Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
25 de julho de 2014

TJ-MG - Apelação Criminal APR 10515070252504001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 24/05/2013

Ementa: FURTO. RÉUS MENORES DE 21 ANOS À ÉPOCA DO CRIME. PRESCRIÇÃO. MATÉRIA DE ORDEM PÚBLICA. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE. 1. Sendo o réu menor de 21 anos à época dos fatos em apuração, de rigor o reconhecimento da atenuante da menoridade relativa, contando-se pela metade o prazo prescricional. 2. Transcorrido lapso temporal superior ao exigido pela lei para a ocorrência da prescrição, deve ser declarada extinta a punibilidade do agente do delito.

TJ-MG - Apelação Criminal APR 10363090373715001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 27/05/2014

Ementa: FURTO QUALIFICADO - CONCURSO DE AGENTES - PRESCRIÇÃO SUPERVENIENTE DECLARADA - REU MENOR DE 21 ANOS NA ÉPOCA DOS FATOS. - Decreta-se a extinção da punibilidade pela ocorrência da prescrição superveniente, se entre a data da publicação da sentença e a do julgamento do presente recurso transcorreu lapso suficiente para a sua configuração.

TJ-RS - Apelação Crime ACR 70057566705 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 26/03/2014

Ementa: APELAÇÃO CRIME. PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO. RÉU MENOR DE 21 ANOS. PRESCRIÇÃO. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE. RECURSO DA DEFESA PROVIDO. (Apelação Crime Nº 70057566705, Quarta Câmara Criminal, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Gaspar Marques Batista, Julgado em 13/03/2014)

TJ-MG - Apelação Criminal APR 10024060841699001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 07/04/2014

Ementa: APELAÇÃO CRIMINAL. TRÁFICO DE DROGAS. RÉU MENOR DE 21 ANOS DE IDADE À ÉPOCA DO CRIME. PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO PUNITIVA. OCORRÊNCIA. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE. - Inevitável o decreto de prescrição da pretensão punitiva se, entre a data do fato e do recebimento da denúncia, há um lapso superior ao limite prescricional previsto para a espécie, considerando a pena concreta do crime e a menoridade do acusado à época da infração.

TJ-MG - Apelação Criminal APR 10051090287197001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 16/05/2014

Ementa: APELAÇÃO CRIMINAL - HOMICÍDIO CULPOSO NA DIREÇÃO DE VEÍCULO - RÉU MENOR DE 21 ANOS AO TEMPO DO FATO - PRESCRIÇÃO RETROATIVA - LAPSO TEMPORAL SUFICIENTE - EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE. Havendo o decurso linear de tempo necessário para que se decrete a extinção da punibilidade pelo fenômeno da prescrição, deve esta ser conhecida e decretada. PROVIMENTO AO RECURSO PARA SE DECLARAR A EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE DO APELANTE.

TJ-MG - Apelação Criminal APR 10461050259294001 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 10/03/2014

Ementa: APELAÇÃO CRIMINAL. ROUBO. RÉU MENOR DE 21 ANOS DE IDADE À ÉPOCA DO CRIME. PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO PUNITIVA. OCORRÊNCIA. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE. - Inevitável o decreto de prescrição da pretensão punitiva se entre a data do crime e o recebimento da denúncia há um lapso superior ao limite prescricional previsto para a espécie, considerando a pena concreta aplicada e a menoridade do acusado à época da infração.

TJ-RS - Recurso Crime RC 71003971256 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 18/09/2012

Ementa: APELAÇAO. CRIME DE TRÂNSITO. ARTIGO 309 DO CTB . RÉU MENOR DE 21 ANOS DE IDADE. PRESCRIÇÃO. Inarredável, na hipótese, como decorrência do não exercício da pretensão punitiva por parte do Estado, o reconhecimento da prescrição como causa extintiva da punibilidade. Condenado à pena de multa, regula-se a prescrição pelos artigos 107 , IV , e 114 , II , ambos do Código Penal , sendo de dois anos o prazo para que reste implda, limite este que, em se tratando de réu menor de 21 anos, deve ser reduzido por metade (artigo 115 do Código Penal ), resultando, portanto, em um ano. Prejudicado,...

STJ - HABEAS CORPUS HC 231277 RJ 2012/0011757-0 (STJ)

Data de publicação: 10/10/2013

Ementa: HABEAS CORPUS. PENAL. FURTO QUALIFICADO. PEDIDO DE DESCLASSIFICAÇÃO PARA A FORMA TENTADA. IMPOSSIBILIDADE. POSSE TRANQUILA DA COISA SUBTRAÍDA. DESNECESSIDADE. PRECEDENTES DESTE TRIBUNAL E DO PRETÓRIO EXCELSO. TESE DE ILEGALIDADE NA EXASPERAÇÃO DA PENA-BASE. CIRCUNSTÂNCIA NÃO EVIDENCIADA. RÉU MENOR DE 21 ANOS À ÉPOCA DOS FATOS. COMPROVAÇÃO NOS AUTOS. NÃO INCIDÊNCIA DA ATENUANTE. CONSTRANGIMENTO ILEGAL EVIDENCIADO. PEDIDO DE APLICAÇÃO DA CAUSA ESPECIAL DE DIMINUIÇÃO DA PENA POR FURTO PRIVILEGIADO. POSSIBILIDADE. PRECEDENTE DESTA CORTE E DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. ORDEM DE HABEAS CORPUS PARCIALMENTE CONCEDIDA PARA FAZER INCIDIR A ATENUANTE DA MENORIDADE E APLICAR A CAUSA DE DIMINUIÇÃO DA PENA PREVISTA NO ART. 155 , § 2.º DO CÓDIGO PENAL , NO PATAMAR A SER ESTABELECIDO PELO JUÍZO DAS EXECUÇÕES PENAIS. 1. No que se refere à consumação do crime de furto, esta Corte e o Supremo Tribunal Federal adotam a teoria da apprehensio, também denominada de amotio, segundo a qual considera-se consumado o mencionado delito no momento em que o agente obtém a posse da res furtiva, ainda que não seja mansa e pacífica e/ou haja perseguição policial, sendo prescindível que o objeto do crime saia da esfera de vigilância da vítima. 2. O julgador, com base em seu livre convencimento, deve examinar com acuidade os elementos que dizem respeito ao fato, obedecidos e sopesados todos os critérios estabelecidos no art. 59 do Código Penal , para aplicar, de forma justa e fundamentada, a reprimenda. Dessa forma, somente em casos de patente ilegalidade ou abuso de poder o reexame das circunstâncias é cabível em habeas corpus, o que não ocorre na espécie. 3. Constatado que o Réu era, à época do fato, menor de 21 (vinte um) anos, é obrigatória a aplicação da atenuante objetiva prevista no art. 65 , inciso I , do Código Penal . 4. É admissível a incidência da causa especial de diminuição de pena prevista no art. 155 , § 2.º , do Código Penal ao furto qualificado, desde que as qualificadoras sejam de índole objetiva. Para tanto há de se levar em conta tão somente o valor da coisa furtada e a primariedade do Réu. 5. Ordem de habeas corpus parcialmente concedida para fazer incidir a minorante da menoridade e a causa de diminuição da pena, prevista no art. 155 , § 2.º , do Código Penal , nos patamares que o Juízo das Execuções entender de direito....

TJ-RS - Recurso Crime RC 71004539698 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 21/08/2013

Ementa: APELAÇAO CRIMINAL. DIREÇÃO SEM HABILITAÇÃO. ARTIGO 309 DO CTB . RÉU MENOR DE 21 ANOS DE IDADE. PRESCRIÇÃO. Inarredável, na hipótese, como decorrência do não exercício da pretensão punitiva por parte do Estado, o reconhecimento da prescrição como causa extintiva da punibilidade. Prejudicado, como decorrência do reconhecimento da extinção da punibilidade pela prescrição, o exame do mérito do recurso, nos termos da Súmula nº 241 do extinto TRF. JULGADA EXTINTA A PUNIBILIDADE DO RÉU. (Recurso Crime Nº 71004539698, Turma Recursal Criminal, Turmas Recursais, Relator: Madgeli Frantz Machado, Julgado em 19/08/2013)

Encontrado em: Turma Recursal Criminal Diário da Justiça do dia 21/08/2013 - 21/8/2013 Recurso Crime RC 71004539698 RS (TJ-RS) Madgeli Frantz Machado

TJ-RS - Recurso Crime RC 71004160008 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 12/03/2013

Ementa: APELAÇÃO CRIME. DESACATO. ARTIGO 331 , DO CÓDIGO PENAL . RÉUS MENORES DE 21 ANOS. PRESCRIÇÃO. 1. Transcorrido prazo superior a um ano entre a data do fato e a do recebimento da denúncia, considerada a pena de multa aplicada, com a qual se conformou o representante ministerial, e a idade dos réus, menores de 21 anos ao tempo do fato, prescrita está a pretensão punitiva do Estado. Extinção da punibilidade que se declara, na forma dos artigos 107 , inciso IV , 114 , 110 , § 1º , e 115 , todos do Código Penal . 2. A extinção da punibilidade pela prescrição da pretensão punitiva prejudica o exame do mérito da apelação criminal, de acordo com a súmula 241 do extinto TFR. EXTINGUIRAM A PUNIBILIDADE DOS RÉUS PELA PRESCRIÇÃO. (Recurso Crime Nº 71004160008, Turma Recursal Criminal, Turmas Recursais, Relator: Edson Jorge Cechet, Julgado em 11/03/2013)

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca