Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
05 de março de 2015

Página 1 de 9.940 resultados

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO AgRg no Ag 1016716 SP 2008/0037126-2 (STJ)

Data de publicação: 19/04/2010

Ementa: AGRAVO INTERNO. PREVIDENCIÁRIO. CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E AUXÍLIO-ACIDENTE. MOLÉSTIA POSTERIOR À LEI 9.528 /97. IMPOSSIBILIDADE. 1. Impossível a cumulação de auxílio-acidente e aposentadoria por invalidez, no caso em que a eclosão da moléstia for posterior à Lei 9.528 /97. 2. Agravo ao qual se nega provimento.

TJ-RS - Apelação Cível AC 70047252937 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 10/05/2012

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. PREVIDENCIÁRIO. CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E AUXÍLIO-ACIDENTE. IDENTIDADE DE FATOS GERADORES. IMPOSSIBILIDADE. Não obstante se saiba que antes da Lei n.º 9.528 /97, que alterou a redação do art. 86 , § 1º , da Lei 8.213 /91, era possível a cumulação do benefício de auxílio-acidente com o de aposentadoria, não é viável o recebimento conjunto dos benefícios se ambos são decorrentes do mesmo fato gerador. DANOS MORAIS E ESTÉTICOS DECORRENTES DO ACIDENTE DE TRABALHO. ILEGITIMIDADE PASSIVA DO INSS. O INSS não é parte legítima para responder por reparação...

TJ-SP - Apelação APL 91785548620098260000 SP 9178554-86.2009.8.26.0000 (TJ-SP)

Data de publicação: 29/08/2014

Ementa: ACIDENTE DO TRABALHO PEDIDO DE CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ COM AUXÍLIO-ACIDENTE BENEFÍCIO CONCEDIDO ANTERIORMENTE À EDIÇÃO DA LEI 9528/97 CARÁTER VITALÍCIO POSSIBILIDADE DE CUMULAÇÃO - REEXAME DA MATÉRIA - ART. 543-C, §7º II DO CPC. Decisão mantida.

TJ-PE - Embargos de Declaração ED 3108578 PE (TJ-PE)

Data de publicação: 15/04/2014

Ementa: EMBARGOS DECLARATÓRIOS. AÇÃO RESTABELECIMENTO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO. CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E AUXÍLIO-ACIDENTE. POSSIBILIDADE. JUROS MORATÓRIOS E CORREÇÃO MONETÁRIA. ARTIGO 41-A DA LEI Nº 8.213/91 (INPC), COM APLICAÇÃO DE JUROS DE MORA DE 1% AO MÊS, A PARTIR DA CITAÇÃO VÁLIDA, CONFORME ENTENDIMENTO DO STJ. APLICAÇÃO DA LEI 9.494/97, COM AS MODIFICAÇÕES TRAZIDAS PELA LEI Nº 11.960/09. SUPOSTAS OMISSÕES NO ACÓRDÃO. INEXISTÊNCIA. APRECIAÇÃO PELO COLEGIADO DE TODOS OS ARGUMENTOS ADUZIDOS. PREQUESTIONAMENTO. IMPOSSIBILIDADE. EMBARGOS REJEITADOS. DECISÃO UNÂNIME. 1 - A alegação de existência de omissão no acórdão, pelo simples fato de ele, em sua fundamentação, não ter mencionado expressamente sobre a aplicação do art. 31 do art. 8.213/91, a qual a parte embargante achava importante, não se coaduna com a verdadeira OMISSÃO, prevista no artigo 535 do CPC, esta sim, ensejadora da interposição de embargos declaratórios; 2 - Ainda que tenha o escopo de prequestionamento, caso a decisão não se encontre eivada de omissão, obscuridade ou contradição, não merecem ser os embargos acolhidos, sob pena de ofensa ao art. 535 do CPC; 3 - Embargos Declaratórios rejeitados. Decisão unânime.

Encontrado em: DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E AUXÍLIO-ACIDENTE. POSSIBILIDADE. JUROS MORATÓRIOS E CORREÇÃO MONETÁRIA...EMENTA: EMBARGOS DECLARATÓRIOS. AÇÃO RESTABELECIMENTO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO. CUMULAÇÃO

TJ-SP - Embargos de Declaração ED 994081921393 SP (TJ-SP)

Data de publicação: 08/09/2010

Ementa: EMBARGOS DECLARATORIOS. CUMULAÇAO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ COM AUXÍLIO ACIDENTE.SIMPLES REEXAME DA MATÉRIA DEBATIDA. AUSÊNCIA DOS VÍCIOS DA CONTRADIÇÃO, OMISSÃO E/OU OBSCURIDADE.CARÁTER NITIDAMENTE INFRINGENTE.PREQUESTIONAMENTO. MEDIDA REJEITADA. Se a parte não concorda com o resultado do julgamento, deve buscar sua reforma pela via recursal adequada, tendo em conta que o efeito infringente emprestado aos embargos de declaração somente é cabível de forma excepcional, isto é, uma vez constatada omissão ou contradição no julgado.

TJ-SP - Embargos de Declaração ED 994051322013 SP (TJ-SP)

Data de publicação: 12/03/2010

Ementa: EMBARGOS DECLARATÓRIOS. CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ COM AUXÍLIO ACIDENTE.SIMPLES REEXAME DA MATÉRIA DEBATIDA. AUSÊNCIA DOS VÍCIOS DA CONTRADIÇÃO, OMISSÃO E/OU OBSCURIDADE.CARÁTER NITIDAMENTE INFRINGENTE. MEDIDA REJEITADA. Se a parte não concorda com o resultado do julgamento, deve buscar sua reforma pela via recursal adequada, tendo em conta que o efeito infnngente emprestado aos embargos de declaração somente é cabível de forma excepcional, isto é, uma vez constatada omissão ou contradição no julgado /

TJ-SP - Embargos de Declaração ED 994061610193 SP (TJ-SP)

Data de publicação: 05/02/2010

Ementa: EMBARGOS DECLARATORIOS. CUMULAÇAO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ COM AUXÍLIO ACIDENTE.SIMPLES REEXAME DA MATÉRIA DEBATIDA. AUSÊNCIA DOS VÍCIOS DA CONTRADIÇÃO, OMISSÃO E/OU OBSCURIDADE.CARÁTER NITIDAMENTE INFRINGENTE. MEDIDA REJEITADA. Se a parte não concorda com o resultado do julgamento, deve buscar sua reforma pela via recursal adequada, tendo em conta que o efeito infrmgente emprestado aos embargos de declaração somente é cabível de forma excepcional, isto éj-uaa VR? constatada omissão ou contradição no julgado

TRF-1 - APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA AMS 59280 MG 2000.01.00.059280-7 (TRF-1)

Data de publicação: 09/12/2004

Ementa: PREVIDENCIÁRIO. CUMULAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E AUXÍLIO-ACIDENTE. VEDAÇÃO PELA LEI 9.528 /97. LEGISLAÇÃO DE REGÊNCIA. IMPOSSIBILIDADE. 1. Com a edição da Lei n.º 9.528 /97 tornou-se impossível a acumulação da percepção do auxílio-acidente com a aposentadoria por invalidez. 2. Sendo essa a legislação de regência na data da concessão de um dos benefícios, inexiste direito a ser reconhecido na espécie. 3. Apelação não provida.

TJ-SP - Apelação APL 00290132220098260554 SP 0029013-22.2009.8.26.0554 (TJ-SP)

Data de publicação: 26/03/2014

Ementa: 1. É possível a cumulação de aposentadoria por invalidez com auxílio-acidente, desde que os fatos geradores sejam diversos e que algum dos benefícios seja anterior à Lei nº 9.528 /97. 2. Justa a majoração dos honorários para 15%, amplamente utilizado nas ações acidentárias por remunerar de forma condigna o Advogado da parte, incidindo apenas sobre o total das parcelas atrasadas até a sentença, em harmonia com o enunciado na Súmula nº 111 do Superior Tribunal de Justiça. 3. Os juros moratórios são devidos desde a citação, contados englobadamente até então e, depois, de forma decrescente, mês a mês. 4. Acerca da adequação das parcelas em atraso, caberá a Lei nº 8.213 /91 e alterações posteriores até a elaboração da conta de liquidação, momento a partir do qual se aplicará o índice previsto na Lei Orçamentária em vigor na época do efetivo pagamento para atualização dos precatórios. 5. A autarquia é isenta de custas.

TJ-SC - Apelação Cível AC 490316 SC 2009.049031-6 (TJ-SC)

Data de publicação: 16/11/2009

Ementa: Previdenciário. Auxílio acidente. Trauma ocular perfurante. Trabalhador aposentado por invalidez. Inadmissibilidade de cumulação da aposentadoria por invalidez com auxílio acidente quando ambos os benefícios possuem o mesmo fato gerador. Precedentes do STJ e desta Corte. Sentença de improcedência mantida. Recurso improvido. O obreiro não faz juz ao auxílio acidente quando já percebe aposentadoria por invalidez acidentária proveniente do mesmo infortúnio laboral.

1 2 3 4 5 993 994 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca