Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
22 de dezembro de 2014

Página 1 de 79.248 resultados

TRT-22 - AGRAVO DE PETIÇÃO AGVPET 447200300222002 PI 00447-2003-002-22-00-2 (TRT-22)

Data de publicação: 10/11/2008

Ementa: AGRAVO DE PETIÇÃO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU GARANTIA DA EXECUÇÃO. NÃO CONHECIMENTO. Não se conhece de agravo de petição quando o agravante não fizer o depósito recursal ou garantir a execução, na forma prevista na Súmula nº 128, II, do C. TST.(AP 00447-2003-002-22-00-2, Rel. Desembargador MANOEL EDILSON CARDOSO , TRT DA 22ª REGIAO, SEGUNDA TURMA, julgado em 28/10/2008, DJT 10/11/2008 p. não indicada)

Encontrado em: Por unanimidade, nao conhecer do agravo de peticao por ausencia de garantia do valor da execução

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA AIRR 6593620125010066 (TST)

Data de publicação: 28/11/2014

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA . EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE GARANTIA DO JUÍZO. EXIGÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. No procedimento de execução é inexigível o depósito para interposição de recurso, mas desde que esteja garantido o juízo, como consta do item IV da IN nº 3/1993 do TST. No caso, não estando garantido o juízo e não realizado o depósito recursal para a interposição da revista, correto o despacho denegatório ao trancar o apelo por deserção. Agravo de instrumento desprovido .

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA AIRR 1379007220025010302 137900-72.2002.5.01.0302 (TST)

Data de publicação: 08/11/2013

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA - PROCESSO ELETRÔNICO - EXECUÇÃO . PRELIMINAR DE DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA ARGUIDA EM CONTRAMINUTA. DEPÓSITO RECURSAL NÃO EFETUADO. AUSÊNCIA DE GARANTIA DO JUÍZO. Dispõe a Súmula 128, II, do TST, que, - Garantido o juízo, na fase executória, a exigência de depósito para recorrer de qualquer decisão viola os incisos II e LV do art. 5º da CF/1988 . Havendo, porém, elevação do valor do débito, exige-se a complção da garantia do juízo -. A contrario sensu , não garantido integralmente o juízo, na fase executória, é exigível o depósito recursal . Assim, não estando garantida a execução, reputa-se deserto o Recurso de Revista interposto sem a comprovação do depósito recursal, razão pela qual resta inviável o seu prosseguimento e, consequentemente, impõe-se a manutenção do despacho denegatório, ainda que por fundamento diverso . Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

TST - RECURSO DE REVISTA RR 980100782007509 980100-78.2007.5.09.0006 (TST)

Data de publicação: 21/10/2011

Ementa: RECURSO DE REVISTA. DESERÇÃO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. DIFERENÇA ÍNFIMA. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. CONDENAÇÃO EM PECÚNIA. GARANTIA DA EXECUÇÃO. Conforme a Orientação Jurisprudencial nº 140 da SBDI-1 do TST, configura a deserção do recurso ordinário o recolhimento insuficiente do depósito recursal, ainda que seja de apenas R$ 0,01 (um centavo) a diferença em relação ao montante devido, por se tratar de valor com expressão monetária. Consoante a jurisprudência pacífica desta Corte Superior e o contido na Instrução Normativa nº 27 do TST, a condenação dos autores ao pagamento de honorários advocatícios, porque consiste em obrigação em pecúnia, atrai a exigência de depósito recursal para a garantia da execução. Recurso de revista conhecido e provido.

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA Ag-AIRR 1476008120095150126 147600-81.2009.5.15.0126 (TST)

Data de publicação: 07/08/2013

Ementa: AGRAVO . DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. APLICAÇÃO DA SÚMULA Nº 128. EXECUÇÃO PROVISÓRIA. NÃO COMPROVAÇÃO DA INTEGRALIZAÇÃO DA GARANTIA NOS AUTOS DO PROCESSO DE CONHECIMENTO. NÃO PROVIMENTO. A não realização do depósito recursal no valor mínimo legal exigido à época da interposição do recurso de revista enseja a sua deserção, nos termos da Súmula nº 128. Ademais, cabe à parte comprovar que, no momento da interposição do apelo, o processo já está integralmente garantido pelo depósito do valor total discutido na execução provisória, de forma a dispensá-la do referido recolhimento. Nesse contexto, deve ser mantida a decisão que, ante a deserção do recurso de revista, nega seguimento ao agravo de instrumento. Agravo a que se nega provimento.

TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA Ag-AIRR 1476008120095150126 147600-81.2009.5.15.0126 (TST)

Data de publicação: 16/08/2013

Ementa: AGRAVO . DESERÇÃO DO RECURSO DE REVISTA. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. APLICAÇÃO DA SÚMULA Nº 128. EXECUÇÃO PROVISÓRIA. NÃO COMPROVAÇÃO DA INTEGRALIZAÇÃO DA GARANTIA NOS AUTOS DO PROCESSO DE CONHECIMENTO. NÃO PROVIMENTO. A não realização do depósito recursal no valor mínimo legal exigido à época da interposição do recurso de revista enseja a sua deserção, nos termos da Súmula nº 128. Ademais, cabe à parte comprovar que, no momento da interposição do apelo, o processo já está integralmente garantido pelo depósito do valor total discutido na execução provisória, de forma a dispensá-la do referido recolhimento. Nesse contexto, deve ser mantida a decisão que, ante a deserção do recurso de revista, nega seguimento ao agravo de instrumento. Agravo a que se nega provimento.

TRT-13 - Agravo de Instrumento em Agravo de Petiç AIAP 108218 PB 01589.2005.006.13.01-6 (TRT-13)

Data de publicação: 21/08/2009

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AGRAVO DE PETIÇAO TRANCADO POR DESERÇAO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU PENHORA SUFICIENTE À GARANTIA DA EXECUÇAO. Não tendo a agravante garantido integralmente a execução, nos termos dos cálculos elaborados pelo Juízo a quo, não há como conhecer do seu Agravo de Petição, eis que manifestamente deserto. Agravo de Instrumento desprovido.

TRT-13 - Agravo de Petição AP 107338 PB 01188.1997.012.13.00-4 (TRT-13)

Data de publicação: 21/07/2009

Ementa: AGRAVO DE PETIÇAO DA CAPEF. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL OU PENHORA SUFICIENTE À GARANTIA DA EXECUÇAO. DESERÇAO. Nos termos do item II da Súmula 128 do TST, em havendo elevação do valor do débito, exige-se a complção da garantia do juízo, o que não foi observado no caso concreto. Não-conhecimento do agravo de petição interposto, por deserto. AGRAVO DE PETIÇAO DO EXEQUENTE. CÁLCULOS. DISSONÂNCIA COM A SENTENÇA. REFAZIMENTO. MANUTENÇAO DA DECISAO. Constatando o Juízo da execução que os cálculos foram confeccionados em grave dissonância com a decisão exequenda, correto o Juízo a quo que determinou seu refazimento, em estrita observância ao comando sentencial. Agravo desprovido.

TJ-PR - Agravo de Instrumento AI 7512147 PR 0751214-7 (TJ-PR)

Data de publicação: 13/04/2011

Ementa: Agravo de instrumento. Cumprimento de sentença. Impugnação. Depósito como garantia do juízo. Ausência de pagamento. Multa prevista no art. 475 - J, CPC . Cabimento. Levantamento do valor penhorado. Possibilidade. Execução definitiva. Decurso de prazo recursal. Desnecessidade. 1. Limitando-se o executado a garantir o juízo com o fito de impugnar o cumprimento de sentença, não efetuando qualquer pagamento, é devida a multa de 10% sobre o montante apurado pelo credor, aplicando-se o art. 475-J do CPC . 2. Tratando-se de execução definitiva de sentença, não há óbice que a parte credora efetue o levantamento dos valores depositados pela demandada em fase de impugnação ao cumprimento de sentença condenatória, uma vez julgada improcedente a referida impugnação. Recurso provido.

Encontrado em: depositados, independentemente do transcurso do prazo recursal e para reconhecer a incidência da multa

TRT-13 - Agravo de Petição AP 107648 PB 00599.2008.023.13.00-0 (TRT-13)

Data de publicação: 31/07/2009

Ementa: AGRAVO DE PETIÇAO. AUSÊNCIA DE DEPÓSITO RECURSAL. GARANTIA DA EXECUÇAO. DESERÇAO. O depósito recursal é pressuposto de recorribilidade e, no âmbito do processo trabalhista, a sua obrigatoriedade aplica-se, igualmente, aos embargos à execução e a qualquer recurso subseqüente do devedor (2º do art. 40 da Lei nº 8.177 /91), dentre os quais, obviamente, o agravo de petição, a menos que exista penhora de numerário suficiente para garantir toda a execução. MULTA COMINATÓRIA. REDUÇAO. A cláusula penal e a multa cominatória são institutos que não se confundem. A cláusula penal tem natureza compensatória e está vinculada à relação jurídica de direito material que lhe dá causa, tendo por limite o valor da obrigação principal, conforme disposto no artigo 412 do CCB. Já a multa cominatória é instrumento de força do direito processual, que visa a compelir o devedor ao cumprimento da ordem judicial, podendo o seu montante ultrapassar o valor da condenação, uma vez que o legislador não estipulou parâmetro objetivo ou percentual para sua fixação.

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca