Carregando...
JusBrasil
03 de março de 2015

Página 1 de 6.301 24 16 5.365 847 51 resultados para "irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ..." em Notícias em Artigos em Jurisprudência em Diários em Legislação

TST - RECURSO DE REVISTA RR 194007320105160003 19400-73.2010.5.16.0003 (TST)

Data de publicação: 04/10/2013

Ementa: RECURSO DE REVISTA. DIFERENÇAS SALARIAIS. REDUÇÃO DA JORNADA A PEDIDO DO EMPREGADO. ALTERAÇÃO SALARIAL. POSSIBILIDADE. O art. 7º , VI , da Constituição da República garante a irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. As Cortes Trabalhistas têm pacificado entendimento de que a redução salarial é possível somente nas seguintes hipóteses: 1) por período determinado, ou seja, transitória; 2) se decorrer de situação excepcional da empresa, mormente na hipótese em que a conjuntura econômica não lhe for favorável; 3) se for respeitado o salário mínimo legal e/ou piso salarial da categoria profissional do trabalhador e, por fim, 4) se for estabelecida através de negociação coletiva com a entidade representativa da categoria profissional. No entanto, a redução da jornada de trabalho com a anuência do empregado, por acordo escrito, com a consequente redução proporcional do trabalho, não está prevista em lei. O Exmo. Sr. Ministro Maurício Godinho Delgado já se posicionou a respeito da possibilidade da redução da jornada de trabalho acompanhada da redução salarial: -As alterações redutoras de jornada decorrentes de ato unilateral do empregador ou bilateral das partes - qualquer que seja a causa de sua ocorrência - serão lícitas somente se não produzirem qualquer correspondente diminuição no salário do empregado. Pode o empregador, portanto, reduzir, sim, a jornada laborativa, mas sem que tal mudança implique redução qualquer do salário primitivo obreiro. É o que resulta da conjugação do artigo 468 da CLT com o artigo 7º , VI , da Constituição . A princípio, existe apenas uma exceção (rara, é verdade) a essa regra geral: poderá ser tida como lícita a redução laborativa, mesmo com a respectiva diminuição proporcional do salário, se sua causa ensejadora da mudança tiver sido o atendimento a específico (e comprovado) interesse extracontratual do empregado. É evidente que, nesse caso, o título jurídico autorizador da redução será o acordo...

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 01442006420075010079 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 11/06/2014

Ementa: RECURSO ORDINÁRIO DA 1ª RECLAMADA. REAJUSTES SALARIAS NÃO CONCEDIDOS. MASSA FALIDA. ARTIGO 503 , DA CLT . INAPLICABILIDADE. O artigo 7º , inciso VI , da CRFB/88 , que derrogou o artigo 503 , da CLT , garante ao trabalhador o direito à irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. Não se há de falar que a massa falida se encontra amparada pelo artigo 503 , da CLT , para não conceder o reajuste a que a categoria tem direito. Recurso conhecido e desprovido. RECURSO ADESIVO DA RECLAMANTE. DANOS MORAIS. LESÃO À VIDA E AO ATENDIMENTO DAS NECESSIDADES VITAIS. ATRASO NO PAGAMENTO DAS VERBAS TRABALHISTAS E RESILITÓRIAS. DANO MORAL QUE DECORRE DA OMISSÃO DO DEVER DE ASSEGURAR O PAGAMENTO TEMPESTIVO E INTEGRAL DA CONTRAPRESTAÇÃO SALARIAL CAPAZ DE ATENDER AS NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS DO RECLAMANTE E DE SUA FAMÍLIA. 1. Na ordem constitucional brasileira a propriedade atenderá a uma função social (art. 5º , inciso XXIII , CRFB ) e a atividade econômica terá -por fim assegurar a todos existência digna, conforme os ditames da justiça social-, pois a ordem econômica e a livre iniciativa estão fundadas na valorização - e não degradação - do trabalho humano (art. 170 , caput, CRFB ). 2. Dever de reparação. Danos patrimoniais e extrapatrimoniais. A indenização por danos morais e de imagem - foi elevada a modalidade de garantia constitucional em face da violação dos direitos fundamentais (art. 5º , inciso X , CRFB ), reparando todos os agravos à pessoa humana (art. 5º , incisos IV e V , CRFB ), com singular tutela aqueles que ocorrem nas relações de trabalho, merecedores de uma justiça especializada para conhecê-los e apreciá-los (art. 114 , inciso VI , CRFB ). 3. A intangibilidade e a irredutibilidade do salário estão garantidas constitucionalmente e constitui crime a retenção dolosa da remuneração que visa ao atendimento das necessidades vitais básicas do indivíduo (art. 7º , inciso IV , VI , VII e X da CRFB ). Diante da relevância de tal bem jurídico para a vida e sobrevivência, a apropriação indevida, ainda que parcial, ou o atraso no adimplemento de verba salarial se constitui em grave ilícito, capaz de ensejar, necessariamente, o dever de reparar o dano moral, que se presume na hipótese. Recurso conhecido e provido....

TRT-5 - Recurso Ordinário RecOrd 00013602220115050033 BA 0001360-22.2011.5.05.0033 (TRT-5)

Data de publicação: 01/02/2013

Ementa: EQUIPARAÇÃO SALARIAL - LABOR SIMULTÂNEO - As diferenças salariais são devidas durante todo o período em que o empregado desempenhou as mesmas atividades do paradigma, não se limitando, porém, ao lapso de tempo em que houve labor concomitante. O desligamento ou transferência posterior do paradigma não pode resultar em redução salarial, sob pena de afrontar o disposto no art. 7º, VI da Constituição Federal de 1988 - CF/88, que garante a "irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo."

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 10975920125010067 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 26/09/2013

Ementa: REDUÇÃO DE VENCIMENTOS. PRINCÍPIO DA IRREDUTIBILIDADE SALARIAL. ART. 7º , INCISO VI , DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL . Consoante disposição contida no art. 7º , VI , da Constituição Federal , são direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social, a irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo de trabalho. Verificada que a mudança de função da empregada resultou-lhe em redução do salário base, fará jus a mesma ao pagamento dos valores que deixou de auferir a partir da alteração das condições do ajuste contratual.

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 10262020105010005 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 02/04/2013

Ementa: ACORDO PARA REDUÇÃO DO SALÁRIO. INTERVENÇÃO SINDICAL. NECESSIDADE. ART. 7º , INCISO VI , DA CRFB/88 . É inviável a implementação de alteração salarial que importe em redução do salário, ainda que haja expressa anuência do empregado. Com efeito, assegura o inciso VI do art. 7º da CRFB/88 , a -irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo-, impondo-se, assim, a necessária intervenção sindical para o referido ajuste, cuja observância foi ignorada pela Demandada, tonando nula a alteração contratual levada a efeito.

TST - RECURSO DE REVISTA RR 2205006120075020072 220500-61.2007.5.02.0072 (TST)

Data de publicação: 19/12/2011

Ementa: PRESCRIÇÃO . Não demonstrada contrariedade a súmula desta Corte nem divergência jurisprudencial com os arestos transcritos . ECT. AUTOMAÇÃO DE SERVIÇOS. REENQUADRAMENTO. MAJORAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DE SEIS PARA OITO HORAS SEM ACRÉSCIMO NA REMUNERAÇÃO . Em face da extinção do cargo anteriormente exercido pela reclamante e em observância ao previsto em cláusula normativa, a reclamada procedeu à readaptação funcional da empregada. Assim, ela foi reenquadrada em outro cargo, passando, com a sua concordância expressa, a exercer novo cargo, com jornada de trabalho acrescida de duas horas, sem acréscimo na remuneração. Dessa forma, não obstante o art. 468 da CLT disponha ser nula a alteração contratual da qual resulte, - direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado -, e o art. 7º , inc. VI , da Constituição da República vede a - irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo -, não há falar em nulidade da alteração procedida no contrato de trabalho, uma vez que, além de ter sido prevista em norma coletiva, ter contado com a anuência expressa da empregada e ter decorrido da extinção do cargo anteriormente ocupado, objetivou a preservação do emprego, circunstância essa que afasta a existência do prejuízo a que alude o art. 468 da CLT . Recurso de Revista de que se conhece em parte e a que se dá provimento.

TRT-5 - Recurso Ordinário RecOrd 00005865220115050013 BA 0000586-52.2011.5.05.0013 (TRT-5)

Data de publicação: 26/06/2012

Ementa: EQUIPARAÇÃO SALARIAL - LABOR SIMULTÂNEO - As diferenças salariais são devidas durante todo o período em que o empregado desempenhou as mesmas atividades do paradigma, não se limitando, porém, ao lapso de tempo em que houve labor concomitante. O desligamento posterior do paradigma não pode resultar em redução salarial, sob pena de afrontar o disposto no art. 7º, VI da Constituição Federal de 1988 - CF/88, que garante aos trabalhadores urbanos e rurais a "irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo."

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 963009120085010001 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 31/10/2012

Ementa: REAJUSTES SALARIAIS NÃO CONCEDIDOS. MASSA FALIDA. ARTIGO 503 , DA CLT . INAPLICABILIDADE. O artigo 7º , inciso VI , da CRFB/88 , que derrogou o artigo 503 , da CLT , garante ao trabalhador o direito à irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. Se não há nas normas coletivas cláusulas nesse sentido, não se há de falar que a massa falida se encontra amparada pelo artigo 503 , da CLT , para não conceder o reajuste a que a categoria tem direito.

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 450005520085010045 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 24/10/2012

Ementa: REAJUSTES SALARIAS NÃO CONCEDIDOS. MASSA FALIDA. ARTIGO 503 , DA CLT . INAPLICABILIDADE. O artigo 7º , inciso VI , da CRFB/88 , que derrogou o artigo 503 , da CLT , garante ao trabalhador o direito à irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. Não se há de falar que a massa falida se encontra amparada pelo artigo 503 , da CLT , para não conceder o reajuste a que a categoria tem direito.

TRT-1 - Recurso Ordinário RO 1130004520095010022 RJ (TRT-1)

Data de publicação: 16/07/2013

Ementa: REDUÇÃO DE VENCIMENTOS. PRINCÍPIO DA IRREDUTIBILIDADE SALARIAL. ART. 7º , INCISO VI , DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL . Consoante disposição contida no art. 7º , VI , da Constituição Federal , são direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social, a irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo de trabalho. Verificada que a mudança do local da prestação de serviços do empregado resultou-lhe expressivos prejuízos de ordem financeira, fará jus o mesmo ao pagamento dos valores que deixou de auferir a partir da alteração das condições do ajuste contratual. Ainda que possível a alteração das condições do contrato individual de trabalho, por mútuo consentimento, não pode tal mudança resultar em prejuízos para o obreiro.

1 2 3 4 5 630 631 Próxima

ou

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/busca