Carregando...
Jusbrasil - Jurisprudência
25 de julho de 2016

Página 1 de 7.342 resultados

Legislação direta

Artigo 746 da Lei nº 5.869 de 11 de Janeiro de 1973
Art. 746. É lícito ao executado, no prazo de 5 (cinco) dias, contados da adjudicação, alienação ou arrematação, oferecer embargos fundados em nulidade da execução, ou em causa extintiva da obrigação, desde que superveniente à penhora, aplicando-se, no que couber, o disposto neste Capítulo. (Redação dada pela Lei nº 11.382, de 2006).
§ 1o Oferecidos embargos, poderá o adquirente desistir da aquisição. (Incluído pela Lei nº 11.382, de 2006).
§ 2o No caso do § 1o deste artigo, o juiz deferirá de plano o requerimento, com a imediata liberação do depósito feito pelo adquirente (art. 694, § 1o, inciso IV). (Incluído pela Lei nº 11.382, de 2006).
§ 3o Caso os embargos sejam declarados manifestamente protelatórios, o juiz imporá multa ao embargante, não superior a 20% (vinte por cento) do valor da execução, em favor de quem desistiu da aquisição. (Incluído pela Lei nº 11.382, de 2006).

TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL AC 00020991320084014101 0002099-13.2008.4.01.4101 (TRF-1)

Data de publicação: 09/11/2015

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 DO CPC. LEGITIMIDADE DO DEVEDOR. PESSOA JURÍDICA. FALECIMENTO DO RESPONSÁVEL LEGAL. HERDEIRO DO RESPONSÁVEL LEGAL. INEXISTÊNCIA DE PROVA DA QUALIDADE DE SUCESSOR QUANTO ÀS QUOTAS DA PESSOA JURÍDICA E QUANTO AO BEM ARREMATADO. ILEGITIMIDADE ATIVA. EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO. 1. O art. 746 do CPC permite que o devedor oponha embargos à arrematação. 2. O devedor no processo epigrafado é pessoa jurídica, tendo seus sócios sido acionados na qualidade de co-responsáveis. 3. O embargante alegou que é herdeiro de uma das co-responsáveis, mas não fez prova de que a sucedeu na titularidade das quotas sociais da pessoa jurídica ou do bem arrematado. 4. Por isso, não detém legitimidade para o manejo de embargos à arrematação. 5. Apelação prejudicada. Extinção do processo sem julgamento do mérito com fundamento no art. 267, VI c/c art. 746 do CPC.

TJ-MS - Apelação APL 00007272420118120014 MS 0000727-24.2011.8.12.0014 (TJ-MS)

Data de publicação: 14/09/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 DO CPC. ROL TAXATIVO. IMÓVEL ARREMATADO POR VALOR SUPERIOR A 60% DA AVALIAÇÃO. NÃO CONFIGURAÇÃO DE PREÇO VIL. CAUÇÃO PRESTADA POR CHEQUE PRESCRITO. DEPÓSITO FEITO EM CONTA JUDICIAL. PREJUÍZO NÃO DEMONSTRADO. PRINCÍPIO DO PAS DE NULLITÉ SANS GRIEF. SENTENÇA MANTIDA. RECURSO IMPROVIDO. As matérias contidas nos embargos à arrematação devem ser aquelas previstas no caput do art. 746 do CPC. Não pode ser considerado vil o preço oferecido pelo credor ou arrematante quando o lance ofertado for superior a 60% do valor da avaliação. Não ocorrendo prejuízo às partes não há falar em nulidade do ato, forte na aplicação do princípio do pas de nullité sans grief.

TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL AC 1565 SP 0001565-55.2006.4.03.6115 (TRF-3)

Data de publicação: 31/07/2012

Ementa: TRIBUTÁRIO. EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 , DO CPC . ALEGAÇÕES DE FATOS ANTERIORES À PENHORA. NÃO CONHECIMENTO. REMOÇÃO E ENTREGA DO BEM. DETERIORAÇÃO. AUTOMÓVEL ANO 1993. RECURSO PARCIAMENTE CONHECIDO. 1. Os embargos à arrematação estão previstos no artigo 746 do Código de Processo Civil , o qual estabelece as hipóteses em que são cabíveis, desde que supervenientes à penhora. 2. Verifica-se que parte das alegações veiculadas nos presentes embargos à arrematação correspondem a fatos supervenientes à penhora, pelo que conheço do recurso apenas no que se refere à questão atinente à remoção e entrega do bem à arrematante. 2. Afigura plausível a tese esposada pelo magistrado "a quo" de deterioração do bem (automóvel) pelo tempo, tendo em vista que a sentença foi proferida em 08.09.2008, e ainda pendente de trânsito em julgado. Dessume-se a este fato que o bem em questão trata-se de um automóvel marca BMW, ano 1993. 3. Neste ponto adoto a orientação do STJ no sentido "se, ao término do julgamento do recurso interposto da sentença de improcedência dos embargos, recebidos apenas no efeito devolutivo, a solução da lide for favorável ao executado, resolve-se em perdas e danos. Precedentes: ERESP 399618/RJ, Relator Min. Francisco Peçanha Martins, DJU 08/09/2003, e AGREsp 182.986/SP, Relatora Min. Eliana Calmon, DJU 18.03.02. 4. Apelação da Embargante parcialmente conhecida improvida.

Encontrado em: -FED LEI- 5869 ANO-1973 ART- 746 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 1973 CPC-73 LEG-FED LEI- 5869 ANO-1973 ART... que se refere às alegações de fatos anteriores à penhora e na parte conhecida negar provimento... ao recurso de apelação do Embargante, no que tange à remoção e entrega do bem arrematado, nos termos...

TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL AC 1992 SC 2006.72.05.001992-0 (TRF-4)

Data de publicação: 15/12/2009

Ementa: EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. OPOSIÇÃO DE EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL. EXECUÇÃO DEFINITIVA. CABIMENTO DOS EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 DO CPC . INTIMAÇÃO DO TERMO DE PENHORA, DA PENHORA E LAUDO DE REAVALIAÇÃO. AUSÊNCIA DE PREJUÍZO À DEFESA DO EXECUTADO. 1. O caráter definitivo da execução fiscal não é modificado pela interposição de recurso contra sentença que julgar improcedentes os embargos. Precedentes do STJ. 2. Os embargos à arrematação não comportam a discussão acerca da decisão que exclui sócio da empresa co-devedora do pólo passivo da execução, pois a ação tem cabimento restrito às hipóteses previstas no artigo 746 do CPC . 3. A ausência de intimação da penhora e do termo de penhora não importam nulidade à arrematação, quando o embargante já havia exercido sua defesa através de embargos à execução fiscal. 4. A alegação de falta de intimação do laudo de reavaliação não importa nulidade da arrematação, quando o embargante, após ter sido representado por curador especial, vem a constituir advogado, que retira os autos em carga, tomando ciência de todos os atos até então realizados.

Encontrado em: do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, por unanimidade, negar provimento à apelação, nos termos

TJ-MG - 200000051659440001 MG 2.0000.00.516594-4/000(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 01/12/2005

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NÃO CONHECIDOS - INTERRUPÇÃO DO PRAZO RECURSAL - PRELIMINAR DE INTEMPESTIVIDADE REJEITADA - EMBARGOS À ARREMATAÇÃO - ART. 746 DO CPC - HIPÓTESES TAXATIVAS - AVALIAÇÃO DO BEM ARREMATADO - IMPUGNAÇÃO AO VALOR FIXADO PELO OFICIAL AVALIADOR - MOMENTO PROCESSUAL - PRECLUSÃO - PEDIDO DE NOVA AVALIAÇÃO - AUSÊNCIA DE PROVA DAS CIRCUNSTÂNCIAS PREVISTAS NO ART. 683 DO CPC - INADMISSIBILIDADE. Conforme pacificou a Corte Especial do STJ, ainda que não conhecidos os embargos de declaração, estes interrompem o prazo para a interposição de outros recursos, na forma do art. 538 do CPC . O art. 746 do CPC enumera taxativamente as hipóteses de cabimento de embargos à arrematação. Inviável, por conseqüência, o conhecimento de tema a ela anterior, quer pela impropriedade da via eleita ou, ainda, em virtude do instituto da preclusão. Não se afigura possível a discussão sobre o valor atribuído ao bem pelo oficial de justiça avaliador em sede de embargos à arrematação. Salvo tais exceções legalmente previstas, é vedada a reavaliação de bem penhorado, apenas por simples discordância quanto ao valor estimado, sem apoio em qualquer fundamento relevante.

TJ-MG - 200000044937960001 MG 2.0000.00.449379-6/000(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 19/02/2005

Ementa: EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 DO CPC . LEGITIMIDADE: DEVEDOR. TERCEIRO CREDOR: NÃO ENQUADRAMENTO EM QUALQUER DAS HIPÓTESES DO ART. 746. EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO. 1- Nos termos do CPC , art. 746 , o devedor possui legitimidade para ajuizamento de embargos à arrematação. Não é parte legítima o terceiro credor do executado. Se os embargos foram apresentados por credores, devem ser extintos por ilegitimidade ativa. 2- Se as alegações dos embargantes não se enquadram em qualquer das hipóteses previstas no CPC , art. 746 , também por este motivo é o caso de extinção dos embargos sem julgamento de mérito.

TJ-PR - Apelação Cível AC 1336565 PR Apelação Cível 0133656-5 (TJ-PR)

Data de publicação: 28/04/2003

Ementa: EXECUÇÃO - EMBARGOS À ARREMATAÇÃO - ART. 746 DO C.P.C. - CABIMENTO E LEGALIDADE - AUSÊNCIA DE PUBLICAÇÃO DO EDITAL DE ARREMATAÇÃO EM JORNAL DE AMPLA CIRCULAÇÃO LOCAL - NULIDADE DA PRAÇA - RECURSO IMPROVIDO. A publicação do edital de leilão apenas no Diário da Justiça é insuficiente para dar amplo conhecimento público, pois sua circulação é por demais restrita.

Encontrado em: : 6357 - 28/4/2003 APELACAO, EMBARGOS A EXECUÇÃO, ARREMATACAO, CPC - ART 746 , CABIMENTO, LEGALIDADE..., AUSENCIA, PUBLICACAO, EDITAL, ARREMATACAO, JORNAL, NULIDADE. Apelação Cível AC 1336565 PR Apelação

TJ-MG - 101120202657010011 MG 1.0112.02.026570-1/001(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 28/10/2008

Ementa: EMBARGOS À ARREMATAÇÃO - ART. 746 DO CPC - HIPÓTESES TAXATIVAS - AVALIAÇÃO DO BEM ARREMATADO - IMPUGNAÇÃO AO VALOR FIXADO PELO OFICIAL AVALIADOR - MOMENTO PROCESSUAL - PRECLUSÃO - PEDIDO DE NOVA AVALIAÇÃO - AUSÊNCIA DE PROVA DAS CIRCUNSTÂNCIAS PREVISTAS NO ART. 683 DO CPC - INADMISSIBILIDADE. É licito ao devedor oferecer embargos à arrematação ou à adjudicação, fundados em nulidade da execução, pagamento, novação, transação ou prescrição, desde que supervenientes à penhora . É vedada a reavaliação de bem penhorado, apenas por simples discordância quanto ao valor estimado, sem apoio em qualquer fundamento relevante.

TRT-4 - Agravo De Petição AP 01415005820065040341 RS 0141500-58.2006.5.04.0341 (TRT-4)

Data de publicação: 26/03/2013

Ementa: EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. NÃO CONHECIMENTO. INTEMPESTIVIDADE. A intimação da executada acerca da prestação de contas do leiloeiro foi disponibilizada no DEJT na data de 13-04-2012 (sexta-feira), sendo considerada publicada no dia 16-04-2012 (segunda-feira), iniciando a contagem do prazo em 17-04-2012 (terça-feira). Assim, o prazo de 05 dias para oposição de embargos à arrematação (art. 746, do CPC) expirou em  23-04-2012 (segunda-feira). Interposição de embargos à arrematação na data de 14-05-2012, portanto de forma extemporânea. 

Encontrado em: à unanimidade, negar provimento ao agravo de petição da executada, bem como rejeitar a arguição

TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL AC 32 GO 93.01.00032-6 (TRF-1)

Data de publicação: 10/06/1996

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. EXECUÇÃO FISCAL. EMBARGOS À ARREMATAÇÃO. ART. 746 DO CPC . 1. Apenas as matérias constantes do art. 746 do Código de Processo Civil , podem fundamentar os embargos à arrematação, não sendo lícito reabrir discussão sobre questões próprias dos embargos do devedor, no caso apresentados. 2. Apelação a que se nega provimento.

Encontrado em: LEG:FED LEI: 005869 ANO:1973 ART : 00746 PROCESSUAL CIVIL. EXECUÇÃO FISCAL. EMBARGOS À ARREMATAÇÃO.... ART. 746 DO CPC . 1. Apenas as matérias constantes do art. 746 do Código de Processo Civil , podem... fundamentar os embargos à arrematação, não sendo lícito reabrir discussão sobre questões próprias...

1 2 3 4 5 734 735 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

×