Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
18 de setembro de 2014

Página 1 de 1.219 resultados

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 40064096020138120000 MS 4006409-60.2013.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 15/05/2014

Ementa: E M E N T A - MANDADO DE SEGURANÇA - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - CANDIDATO MENOR DE 18 ANOS APROVADO NO ENEM - DIREITO LÍQUIDO E CERTO - ORDEM CONCEDIDA. Possui direito líquido e certo à concessão do certificado de antecipação de conclusão o candidato que esteja cursando o último ano do ensino médio, é aprovado no ENEM e selecionado em universidade, ainda que não tenha 18 anos de idade completos.

TJ-MG - Agravo AGV 10000140140757002 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 06/06/2014

Ementa: AGRAVO INTERNO - PEDIDO LIMINAR - MANDADO DE SEGURANÇA - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE ENSINO MÉDIO - REQUISITOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 10, DE 23 DE MAIO DE 2012, DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - AUSÊNCIA DE RELEVÂNCIA DO FUNDAMENTO DA DEMANDA. Nos termos da Portaria Normativa nº. 10, de 23 de maio de 2012, do Ministério da Educação, a certificação de conclusão do ensino médio com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, destina-se aos maiores de 18 anos que não concluíram o ensino médio em idade apropriada. Vale dizer, trata-se de medida educacional destinada aos jovens e adultos que estejam em situação irregular em seu percurso escolar, nos termos do art. 38 da Lei nº. 9.394 /96.

TJ-RS - Apelação Cível AC 70059621235 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 12/08/2014

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. ENSINO PARTICULAR. AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER CUMULADA COM PEDIDO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. APROVEITAMENTO DE DISCIPLINAS. NECESSIDADE DE CARGA HORÁRIA MÍNIMA. EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE ENSINO MÉDIO. IMPOSSIBILIDADE. Da inexistência de cerceamento de defesa 1. A matéria discutida é preponderantemente de direito, mostrando-se desnecessária a expedição de ofício pretendida, pois acostado aos autos documentação suficiente ao deslinde do litígio. 2. Ademais, a produção de provas se destina ao convencimento do magistrado, devendo este coibir a produção de prova inútil à solução da causa, o que atenta aos princípios da celeridade e economia processual. Inteligência do art. 130 do CC. Mérito do recurso em exame 3.Preambularmente, é preciso consignar que os serviços educacionais estão submetidos às disposições do Código de Defesa do Consumidor. 4.A normatização básica do ensino encontra-se nos artigos 205 a 214 da Carta Magna. A prestação dos serviços educacionais não constitui monopólio estatal, podendo ser explorada pela iniciativa privada, desde que cumpridos alguns requisitos legais a esse respeito. Inteligência do art. 209 da CF. 5.No plano infraconstitucional, destaca-se a Lei nº. 9394/96, que estabelece as diretrizes e bases da educação. A edição desta norma constituiu passo importante no tratamento federativo da questão, tendo em vista a distribuição de atribuições por ela operada. 6.O artigo 10 deste diploma legal determina as atribuições do sistema de educação dos estados, dentre as quais a de baixar normas complementares para o seu sistema de ensino (inciso V). 7.Desse modo, como a instituição ré compõe o referido sistema, nos termos do artigo 17 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, a Educação de Jovens e Adultos destinada ao ensino médio não pode ter carga horária inferior a 1.200 horas, conforme o disposto no artigo 5º, II da Resolução nº. 313/2011 do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul. 8.É juridicamente...

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 40009914420138120000 MS 4000991-44.2013.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 23/05/2013

Ementa: E M E N T A-MANDADO DE SEGURANÇA - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - CANDIDATO MENOR DE 18 ANOS APROVADO NO ENEM - DIREITO LÍQUIDO E CERTO - ORDEM CONCEDIDA. Possui direito líquido e certo à concessão do certificado de antecipação de conclusão do ensino médio candidato aprovado no ENEM e selecionado em universidade, ainda que não tenha 18 anos de idade completos.

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 06020849520128120000 MS 0602084-95.2012.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 24/01/2013

Ementa: E M E N T A-MANDADO DE SEGURANÇA - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - CANDIDATO MENOR DE 18 ANOS APROVADO NO ENEM - DIREITO LÍQUIDO E CERTO - ORDEM CONCEDIDA. Possui direito líquido e certo à concessão do certificado de antecipação de conclusão do ensino médio candidato aprovado no ENEM e selecionado em universidade, ainda que não tenha 18 anos de idade completos.

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 40007498520138120000 MS 4000749-85.2013.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 23/05/2013

Ementa: E M E N T A-MANDADO DE SEGURANÇA - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - CANDIDATO MENOR DE 18 ANOS APROVADO NO ENEM E EM UNIVERSIDADE - DIREITO LÍQUIDO E CERTO - ORDEM CONCEDIDA. Possui direito líquido e certo à concessão do certificado de antecipação de conclusão do ensino médio candidato aprovado no ENEM e selecionado em universidade, ainda que não tenha 18 anos de idade completos.

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 40065853920138120000 MS 4006585-39.2013.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 15/05/2014

Ementa: E M E N T A-MANDADO DE SEGURANÇA - EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO - NÃO APROVAÇÃO - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - IDADE MINÍMA DE 18 ANOS - PONTUAÇÃO MÍNIMA NÃO OBTIDA - APTIDÃO INTELECTUAL NÃO DEMONSTRADA - ORDEM DENEGADA. Os artigos 205, 206, II e 208, V, todos da Constituição Federal, garantem o acesso do aluno a nível educacional superior, segundo a capacidade de cada um, desde que alcance a pontuação mínima exigida. Se o impetrante não obteve a pontuação exigida na avaliação do ENEM, não há falar em direito líquido e certo de obtenção de certificado de conclusão do ensino médio.

TJ-DF - Agravo de Instrumento AGI 20130020183150 DF 0019197-18.2013.8.07.0000 (TJ-DF)

Data de publicação: 02/12/2013

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. AVANÇO ESCOLAR. APROVAÇÃO EM EXAME VESTIBULAR. LIMINAR SATISFATIVA. EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO ANTECIPAÇÃO DA TUTELA RECURSAL CONFIRMADA. 1. EVIDENCIA-SE DAS DISPOSIÇÕES DA LEI 9.394 /96 (DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL) A POSSIBILIDADE DE AVANÇO DO ALUNO NOS CURSOS E NAS SÉRIES MEDIANTE VERIFICAÇÃO DO APRENDIZADO (ARTIGO 24, V). 2. EXCEPCIONALMENTE, SE, POR FORÇA DE DECISÃO CONCESSIVA DE LIMINAR, O AVANÇO ESCOLAR É AUTORIZADO MEDIANTE AVALIAÇÃO DE RENDIMENTO, VIABILIZANDO-SE A EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO PARA MATRÍCULA EM CURSO SUPERIOR, AFIGURA-SE SITUAÇÃO CUJA REVERSIBILIDADE NÃO SE RECOMENDA SOB PENA DE PREJUÍZO DESNECESSÁRIO AO ALUNO. 3. AGRAVO DE INSTRUMENTO PROVIDO. ANTECIPAÇÃO DA TUTELA RECURSAL CONFIRMADA.

Encontrado em: .: 181 - 2/12/2013 PROCEDÊNCIA, ANTECIPAÇÃO, EXAME ESCOLAR, OBTENÇÃO, CERTIFICADO DE CONCLUSÃO, ENSINO... MÉDIO, REALIZAÇÃO, MATRÍCULA, CURSO SUPERIOR, APROVAÇÃO, VESTIBULAR, ANTERIORIDADE, CONCLUSÃO..., TERCEIRO, ANO, SEGUNDO GRAU, DEMONSTRAÇÃO, ALUNO, CAPACIDADE, ACESSO, ENSINO SUPERIOR, INCOMPATIBILIDADE...

TJ-MS - Mandado de Segurança MS 40007879720138120000 MS 4000787-97.2013.8.12.0000 (TJ-MS)

Data de publicação: 18/04/2013

Ementa: E M E N T A- MANDADO DE SEGURANÇA - EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO - APROVAÇÃO - EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - IDADE MINÍMA DE 18 ANOS - APTIDÃO INTELECTUAL - COMPROVADA - ORDEM CONCEDIDA. Os artigos 205, 206, II e 208, V, todos da Constituição Federal, garantem o acesso do aluno a nível educacional superior, segundo a capacidade de cada um e não apenas em função da idade, pois essa não pode constituir obstáculo para ingressar na universidade.

TJ-DF - Agravo de Instrumento AGI 20140020139748 DF 0014079-27.2014.8.07.0000 (TJ-DF)

Data de publicação: 10/09/2014

Ementa: CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO. AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. UNI – CENTRO DE ENSINO UNIFICADO LTDA. AVANÇO ESCOLAR. MENOR COM 17 (DEZESSETE) ANOS. APROVAÇÃO EM VESTIBULAR. REALIZAÇÃO DOS TESTES PARA FINS DE EMISSÃO DE CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE ENSINO MÉDIO. ANTECIPAÇÃO DE TUTELA DEFERIDA E CONFIRMADA NO MÉRITO. 1. Avedação contida na lei nº 9.394/96 deve ser interpretada à luz da capacidade do aluno, não sendo crível obstar o acesso aos níveis mais avançados de ensino, quando o estudante demonstra estar habilitado para tanto. 2. O agravante, embora ainda não tenha completado a idade exigida em lei, ou seja, 18 anos, tendo sido aprovado em exame de vestibular, demonstra possuir capacidade intelectual suficiente, fato que impõe lhe seja concedida a oportunidade de realizar as provas do supletivo para a expedição do certificado de conclusão do ensino médio exigido e, assim, possa matricular-se no curso para o qual já foi aprovada. 3. Agravo de Instrumento conhecido e provido.

1 2 3 4 5 121 122 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca