Carregando...
JusBrasil
19 de dezembro de 2014

Página 1 de 40.333 28 13 30.406 9.691 194 1 resultados para "INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS" em Notícias em Artigos em Jurisprudência em Diários em Legislação em Modelos e peças

TJ-PA - APELACAO CIVEL AC 200730065601 PA 2007300-65601 (TJ-PA)

Data de publicação: 20/11/2007

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. 1 - Compete a Justiça Comum (Varas da Fazenda Pública) processar e julgar as demandas entre a Administração Pública e os seus servidores públicos temporários, devido o caráter jurídico-administrativo da relação jurídica existente. 2 - Ficando caracterizado o inadimplemento da admini...

TJ-PA - APELACAO CIVEL AC 200730064819 PA 2007300-64819 (TJ-PA)

Data de publicação: 20/11/2007

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. 1 - Compete a Justiça Comum (Varas da Fazenda Pública) processar e julgar as demandas entre a Administração Pública e os seus servidores públicos temporários, devido o caráter jurídico-administrativo da relação jurídica existente. 2 - Ficando caracterizado o inadimplemento da admini...

TJ-PA - APELACAO CIVEL AC 200730065958 PA 2007300-65958 (TJ-PA)

Data de publicação: 20/11/2007

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO DA CONDENAÇÃO. 1 - Compete a Justiça Comum (Varas da Fazenda Pública) processar e julgar as demandas entre a Administração Pública e os seus servidores públicos temporários, devido o caráter jurídico-administrativo da relação jurídica existente. 2 - Ficando caracterizado o inadimplemento da administr...

TJ-PA - APELACAO CIVEL AC 200730065453 PA 2007300-65453 (TJ-PA)

Data de publicação: 20/11/2007

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. 1 - Compete a Justiça Comum (Varas da Fazenda Pública) processar e julgar as demandas entre a Administração Pública e os seus servidores públicos temporários, devido o caráter jurídico-administrativo da relação jurídica existente. 2 - Ficando caracterizado o inadimplemento da admini...

TJ-PA - APELACAO CIVEL AC 200730065750 PA 2007300-65750 (TJ-PA)

Data de publicação: 20/11/2007

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. 1 - Compete a Justiça Comum (Varas da Fazenda Pública) processar e julgar as demandas entre a Administração Pública e os seus servidores públicos temporários, devido o caráter jurídico-administrativo da relação jurídica existente. 2 - Ficando caracterizado o inadimplemento da admini...

DJPA 25/09/2014 - Pág. 280 - Diário de Justiça do Estado do Pará

PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO... ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE ...

Diário • Diário de Justiça do Estado do Pará

DJPA 30/07/2014 - Pág. 214 - Diário de Justiça do Estado do Pará

. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS.... INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. ...

Diário • Diário de Justiça do Estado do Pará

DJPA 01/08/2014 - Pág. 329 - Diário de Justiça do Estado do Pará

ABSOLUTA. REJEITADA. SERVIDOR PÚBLICO TEMPORÁRIO. INADIMPLEMENTO NO PAGAMENTO DE VENCIMENTO E VANTAGENS... DE VENCIMENTO E VANTAGENS. CARACTERIZADO. VALOR DEVIDO. REDUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. 1 - Compete a ...

Diário • Diário de Justiça do Estado do Pará

TJ-BA - Apelação APL 00103866220098050001 BA 0010386-62.2009.8.05.0001 (TJ-BA)

Data de publicação: 28/10/2013

Ementa: APELAÇÃO CIVEL E REEXAME NECESSÁRIO. ADMINISTRATIVO E PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO ORDINÁRIA. POLICIAL MILITAR. GRATIFICAÇÃO DE HABILITAÇÃO POLICIAL. POSSIBILIDADE DE CUMULAÇÃO COM A GAPM. FATOS GERADORES DISTINTOS. PRECEDENTES. OFENSA AO DIREITO ADQUIRIDO. RETORNO AOS VENCIMENTOS. APELO DO ESTADO DA BAHIA. PRESCRIÇÃO NÃO CARACTERIZADA. PRELIMINAR REJEITADA. REEXAME NECESSÁRIO. TERMO INICIAL PARA INCIDÊNCIA DOS JUROS DE MORA E CORREÇÃO MONETÁRIA. INADIMPLEMENTO. SÚMULA 43, STJ. ÍNDICE APLICÁVEL. TEMPUS REGIT ACTUM. SENTENÇA REFORMADA PARCIALMENTE EM REEXAME NECESSÁRIO. APELO VOLUNTÁRIO. IMPROVIDO. Inocorre a prescrição do fundo do direito em relações de trato sucessivo. Aplicabilidade da Súmula 85, do STJ. Insta observar que a GAPM não é uma gratificação específica, ao contrário, ela se caracteriza como uma vantagem de natureza geral, tanto sim que fora estabelecida para toda a categoria dos ativos e inativos dos Policiais Militares possuindo, portanto, natureza propter laborem. A Lei 3.803 /80 estabeleceu em seu artigo 39 ser a "Habilitação Policial Militar" gratificação incorporável ao tempo de transferência para reserva, retirando-lhe o caráter transitório, possuindo natureza "propter personam", pois é concedida em razão exclusiva da participação em cursos de aproveitamento realizados pelo militar. O pagamento destes benefícios constitui ato vinculado da Administração Pública, surgindo o direito adquirido no momento em que o requisito legal é cumprido. Assim aqueles que percebiam as gratificações de habilitação antes da extinção pela Lei nº. 7.145 /97 adquiriram direito sobre a referida vantagem. Em reexame necessário, reforma-se a sentença de piso para determinar que a condenação deverá ser corrigida a partir do inadimplemento (Súmula 43/STJ) e que os juros de mora e correção monetária, em observância ao princípio tempus regit actum, serão calculados da seguinte forma: 1. Percentual de 0,5% ao mês, a partir da MP n.º 2.180-35/2001 até o advento da Lei n.º 11.960 , de 30/06/2009, que deu nova redação ao art. 1.º-F da Lei n.º 9.494 /97; 2. percentual estabelecido para caderneta de poupança, a partir da Lei n.º 11.960 /2009....

TJ-BA - Apelação APL 00055069020108050001 BA 0005506-90.2010.8.05.0001 (TJ-BA)

Data de publicação: 16/11/2012

Ementa: APELAÇÃO CIVEL E REEXAME NECESSÁRIO. ADMINISTRATIVO E PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO ORDINÁRIA. POLICIAL MILITAR. GRATIFICAÇÃO DE HABILITAÇÃO POLICIAL. POSSIBILIDADE DE CUMULAÇÃO COM A GAPM. FATOS GERADORES DISTINTOS. PRECEDENTES. OFENSA AO DIREITO ADQUIRIDO. RETORNO AOS VENCIMENTOS. APELO DO ESTADO DA BAHIA. PRESCRIÇÃO NÃO CARACTERIZADA. PRELIMINAR REJEITADA. REEXAME NECESSÁRIO. TERMO INICIAL PARA INCIDÊNCIA DOS JUROS DE MORA E CORREÇÃO MONETÁRIA. INADIMPLEMENTO. SÚMULA 43, STJ. ÍNDICE APLICÁVEL. TEMPUS REGIT ACTUM. SENTENÇA REFORMADA PARCIALMENTE EM REEXAME NECESSÁRIO. Inocorre a prescrição do fundo do direito em relações de trato sucessivo. Aplicabilidade da Súmula 85, do STJ. Insta observar que a GAPM não é uma gratificação específica, ao contrário, ela se caracteriza como uma vantagem de natureza geral, tanto sim que fora estabelecida para toda a categoria dos ativos e inativos dos Policiais Militares possuindo, portanto, natureza propter laborem. A Lei 3.803 /80 estabeleceu em seu artigo 39 ser a "Habilitação Policial Militar" gratificação incorporável ao tempo de transferência para reserva, retirando-lhe o caráter transitório, possuindo natureza "propter personam", pois é concedida em razão exclusiva da participação em cursos de aproveitamento realizados pelo militar. O pagamento destes benefícios constitui ato vinculado da Administração Pública, surgindo o direito adquirido no momento em que o requisito legal é cumprido. Assim aqueles que percebiam as gratificações de habilitação antes da extinção pela Lei nº. 7.145 /97 adquiriram direito sobre a referida vantagem. Em reexame necessário, reforma-se a sentença de piso para determinar que a condenação deverá ser corrigida a partir do inadimplemento (Súmula 43/STJ) e que os juros de mora e correção monetária, em observância ao princípio tempus regit actum, serão calculados da seguinte forma: 1. Percentual de 0,5% ao mês, a partir da MP n.º 2.180-35/2001 até o advento da Lei n.º 11.960 , de 30/06/2009, que deu nova redação ao art. 1.º-F da Lei n.º 9.494 /97; 2. percentual estabelecido para caderneta de poupança, a partir da Lei n.º 11.960 /2009....

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca