Carregando...
Jusbrasil - Jurisprudência
06 de dezembro de 2016

Página 1 de 75.338 resultados

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NOS EMBARGOS À EXECUÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA AgRg nos EmbExeMS 12764 DF 2009/0076368-8 (STJ)

Data de publicação: 20/03/2012

Ementa: AGRAVO REGIMENTAL NOS EMBARGOS À EXECUÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA.PORTARIA Nº 134 /2011. SUSPENSÃO OU EXTINÇÃO DA EXECUÇÃO.INEXISTÊNCIA. 1. Esta Terceira Seção, nos autos dos EmbExeMS nº 12.179/DF, firmouentendimento no sentido de que a Portaria n.º 134 /2011 não configurafato superveniente capaz de extinguir ou determinar a suspensão dasexecuções que visam o cumprimento integral das portarias de anistia. 2. Agravo regimental a que se nega provimento.

Encontrado em: NOS EMBARGOS À EXECUÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA AgRg nos EmbExeMS 12764 DF 2009/0076368-8 (STJ) Ministra

TJ-DF - Apelação Cível APC 20150110171486 (TJ-DF)

Data de publicação: 10/08/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXECUÇÃO. EXTINÇÃO. PORTARIA 73 DESSE E.TJDFT. APLICABILIDADE. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria 73 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, respeitados os prazos fixados. 2. Negou-se provimento ao apelo.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20120110079272 (TJ-DF)

Data de publicação: 14/07/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXECUÇÃO. EXTINÇÃO. PORTARIA 73 DESSE E.TJDFT. APLICABILIDADE. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria 73 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, respeitados os prazos fixados. 2. Negou-se provimento ao apelo.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20090111808927 (TJ-DF)

Data de publicação: 21/01/2016

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO DE EXECUÇÃO. EXTINÇÃO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. AUSÊNCIA DE CITAÇÃO. PORTARIA CONJUNTA 73/2010 DO TJDFT. INAPLICABILIDADE. 1. A sentença de extinção do processo, sem julgamento de mérito, antes de realizada a citação da parte é prematura e não encontra guarida na portaria conjunta n° 73/2010 do TJDFT. 2. Recurso conhecido e provido.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20100112180406 (TJ-DF)

Data de publicação: 18/12/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N.09 DO E. TJDFT. APLICÁVEL. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria nº 73/2010 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Negou-se provimento ao apelo.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20070110880783 (TJ-DF)

Data de publicação: 05/11/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N. 09 DO E. TJDFT. APLICÁVEL. NÃO PROVIMENTO. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria Conjunta n. 73/2010 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Negou-se provimento ao apelo.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20120111940530 (TJ-DF)

Data de publicação: 30/03/2016

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N. 09 DO E. TJDFT. POSSIBILIDADE. REQUISITOS NÃO OBSERVADOS. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria 73 e do Provimento n.9 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Não havendo a paralisação do processo por mais de seis meses, não está configurado requisito para a extinção do processo com base na Portaria n. 73/2010 deste E. TJDFT. 3. Deu-se provimento ao apelo do exequente.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20140110700096 (TJ-DF)

Data de publicação: 05/02/2016

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N. 09 DO E. TJDFT. POSSIBILIDADE. REQUISITOS NÃO OBSERVADOS. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria 73 e do Provimento 09 desse E.TJDFT nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Não havendo a paralisação do processo por mais de seis meses, não está configurado requisito para a extinção do processo com base na Portaria n. 73/2010 deste E. TJDFT. 3. Deu-se provimento ao apelo do exequente.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20120310097473 (TJ-DF)

Data de publicação: 27/07/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N.09 DO E. TJDFT. APLICÁVEL. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria nº 73/2010 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Não se exige intimação pessoal para a extinção do processo com base nas normas da Portaria Conjunta nº 73/2010. 3. Negou-se provimento ao apelo.

TJ-DF - Apelação Cível APC 20150310151318 (TJ-DF)

Data de publicação: 21/10/2015

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EXTINÇÃO DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE BENS PENHORÁVEIS. PORTARIA CONJUNTA Nº. 73 E PROVIMENTO N.09 DO E. TJDFT. APLICÁVEL. 1. Ressalvado o entendimento do Relator, reconhece-se a aplicabilidade da Portaria nº 73/2010 nas execuções paralisadas por inércia do credor ou inexistência de bens penhoráveis, observados os prazos fixados. 2. Não se exige intimação pessoal para a extinção do processo com base nas normas da Portaria Conjunta nº 73/2010. 3. Negou-se provimento ao apelo.

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

×