Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
07 de fevereiro de 2016

Página 1 de 2.679 resultados

TJ-PR - Apelação APL 14230076 PR 1423007-6 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é obrigado a indenizar os danos causados ao meio ambiente e a terceiros

Encontrado em: ­ EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL... de metanol, óleo combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira...

TJ-PR - Apelação APL 13054230 PR 1305423-0 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 02/10/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é obrigado a indenizar os danos causados ao meio ambiente e a terceiros

Encontrado em: COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA... FREIGHT") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO... e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira pelos órgãos ambientais competentes...

TJ-PR - Apelação APL 13061746 PR 1306174-6 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 02/10/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é obrigado a indenizar os danos causados ao meio ambiente e a terceiros

Encontrado em: DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS...&R ("COST AND FREIGHT") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA... combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira pelos órgãos...

TJ-PR - Apelação APL 14167981 PR 1416798-1 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O POSICIONAMENTO DA JUÍZA SUBSTITUTA EM 2º GRAU ELIZABETH NOGUEIRA CALMON DE PASSOS. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é...

Encontrado em: ­ EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL..., óleo combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira...

TJ-PR - Apelação APL 14137085 PR 1413708-5 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O POSICIONAMENTO DA JUÍZA SUBSTITUTA EM 2º GRAU ELIZABETH NOGUEIRA CALMON DE PASSOS. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é...

Encontrado em: DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE... DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD... lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira pelos órgãos ambientais...

TJ-PR - Apelação APL 14232487 PR 1423248-7 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O POSICIONAMENTO DA DESEMBARGADORA ÂNGELA KHURY. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é obrigado a indenizar os danos...

Encontrado em: DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE... DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA... e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira pelos órgãos ambientais...

TJ-PR - Apelação APL 13062296 PR 1306229-6 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 02/10/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é obrigado a indenizar os danos causados ao meio ambiente e a terceiros

Encontrado em: DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA &R ("COST AND FREIGHT") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA... de metanol, óleo combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira...

TJ-PR - Apelação APL 13628010 PR 1362801-0 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O POSICIONAMENTO DA JUÍZA SUBSTITUTA EM 2º GRAU ELIZABETH NOGUEIRA CALMON DE PASSOS. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é...

Encontrado em: ­ EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL") - LEGITIMIDADE... no vazamento de metanol, óleo combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição...

TJ-PR - Apelação APL 14168739 PR 1416873-9 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 11/12/2015

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O POSICIONAMENTO DA JUÍZA SUBSTITUTA EM 2º GRAU ELIZABETH NOGUEIRA CALMON DE PASSOS. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n. 6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental, é...

Encontrado em: ­ EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA ­ VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP'S RAIL") - LEGITIMIDADE... no vazamento de metanol, óleo combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição...

TJ-PR - Apelação APL 13534662 PR 1353466-2 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 21/01/2016

Ementa: DECISÃO: ACORDAM OS DESEMBARGADORES INTEGRANTES DA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, POR MAIORIA DE VOTOS, EM DECRETAR, DE OFÍCIO, A NULIDADE DA SENTENÇA, RESSALVADO O ENTENDIMENTO DA DESEMBARGADORA ÂNGELA KHURY, RESTANDO VENCIDO O RELATOR, QUE LAVRA VOTO. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL - RESPONSABILIDADE CIVIL - ACIDENTE AMBIENTAL - EXPLOSÃO DE NAVIO VICUÑA - VAZAMENTO DE METANOL E ÓLEO COMBUSTÍVEL - PROIBIÇÃO DA PESCA - RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA - RISCO DA ATIVIDADE - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 225, § 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL; DOS ARTIGOS 3º, INCISOS III E IV, 4º, INCISO VII E 14, § 1º, TODOS DA LEI N. 6.938/1981; DO ARTIGO 25, § 1º, INCISO VI, DA LEI N. 9.966/2000; DO ARTIGO 5º, INCISO VI, DO DECRETO Nº 4.136/2002; E DO ARTIGO 927 DO CÓDIGO CIVIL - NEXO CAUSAL ENTRE A AQUISIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTAMENTE TÓXICAS E INFLAMÁVEIS E OS DANOS AMBIENTAIS VERIFICADOS - TRANSPORTE MARÍTIMO REALIZADO PELA CLÁUSULA CFR OU C&R ("COST AND FREIGHT") - RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO ("SHIP’S RAIL") - LEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM - EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE PESCADOR NA ÉPOCA DO SINISTRO E NAS ÁREAS ATINGIDAS NÃO DEMONSTRADO - NECESSIDADE DE PRODUÇÃO DE PROVAS PARA O ESCLARECIMENTO DESTA QUESTÃO - MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA - DECRETAÇÃO, DE OFÍCIO, DA NULIDADE DA SENTENÇA. 1 - Considerando que tem incidência no caso a teoria do risco integral, e tendo em vista o disposto nos artigos 225, § 3º da Constituição Federal e 14, § 1º da Lei n.º 6.983/81, infere- se que a responsabilidade por atividades lesivas ao meio ambiente é objetiva, respondendo os poluidores independentemente de culpa pelos danos causados pelo risco gerado pela atividade nociva.Ao lado disso, nos termos dos artigos 3º, incisos III e IV, 4º, inciso VII, da Lei n.6.938/1981, o poluidor, pessoa física ou jurídica, responsável direta ou indiretamente por atividade causadora de degradação ambiental...

Encontrado em: - PROIBIÇÃO DA PESCA ­ RESPONSABILIDADE OBJETIVA E SOLIDÁRIA DAS PROPRIETÁRIAS DA CARGA ­ RISCO... FREIGHT") ­ RESPONSABILIDADE DAS IMPORTADORAS APÓS O TRANSPASSO DA MERCADORIA PELA MURADA DO NAVIO... combustível e óleo lubrificante e, consequentemente, na proibição da atividade pesqueira pelos órgãos...

1 2 3 4 5 267 268 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca

ou