Carregando...
JusBrasil
02 de setembro de 2014

Página 1 de 73.170 1.068 129 44.535 27.437 29 2 resultados para "Lei de Drogas Comentada" em Notícias em Artigos em Jurisprudência em Diários em Legislação em Modelos e peças

TJ-PR - 9198850 PR 919885-0 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 08/11/2012

Ementa: APELAÇÃO CRIMINAL - SENTENÇA CONDENATÓRIA - TRÁFICO DE DROGAS - RECURSO DO RÉU - PRETENDIDA DESCLASSIFICAÇÃO PARA O TIPO PREVISTO NO § 3º DO ARTIGO 33 DA LEI DE DROGAS - NÃO COMPROVADO O OFERECIMENTO DA DROGA PARA USO COMPARTILHADO COM PESSOA DE SEU RELACIONAMENTO - TESE AFASTADA - SENTENÇA MANTIDA - RECURSO NÃO PROVIDO. O elemento subjetivo do tipo previsto no Artigo 33, § 3º da Lei Especial de Drogas exige que o oferecimento de droga pelo agente deve ter o propósito de uso compartilhado com pessoa de seu relacionamento consoante a doutrina de Cesar Dario Mariano da Silva na obra Lei de Drogas Comentada.

DJGO 05/06/2014 - Pág. 494 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

COMENTADA, LUIZ FLáVIO GOMES COORDENAçãO, 5ª ED REVISTA DOS TRIBUNAIS, 2011, P 193 2 - LEI DE DROGAS...-SE APARECIDA DE GOIâNIA, 30/05/2014 ROBERTO BUENO OLINTO NETO JUIZ DE DIREITO IO/RB 1 - LEI DE DROGAS... ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 15/05/2014 - Pág. 502 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

NETO JUIZ DE DIREITO MD/RB 1 - LEI DE DROGAS COMENTADA, LUIZ FLáVIO GOMES COORDENAçãO, 5ª ED REVISTA... DE LEMOS, DJE 1523 DE 11/04/2014 7- ART 42 DA LEI 11 343 /06: “O JUIZ, NA FIXAçãO DAS PENAS, CONSIDERARá

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 04/06/2014 - Pág. 372 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

DE GOIâNIA, 30/05/2014 ROBERTO BUENO OLINTO NETO JUIZ DE DIREITO IO/RB 1 - LEI DE DROGAS COMENTADA

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

TJ-PR - 9034593 PR 903459-3 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 26/07/2012

Ementa: APELAÇÃO CRIMINAL ­ TRÁFICO DE DROGAS ­ RECURSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO ­ PLEITO RECURSAL PARA QUE NÃO SE APLIQUE A CAUSA ESPECIAL DE DIMINUIÇÃO DE PENA PREVISTA NO ART. 33 , § 4º , DA LEI N. 11.343 /06 ­ IMPOSSIBILIDADE DE EXCLUSÃO ­ APELADO QUE PREENCHE TODOS OS REQUISITOS ELENCADOS PELO DISPOSITIVO ­ DIREITO SUBJETIVO DO RÉU ­ DISCRICIONARIEDADE DO MAGISTRADO SOMENTE SOBRE O "QUANTUM" DE REDUÇÃO ­ SOMENTE A QUANTIDADE DE DROGA (UM QUILO E SETECENTOS E NOVENTA OITO GRAMAS) NÃO É SUFICIENTE PARA CARACTERIZAR A HABITUALIDADE CRIMINOSA ­ DENÚNCIA ANÔNIMA EXCLUSIVAMENTE SOBRE OS FATOS QUE NÃO INDICA SE TRATAR DE TRÁFICO USUAL ­ RECURSO NÃO PROVIDO. É pacífico o entendimento de que a causa especial de diminuição de pena trazida pelo art. 33 , § 4º , da lei n. 11.343 /06 refere-se a um direito subjetivo do réu, ficando a discricionariedade do magistrado sentenciante somente no percentual de redução: "a simples leitura do parágrafo pode induzir o intérprete a imaginar que o benefício está na órbita discricionária do juiz. Contudo, parece-nos que, preenchidos os requisitos, o magistrado não só pode, como deve reduzir a pena, ficando a sua discricionariedade (motivada) limitada à fração minorante (esta orientada pela quantidade e/ou espécie da droga apreendida)". (lei de drogas comentada artigo por artigo: lei n. 11.343/2006, de 23.08.2006. Luiz Flávio Gomes coordenação ­ 2ª ed. São Paulo: rt, 2007. P. 197).

TJ-PR - Correição Parcial ou Reclamação Correicional RC 9732607 PR 973260-7 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 23/07/2013

Ementa: REVISÃO CRIMINAL DE ACÓRDÃO. TRÁFICO DE ENTORPECENTES (ART. 12 , DA LEI 6.368 /76). EXCLUSÃO DA VALORAÇÃO NEGATIVA DAS CIRCUNTÂNCIAS JUDICIAIS.FUNDAMENTAÇÃO INIDÔNEA QUE NÃO SERVE PARA AUMENTAR A PENA. REDUÇÃO DA CARGA PENAL. PLEITO DE RECONHECIMENTO DA CONFISSÃO ESPONTÂNEA.POSSIBILIDADE. CONFISSÃO UTILIZADA PARA FUNDAMENTAR A CONDENAÇÃO. PRETENSÃO DE APLICAÇÃO RETROATIVA DA CAUSA ESPECIAL DE DIMINUIÇÃO DE PENA PREVISTA NO ART. 33 , § 4º , DA LEI 11.343 /06. ACOLHIMENTO. PEDIDO DE SUBSTITUIÇÃO DA PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE POR RESTRITIVA DE DIREITOS. POSSIBILIDADE. REVISÃO CRIMINAL JULGADA PROCEDENTE. 1. É de se reconhecer a incidência da circunstância atenuante da confissão espontânea quando o réu assume a prática do delito e o magistrado utilizou-se da confissão para fundamentar sua decisão. 2. É pacífico o entendimento de que a causa especial de diminuição de pena trazida pelo art. 33 , § 4º , da lei n. 11.343 /06 refere-se a um direito subjetivo do réu, ficando a discricionariedade do magistrado sentenciante somente no percentual de redução: "a simples leitura do parágrafo pode induzir o intérprete a imaginar que o benefício está na órbita discricionária do juiz. Contudo, parece-nos que, preenchidos os requisitos, o magistrado não só pode, como deve reduzir a pena, ficando a sua discricionariedade (motivada) limitada à fração minorante (esta orientada pela quantidade e/ou espécie da droga apreendida)". (lei de drogas comentada artigo por artigo: lei n. 11.343/2006, de 23.08.2006. Luiz flávio gomes coordenação - 2ª ed. São paulo: rt, 2007. P.197).3. Após a edição da Resolução 05/12 do Senado Federal, tornou-se viável a substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direito em crimes considerados hediondos, desde que preenchidos os requisitos autorizadores do art. 44 do Código Penal .

DJGO 14/05/2014 - Pág. 416 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

Nº 1150 DE 21/09/2012 5 - LEI DE DROGAS COMENTADA, LUIZ FLáVIO GOMES COORDENAçãO, 5ª ED REVISTA...O DA DROGA APREENDIDA E DESTRUIçãO DA BALANçA DE PRECISãO, GUARDANDO-SE AS AMOSTRAS NECESSáRIAS à PRESERVAçã...O DA PROVA, NOS ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

DJGO 20/06/2013 - Pág. 950 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

DE DROGAS COMENTADA, ED . REVISTA DOS TRIBUNAIS, 1ª EDIçãO, 2006. NO PRESENTE CASO 41 DA LEI Nº 11.343 /2006, NA TERCEIRA FASE DE APLICAçãO DA PENA, POR ENTENDER QUE A Ré ESCLARECEU... OU PARCIAL DO PRODUTO DO CRIME. A LEI ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

TJ-PR - 8838920 PR 883892-0 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 15/03/2012

Ementa: TRAFICO ­ PRISÃO EM FLAGRANTE CONVERTIDA EM PREVENTIVA - HABEAS CORPUS ALEGANDO CONSTRANGIMENTO ILEGAL ANTE A AUSÊNCIA DE FUNDAMENTAÇÃO NA DECISÃO DE RECEBIMENTO DA DENUNCIA ­ DESNECESSIDADE ­ ATO DE NATUREZA INTERLOCUTÓRIA QUE PRESCINDE DE FUNDAMENTAÇÃO COMPLEXA ­ PLEITO DE PRODUÇÃO DE PROVA ORAL ­ DEFERIMENTO ­ OITIVA DE TESTEMUNHAS DE DEFESA INDEFERIDA PELA INTEMPESTIVIDADE DA DEFESA PRELIMINAR ­ PRAZO MERAMENTE PROCESSUAL ­ GARANTIA CONSTITUCIONAL DA AMPLA DEFESA - ORDEM PARCIALMENTE CONCEDIDA. "É firme a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de que o ato judicial que formaliza o recebimento da denúncia oferecida pelo Ministério Público não se qualifica nem se equipara, para os fins a que se refere o art. 93 , inciso IX , da Constituição , a ato de caráter decisório. O juízo positivo de admissibilidade da acusação penal, ainda que desejável e conveniente a sua motivação, não reclama, contudo, fundamentação." (STF, HC 101971, Relator (a): Min. CÁRMEN LÚCIA, Primeira Turma, julgado em 21/06/2011, DJe-170 DIVULG 02-09-2011 PUBLIC 05-09-2011 EMENT VOL-02580-01 PP-00055) . "A defesa preliminar será sempre escrita. Não se permite defesa oral. E deve ser formulada no prazo de dez dias. Trata-se de prazo processual. Apresentação da defesa fora do prazo constitui mera irregularidade (não há que se falar em nulidade)." (GOMES, Luiz Flavio et al. Lei de drogas comentada: artigo por artigo: Lei 11.343 /06, de 23.08.2006. 4ª edição. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2011, p. 289).

DJGO 20/06/2013 - Pág. 319 - Seção III - Diário de Justiça do Estado de Goiás

/RB 1- LEI DE DROGAS COMENTADA, LUIZ FLáVIO GOMES COORDENAçãO, 2011, P. 193. 2- STJ, 5ª TURMA, HABEAS... DESPACHO : EM ATENDIMENTO AO QUE DISPÕE O ART. 55 DA LEI11.343/2006, DETERMINO SEJA O ACUSADO

Diário • Diário de Justiça do Estado de Goiás

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca