AÇÃO. ILEGITIMIDADE ATIVA E FALTA DE INTERESSE DE AGIR. EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. A legitimidade para a causa consiste na qualidade da parte de demandar e ser demandada, ou seja, de estar em juízo. Já o interesse de agir trata-se de condição da ação que deve ser compreendida sob dois aspectos: a necessidade e utilidade do provimento jurisdicional pleiteado e a adequação do procedimento escolhido para se atingir tal fim. Nos termos do art. 1.046 do CPC , o terceiro senhor e possuidor ou apenas possuidor pode ajuizar embargos de terceiro quando sofrer turbação ou esbulho na posse de seus bens por ato de apreensão judicial. Se o autor confessa que já alienou o veículo que pretende livrar de constrição judicial antes mesmo do ajuizamento desta ação, ele não possui nem legitimidade ativa, nem interesse de agir para propositura dos embargos de terceiro, já que não se apresenta como proprietário ou possuidor do bem móvel e não sofreu qualquer turbação ou esbulho na posse de seus bens, hábeis a justificar a propositura dos embargos. Ademais, a teor do disposto no art. 6º do CPC , ninguém poderá pleitear, em nome próprio, direito alheio, salvo quando autorizado por lei.

Encontrado em: SUSCITARAM, DE OFÍCIO, E ACOLHERAM A PRELIMINAR DE CARÊNCIA DE AÇÃO, PARA JULGAR EXTINTO O PROCESSO

TJ-MG - Apelação Cível AC 10027110242164001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 09/04/2013

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE DESPEJO C/C COBRANÇA - RELAÇÃO LOCATÍCIA NÃO COMPROVADA - ILEGITIMIDADE ATIVA - CARÊNCIA DA AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. É legítimo para figurar no pólo ativo de ação revisional de aluguéis o locador do imóvel; inexistindo nos autos sequer indícios suficientes para demonstrar a existência do contrato de locação entre as partes (ainda que verbal), a fim de embasar a pretensão autoral, impõe-se a extinção do feito, sem resolução do mérito, por ilegitimidade ativa "ad causam". (art. 267 , inc. VI do CPC )

TJ-MG - Apelação Cível AC 10024121849491001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 12/09/2013

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO ORDINÁRIA - COBRANÇA DE FUNERAL - SERVIÇOS CONTRATADOS POR PESSOA ESTRANHA A LIDE - ILEGITIMIDADE ATIVA - CARÊNCIA DE AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO. - Para propor ou contestar ação e obter sentença de mérito, é necessário a presença das condições da ação, legitimidade das partes, interesse processual e possibilidade jurídica do pedido. - Somente o titular de um direito pode discuti-lo em juízo, sendo que, a outra parte na demanda deve ser o outro sujeito do mesmo direito.

TJ-MG - Ap Cível/Reex Necessário AC 10431120019176002 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 19/02/2014

Ementa: REEXAME NECESSÁRIO - APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA - RESSARCIMENTO AO ERÁRIO - EX-PREFEITO. ILEGITIMIDADE ATIVA DO MUNICÍPIO - CARÊNCIA DE AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO. - Para propor ou contestar ação e obter sentença de mérito, é necessário a presença das condições da ação, legitimidade das partes, interesse processual e possibilidade jurídica do pedido. - Legitimar o Município, recebedor dos valores originados no Convênio seria autorizar o pleito a quem não possui o direito, porque o Município é que deve figurar no pólo passivo de eventual prestação de contas, porque recebeu as verbas e a utilizou.

TJ-DF - Apelacao Civel APC 20140110153282 DF 0003651-80.2014.8.07.0001 (TJ-DF)

Data de publicação: 25/07/2014

Ementa: CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. PROCEDIMENTO ORDINÁRIO. AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. INDEFERIMENTO DE INICIAL. EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DE MÉRITO. CARÊNCIA DE AÇÃO. ILEGITIMIDADE ATIVA. 1. Alegitimidade ad causam constitui condição da ação expressamente exigido nos artigos 3º e 267 , inciso III , do Código de Processo Civil . 1.1. “(...) não basta que se preencham os requisitos processuais subjetivos para que a parte possa atuar regularmente em juízo. É necessário, ainda que os sujeitos da demanda estejam em determinada situação jurídica que lhes autorize a conduzir o processo em que se discuta aquela relação jurídica de direito material deduzida em juízo" (DIDIER JR. Freddie in. Curso de Direito Processual Civil. Volume I. 10ª Edição: 2008. Pag. 176/177). 2. Muito embora pretendam os autores, como diretores da AUDITAR, a retirada de matérias veiculadas no sítio eletrônico da primeira ré, Associação Nacional Auditores Controle Externo, que seriam supostamente ofensivas e agressivas à atual gestão dos diretores, os documentos constantes dos autos, não se referem aos autores, mas sim à atuação da associação AUDITAR; logo, configurada está a ilegitimidade ativa para propor a ação. 3. Recurso improvido.

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca