Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
31 de julho de 2014

Página 1 de 306 resultados

TJ-BA - Apelação APL 00005924920108050173 BA 0000592-49.2010.8.05.0173 (TJ-BA)

Data de publicação: 17/11/2012

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. COBRANÇA. SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL. PRESCRIÇÃO. REJEIÇÃO. CONTRATO NULO. FGTS. PARCELAS DEVIDAS NÃO RECOLHIDAS. PAGAMENTO DIRETO AO RECORRIDO. NÃO CONFIGURAÇÃO DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO. RECURSO IMPROVIDO. Há que se rejeitar a preliminar de prescrição da ação, vez que o contrato firmado entre as partes teve seu fim em 2009 e a presente ação fora proposta no mesmo ano. O contrato de trabalho declarado nulo por haver sido firmado em data posterior à Constituição Federal de 1998 enseja o pagamento das verbas salariais inadimplidas, in casu não reclamadas, bem como a liberação do saldo do FGTS ou o pagamento direto do valor devido ao empregado em caso de não recolhimento.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS AGRAVO DE INSTRUMENTO AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA ED-AG-AIRR 393407520065010037 39340-75.2006.5.01.0037 (TST)

Data de publicação: 05/12/2008

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - DEPÓSITOS CORRESPONDENTES AO FGTS - CONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO 19-A DA LEI Nº 8.036 /90 As hipóteses de cabimento de embargos de declaração são, exclusivamente, as elencadas nos artigos 535 do CPC e 897-A da CLT . A alegação da Embargante não se coaduna com a previsão legal. Embargos de Declaração rejeitados.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS RECURSO DE REVISTA ED-A-RR 4144000882002502 4144000-88.2002.5.02.0902 (TST)

Data de publicação: 01/06/2007

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - SÚMULA Nº 363/TST A pretensão de rediscutir a questão de mérito, sob prisma favorável, não se coaduna com as hipóteses de cabimento de embargos de declaração, dispostas nos artigos 535 do CPC e 897-A da CLT . Não há omissão ou contradição no acórdão embargado, mas, tão-somente, julgamento contrário ao interesse da parte.Embargos de Declaração rejeitados.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS RECURSO DE REVISTA ED-RR 7979303420015115555 797930-34.2001.5.11.5555 (TST)

Data de publicação: 19/08/2005

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO-CONTRATO NULO - RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - LIMITAÇÃO - IMPOSSIBILIDADE Não há contradição no acórdão embargado, mas, tão somente, julgamento contrário ao interesse da parte.Embargos de Declaração rejeitados.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS RECURSO DE REVISTA ED-RR 7003700742002504 7003700-74.2002.5.04.0900 (TST)

Data de publicação: 09/09/2005

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO-CONTRATO NULO - DEPÓSITOS DO FGTS - INEXISTÊNCIA DE PEDIDO Não há falar em direito ao pagamento do FGTS em relação à contraprestação pactuada, haja vista que a peça vestibular é expressa ao pleitear o pagamento das diferenças fundiárias tão-somente quanto às diferenças salariais resultantes de enquadramento em função e reflexos, gratificações, anuênios e qüinqüênios.Inexiste, pois, omissão no acórdão embargado, mas, sim, julgamento contrário ao interesse da parte.Embargos de Declaração rejeitados.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS RECURSO DE REVISTA E-ED-RR 7979303420015115555 797930-34.2001.5.11.5555 (TST)

Data de publicação: 19/08/2005

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - RESPONSABILIDADE SUBS I DIÁRIA - LIMITAÇÃO - IMPOSSIBILIDADE Não há contradição no acórdão embarg a do, mas, tão somente, julgamento co n trário ao interesse da parte. Embargos de Declaração rejeitados.

TST - EMBARGOS DECLARATORIOS RECURSO DE REVISTA E-ED-RR 7979303420015115555 797930-34.2001.5.11.5555 (TST)

Data de publicação: 01/08/2005

Ementa: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - LIMITAÇÃO - IMPOSSIBILIDADE Não há contradição no acórdão embargado, mas, tão somente, julgamento contrário ao interesse da parte. Embargos de Declaração rejeitados.

TJ-BA - APELAÇÃO APL 31342009 BA 313-4/2009 (TJ-BA)

Data de publicação: 25/05/2010

Ementa: APELAÇAO CÍVEL. COBRANÇA. SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL. PRLEIMINAR DE NULIDADE DA SENTENÇA E NULIDADE PROCESSUAL. REJEIÇAO. CONTRATO NULO. PAGAMENTO DE VERBAS SALARIAIS. LIBERAÇAO DO SALDO DO FGTS. NAO CONFIGURAÇAO DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO. RECURSO IMPROVIDO. O CONTRATO DE TRABALHO DECLARADO NULO POR HAVER SIDO FIRMADO EM DATA POSTERIOR À CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1998 ENSEJA O PAGAMENTO DAS VERBAS SALARIAIS, SOB PENA DE SER CONFIGURADO O ENRIQUECIMENTO ILÍCITO DA FAZENDA PÚBLICA. DISPONDO A LEGISLAÇAO EM VIGOR QUE O PAGAMENTO SÓ SE PROVA COM A QUITAÇAO E INEXISTINDO NO IN FOLIO PROVA DE QUITAÇAO DO PAGAMENTO RECLAMADO, HÁ QUE SE COMPELIR O ENTE PÚBLICO A FAZÊ-LO.

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL AC 20020110163772 DF (TJ-DF)

Data de publicação: 08/11/2005

Ementa: AÇÃO DE INDENIZAÇÃO - DANOS MATERIAIS E MORAIS - PRELIMINAR - CERCEAMENTO DE DEFESA - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - ILEGITIMIDADE DE PARTE - DANO MATERIAL - IMPROCEDÊNCIA - DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA - AUSÊNCIA DE ATO ILÍCITO - DANO MORAL - IMPROCEDÊNCIA. A PROVA PRODUZIDA NOS AUTOS É DESTINADA AO JULGADOR, CABENDO A ESTE SUA APRECIAÇÃO LIVRE PARA A FORMAÇÃO DE SEU CONVENCIMENTO, NÃO CONSUBSTANCIANDO CERCEAMENTO DE DEFESA A ABSTENÇÃO EM ANALISAR DETERMINADO DOCUMENTO. IMPOSSÍVEL RECONHECER DANO MATERIAL DECORRENTE DE CONTRATO CELEBRADO COM PARTE ILEGÍTIMA. A PROPOSITURA DE AÇÃO JUDICIAL AINDA QUE CONCLUA PELA INOCÊNCIA DO ACUSADO, NÃO PODE SER OBJETO DE INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL SE NÃO FOI COMPROVADO QUE A AUTORA DA AÇÃO TINHA CERTEZA DESSA INOCÊNCIA.

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL AC 163770920028070001 DF 0016377-09.2002.807.0001 (TJ-DF)

Data de publicação: 08/11/2005

Ementa: AÇÃO DE INDENIZAÇÃO - DANOS MATERIAIS E MORAIS - PRELIMINAR - CERCEAMENTO DE DEFESA - REJEIÇÃO - CONTRATO NULO - ILEGITIMIDADE DE P ARTE - DANO MATERIAL - IMPROCEDÊNCIA - DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA - AUSÊNCIA DE ATO ILÍCITO - DANO MORAL - IMPROCEDÊNCIA. A PROVA PRODUZIDA NOS AUTOS É DESTINADA AO JULGADOR, CABENDO A ESTE SUA APRECIAÇÃO LIVRE PARA A FORMAÇÃO DE SEU CONVENCIMENTO, NÃO CONSUBSTANCIANDO CERCEAMENTO DE DEFESA A ABSTENÇÃO EM ANALISAR DETERMINADO DOCUMENTO. IMPOSSÍVEL RE CONHECER DANO MATERIAL DECORRENTE DE CONTRATO CELEBRADO COM P ARTE ILEGÍTIMA. A PROPOSITURA DE AÇÃO JUDICIAL AINDA QUE CONCLUA PELA INOCÊNCIA DO ACUSADO, NÃO PODE SER OBJETO DE INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL SE NÃO FOI COMPROVADO QUE A AUTORA DA AÇÃO TINHA CERTEZA DESSA INOCÊNCIA.

1 2 3 4 5 30 31 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca