Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
31 de outubro de 2014

Página 1 de 11.805 resultados

TJ-BA - Apelação APL 01063035520028050001 BA 0106303-55.2002.8.05.0001 (TJ-BA)

Data de publicação: 20/11/2013

Ementa: DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. EXERCÍCIOS DE 1997, 1998, 1999 E 2000. AJUIZAMENTO EM 23/09/02, ANTES DO ADVENTO DA LEI COMPLEMENTAR Nº 118 /05 QUANDO A CITAÇÃO DO EXECUTADO INTERROMPIA O EVENTO PRESCRICIONAL. NÃO OCORRÊNCIA DA CITAÇÃO. SENTENÇA PROLATADA EM 02/04/12. PRESCRIÇÃO DO CRÉDITO DE 1997 ANTES MESMO DO AJUIZAMENTO DA AÇÃO PARA SUA COBRANÇA. PRESCRIÇÃO DOS EXERCÍCIOS DE 1998, 1999 E 2000 NO CURSO DA AÇÃO. INAPLICABILIDADE DA SÚMULA 106 DO STJ. RETARDAMENTO DA PRESTAÇÃO JURISDICIONAL DESINFLUENTE NA OCORRÊNCIA DA PRESCRIÇÃO. NÃO SE DESONERA A ADMINISTRAÇÃO DE ZELAR PELA COISA PÚBLICA. ANOS DE PARALISAÇÃO. CONDUTA OMISSIVA DO ENTE PÚBLICO ADSTRITA AO PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA. APELAÇÃO IMPROVIDA. Cuida-se de Apelação contra sentença que extinguiu a execução para cobrança de créditos fiscais de IPTU e Taxa de Lixo dos exercícios de 1997 a 2000, com fundamento na prescrição plena. Na ação ajuizada, antes da Lei Complementar 118 /05, o lapso prescricional do crédito tributário se interrompe pela citação pessoal válida do devedor, o que não ocorreu no caso dos autos. Ademais, o crédito relativo ao exercício de 1997 já encontrava-se prescrito antes mesmo do ajuizamento da ação para sua cobrança. Mesmo ajuizada a execução, deve a Administração acompanhá-la de forma condizente com o mandamento constitucional da eficiência. Inadequação da Súmula 106 do STJ, visto que a inércia da Fazenda Pública concorreu tanto ou mais que o retardamento da prestação jurisdicional para o decurso do prazo prescricional. Ademais, o artigo 219 , § 5º , do CPC , após alteração determinada pela Lei 11280 /06, impõe que o juiz pronunciará, de ofício, a prescrição.

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70007416738 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 21/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007416738, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 21/10/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AG 70008495152 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 07/04/2004

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau. Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais. Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo. A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei. Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70008495152, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 07/04/2004)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AG 70007342462 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 14/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007342462, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 14/10/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AG 70007413487 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 22/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007413487, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 22/10/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70007346224 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 14/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007346224, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 14/10/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AG 70007417041 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 21/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007417041, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 21/10/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70007899008 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 23/12/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais. Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo. A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei. Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do artigo 557 do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007899008, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 23/12/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AG 70007902687 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 23/12/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais. Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo. A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei. Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do artigo 557 do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007902687, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 23/12/2003)

TJ-RS - Agravo de Instrumento AI 70007417041 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 21/10/2003

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. CRÉDITOS DE IPTU E TAXA DE LIXO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA AO AJUIZAMENTO. PETIÇÃO INICIAL E CDA. ARTIGOS 2º , PARÁGRAFOS 5º E 6º E ARTIGO 6º DA LEI 6.830 /80. PROVIMENTO LIMINAR DO AGRAVO DE INSTRUMENTO COM BASE NO PARÁGRAFO 1º-A DO CPC . DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU QUE VAI DE ENCONTRO AO DISPOSTO NA LEF . Para o ajuizamento da execução fiscal, deve o Município apresentar a sua petição inicial acompanhada apenas da CDA. Não é necessária a juntada do procedimento administrativo, como determinado em primeiro grau.Entendimento consubstanciado na redação expressa dos artigos 2º, parágrafos 5º e 6º e artigo 6º da Lei de Execuções Fiscais.Afora o aspecto esmiuçado, o IPTU é imposto cujo lançamento é direito, dispensando o procedimento administrativo.A decisão de primeiro grau, mais do que contrariar a jurisprudência de Tribunal superior, contraria a própria lei.Provimento liminar do recurso com base no parágrafo 1º-A do CPC . (Agravo de Instrumento Nº 70007417041, Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Carlos Roberto Lofego Canibal, Julgado em 21/10/2003)

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca