Carregando...
Jusbrasil - Jurisprudência
26 de junho de 2016

Página 1 de 141.407 resultados

TRT-22 - AGRAVO DE PETIÇÃO AGVPET 447200300222002 PI 00447-2003-002-22-00-2 (TRT-22)

Data de publicação: 10/11/2008

Ementa: AGRAVO DE PETIÇÃO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU GARANTIA DA EXECUÇÃO. NÃO CONHECIMENTO. Não se conhece de agravo de petição quando o agravante não fizer o depósito recursal ou garantir a execução, na forma prevista na Súmula nº 128, II, do C. TST.(AP 00447-2003-002-22-00-2, Rel. Desembargador MANOEL EDILSON CARDOSO , TRT DA 22ª REGIAO, SEGUNDA TURMA, julgado em 28/10/2008, DJT 10/11/2008 p. não indicada)

Encontrado em: Por unanimidade, nao conhecer do agravo de peticao por ausencia de garantia do valor da execução

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA AIRR 6593620125010066 (TST)

Data de publicação: 28/11/2014

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA . EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE GARANTIA DO JUÍZO. EXIGÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. No procedimento de execução é inexigível o depósito para interposição de recurso, mas desde que esteja garantido o juízo, como consta do item IV da IN nº 3/1993 do TST. No caso, não estando garantido o juízo e não realizado o depósito recursal para a interposição da revista, correto o despacho denegatório ao trancar o apelo por deserção. Agravo de instrumento desprovido .

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA AIRR 1379007220025010302 137900-72.2002.5.01.0302 (TST)

Data de publicação: 08/11/2013

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA - PROCESSO ELETRÔNICO - EXECUÇÃO . PRELIMINAR DE DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA ARGUIDA EM CONTRAMINUTA. DEPÓSITO RECURSAL NÃO EFETUADO. AUSÊNCIA DE GARANTIA DO JUÍZO. Dispõe a Súmula 128, II, do TST, que, - Garantido o juízo, na fase executória, a exigência de depósito para recorrer de qualquer decisão viola os incisos II e LV do art. 5º da CF/1988 . Havendo, porém, elevação do valor do débito, exige-se a complção da garantia do juízo -. A contrario sensu , não garantido integralmente o juízo, na fase executória, é exigível o depósito recursal . Assim, não estando garantida a execução, reputa-se deserto o Recurso de Revista interposto sem a comprovação do depósito recursal, razão pela qual resta inviável o seu prosseguimento e, consequentemente, impõe-se a manutenção do despacho denegatório, ainda que por fundamento diverso . Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

TST - RECURSO DE REVISTA RR 980100782007509 980100-78.2007.5.09.0006 (TST)

Data de publicação: 21/10/2011

Ementa: RECURSO DE REVISTA. DESERÇÃO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. DIFERENÇA ÍNFIMA. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. CONDENAÇÃO EM PECÚNIA. GARANTIA DA EXECUÇÃO. Conforme a Orientação Jurisprudencial nº 140 da SBDI-1 do TST, configura a deserção do recurso ordinário o recolhimento insuficiente do depósito recursal, ainda que seja de apenas R$ 0,01 (um centavo) a diferença em relação ao montante devido, por se tratar de valor com expressão monetária. Consoante a jurisprudência pacífica desta Corte Superior e o contido na Instrução Normativa nº 27 do TST, a condenação dos autores ao pagamento de honorários advocatícios, porque consiste em obrigação em pecúnia, atrai a exigência de depósito recursal para a garantia da execução. Recurso de revista conhecido e provido.

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA Ag-AIRR 1476008120095150126 147600-81.2009.5.15.0126 (TST)

Data de publicação: 16/08/2013

Ementa: AGRAVO . DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. APLICAÇÃO DA SÚMULA Nº 128. EXECUÇÃO PROVISÓRIA. NÃO COMPROVAÇÃO DA INTEGRALIZAÇÃO DA GARANTIA NOS AUTOS DO PROCESSO DE CONHECIMENTO. NÃO PROVIMENTO. A não realização do depósito recursal no valor mínimo legal exigido à época da interposição do recurso de revista enseja a sua deserção, nos termos da Súmula nº 128. Ademais, cabe à parte comprovar que, no momento da interposição do apelo, o processo já está integralmente garantido pelo depósito do valor total discutido na execução provisória, de forma a dispensá-la do referido recolhimento. Nesse contexto, deve ser mantida a decisão que, ante a deserção do recurso de revista, nega seguimento ao agravo de instrumento. Agravo a que se nega provimento.

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA Ag-AIRR 1476008120095150126 147600-81.2009.5.15.0126 (TST)

Data de publicação: 07/08/2013

Ementa: AGRAVO . DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. APLICAÇÃO DA SÚMULA Nº 128. EXECUÇÃO PROVISÓRIA. NÃO COMPROVAÇÃO DA INTEGRALIZAÇÃO DA GARANTIA NOS AUTOS DO PROCESSO DE CONHECIMENTO. NÃO PROVIMENTO. A não realização do depósito recursal no valor mínimo legal exigido à época da interposição do recurso de revista enseja a sua deserção, nos termos da Súmula nº 128. Ademais, cabe à parte comprovar que, no momento da interposição do apelo, o processo já está integralmente garantido pelo depósito do valor total discutido na execução provisória, de forma a dispensá-la do referido recolhimento. Nesse contexto, deve ser mantida a decisão que, ante a deserção do recurso de revista, nega seguimento ao agravo de instrumento. Agravo a que se nega provimento.

TRT-13 - Agravo de Petição AP 01806005020135130009 0180600-50.2013.5.13.0009 (TRT-13)

Data de publicação: 10/11/2015

Ementa: AGRAVO DE PETIÇÃO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU PENHORA SUFICIENTE À GARANTIA DA EXECUÇÃO. DESERÇÃO. Nos termos da Súmula 128 do Tribunal Superior do Trabalho, a parte recorrente está obrigada a efetuar o depósito legal a cada novo recurso interposto, sob pena de deserção. Não tendo sido cumprida tal formalidade pela agravante, e inexistindo penhora para garantir a execução do crédito devido ao exequente, a consequência é o não conhecimento do Agravo de Petição interposto, porque manifestamente deserto. Preliminar suscitada ex officio.

TJ-SC - Agravo de Instrumento AI 20140901963 Itajaí 2014.090196-3 (TJ-SC)

Data de publicação: 15/03/2016

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE BUSCA E APREENSÃO. ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA EM GARANTIA. DECISÃO QUE RECONHECE PURGADA A MORA E DETERMINA A RESTITUIÇÃO DO BEM APREENDIDO. IRRESIGNAÇÃO DA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA. TESES DE QUE O INÍCIO DO PRAZO À PURGAÇÃO DEVE TER POR TERMO A EXECUÇÃO DA LIMINAR E DE QUE O VALOR DEVE OBSERVAR AS PARCELAS VENCIDAS E VINCENDAS. ARGUMENTOS EM CONSONÂNCIA COM O DECIDIDO PELO JUÍZO A QUO. AUSÊNCIA DE INTERESSE RECURSAL. ADEMAIS, DATA DO DEPÓSITO E MONTANTE ADIMPLIDO QUE SEGUIRAM TAIS PRECEITOS. ALEGADA A NECESSIDADE DE ACRÉSCIMO DAS CUSTAS PROCESSUAIS E DOS HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. ENTENDIMENTO CONSOLIDADO NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA E NESTA CÂMARA DE QUE SÓ É CABÍVEL A INCLUSÃO DAS VERBAS EXPRESSAMENTE ELENCADAS NO ART. 3º , § 2º , DO DECRETO-LEI 911 /1969. TESE REJEITADA. "Inviável a inclusão de outras despesas de cobrança no montante devido para purga da mora, porquanto apenas podem ser incluídas no leito estreito da ação de busca e apreensão, as verbas expressamente previstas pelo § 1º , do artigo 2º , do Decreto-lei 911 /69" (AgRg no Resp 1249149/PR, rel. Min. Paulo de Tarso Sanseverino, j. 6-11-2012). RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO E DESPROVIDO.

TRT-13 - Agravo de Instrumento em Agravo de Petiç AIAP 108218 PB 01589.2005.006.13.01-6 (TRT-13)

Data de publicação: 21/08/2009

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AGRAVO DE PETIÇAO TRANCADO POR DESERÇAO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU PENHORA SUFICIENTE À GARANTIA DA EXECUÇAO. Não tendo a agravante garantido integralmente a execução, nos termos dos cálculos elaborados pelo Juízo a quo, não há como conhecer do seu Agravo de Petição, eis que manifestamente deserto. Agravo de Instrumento desprovido.

TRT-13 - Agravo de Petição AP 107338 PB 01188.1997.012.13.00-4 (TRT-13)

Data de publicação: 21/07/2009

Ementa: AGRAVO DE PETIÇAO DA CAPEF. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU PENHORA SUFICIENTE À GARANTIA DA EXECUÇAO. DESERÇAO. Nos termos do item II da Súmula 128 do TST, em havendo elevação do valor do débito, exige-se a complção da garantia do juízo, o que não foi observado no caso concreto. Não-conhecimento do agravo de petição interposto, por deserto. AGRAVO DE PETIÇAO DO EXEQUENTE. CÁLCULOS. DISSONÂNCIA COM A SENTENÇA. REFAZIMENTO. MANUTENÇAO DA DECISAO. Constatando o Juízo da execução que os cálculos foram confeccionados em grave dissonância com a decisão exequenda, correto o Juízo a quo que determinou seu refazimento, em estrita observância ao comando sentencial. Agravo desprovido.

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

×