Carregando...
JusBrasil - Diários
02 de setembro de 2014
Pg. 867. Diário de Justiça do Estado de Pernambuco DJPE de 05/07/2013

Pág. 867. . Diário de Justiça do Estado de Pernambuco (DJPE) de 05 de Julho de 2013

Página 867 05/07/2013DJPE

Publicado por Diário de Justiça do Estado de Pernambuco (extraído pelo JusBrasil) - 1 ano atrás

ao aludido pedido de desistência. Não ocorreu a citação da requerida, sendo assim desnecessária sua anuência ao pleito extintivo. De par com isto, a advogada subscritora do pedido tem poder especial para firmá-lo, consoante se observa da procuração anexada à exordial. Ex positis, pelo que consta dos autos, homologo o pedido de desistência, para que surta seus legais efeitos, e, em conseqüência, extingo o processo, sem resolução de mérito (CPC, art. 267, VIII). Cancelem-se eventuais restrições à empresa requerida em decorrência do presente feito. Custas já satisfeitas. Uma vez certificado o trânsito em julgado, arquivem-se os autos, com as anotações pertinentes. P.R.I.C. Cabo de Santo Agostinho, 21 de janeiro de 2013. José Roberto Alves de Sena Juiz de Direito 2PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DO CABO DE SANTO AGOSTINHO1

Sentença Nº: 2013/00177

Processo Nº: 0002582-28.2013.8.17.0370

Natureza da Ação: Execução de Título Extrajudicial

Autor: LFS TRANSPORTE LTDA-ME

Advogado: AL004295 - Lecy Júnior de Andrade Araújo

Réu: CONSÓRCIO ETDI

Processo:0002582-28.2013.8.17.0370Espécie:Execução de Título ExtrajudicialExequente:LFS Transporte Ltda.-MEExecutada:Consórcio ETDIS E N T E N Ç A Vistos etc. LFS TRANSPORTE LTDA-ME, pessoa jurídica de direito privado, através de advogado regularmente constituído, ajuizou a presente Ação de Execução de Título Extrajudicial em face do CONSÓRCIO ETDI, também pessoa jurídica de direito privado, com o objetivo de receber a quantia de R$ 20.058,00 (vinte mil e cinquenta e oito reais), por conta de contrato de locação inadimplido pelo executado. Referiu que o contrato fora firmado em 25.05.2010, pelo qual foi alugado ao consórcio executado o caminhão M. Benz, cor branca, ano 2008, placa NLW-9047, com tanque sugador e bomba a vácuo, para pagamento da locação em valores mensais de R$ 14.000,00 (catorze mil reais), tendo o executado deixado de pagar o aluguel do mês de outubro de 2012 e parte do mês de novembro, perfazendo o débito objeto da execução.Com a inicial vieram os documentos de fls. 09-21. No despacho inicial de fl. 23 foi determinada a citação da empresa executada, sendo que a exequente peticionou à fl. 24 requerendo a desistência da ação, referindo que houve o cumprimento do contrato pela executada após a distribuição da ação. É o relatório necessário. Decido. Como se vê dos autos, o feito passou a tramitar com o despacho inicial de fl. 23, contudo a parte exequente peticionou postulando a desistência da ação, informando que a executada cumprira com a obrigação. Não há como opor óbices ao pedido formulado pela exeqüente, para que o processo seja extinto, pois o advogado subscritor do pleito tem poderes especiais para desistir. Desnecessária a ouvida da parte executada, pois sequer chegou a ser citada. Ex positis, homologo o pedido de desistência, para que surta seus legais efeitos, e em consequência julgo extinto o presente, nos termos do art. 267, VIII, do Código de Processo Civil. Cancelem-se eventuais anotações e restrições ao nome da executada, decorrentes do ajuizamento deste processo. Custas já satisfeitas. Com o trânsito em julgado, arquivem-se os autos, com as anotações pertinentes. P.R.I.C. Cabo de Santo Agostinho, 12 de junho de 2013 José Roberto Alves de Sena Juiz de Direito2PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DO CABO DE SANTO AGOSTINHO1

Sentença Nº: 2013/00190

Processo Nº: 0006702-51.2012.8.17.0370

Natureza da Ação: Divórcio Litigioso

Autor: C. M. da S.

Advogado: PE026300 - José Antônio Cavalcanti Dias Filho

Réu: A. L. da S. M.

Processo:0006702-51.2012.8.17.0370 Espécie:Divórcio Litigioso S E N T E N Ç A Ante o exposto, considerando o constante dos autos, acolho o parecer ministerial e julgo procedente o pedido formulado na inicial (Código de Processo Civil, art. 269, I), decretando o divórcio do requerente CMS e da requerida ALSM, com consequente dissolução do casamento existente entre ambos, voltando a requerida a usar o nome de solteira (ALS). Sem custas ou taxas, dado o deferimento da Justiça gratuita, ab initio. Deixo de condenar a requerida em custas e honorários, tendo em vista que não houve resistência à pretensão formulada pelo requerente, bem como é ela representada pela Defensoria Pública, que postulou igual benefício, que ora defiro. Uma vez ocorrido o trânsito em julgado, expeçam-se os mandados e comunicações pertinentes. Depois, arquivem-se os autos, com as devidas anotações. P.R.I.C.Cabo de Santo Agostinho, 20 de junho de 2013.José Roberto Alves de Sena Juiz de Direito1PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DO CABO DE SANTO AGOSTINHO1

Primeira Vara Cível da Comarca do Cabo de Santo Agostinho

Juiz de Direito: José Roberto Alves de Sena

Chefe de Secretaria: Jane Cleide Miranda

Data: 04/07/2013

Pauta de Despachos Nº 00137/2013

Pela presente, ficam as partes e seus respectivos advogados e procuradores, intimados dos DESPACHOS proferidos, por este JUÍZO, nos processos abaixo relacionados:

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/diarios/56345849/djpe-05-07-2013-pg-867