Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
19 de setembro de 2014

Página 1 de 6.091 resultados

Legislação direta

Artigo 502 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002
Art. 502. O vendedor, salvo convenção em contrário, responde por todos os débitos que gravem a coisa até o momento da tradição.

TJ-DF - Ação Cí­vel do Juizado Especial ACJ 1053477720058070001 DF 0105347-77.2005.807.0001 (TJ-DF)

Data de publicação: 22/10/2008

Ementa: DIREITO CIVIL. COBRANÇA DE DÉBITO CONDOMINIAL. OBRIGAÇÃO PROPTER REM PELA QUAL RESPONDE O ADQUIRENTE DO IMÓVEL PERANTE O CONDOMÍNIO. ASSISTE-LHE, CONTUDO, O DIREITO DE REGRESSO EM FACE DO ALIENANTE, SE A DÍVIDA FOR RELATIVA A PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO E O CONTRÁRIO NÃO FOI CONVENCIONADO PELAS PARTES CONTRATANTES. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL . SENTENÇA MANTIDA. 1. ADQUIRIDO O IMÓVEL SOBRE O QUAL PENDE DÍVIDA CONDOMINIAL, POR ELA RESPONDE O ADQUIRENTE PERANTE O CONDOMÍNIO, POR SE TRATAR DE OBRIGAÇÃO PROPTER REM, QUE ADERE À COISA E A SEGUE. ASSISTE-LHE, CONTUDO, O DIREITO DE COBRÁ-LA DO PROPRIETÁRIO VENDEDOR, SE RELATIVA A PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO E O CONTRÁRIO NÃO FOI CONVENCIONADO ( CC , ART. 502 ). 2. NÃO EXIME OS ANTIGOS PROPRIETÁRIOS E VENDEDORES DO IMÓVEL DA OBRIGAÇÃO DE PAGAMENTO, O FATO DE DESCONHECEREM A EXISTÊNCIA DO DÉBITO CONDOMINIAL EM RAZÃO DE O BEM SE ENCONTRAR LOCADO E ADMINISTRADO POR IMOBILIÁRIA, CONTRA A QUAL LHES CABE AGIR REGRESSIVAMENTE. 3. COMPROVADO NOS AUTOS QUE O AUTOR ADQUIRENTE PAGOU O DÉBITO CONDOMINIAL ORIGINADO EM PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO DO IMÓVEL, QUANDO OS RÉUS ERAM OS TITULARES DO RESPECTIVO DOMÍNIO, OS QUAIS EXPRESSAMENTE CONVENCIONARAM VENDER O IMÓVEL DESEMBARAÇADO DE DÍVIDAS, DEVEM ESTES RESSARCI-LO, SOB PENA DE ENRIQUECIMENTO SEM CAUSA DE SUA PARTE, O QUE ENCONTRA VEDAÇÃO NO ORDENAMENTO JURÍDICO ( CC , ART. 884 ). 4. EM RAZÃO DE APENAS A PRIMEIRA RÉ TER RECORRIDO, E EM FACE DA IMPOSSIBILIDADE DE REFORMATIO IN PEJUS, DEVE-SE MANTER A DECISÃO QUE LHE DEFERIU A GRATUIDADE DE JUSTIÇA. 5. RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. SENTENÇA CONFIRMADA PELOS SEUS PRÓPRIOS FUNDAMENTOS, AUTORIZANDO A LAVRATURA DO ACÓRDÃO NOS MOLDES DO ART. 46 DA LEI DOS JUIZADOS ESPECIAIS . 6. CONDENO A PARTE RECORRENTE AO PAGAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS E HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS, QUE FIXO EM 15% SOBRE O VALOR DA CONDENAÇÃO, COM FULCRO NO ART. 55 DA LEI 9.099 /95, FICANDO, CONTUDO SUA OBRIGAÇÃO SUSPENSA NA FORMA DO ART. 12 DA LEI 1.060 /50....

Encontrado em: - 55 CÓDIGO CIVIL /2002 FED LEI- 10406 /2002ART- 502 ART- 884 ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA FED LEI... e Criminais do D.F. 22/10/2008, DJ-e Pág. 245 - 22/10/2008 LEI DO JUIZADO ESPECIAL FED LEI- 9099 /1995ART...- 1060 /1950ART- 12 VIDE EMENTA. Ação Cí­vel do Juizado Especial ACJ 1053477720058070001 DF 0105347-77.2005.807.0001 (TJ-DF) LUCIMEIRE MARIA DA SILVA...

TJ-DF - APELACAO CIVEL NO JUIZADO ESPECIAL ACJ 20050111053475 DF (TJ-DF)

Data de publicação: 22/10/2008

Ementa: DIREITO CIVIL. COBRANÇA DE DÉBITO CONDOMINIAL. OBRIGAÇÃO PROPTER REM PELA QUAL RESPONDE O ADQUIRENTE DO IMÓVEL PERANTE O CONDOMÍNIO. ASSISTE-LHE, CONTUDO, O DIREITO DE REGRESSO EM FACE DO ALIENANTE, SE A DÍVIDA FOR RELATIVA A PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO E O CONTRÁRIO NÃO FOI CONVENCIONADO PELAS PARTES CONTRATANTES. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL . SENTENÇA MANTIDA. 1. ADQUIRIDO O IMÓVEL SOBRE O QUAL PENDE DÍVIDA CONDOMINIAL, POR ELA RESPONDE O ADQUIRENTE PERANTE O CONDOMÍNIO, POR SE TRATAR DE OBRIGAÇÃO PROPTER REM, QUE ADERE À COISA E A SEGUE. ASSISTE-LHE, CONTUDO, O DIREITO DE COBRÁ-LA DO PROPRIETÁRIO VENDEDOR, SE RELATIVA A PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO E O CONTRÁRIO NÃO FOI CONVENCIONADO ( CC , ART. 502 ). 2. NÃO EXIME OS ANTIGOS PROPRIETÁRIOS E VENDEDORES DO IMÓVEL DA OBRIGAÇÃO DE PAGAMENTO, O FATO DE DESCONHECEREM A EXISTÊNCIA DO DÉBITO CONDOMINIAL EM RAZÃO DE O BEM SE ENCONTRAR LOCADO E ADMINISTRADO POR IMOBILIÁRIA, CONTRA A QUAL LHES CABE AGIR REGRESSIVAMENTE. 3. COMPROVADO NOS AUTOS QUE O AUTOR ADQUIRENTE PAGOU O DÉBITO CONDOMINIAL ORIGINADO EM PERÍODO ANTERIOR À AQUISIÇÃO DO IMÓVEL, QUANDO OS RÉUS ERAM OS TITULARES DO RESPECTIVO DOMÍNIO, OS QUAIS EXPRESSAMENTE CONVENCIONARAM VENDER O IMÓVEL DESEMBARAÇADO DE DÍVIDAS, DEVEM ESTES RESSARCI-LO, SOB PENA DE ENRIQUECIMENTO SEM CAUSA DE SUA PARTE, O QUE ENCONTRA VEDAÇÃO NO ORDENAMENTO JURÍDICO ( CC , ART. 884 ). 4. EM RAZÃO DE APENAS A PRIMEIRA RÉ TER RECORRIDO, E EM FACE DA IMPOSSIBILIDADE DE REFORMATIO IN PEJUS, DEVE-SE MANTER A DECISÃO QUE LHE DEFERIU A GRATUIDADE DE JUSTIÇA. 5. RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. SENTENÇA CONFIRMADA PELOS SEUS PRÓPRIOS FUNDAMENTOS, AUTORIZANDO A LAVRATURA DO ACÓRDÃO NOS MOLDES DO ART. 46 DA LEI DOS JUIZADOS ESPECIAIS . 6. CONDENO A PARTE RECORRENTE AO PAGAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS E HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS, QUE FIXO EM 15% SOBRE O VALOR DA CONDENAÇÃO, COM FULCRO NO ART. 55 DA LEI 9.099 /95, FICANDO, CONTUDO SUA OBRIGAÇÃO SUSPENSA NA FORMA DO ART. 12 DA LEI 1.060 /50...

TJ-SC - Apelação Cível AC 739600 SC 2011.073960-0 (TJ-SC)

Data de publicação: 24/11/2011

Ementa: a respectiva prova pela emitente, impõe-se declarado inexistente o débito representado na cártula, com a sua conseqüente anulação" [...] (Apelação Cível n. , de Itajaí, rel. Des. Cláudio Valdyr Helfenstein, j. em 28.7.2011). ALEGAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA DO AUTOR PORQUE PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO. IMPOSSIBILIDADE. TRADIÇÃO DO BEM QUE SE DEU ANTES DA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL . RECURSO DA PARTE AUTORA. PLEITO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, AO ARGUMENTO DE ILEGALIDADE NO APONTAMENTO DOS TÍTULOS A PROTESTO, OCASIONANDO O CONSTRANGIMENTO ILEGAL E O DEVER EM INDENIZAR. INVIABILIDADE. SIMPLES APONTAMENTOS QUE NÃO TÊM O CONDÃO DE GERAR INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. AUSÊNCIA DE PROVAS APTAS A DEMONSTRAR OS PREJUÍZOS SOFRIDOS. INTELIGÊNCIA DO ART. 333 , INCISO I , DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL . "O simples apontamento do título, sem o efetivo registro do protesto, ainda que de forma indevida, é incapaz de gerar dano moral a quem quer que seja" (STJ, Recurso Especial n. 1017970, do Distrito Federal, rel. Min. Nancy Andrighi, Terceira Turma, j. em 26.8.2008). RECURSOS CONHECIDOS E DESPROVIDOS.

TJ-SC - Apelação Cível AC 739624 SC 2011.073962-4 (TJ-SC)

Data de publicação: 24/11/2011

Ementa: a respectiva prova pela emitente, impõe-se declarado inexistente o débito representado na cártula, com a sua conseqüente anulação" [...] (Apelação Cível n. , de Itajaí, rel. Des. Cláudio Valdyr Helfenstein, j. em 28.7.2011). ALEGAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA DO AUTOR PORQUE PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO. IMPOSSIBILIDADE. TRADIÇÃO DO BEM QUE SE DEU ANTES DA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL . RECURSO DA PARTE AUTORA. PLEITO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, AO ARGUMENTO DE ILEGALIDADE NO APONTAMENTO DOS TÍTULOS A PROTESTO, OCASIONANDO O CONSTRANGIMENTO ILEGAL E O DEVER EM INDENIZAR. INVIABILIDADE. SIMPLES APONTAMENTOS QUE NÃO TÊM O CONDÃO DE GERAR INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. AUSÊNCIA DE PROVAS APTAS A DEMONSTRAR OS PREJUÍZOS SOFRIDOS. INTELIGÊNCIA DO ART. 333 , INCISO I , DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL . "O simples apontamento do título, sem o efetivo registro do protesto, ainda que de forma indevida, é incapaz de gerar dano moral a quem quer que seja" (STJ, Recurso Especial n. 1017970, do Distrito Federal, rel. Min. Nancy Andrighi, Terceira Turma, j. em 26.8.2008). RECURSOS CONHECIDOS E DESPROVIDOS.

TJ-SC - Apelação Cível AC 739617 SC 2011.073961-7 (TJ-SC)

Data de publicação: 24/11/2011

Ementa: a respectiva prova pela emitente, impõe-se declarado inexistente o débito representado na cártula, com a sua conseqüente anulação" [...] (Apelação Cível n. , de Itajaí, rel. Des. Cláudio Valdyr Helfenstein, j. em 28.7.2011). ALEGAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA DO AUTOR PORQUE PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO. IMPOSSIBILIDADE. TRADIÇÃO DO BEM QUE SE DEU ANTES DA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL . RECURSO DA PARTE AUTORA. PLEITO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, AO ARGUMENTO DE ILEGALIDADE NO APONTAMENTO DOS TÍTULOS A PROTESTO, OCASIONANDO O CONSTRANGIMENTO ILEGAL E O DEVER EM INDENIZAR. INVIABILIDADE. SIMPLES APONTAMENTOS QUE NÃO TÊM O CONDÃO DE GERAR INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. AUSÊNCIA DE PROVAS APTAS A DEMONSTRAR OS PREJUÍZOS SOFRIDOS. INTELIGÊNCIA DO ART. 333 , INCISO I , DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL . "O simples apontamento do título, sem o efetivo registro do protesto, ainda que de forma indevida, é incapaz de gerar dano moral a quem quer que seja" (STJ, Recurso Especial n. 1017970, do Distrito Federal, rel. Min. Nancy Andrighi, Terceira Turma, j. em 26.8.2008). RECURSOS CONHECIDOS E DESPROVIDOS.

TJ-ES - Apelação Civel AC 35050051388 ES 035050051388 (TJ-ES)

Data de publicação: 02/07/2007

Ementa: ACÓRDAO APELAÇAO CÍVEL AÇAO ORDINÁRIA - COBRANÇA. PRESCRIÇAO - INOCORRÊNCIA. COMPRA E VENDA VEÍCULO - IPVA - DÉBITO - ANTERIOR À TRADIÇAO - QUITAÇAO PELO NOVO ADQUIRENTE - COBRANÇA EM FACE DO VENDEDOR ANTIGO PROPRIETÁRIO - RESPONSABILIDADE DO VENDEDOR PELO DÉBITO - INCIDÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL - RECURSO IMPROVIDO.01. Não há se falar em observância do artigo 445 , do Código Civil , eis que tal norma rege situações relacionadas a `vícios redibitórios¿, o que não é o caso dos autos. Prescrição rejeitada.02. O novo adquirente conta com os meios de reparo para prover o devido ressarcimento do débito existente a título de IPVA incidente antes da tradição do veículo. Inteligência do art. 502 do Código Civil , que dispõe que ¿o vendedor, salvo convenção em contrário, responde por todos os débitos que gravem a coisa até o momento da tradição¿.

TJ-ES - Apelacao Civel AC 35050051388 ES 35050051388 (TJ-ES)

Data de publicação: 02/07/2007

Ementa: APELAÇAO CÍVEL AÇAO ORDINÁRIA - COBRANÇA. PRESCRIÇAO - INOCORRÊNCIA. COMPRA E VENDA VEÍCULO - IPVA - DÉBITO - ANTERIOR À TRADIÇAO - QUITAÇAO PELO NOVO ADQUIRENTE - COBRANÇA EM FACE DO VENDEDOR ANTIGO PROPRIETÁRIO - RESPONSABILIDADE DO VENDEDOR PELO DÉBITO - INCIDÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL - RECURSO IMPROVIDO.01. Não há se falar em observância do artigo 445 , do Código Civil , eis que tal norma rege situações relacionadas a `vícios redibitórios¿, o que não é o caso dos autos. Prescrição rejeitada. 02. O novo adquirente conta com os meios de reparo para prover o devido ressarcimento do débito existente a título de IPVA incidente antes da tradição do veículo. Inteligência do art. 502 do Código Civil , que dispõe que ¿o vendedor, salvo convenção em contrário, responde por todos os débitos que gravem a coisa até o momento da tradição¿.

TJ-PR - 8635025 PR 863502-5 (Acórdão) (TJ-PR)

Data de publicação: 13/09/2012

Ementa: , e em face das diversas ações envolvendo o mesmo tema, ressalvada o beneficio da assistência judiciária gratuita (fls. 110/119). 1.2. A autora interpôs recurso de apelação, alegando em síntese, a inocorrência da prescrição, visto que o prazo inicia-se da ciência inequívoca do estado de invalidez, conforme já reiteradamente decidido pelo STJ - Súmula 278. Alega ainda, a ocorrência de cerceamento de defesa, ante o julgamento antecipado da lide, impedindo o autor de produzir as provas necessárias, mormente a prova pericial expressamente requerida, de modo a provar a invalidez permanente e a ciência inequívoca, sendo inclusive expedido ofício ao IML de Londrina, por determinação do juízo (fls. 120/128). 1.3. Foi oferecido contra-razões (fls. 132/142). É o relatório. FUNDAMENTOS DE FATO E DE DIREITO 2. Em sede de análise dos pressupostos de admissibilidade recursal, é de se conhecer do recurso. DO PRAZO PRESCRICIONAL 3. A prescrição consiste na perda da ação atribuída a um direito, ante a inércia do agente, e caso o detentor do direito subjetivo não o exerça no prazo determinado em lei, sua pretensão é aniquilada pela prescrição. 3.1. O novo Código Civil prevê que será de três anos o prazo para a pretensão do beneficiário contra o segurado (art. 206, § 3º, IX), ou seja, o detentor do direito violado terá o prazo de três anos, a partir da vigência do novo diploma civil, para pretender a reparação do seu direito. 3.2. Seguindo a inteligência do Art. 206 do novo Diploma Civil: "Prescreve: § 3º Em três anos: IX - a pretensão do beneficiário contra o segurador, e a do terceiro prejudicado, no caso de seguro de responsabilidade civil obrigatório." 3.3. Afigura-se no caso em tela, que o acidente ocorreu em 07/09/2004, constando também documentos de atendimentos médicos em 2005 e 2006 (fls. 19/28 e verso) com Diagnóstico Médico, datado de 27/08/2009 (fls. 18), sendo a ação ajuizada em 29/07/2009. 3.4. Argumenta a recorrente, que a ciência inequívoca da incapacidade permanente deu...

TJ-SC - Inteiro Teor. Apelação Cível AC 739624 SC 2011.073962-4 (TJSC)

Data de publicação: 24/11/2011

Decisão: . TRADIÇÃO DO BEM QUE SE DEU ANTES DA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL..., e não posteriormente (art. 502 do Código Civil ). Esse é o entendimento deste Tribunal, mutatis... DE PROVAS APTAS A DEMONSTRAR OS PREJUÍZOS SOFRIDOS. INTELIGÊNCIA DO ART. 333 , INCISO I , DO CÓDIGO...

TJ-SC - Inteiro Teor. Apelação Cível AC 739600 SC 2011.073960-0 (TJSC)

Data de publicação: 24/11/2011

Decisão: . TRADIÇÃO DO BEM QUE SE DEU ANTES DA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO. INTELIGÊNCIA DO ART. 502 DO CÓDIGO CIVIL..., e não posteriormente (art. 502 do Código Civil ). Esse é o entendimento deste Tribunal, mutatis... DE PROVAS APTAS A DEMONSTRAR OS PREJUÍZOS SOFRIDOS. INTELIGÊNCIA DO ART. 333 , INCISO I , DO CÓDIGO...

1 2 3 4 5 609 610 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca