Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
03 de agosto de 2015

Página 1 de 24.060 resultados

Legislação direta

Artigo 184 da Lei nº 5.869 de 11 de Janeiro de 1973
Art. 184. Salvo disposição em contrário, computar-se-ão os prazos, excluindo o dia do começo e incluindo o do vencimento.
§ 1º Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil se o vencimento cair em feriado ou em dia em que:
I - for determinado o fechamento do forum;
II - o expediente forense for encerrado antes da hora normal.
§ 2º Os prazos somente começam a correr a partir do primeiro dia útil após a citação ou intimação.
Art. 184. Salvo disposição em contrário, computar-se-ão os prazos, excluindo o dia do começo e incluindo o do vencimento. (Redação dada pela Lei nº 5.925, de 1º.10.1973)
§ 1o Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil se o vencimento cair em feriado ou em dia em que: (Redação dada pela Lei nº 5.925, de 1º.10.1973)
I - for determinado o fechamento do fórum;
II - o expediente forense for encerrado antes da hora normal.
§ 2º Os prazos somente começam a correr a partir do primeiro dia útil após a intimação (art. 240). (Redação dada pela Lei nº 5.925, de 1º.10.1973)
§ 2o Os prazos somente começam a correr do primeiro dia útil após a intimação (art. 240 e parágrafo único). (Redação dada pela Lei nº 8.079, de 13.9.1990)

TJ-MS - Apelacao Civel AC 14582 MS 2008.014582-7 (TJ-MS)

Data de publicação: 20/01/2009

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DECLARATÓRIA COM PEDIDO DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA C/C DANOS MORAIS - PRELIMINAR DE INTEMPESTIVIDADE DO RECURSO - AFASTADA - CONTAGEM DE PRAZO SEGUNDO ART. 184 CPC - MÉRITO - ALEGAÇÃO DE QUE A ASSINATURA NO VERSO DO CHEQUE É FALSA - AUSÊNCIA DE LAUDO GRAFOLÓGICO QUE COMPROVE A ALEGAÇÃO - RECURSO IMPROVIDO.

TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Recursos Recurso Inominado RI 000104695201381601150 PR 0001046-95.2013.8.16.0115/0 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 20/02/2015

Ementa: INTEMPESTIVIDADE DO RECURSO. NÃO MERECE SER CONHECIDO, POIS AUSENTE UM DOS PRESSUPOSTOS DE ADMISSIBILIDADE, QUAL, SEJA, A TEMPESTIVIDADE. A RECORRENTE EFETUOU A LEITURA DA INTIMAÇÃO DA SENTENÇA (MOV. 90) NO DIA 15/09/2014 (SEGUNDA-FEIRA), DESSA FORMA, INICIOU-SE A CONTAGEM EM 16/09/2014 (TERÇA-FEIRA). FOI INTERPOSTO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO (MOV. 93) EM 25/09/2014 (QUINTA-FEIRA), OS QUAIS NÃO FORAM ACOLHIDOS POSTO QUE INTEMPESTIVOS. CONSIDERANDO QUE OS EMBARGOS DECLARATÓRIOS FORAM INTERPOSTOS NO DÉCIMO DIA DO PRAZO RECURSAL, O RECORRENTE, APÓS A INTIMAÇÃO DA DECISÃO DOS EMBARGOS, TINHA QUE APRESENTAR INTERPOSIÇÃO DE RECURSO INOMINADO NA MESMA DATA DA LEITURA DA INTIMAÇÃO, HAJA VISTA QUE O PRAZO JÁ HAVIA SE ESGOTADO QUANDO DA INTERPOSIÇÃO DOS EMBARGOS. RESSALTE- SE QUE A LEITURA DA INTIMAÇÃO DA DECISÃO QUE REJEITOU OS EMBARGOS (MOV. 102) OCORREU EM 13/10/2014 (SEGUNDA-FEIRA). PORTANTO, O PRAZO FINAL PARA INTERPOSIÇÃO DO RECURSO INOMINADO ERA 13/10/2014 (SEGUNDA-FEIRA). CONFORME MOVIMENTAÇÃO PROCESSUAL OBSERVA-SE A INTERPOSIÇÃO DE RECURSO PELA RECORRENTE APENAS EM 23/10/2014 (QUINTA-FEIRA). O ARTIGO 50 DA LEI 9.099/1995 DISPÕE O SEGUINTE SOBRE A INTERPOSIÇÃO DE EMBARGOS DE DECLARAÇÃO: ?QUANDO INTERPOSTOS CONTRA SENTENÇA, OS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO SUSPENDERÃO O PRAZO PARA RECURSO.? NÃO HOUVE SUSPENSÃO DOS PRAZOS, NEM TAMPOUCO, INDISPONIBILIDADE DO SISTEMA PROJUDI. PORTANTO, NOS TERMOS DO ART. 184, CPC E ART. 42 DA LEI 9.099/1995, INTEMPESTIVO, UMA VEZ QUE INTERPOSTO APÓS O DECURSO DO PRAZO RECURSAL. AINDA, ESTE RELATOR NÃO ESTÁ (TJPR - 1ª Turma Recursal - 0001046-95.2013.8.16.0115/0 - Matelândia - Rel.: Fernando Swain Ganem - - J. 10.02.2015)

Encontrado em: PROJUDI. PORTANTO, NOS TERMOS DO ART. 184, CPC E ART. 42 DA LEI 9.099/1995, INTEMPESTIVO, UMA VEZ... DA INTIMAÇÃO DA SENTENÇA (MOV. 90) NO DIA 15/09/2014 (SEGUNDA-FEIRA), DESSA FORMA, INICIOU-SE A CONTAGEM...-FEIRA). PORTANTO, O PRAZO FINAL PARA INTERPOSIÇÃO DO RECURSO INOMINADO ERA 13/10/2014 (SEGUNDA...

TRT-7 - Recurso Ordinário RO 663004020095070023 CE 0066300-4020095070023 (TRT-7)

Data de publicação: 01/09/2010

Ementa: PRESCRIÇÃO BIENAL CONTAGEM DE PRAZO. DIES AD QUEM. Em se tratando de prazo prescricional, e recaindo seu termo final num domingo, aplica-se a regra insculpida no § 1º do art. 184 do CPC , segundo a qual: "Salvo disposição em contrário, computar-se-ão os prazos, excluindo o dia do começo e incluindo o do vencimento. § 1º Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil se o vencimento cair em feriado ou em dia que: I - for determinado o fechamento do fórum; II - o expediente forense for encerrado antes da hora normal."Recurso conhecido e provido.

TJ-RJ - AGRAVO DE INSTRUMENTO AI 00472122720148190000 RJ 0047212-27.2014.8.19.0000 (TJ-RJ)

Data de publicação: 06/02/2015

Ementa: cair em feriado ou em dia em que : (.)¿ Com efeito, a contagem dos prazos se dá pela forma corrida, devendo a suspensão processual prevista nos Atos executivos nº 1.277/2014 e nº 1.310/2014 que considerou como ponto facultativo os dias 12,17,18,20,23 e 25 de junho, além de 04 e 08 de julho, todos de 2014, ser interpretada como um feriado declarado por lei, mormente, em razão do artigo 230, § 1º, do CODJERJ, o qual disciplina que não haverá expediente forense nos dias declarados como ponto facultativos nas repartições públicas estaduais. Assim, o 15º dia permitido para apresentação da apelação seria 10/07/2014, quinta feira, dia em que não houve qualquer alteração dos prazos processuais decorrentes dos Atos Executivos nº 1.277/2014 e 1.310/14. Às fls. 471/483 (índice eletrônico 00019) verifica-se que a apelação foi protocolada em 14/07/2014 (segunda feira), quando já esgotado o prazo legal, sendo, portanto, intempestiva, não merecendo, assim, ser provido o agravo de instrumento interposto pelo autor. Sobre a matéria versa o julgado do STJ: AGRAVO REGIMENTAL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO ESPECIAL INTEMPESTIVO. SUSPENSÃO DOS PRAZOS PROCESSUAIS PELO TRIBUNAL RECORRIDO. TERMO INICIAL E FINAL. ART. 184, § 1º, CPC. INAPLICABILIDADE AO CASO DOS AUTOS. AGRAVO DESPROVIDO. 1. A suspensão dos prazos processuais pelo Tribunal de origem influencia somente os recursos em que o termo inicial ou final recaia em alguma das datas nas quais não haja expediente forense, acarretando a prorrogação para o primeiro dia útil subsequente, nos termos do art. 184, § 1º, do CPC. 2. No caso dos autos, o termo final para a interposição do recurso se deu em data posterior à suspensão dos prazos, razão pela qual o recurso especial é intempestivo. 3. Agravo regimental a que se nega provimento. (AgRg no Ag 1410120/RJ, Rel. Ministra MARIA ISABEL GALLOTTI, QUARTA TURMA, julgado em 13/12/2011, DJe 01/02/2012) Confira-se, ainda, o entendimento deste Tribunal em casos semelhantes: AGRAVO INTERNO NO AGRAVO...

TRT-7 - Agravo de Instrumento em Recurso Ordinário AIRO 98250220105070000 CE 0009825-0220105070000 (TRT-7)

Data de publicação: 21/03/2011

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO RECURSO ORDINÁRIO - PETICIONAMENTO VIA EMAIL - LEIS NºS 9.800 /99 E 11.419 /06 - TEMPESTIVIDADE. O recurso ordinário do autor se encontra tempestivo, vez que sua transmissão, via email, observou aos comandos insertos nos arts. 1º , 2º , parágrafo único , da Lei nº 9.800 /99 e 3º, parágrafo único, da Lei nº 11.419 /06, bem como na Súmula nº 387 do TST. Agravo conhecido e provido.EMENTA: RECURSO ORDINÁRIO - PRESCRIÇÃO BIENAL - CONTAGEM DE PRAZO - DIES AD QUEM. Em se tratando de prazo prescricional, e recaindo seu termo final num domingo, aplica-se a regra insculpida no § 1º do art. 184 do CPC , segundo a qual: "Salvo disposição em contrário, computar-se-ão os prazos, excluindo o dia do começo e incluindo o do vencimento. § 1º Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil se o vencimento cair em feriado ou em dia que: I - for determinado o fechamento do fórum; II - o expediente forense for encerrado antes da hora normal."Recurso conhecido e provido.

TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Recursos Recurso Inominado RI 000431457201381600190 PR 0004314-57.2013.8.16.0019/0 (Decisão Monocrática) (TJ-PR)

Data de publicação: 25/06/2015

Ementa: GALLOTTI, Data de Julgamento: 11/02/2014, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJe 19/02/2014). EXECUÇÃO. INSTRUMENTO PARTICULAR DE RATIFICAÇÃO DE ACORDOS JUDICIAIS, REFERENDADO PELOS ADVOGADOS DOS TRANSATORES. NOMEAÇÃO DE BENS À PENHORA. PRAZO DE 24 HORAS. INTEMPESTIVIDADE. - "Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto" (art. 125, § 4º, do Código Civil). Hipótese em que registrada a hora da citação da devedora. Inaplicação ao caso da regra inscrita no art. 184 do CPC. - Constitui título executivo extrajudicial o instrumento de transação referendado pelos advogados dos transatores (art. 585, II, do CPC). Alegação de ausência de poderes quanto a um dos advogados subscritores a depender do exame de matéria fático-probatória. Incidência da Súmula nº 7-STJ. Recurso especial conhecido, em parte, e desprovido. (STJ - REsp: 187444 DF 1998/0065011-3, Relator: Ministro BARROS MONTEIRO, Data de Julgamento: 19/12/2002, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJ 17.03.2003 p. 232). A seara dos Juizados Especiais Cíveis, pauta-se no mesmo comando normativo, dada a redação do Enunciado n. 13.22 da Turma Recursal do Paraná, com especificidade no tangente à prorrogação de prazos, nos casos de término em dia não-útil. ?Enunciado Nº. 13.22 -O prazo para comprovação do preparo, quando findo em dia não-útil, prorroga-se até o do expediente do primeiro dia útilprimeiro minuto subsequente.? Assim, o ônus da parte Recorrente era de ter observado e feito a comprovação do preparo exatamente em até 48 (quarenta e oito) horas da interposição do recurso (observada a identidade de hora e minuto). Ademais, é certo que, se neste ínterim houver dia sem expediente forense, a comprovação do preparo deve ser realizada até o primeiro minuto do primeiro dia subsequente com expediente forense. Na espécie, verifica-se que o recorrente não se desincumbiu deste ônus, eis que comprovou o preparo do recurso de forma extemporânea. As Turma Recursais do Estado do Paraná também emanam comandos...

TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Recursos Recurso Inominado RI 000624649201281601700 PR 0006246-49.2012.8.16.0170/0 (Decisão Monocrática) (TJ-PR)

Data de publicação: 21/06/2015

Ementa: GALLOTTI, Data de Julgamento: 11/02/2014, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJe 19/02/2014). EXECUÇÃO. INSTRUMENTO PARTICULAR DE RATIFICAÇÃO DE ACORDOS JUDICIAIS, REFERENDADO PELOS ADVOGADOS DOS TRANSATORES. NOMEAÇÃO DE BENS À PENHORA. PRAZO DE 24 HORAS. INTEMPESTIVIDADE. - "Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto" (art. 125, § 4º, do Código Civil). Hipótese em que registrada a hora da citação da devedora. Inaplicação ao caso da regra inscrita no art. 184 do CPC. - Constitui título executivo extrajudicial o instrumento de transação referendado pelos advogados dos transatores (art. 585, II, do CPC). Alegação de ausência de poderes quanto a um dos advogados subscritores a depender do exame de matéria fático-probatória. Incidência da Súmula nº 7-STJ. Recurso especial conhecido, em parte, e desprovido. (STJ - REsp: 187444 DF 1998/0065011-3, Relator: Ministro BARROS MONTEIRO, Data de Julgamento: 19/12/2002, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJ 17.03.2003 p. 232). A seara dos Juizados Especiais Cíveis, pauta-se no mesmo comando normativo, dada a redação do Enunciado n. 13.22 da Turma Recursal do Paraná, com especificidade no tangente à prorrogação de prazos, nos casos de término em dia não-útil. ?Enunciado Nº. 13.22 -O prazo para comprovação do preparo, quando findo em dia não-útil, prorroga-se até o do expediente do primeiro dia útilprimeiro minuto subsequente.? Assim, o ônus da parte Recorrente era de ter observado e feito a comprovação do preparo exatamente em até 48 (quarenta e oito) horas da interposição do recurso (observada a identidade de hora e minuto). Ademais, é certo que, se neste ínterim houver dia sem expediente forense, a comprovação do preparo deve ser realizada até o primeiro minuto do primeiro dia subsequente com expediente forense. Na espécie, verifica-se que o recorrente não se desincumbiu deste ônus, eis que comprovou o preparo do recurso de forma extemporânea. As Turma Recursais do Estado do Paraná também emanam comandos...

TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Recursos Recurso Inominado RI 000441704201281600180 PR 0004417-04.2012.8.16.0018/0 (Decisão Monocrática) (TJ-PR)

Data de publicação: 19/06/2015

Ementa: GALLOTTI, Data de Julgamento: 11/02/2014, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJe 19/02/2014). EXECUÇÃO. INSTRUMENTO PARTICULAR DE RATIFICAÇÃO DE ACORDOS JUDICIAIS, REFERENDADO PELOS ADVOGADOS DOS TRANSATORES. NOMEAÇÃO DE BENS À PENHORA. PRAZO DE 24 HORAS. INTEMPESTIVIDADE. - "Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto" (art. 125, § 4º, do Código Civil). Hipótese em que registrada a hora da citação da devedora. Inaplicação ao caso da regra inscrita no art. 184 do CPC. - Constitui título executivo extrajudicial o instrumento de transação referendado pelos advogados dos transatores (art. 585, II, do CPC). Alegação de ausência de poderes quanto a um dos advogados subscritores a depender do exame de matéria fático-probatória. Incidência da Súmula nº 7-STJ. Recurso especial conhecido, em parte, e desprovido. (STJ - REsp: 187444 DF 1998/0065011-3, Relator: Ministro BARROS MONTEIRO, Data de Julgamento: 19/12/2002, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJ 17.03.2003 p. 232). A seara dos Juizados Especiais Cíveis, pauta-se no mesmo comando normativo, dada a redação do Enunciado n. 13.22 da Turma Recursal do Paraná, com especificidade no tangente à prorrogação de prazos, nos casos de término em dia não-útil. ?Enunciado Nº. 13.22 -O prazo para comprovação do preparo, quando findo em dia não-útil, prorroga-se até o do expediente do primeiro dia útilprimeiro minuto subsequente.? Assim, o ônus da parte Recorrente era de ter observado e feito a comprovação do preparo exatamente em até 48 (quarenta e oito) horas da interposição do recurso (observada a identidade de hora e minuto). Ademais, é certo que, se neste ínterim houver dia sem expediente forense, a comprovação do preparo deve ser realizada até o primeiro minuto do primeiro dia subsequente com expediente forense. Na espécie, verifica-se que o recorrente não se desincumbiu deste ônus, eis que comprovou o preparo do recurso de forma extemporânea. As Turma Recursais do Estado do Paraná também emanam comandos...

TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Recursos Recurso Inominado RI 005730122201281600140 PR 0057301-22.2012.8.16.0014/0 (Decisão Monocrática) (TJ-PR)

Data de publicação: 27/05/2015

Ementa: MARIA ISABEL GALLOTTI, Data de Julgamento: 11/02/2014, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJe 19/02/2014). EXECUÇÃO. INSTRUMENTO PARTICULAR DE RATIFICAÇÃO DE ACORDOS JUDICIAIS, REFERENDADO PELOS ADVOGADOS DOS TRANSATORES. NOMEAÇÃO DE BENS À PENHORA. PRAZO DE 24 HORAS. INTEMPESTIVIDADE. - "Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto" (art. 125, § 4º, do Código Civil). Hipótese em que registrada a hora da citação da devedora. Inaplicação ao caso da regra - Constitui título executivo extrajudicial o instrumentoinscrita no art. 184 do CPC. de transação referendado pelos advogados dos transatores (art. 585, II, do CPC). Alegação de ausência de poderes quanto a um dos advogados subscritores a depender do exame de matéria fático-probatória. Incidência da Súmula nº 7-STJ. Recurso especial conhecido, em parte, e desprovido. (STJ - REsp: 187444 DF 1998/0065011-3, Relator: Ministro BARROS MONTEIRO, Data de Julgamento: 19/12/2002, T4 - QUARTA TURMA, Data de Publicação: DJ 17.03.2003 p. 232). A seara dos Juizados Especiais Cíveis, pauta-se no mesmo comando normativo, dada a redação do Enunciado n. 13.22 da Turma Recursal do Paraná, com especificidade no tangente à prorrogação de prazos, nos casos de término em dia não-útil. ?Enunciado Nº. 13.22 -O prazo para comprovação do preparo, quando findo em dia não-útil, prorroga-se até o do expediente do primeiro dia útilprimeiro minuto subsequente.? Assim, o ônus da parte Recorrente era de ter observado e feito a comprovação do preparo em até 48 (quarenta e oito) horas daexatamente interposição do recurso (observada a identidade de hora e minuto). Ademais, é certo que, se neste ínterim houver dia sem expediente forense, a comprovação do preparo deve ser realizada até o primeiro minuto do primeiro dia subsequente com expediente forense. Na espécie, verifica-se que o recorrente não se desincumbiu deste ônus, eis que comprovou o preparo do recurso de forma extemporânea. As Turma Recursais do Estado do Paraná também...

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL AgRg no REsp 216677 RS 1999/0046443-5 (STJ)

Data de publicação: 17/05/2004

Ementa: AGRAVO REGIMENTAL - RECURSO ESPECIAL - ALEGADA VIOLAÇÃO AOS ARTS. 165 , 458 E 535 DO CPC - NÃO-OCORRÊNCIA - INTIMAÇÃO REALIZADA NAS FÉRIAS FORENSES CONSIDERA-SE EFETIVADA NO PRIMEIRO DIA ÚTIL SUBSEQÜENTE - EMBARGOS DE DECLARAÇÃO TEMPESTIVOS - RECURSO PROVIDO. É pacífico nesta Corte o entendimento segundo o qual, "publicado o acórdão durante as férias forenses, entende-se como efetivada a intimação no 1º dia útil subseqüente, iniciando-se a contagem do prazo recursal no dia útil seguinte, consoante o disposto no art. 184 , § 2º , do CPC " (AGREsp 489.504/RJ, Rel. Min. Nancy Andrighi, DJ de 25.08.2003). Em que pese ao provimento do recurso especial para afastar a intempestividade dos primeiros embargos de declaração, não foi reconhecida a negativa de vigência do artigo 535 do CPC , tendo em vista a ausência de omissão a ser sanada no acórdão dos segundos declaratórios . Recurso especial provido para, afastada a intempestividade dos embargos de declaração opostos contra o acórdão da apelação, determinar o retorno dos autos à Corte de origem para sua apreciação. Agravo regimental a que se nega provimento.

Encontrado em: . Ministro Relator. T2 - SEGUNDA TURMA DJ 17.05.2004 p. 164 - 17/5/2004 CPC-73 LEG:FED LEI: 005869 ANO:1973... da SEGUNDA TURMA do Superior Tribunal de Justiça, por unanimidade, em negar provimento ao agravo... ART : 00184 PAR: 00002 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 1973 INTIMAÇÃO - FÉRIAS FORENSES STJ - AgRg no...

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista

Fale agora com um Advogado

Está procurando um advogado ou um correspondente jurídico?

Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil

Tenho um Caso Jurídico

Preciso da orientação de um advogado

Enviar meu caso

Sou um advogado

Preciso contratar um correspondente

Solicitar diligência
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca