Carregando...
Jusbrasil - Jurisprudência
24 de maio de 2016

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70066770736 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 06/10/2015

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL COM PEDIDO DE LIMINAR. DESPACHO QUE POSTERGA A ANÁLISE DO PEDIDO LIMINAR PARA APÓS O CONTRADITÓRIO. AUSÊNCIA DE DECISÃO PASSÍVEL DE RECURSO. Não cabe interposição de recurso relativamente a pedido não apreciado pelo julgador singular, visto que ausente, ainda, cunho decisório e gravame à parte. Agravo de instrumento não conhecido, de plano. (Agravo de Instrumento Nº 70066770736, Sétima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Jorge Luís Dall'Agnol, Julgado em 01/10/2015).

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70067881136 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 29/03/2016

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO DE PASSAR AS FÉRIAS ESCOLARES NA RESIDÊNCIA PATERNA, EM SÃO PAULO. AUTOS DA AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL C/C VISITAÇÃO E ALIMENTOS PROVISÓRIOS. A pretensão ficou prejudicada, em razão da demora na tramitação do agravo acarretando na perda do seu objeto, diante do decurso do período das férias escolares da filha, na qual o pai pretendia levá-la para outro Estado. AGRAVO PREJUDICADO. (Agravo de Instrumento Nº 70067881136, Oitava Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Ivan Leomar Bruxel, Julgado em 24/03/2016).

TJ-MS - Apelação APL 08007458520158120009 MS 0800745-85.2015.8.12.0009 (TJ-MS)

Data de publicação: 30/09/2015

Ementa: APELAÇÃO EM AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL CUMULADA COM DESABRIGAMENTO OU AUTORIZAÇÃO DE VISITAS – ARGUIÇÃO DE NULIDADE DA SENTENÇA – AFASTADA EM RAZÃO DA FALTA DE COMPROVAÇÃO DE PREJUÍZO – PRETENSÃO DE REFORMA DA SENTENÇA QUE INDEFERIU O PEDIDO INICIAL – SENTENÇA MANTIDA EM FACE DO CONTEÚDO DO LAUDO DE ASSISTENTE SOCIAL – RECURSO CONHECIDO E IMPRÓVIDO. Não há razão plausível ao acolhimento de declaração de nulidade ante à falta de comprovação de prejuízo experimentado. Mantém-se a sentença objurgada, se a apelante não demonstrou o desacerto do decisum, mormente considerando que a prova colhida, inclusive técnica, milita desfavoravelmente à pretensão que deduziu.

TJ-PR - Pedido de Providências PP 10245875 PR 1024587-5 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 18/09/2013

Ementa: CONFLITO NEGATIVO DE COMPETÊNCIA - AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL E RESPONSABILIDADE - GUARDA DE FATO EXERCIDA PELA TIA MATERNA COM A CONCORDÂNCIA DA GENITORA - AUSÊNCIA DE SITUAÇÃO DE RISCO - DISCUSSÃO NO ÂMBITO FAMILIAR - COMPETÊNCIA DA VARA DE FAMÍLIA - ARTIGO 3º, V DA RESOLUÇÃO Nº 7/2008, DO ÓRGÃO ESPECIAL DESTE TRIBUNAL - CONFLITO PROCEDENTE. 1. Nas causas que envolvam colocação de criança em família substituta, na modalidade de guarda, quando a discussão se dá no âmbito da própria família, a competência para processar e julgar a ação é da Vara de Família, porquanto não caracterizada a situação de risco insculpida no artigo 98 , II , do Estatuto da Criança e do Adolescente , apta a atrair a competência para a Vara da Infância e Juventude.Artigo 3º , inciso V da Resolução nº 7/2008 do Órgão Especial deste Tribunal c/c artigo 148 , parágrafo único , alíneas a e b do Estatuto da Criança e do Adolescente . 2. No caso, o pedido de guarda é formulado pela tia materna da criança, com o consentimento expresso de sua genitora, situação que não se enquadra nas excepcionalidades do artigo 98 , do ECA .CONFLITO DE COMPETÊNCIA PROCEDENTE.

TJ-PI - Apelação Cível AC 50022598 PI (TJ-PI)

Data de publicação: 08/12/2009

Ementa: APELAÇAO CÍVEL – AÇAO DE GUARDA JUDICIAL – ECA – PROTEÇAO INTEGRAL – RECURSO IMPROVIDO - O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069 /90) admite a guarda como forma de regularização da posse de fato, fora dos casos de tutela e adoção, com vistas a atender situações peculiares e no interesse educacional da criança, de forma a garantir toda assistência moral, material e educacional de que necessita para se desenvolver saudável e feliz (art. 33 , caput, ECA ). Assim, em sendo abonada pela investigação social levada a efeito e por outras provas colhidas, cabível é pretensão de Guarda formulada. Decisão unânime, de acordo com parecer Ministerial Superior.

TJ-MG - 106860617388580011 MG 1.0686.06.173885-8/001(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 12/02/2010

Ementa: AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL - MENOR -NECESSIDADE DE CITAÇÃO DE QUEM DETÉM A GUARDA DE FATO - LITISCONSÓRCIO PASSIVO NECESSÁRIO - ESTUDO SOCIAL ATUALIZADO - NECESSIDADE - INTERESSE DO MENOR - PRINCÍPIO DA VERDADE REAL. Deve integrar a lide em que se discute a guarda de menor, o terceiro que detém a guarda de fato, tendo em vista que a sentença que vier a ser proferida sobre a questão repercutirá diretamente em sua esfera jurídica, tratando-se de hipótese de litisconsórcio necessário. Tendo havido alteração no ambiente familiar em que o menor permanecerá caso esteja na guarda da mãe, recomenda-se a realização de novo estudo social. No processo de guarda, deve-se buscar precipuamente o bem estar e os interesses do menor, assumindo especial importância, o princípio da verdade real. Processo anulado, de ofício. Sentença cassada.

TJ-AL - Agravo de Instrumento AI 08017157820138020900 AL 0801715-78.2013.8.02.0900 (TJ-AL)

Data de publicação: 08/05/2014

Ementa: ACÓRDÃO EMENTA: DIREITO CIVIL – FAMÍLIA. AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL C/C ALIMENTOS E PEDIDO DE TUTELA ANTECIPADA. AGRAVO DE INSTRUMENTO. BINÔMIO NECESSIDADE-POSSIBILIDADE. PROVA INEQUÍVOCA DE IMPOSSIBILIDADE DO FORNECIMENTO DE ALIMENTOS NO PERCENTUAL DE 20% DO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE. DEFERIDA MINORAÇÃO DOS ALIMENTOS. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. DECISÃO UNÂNIME.

TJ-PA - CONFLITO DE COMPETÊNCIA CC 201330202916 PA (TJ-PA)

Data de publicação: 19/02/2014

Ementa: CONFLITO NEGATIVO DE COMPETÊNCIA. CARTA PRECATÓRIA EXTRAÍDA DE AÇÃO DE GUARDA JUDICIAL DE MENOR. NÃO PREENCHIMENTO DOS REQUISITOS DO PARÁGRAFO ÚNICO, A DO ART. 148 , C/C ART. 98 DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE , QUE ATRAIRIA A COMPETENCIA PARA O JUÍZO ESPECIALIZADO. CONFLITO CONHECIDO E PROVIDO, PARA DECLARAR A COMPETÊNCIA DA 14ª VARA CÍVEL DE BELÉM COMPETENTE PARA PROCESSAR E JULGAR PRIVATIVAMENTE AS CARTAS PRECATÓRIAS CÍVEIS. UNANIMIDADE.

TJ-RS - Apelação Cível AC 70065132623 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 31/07/2015

Ementa: AÇÃO DE GUARDA. DISPUTA ENTRE GENITORES. PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE ACORDO JUDICIAL. DESCABIMENTO. 1. Em regra, as alterações de guarda são prejudiciais para os filhos e, inexistindo motivo ponderável, a filha adolescente deve ser mantida sob a guarda paterna, onde já se encontra e vem sendo bem cuidada. 2. É o interesse da filha que deve ser protegido e privilegiado, não se mostrando conveniente a troca de guarda, pois implicaria mudança de casa, de cidade, de colégio, de amigos, enfim da própria rotina de vida da adolescente, que manifestou vontade de continuar morando com o pai. Recurso desprovido. (Apelação Cível Nº 70065132623, Sétima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Sérgio Fernando de Vasconcellos Chaves, Julgado em 29/07/2015).

TJ-RS - Apelação Cível AC 70065687972 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 28/08/2015

Ementa: AÇÃO DE GUARDA. DISPUTA ENTRE GENITORES. PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE ACORDO JUDICIAL. DESCABIMENTO. 1. Em regra, as alterações de guarda são prejudiciais para os filhos e, inexistindo motivo ponderável, a filha adolescente deve ser mantida sob a guarda paterna, onde já se encontra e vem sendo bem cuidada. 2. É o interesse dos filhos que deve ser protegido e privilegiado, não se mostrando conveniente a troca de guarda, pois implicaria mudança na rotina de vida dos filhos, que estão perfeitamente inseridos e adaptados na família do pai, com quem já residem há expressivo lapso de tempo, devendo ser mantido o que ficou acordado em 2009, inclusive quanto a visitação. Recurso desprovido. (Apelação Cível Nº 70065687972, Sétima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Sérgio Fernando de Vasconcellos Chaves, Julgado em 26/08/2015).

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

×