Carregando...
JusBrasil - Diários
26 de outubro de 2014
Pg. 42. Seção 1. Diário Oficial da União DOU de 25/06/1948

Pág. 42. Seção 1. Diário Oficial da União (DOU) de 25 de Junho de 1948

Página 42 Seção 1 25/06/1948DOU

Publicado por Diário Oficial da União (extraído pelo JusBrasil) - 66 anos atrás

Raul Floriano da Silva. stibernaz. —

Armam) R. Bandeira. — Bosina Fagundes Netto Bandeira. — Julio ' Fagundes Barroso. — José Mito Pei-— Francisco Fagundes Netto. .

— Antonio Martins de Oliveira. — Ruth Pinto. A presente ata é cópia

• fiel da original, lavrada no livro

José Fagundes Bar -• competente. —

roso, Secretário.

DIVISA() DE REGISTRO DO

COMÉRCIO

czgaleio

Certifico qtae a Indústrias Retinias

S. A., arquivou nesta ' Fagundes Neto,

Divisão, sob o n.° 9.484, por despacho de 21 de junho de 1948, a ata da Assembléia Geral Ordinária de 30 de - abril de 1948> que aprovou as crentes

do exercício anterior, elegeu os membros da Diretoria e do Conselho Piscai, •

•fixando-lhes os vencimentos, do que

dou fé. Departamento- -Nacional da Indústria e Comércio, Divisão de Ree

gistro do Comércio,. em 22 de junho de 1948. Eu, Glória Baldanza, Au-•

xiliar de Escritório, referência VIII, , conferi e assino. E eu, Antônio César

da Silva de Berrêdo, Chefe da 'S.1a,E., , subscrevo e assino. — (Assinatura ilegível).

• Selada com Cr$ 4,80.

(Proc. n.° 10.792-48) .

(N.° 10.467 — Cr$ 581,40 — 23-6-48)

3ÂNCO COMÉRCIO E INWISTRIA

DE MINAS GERAIS, S. A.

Assembléia Geral, Extraordi -Ata da

nária, do Banco' Comércio e Indústria de Minas Gerais, Sociedade Anônima, em

15 de março de 1947 Aos 'quinze (15) de março de mil novecentos e quarenta e sete (1941),

às 21 horas, na Sede do Banco Co-Gerais,

mércio e Indústria cte Minas

Sociedade Anônima, à rua dos' Caetés, esquina da rua de São Paulo, em Zelo Horizonte, pelo St. Dr. cais tiano França Teixeira Guimarães foi dito que estando presentes, pessoalmente e por procurações, 869 (seiscentos e sessenta .e nove) acionistas, representando 229.888 (duzentas e nove mil, oitocentas e oitenta e oito) ações conforme consta do livro de presença, declarava instalada a Assembléia Gerar, extraordinária, regularmente convocada, conforme pubitcações feitas pelo &Mio oficiai- dos Poderes do Estado e o jornal *Esteie de de Minas" nos dias 7, 8 e 9 e 6, 7 e 8, respectivamente, do corrente Mês, e convidava para presidi-ia o

acionista Sr, Dr. Homem Coste, que

a sob gerais

assumiu presidência

aplausos dos senhores acionistas, e convidou para Secretários os Srs. acionistas Drs. Antônio Camilo de Parta Alvim e Francisco de Sousa

Falcão, os quais tomaram assento á Mesa, ao lado do Sr. Presidente.

Por este foi dito que a Assembleia fOra convocada para tomar conhecimento e deliberar acerca da proposta • da Diretoria, de atunento do 'capital

de sessenta milhões de cruzeiros

(Cr$ 60.000.000,00) para cento e vinte milhões de cruzeiros (Cr$

120.000.000,00). O Sr. Presidente mandou proceder à leitura da exposição justificativa da 'Diretoria e do Parecer do Conselho. Piscai, documentos esses assim concebidos: -r e Senhores Acionistas. Ainda uma

vea comparecemos à vossa presença para submeter ao vosso exame proposta de aumento do capita/ do San-., co Comércio e. Inastria de Minas : Gerais, 13. A. — Estando integra]!-nado desde junho. 'de 1945 o capital de sessenta milhões de cruzeiros

(Cr$ 60.000.000,00), aprovado pela • assembléia geral extraordinária que

se reuniu a 29 de março de 1942, e

a, vista da continua expansão doa negócios do Banco, do volume atua/ do , meio circulante e do programa de , desenvolvimento da nossa rêde de

ser con-Departamentos, entendemos

,, veuiente nova aumento do capital,

que propomes seja elevado ao dõbro (Cr$ 120.000.000,00). Se assim concordardes, cinquenta por cento do aumento farão desde logo realizados, mediante transferência de Cr$

30.000.000,00 do Fundo de Reserva, devendo os outros cinquenta por cento do aumento ser chamados em prestações, oportunamente, a juízo da Administração do Banco, que, como de outras vêzes, procurará atender às necessidades do Estabelecimento, sempre também atenta ccmodidade dos senhores acionistas. Na subscrição do aumento do capital será naturalmente observada a preferência que a lei assegura aos atuais acionistas. Belo Horizonte, 13 de janeiro de 1947. (assinado) Christian° Guimarães, Sebastião Augusto de Lima, Thomaz de Andrade, Cândido Lara Ribeiro Naves, Josaphat Edwards Santiago". — "O Conselho Fiscal do Banco Comércio e Irchlstria de Minas Gerais, Sociedade Alternima, à vista da proposta e exposição de motivos de sua Diretoria, no sentido da elevação do capital de sessenta milhões para cento e vinte milhões de cruzeiros, opina -sugerindo à Assembléia Geral dos senhores acionistas seja aprovada aquela proposta. O desenvolvimento constante dos negócios sociais, revelado através do vulto, das operações e da expansão da rade de Departamentos plenamente justifica o aumento do capital,- no limite proposto. O aproveitamento de parte das reservas, como começo da realização do novo capital, é medida de justiça em favor dos senhores acionistas, certo que estas reservas constituem o fruto da politica da economia e prudência que

Banco vem realizando. O Conselho deseja valer-se do ensejo para congratular-se com os senhores acionistas pelo auspicioso acontecimento, de vez que o novo aumento de capital deve ser considerado como hldica expressivo da prosperidade do Banco. Belo Horizonte,

8 de março

de 1947. (assinado) Augusto Magalhães, João Alves Ferreira da Silva, Aurélio Lõbo, Dario Gonçalves de Sousa e Manuel António de Almeida". Posta em discussão a proposta da Diretoria e afinal submetida a votação,

foi unanimemente aprovada. Em seguida, por proposta do acionista Sr. Cristiano Guimarães a Assem-Meia fixou, unardmernente„o prazo de 30 dias para exercício do direito de preferência dos senhores acionistas à subscrição do aumento de capital. Em seguida encerrou-se a Assembléia, lavrando-se para constar a presente ata, que vai assinada pelos membros da Mesa e pelos senhores acionistas presentes. Homem Costa — Antônio Camilo de Faria Aliem — Fnuacieco de Sousa Falcão — José Augusto Rocha — Dr. Inácio Maga-- Alexandre Fazei —

Joaquim

Vieira de Faria — Antônio Vez Ferreira — Guilherme Magalhães — António LU° de 'Resende Filho — Antônio Augusto de Oliveira — Aurélio thbo Rorácio Neves — José Carvalho de Araúlo —• Alfredo à6bo & Cia. — Antônio

Alves Barbosa

Melo — José Augusto Bahia Mascarenhae, por si e seus representados — José Soares Nogueira — Dâno Gonçalves de Sousa — Alfonso Barbosa Melo — Thomaz de Andrade — Geraldo Magalhães Masearenhas, por si e

sua representada — José Pellepe de Santa Cecilia, por si e seu se-Presentado — José Custódio Martins Lag

o, por si e seus representados -Hélio FoscoIo França — Edmundo Bezerril Fontenelle — José Narciso Machado Coelho — José Eduardo de Resende — José de Melo Matos — lave Soares Nogueira —

I3ernardino

Vaz de Melo, por si e por seu filho menor João Lúcia' Vaz de Melo, — Encildes Andrade — Francisco Mar mies da Silva Mala — José Carfos Nascimento — Aristides Magalhaes Ferreira — José- da Costa Lage Sobrinho — Américo Boaventura Leite — João Augusto de Oliveira — Silvio de Morais Lemos. por si e seus filhos — Fausto Carneiro das Neves

Orlando M. Guimarães — Luis Adelmo Lodi — Modestino França —

An -Custódio Veiga Santa Cecilia —

tônio Augusto Pereira da Rocha — João, Gonçalves da Costa — Sebastião Dayrell de Lima — Americo Tei xeira Guimarães Neto — Odilon Carlos Ferreira de Melo — Osmário Soares Nogueira -- Antonino Pinto Masearenhas — Clodoveu de Oliveira — 11deu Alves Ferreira de Melo — Grevy Americano Ferreira de Melo — Augusto Magalhães — Nélson Valha

Marcelo Id. Guimarães — Raimundo Pessoa — Afonso de Cerqueira Lima — Oscar Ferreira de Melo — Alberto Woods da Costa Soares -José de Oliveira Neto,

por ai e Per

seus representados — Antônio Viana Passos — Domingos Justino de Andrade. — Tomás Alves de Andrade — Marcos M. Guimarães — António G. Vaz de Melo- -- Cristiano Guimarães — Cândido Lara Ribeiro Naves —

Amynthas Jaeques de Morais — Aluisio Toscaria de Brito — Aristides Bayma de Morais — Josaphat Santiago -- acero de Carvalho Palmes — Raoul de Caux Azia Abras -- Custódio de Sousa Oliveira — Aitamire Andrade — Antônio de Mela Moreira — José Gonçalves Ferreira — Sebastião Augusto de-Linaa — José Alves de Carvalho — Carlos Alves de Carvalho — José Gontijo Fonseca — Francisco de Azevedo, nor rua espõse Maria Antonteta Meio de Azevedo — Alberto de Oliveira Peleiro por ia e por seu representado — Adalberto Valeiro.

Ata

da Assembléia Geral Extrairdindria_do Banco Comércio e Indústria de Minas Gerais, Sociedade

Anónima, em

3 de maio de 1947

Aos três de maio de mli novecentos e quarenta e sete, em Belo llorieonte, à rua dos Caetés, esquina da rua São Paulo, às vinte horas, reuniramse , assembléia geral extanordináriaos acionistas do Banco Comércio e Indústria de Minas Gerais, S. A.

O Dr. Cristiano França Teixeira Guimarães, Presidente, do Conselho de Administração do Banco, assumindo a presidência, informou haver número legal para a instalação da aasembléia, estando presentes, pessoa/mente ou mediante representação regular, 639 acionistas, representando 319.415 ações, como coneta do livro de -presença. Em seguida propôs Visse aclamado presidente da Assembléia o acionista Sr. Dr. Oscar Dias Correia, o que foi aprovado sob aols.usos gerais. Assumindo a "presidência, o Sr. Dr. Oscar Dias Correia convidou para. servirem como secretários os acionistas Srs. Doutor Sérgio Crtaviano Almeida e Dr. Antônio Camilo Faria Alvim, que logo tomaram assento junto ao Seihor Presidente. Assim eonstituida a Me sa, disse o Sr. Presidente que a assembléia fôra convocada, como consta das Publicações feitas pelos jornais "Minas Gerais" e "Estado de Minas", dos dias 23, 24 e 27 e 24, 25 e 26, de abril próximo passado. lespectivamente. para tomar conhecimento e deliberar acêrca da subscrição do aumento de capital autorizado pela assembléia gera/ extramilinária de 15 (quinze) de março &sie ano. Informou o Sr. Presidente que estavam sôbre a mesa, tr. disposição dos senhores acionistas, as cartas de subscrição, acomnanhadas dos documentos respectivos, como selam procurações e alvarás, verificandose désses documentos estar integralmente subscrito o aumento de capita/. Informou ainda o Sr. Presidente oue no ata das subscrições foram realizados Cr$ 441.700,00, corresrxmdentes à integranzaçâo do capita/ serbscrito por alguns menores e Cl:rateados. Declarada franca a palavra

como ninguém a quisesse usar, foi e

nele Sr. Presidente submetido a vo tacão o aumento de capital, que se anuros haver sido aprovado untilmemente. Pelo Sr. Presidente foi então dito que, tendo sido aorovado

do capital, ficava isso e aumento

lacto alterada a redação do artigo 4.° dos ^ estatutos, a qual passarã

ser a seguinte: 'O capital do Banco •é de cento e vinte milhões de cruzeiros (Cr$ 120.000.000,00), dividido em seiscentas mil ações de duzentos cruzeiros (Cr$ 200,00) cada uma", — ccaitinuando inalterada a redação dos parágrafos. Ao dar inicio aos trabalhos, o Dr. Oscar Dias Correia agradeceu ao Presidente do Conselho de Administração do Banco a idn11.. brança do seu nome para presidir aos trabalhos da presente Assembléia,

agradecimentos ésses

extensivos aos

Srs. acionistas pela aprovação com que o honraram e como nada mais

houvesse a tratar-se, suspendeu-se a

cessão para /avratura da presente

ata. Reaberta a sessão, lida e aprovada mulnimernente esta ata

que vai

assinada pelos membros da Mesa e acionistas presentes. Oscar Dias

Corres — Sérgio (ataviaria de Almeida — Antônio Camilo de Paria

AlViM — Manuel António de Almeida — José Gonça/ves Ferreira — Alexandre Fazei — João Alves Ferreira da Silva — José ~onixe> Baleia

Mascarenhas Aurélio Lobo — Alfredo Lobo & Companhia — Augusto

Magalhães Antônio Lobo de Resende Filho, por si e por seus representados — Sebastião Augusto de Lima — João Gonçalves da Costa —

José de Meto Matos — Dário Gona

çalves de Sonsa — Edmundo M. da

Costa Lanna — Sebastião Dayeell

de Lima — Antônio Alves Barbosa

Melo — Aristides Magalhães Ferreira — Clodoveu de Oliveira —

Cândido Lara Ribeiro Naves — Tomás de Andrade — Romeno Costa —

João de Paula França — Antonino

Pinto Mascarenhas — José Felipe

de Santa Cecilia, por si e por seu

representado — Aluísio Toscano de

Brito — Francisco Marques da Silva

Mala — Américo Teixeira Guimarães Neto — José França Bahia —

Osvaldo de Meio' Campos a- Modostino França — Custódio' de 3ousa

Oliveira — Antônio de Melo Moreira — Azia Abras — José Augusto

Rocha — José Augãsto Bahia Mascarenhas, por si e por seus representados Grevy Americano Ferreira

de Melo — Marcelo Magalhães Guimarães — Altãno Diniz Andrade —

Bernarclino Vez de Meio — Antonio

G. Vaz de Meio — Artur Quinta°

Vidigal — Manoel Batista Sampaio

— Gustavo da Costa Lege — Traja-Sortido,

m Por sua especo, Maria do

Rosário 'Miga/ — José Eduardo de

Resende — Nicolau Elias Abras, por

si e sua mulher — Alberto de Oliveira Peleiro, por si e seu representado

— Oscar Ferreira de Melo — Jesaa

phat Santiago — Christiano Cultue.-rães — Custódio Veiga Santa Cecilia, por si e por seus representsdos

— "unir° .Andrade — José de Oliveira Neto, por si e por seus representados — Marcas Magalhães Guimarães.

SLTPERENTENDENCIA DA MOEDA

E DO CREDITO

maneio

Atendendo ao solicitado em requerimento de quinze de J mil

unh de

novecentos e quarenta e oito, cio

Banco Comércio e indústria de Minas Gerais Sociedade Anónima, coas

sede na Capital do Estado de Minas

Gerais, firmado por seu bastante

procurador, e na fôrma do item doze

da Portaria número quarenta e cinco, de vinte e quatro de maio de mil

novecentos e quarenta e quatro. do

Excelentíssimo Senhor Ministro de

Estado dos Negócios • da Fazenda,

certifico que, dos autos do proceeso

número seteaentas e oitenta, barra,

quarenta e sete, consta: — Primeiro

— Ata da assembléia geral extraordinária realizada em quinze ie mare

ço de mi/ novecentos e quarenta

sete, que, apro-ando proposta du Diretoria com parecer favorável do

Conselho Fiscal, deliberou elesar o

capital social de sessenta milhões

para cento e vinte milhões de cruze/1'oz com a transferencia de trinta

milhões de creveiros, do Fundo de

,;

Reserva, devendo os restantes cinquenta por cento serem chamados

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/diarios/2474933/pg-42-secao-1-diario-oficial-da-uniao-dou-de-25-06-1948