Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
25 de outubro de 2014

TJ-BA - Agravo de Instrumento AI 00079647820138050000 BA 0007964-78.2013.8.05.0000 (TJ-BA)

Data de publicação: 23/10/2013

Ementa: PROCESSO CIVIL. AÇÃO ORDINÁRIA. DECISÃO DO JUIZ A QUO INDEFERINDO PEDIDO DE ANULAÇÃO DE ENCARGOS MORATÓRIOS, ENTENDENDO TER HAVIDO O TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DO ACORDO DE FL. 50. AGRAVO DE INSTRUMENTO DO AUTOR. 1. Trata-se de recurso contra decisão interlocutória que indeferiu pedido de anulação da cobrança do valor de R$ 812,33 (oitocentos e doze reais e trinta e três centavos), a título de multa e de juros moratórios, pelo pagamento em atraso de fatura de conta de água, em razão da demora na expedição de alvará judicial para levantamento de valores depositados pelo Agravante, tendo o Magistrado primevo entendido que, na hipótese, teria havido pedido de reapreciação do processo, em função do advento da sentença homologatória de fl. 50, já transitada em julgado; 2. Constata-se que o Autor, ora Agravante, não pretendeu a rediscussão do processo cuja coisa julgada operou-se, tendo havido, tão somente, a busca do cumprimento do acordo celebrado, uma vez que a expedição de alvará judicial para levantamento dos valores depositados judicialmente na conta nº 3.200.114.462.763 tinha por objetivo, tão somente, o pagamento das faturas descriminadas no acordo celebrado à fl. 49, não sendo razoável que o atraso/demora de emissão da referida autorização pelo Magistrado a quo gerem ônus/prejuízos financeiros ao Agravante, uma vez que os encargos moratórios no importe de R$ 812,33 (oitocentos e doze reais e trinta e três centavos), a título de multa e juros moratórios, pelo pagamento em atraso da fatura (que tinha por vencimento 30 de novembro de 2012), ocorreu, exclusivamente, por mora do Poder Judiciário, haja vista que a expedição do alvará judicial só ocorrera em 05 de fevereiro de 2013 (documento de fl. 71). RECURSO CONHECIDO E PROVIDO.

TJ-BA - Apelação APL 00009981120118050052 BA 0000998-11.2011.8.05.0052 (TJ-BA)

Data de publicação: 25/10/2013

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS À EXECUÇÃO. EXECUÇÃO DE TÍTULO JUDICIAL. OCORRÊNCIA DA PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO EXECUTÓRIA. INCIDÊNCIA DO ART. 206 , § 5º , INC. I DO CÓDIGO CIVIL . TERMO INICIAL – TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DO ACORDO FIRMADO ENTRE AS PARTES. INCIDÊNCIA DO CÓDIGO CIVIL DE 2002 . REGRA DE TRANSIÇÃO AFASTADA. EXECUÇÃO CONTRA FAZENDA PÚBLICA. PRAZO PRESCRICIONAL QUINQUENAL. PRECEDENTES DO STJ. SENTENÇA MANTIDA. RECURSO DESPROVIDO. Trata-se da perda do direito da pretensão executória, pautada no princípio de que o direito não pode tutelar negligências e socorrer aos que dormem. As regras de prescrição se encontram no Código Civil , a partir de seu artigo 206 . Ora, o prazo prescricional geral de dez anos não pode ser aplicável quando houver regra específica, o art. 206, § 5º, inc. I do C.C, expressa nitidamente a prescrição da pretensão executória de dívidas líquidas firmadas por instrumento público ou particular, o que, de per si, afasta a aplicação da regra geral. Contudo, diferentemente do quanto declarado pelo magistrado de piso, no caso em comento, o termo inicial para a contagem da prescrição é a data do trânsito em julgado da sentença homologatória, 19/02/2003, fl.130-v, período, inclusive, no qual já vigorava o Código Civil de 2002 , o que implica na aplicação desta legislação. Diante do exposto, DÁ-SE PROVIMENTO PARCIAL AO RECURSO, tão somente para declarar como termo inicial da prescrição a data do trânsito em julgado da sentença homologatória, mantendo-se, nos demais aspectos, a sentença de primeiro grau.

TJ-AL - Agravo de Instrumento AI 00028034220118020000 AL 0002803-42.2011.8.02.0000 (TJ-AL)

Data de publicação: 03/11/2011

Ementa: ACÓRDÃO N.º 2.1367/2011 EMENTA: DIREITO CIVIL. FAMÍLIA. AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO AGRAVADA PROFERIDA NOS AUTOS DA AÇÃO DE MODIFICAÇÃO DE GUARDA INTENTADA PELOS AGRAVADOS, NA QUALIDADE DE AVÓS PATERNOS, QUE DETERMINOU, ENTRE OUTROS COMANDOS, A PERMANÊNCIA DA MENOR B. DE B. C. M. NA CAPITAL ALAGOANA ATÉ A APRECIAÇÃO DA GUARDA, APÓS A CONCLUSÃO DOS LAUDOS ORIUNDOS DOS EXAMES PSIQUIÁTRICOS A QUE DEVERIAM SER SUBMETIDOS A REFERIDA INFANTE E AS PARTES. PEDIDO DE ATRIBUIÇÃO DE EFEITO SUSPENSIVO DEFERIDO. PRELIMINAR DE NÃO CONHECIMENTO DO RECURSO POR AUSÊNCIA DE REQUISITO FORMAL DE ADMISSIBILIDADE, QUAL SEJA, A CERTIDÃO DE INTIMAÇÃO DA RESPECTIVA DECISÃO AGRAVADA, ARGUIDA PELO AGRAVADO, EM SEDE DE CONTRARRAZÕES. REJEITADA. SUPRESSÃO DO DOCUMENTO POR OUTRO INSTRUMENTO HÁBIL A COMPROVAR A TEMPESTIVIDADE DO RECURSO. APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA INSTRUMENTALIDADE DAS FORMAS. PRECEDENTES JURISPRUDENCIAIS. MÉRITO. TESES LEVANTADAS PELA RECORRENTE. GENITORA E DETENTORA DA GUARDA DE FATO E DE DIREITO DA CRIANÇA, EM CARÁTER DEFINITIVO. TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DE ACORDO JUDICIAL NA QUAL RESTOU DETERMINADA. NECESSIDADE DE VIAGEM PARA BRASÍLIA, EM VIRTUDE DE ASSUNÇÃO DE CARGO PÚBLICO. ARGUMENTOS ACOLHIDOS. PRIORIZAÇÃO DO MELHOR INTERESSE DA CRIANÇA. PARECERES MINISTERIAIS NO MESMO SENTIDO. DECISÃO INTERLOCUTÓRIA REFORMADA. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. RELATÓRIO EMENTA: PROCESSUAL CIVIL. VIOLAÇÃO DO ART. 535 DO CPC . DEFICIÊNCIA NA FUNDAMENTAÇÃO. SÚMULA 284/STF. AGRAVO DE INSTRUMENTO. CERTIDÃO DE INTIMAÇÃO DA DECISÃO AGRAVADA. POSSIBILIDADE DA AFERIÇÃO DA TEMPESTIVIDADE POR MEIO DIVERSO. PRINCÍPIO DA INSTRUMENTALIDADE DAS FORMAS. APLICAÇÃO. HABILITAÇÃO DE SUCESSORES NA FASE DE EXECUÇÃO. AUSÊNCIA DE PREJUÍZO. FUNDAMENTO NÃO IMPUGNADO. SÚMULA 283/STF. DIVERGÊNCIA JURISPRUDENCIAL. NÃO-COMPROVAÇÃO. DESCUMPRIMENTO DOS REQUISITOS LEGAIS. 1. Não se conhece de Recurso Especial em relação a ofensa ao art. 535 do CPC quando a parte não aponta, de...

TJ-PR - Apelação Cível AC 5182101 PR 0518210-1 (TJ-PR)

Data de publicação: 30/09/2008

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DECLARATÓRIA DE QUITAÇÃO CONTRATUAL C/C PEDIDO DE RESTITUIÇÃO DE INDÉBITO. CONTRATO PARTICULAR DE COOPERADOS DO FUNCIONALISMO PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL. QUITAÇÃO INTEGRAL DO CONTRATO POR PARTE DO APELADO. PAGAMENTO DE TODAS AS PARCELAS CONVENCIONDAS, ALÉM DAS 10 (DEZ) PARCELAS ADICIONAIS CONFERIDAS A CADA UM DOS COOPERADOS. TERMO DE QUITAÇÃO OUTORGADO PELA APELANTE/RÉ CONCEDENDO AMPLO, TOTAL E IRRESTRITO CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO, SEM QUALQUER RESSALVA. ALEGAÇÃO DE INVALIDADE DA QUITAÇÃO ANTE A APRESENTAÇÃO DE IRREGULARIDADES NA SUA EMISSÃO. MATÉRIA ABORDADA QUE NÃO PODE PREJUDICAR O ATO JURÍDICO PERFEITO E O PRINCÍPIO DA SEGURANÇA JURÍDICA. QUESTÃO A SER DEBATIDA EM AÇÃO PRÓPRIA. IMPOSSIBILIDADE DE APLICAÇÃO DOS INSTITUTOS DO PACTA SUNT SERVANDA E REBUS SIC STANTIBUS AOS CONTRATOS FINDOS. O TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DO ACORDO, ENTABULADO ENTRE AS PARTES, OCORREU SOMENTE QUANTO AO VALOR RECONHECIDO PELO APELADO. INEXISTÊNCIA DE RECONHECIMENTO EXPRESSO POR PARTE DO AUTOR QUANTO ÀS PARCELAS VINCENDAS. ÔNUS DE SUCUMBÊNCIA ESTIPULADOS ACERTADAMENTE. SENTENÇA CORRETAMENTE LANÇADA E MANTIDA NESSA SEARA RECURSAL. APELAÇÃO CÍVEL CONHECIDA E NÃO PROVIDA. 1. O termo de quitação, outorgado pela cooperativa apelante ao apelado, sem qualquer ressalva, concede amplo, total e irrestrito cumprimento do contrato, só podendo ser questionado em ação própria, sob pena e conseqüência de violar ato jurídico perfeito e o princípio da segurança jurídica. 2. Uma vez findo o contrato, não há como incidir a aplicabilidade dos institutos do pacta sunt servanda e do rebus sic stantibus. 3. O acordo entabulado entre as partes, homologado por sentença transitada em julgado, refere-se expressamente quanto ao valor do débito de R$ 3.205,91 (três mil, duzentos e cinco reais e noventa e um centavos), não vislumbrando, de forma categórica, o reconhecimento do apelado quanto às parcelas vincendas. 4. Não havendo alteração do julgado recorrido nesta seara recursal, impõe-se a manutenção do ônus de sucumbência. 5. Apelação Cível conhecida e não provida....

Encontrado em: , mantendo-se inalterada a jurídica sentença recorrida, nos termos do voto do Desembargador Relator. 7

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 1360329 SP 2012/0272734-0 (STJ)

Data de publicação: 03/12/2013

Ementa: DIREITO PROCESSUAL CIVIL. RECURSO ESPECIAL. AÇÃO DE PARTILHA DE BENS. VIOLAÇÃO DO ART. 535 DO CPC . AUSÊNCIA. ACORDO HOMOLOGADO EM JUÍZO ANTES DO TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA DE PARCIAL PROCEDÊNCIA. PEDIDO DE EXECUÇÃO DOS HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS ANTERIORMENTE FIXADOS. IMPOSSIBILIDADE. 1. Recurso especial que discute a possibilidade de cumprimento da sentença de parcial procedência do pedido, na parte referente aos honorários sucumbenciais, quando essa sentença é substituída pela sentença homologatória de acordo, o qual foi firmado sem a presença do patrono da autora. 2. Havendo trânsito em julgado da sentença homologatória do acordo, não é possível o cumprimento da sentença anterior - que julgou o pedido e não transitou em julgado - na parte referente aos honorários advocatícios. 3. Eventual insurgência do advogado contra o acordo firmado sem sua participação deve ser feita tempestivamente, com a interposição do recurso cabível. 4. Negado provimento ao recurso especial.

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 897712 PR 2006/0226978-6 (STJ)

Data de publicação: 18/12/2008

Ementa: PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO POPULAR. SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DE ACORDO. TRÂNSITO EM JULGADO. PERDA DE OBJETO ART. 11 DA LEI Nº 4.717 /65. OMISSÃO. OFENSA AO ART. 535 DO CPC RECONHECIDA. 1. Apesar de provocada pela via dos embargos declaratórios, a Corte de origem não se pronunciou efetivamente sobre a tese de que a ação popular teria perdido seu objeto em decorrência do trânsito em julgado da sentença homologatória de acordo, ao fundamento de que, consoante o art. 11 da Lei nº 4.717 /65, a inviabilidade de anulação do ato impugnado obstaculizaria a condenação ao pagamento de perdas e danos. 2. Caracterizado o vício da omissão, impõe-se o reconhecimento de ofensa ao art. 535 do CPC , com anulação do acórdão proferido no julgamento dos embargos de declaração, determinando-se o retorno dos autos à origem para que seja sanada a eiva apontada, prejudicada a análise dos demais tópicos. 3. Recurso especial provido

TJ-MG - 200000038678760001 MG 2.0000.00.386787-6/000(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 10/05/2003

Ementa: AÇÃO DE IMISSÃO NA POSSE - TRÂNSITO EM JULGADO DE SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DE ACORDO - PRECLUSÃO - OCORRÊNCIA - CARTA DE ADJUDICAÇÃO - EXERCÍCIO INJUSTO DA POSSE DO RÉU - PROCEDÊNCIA DO PEDIDO. O art. 473 do CPC , opera no âmbito da preclusão e do trânsito em julgado das questões decididas no curso do processo. Isto é, uma vez decididas e não havendo recurso ou tendo sido este desprovido, não há como rediscuti-las, sejam de índole processual ou de caráter prejudicial. Assegurado judicialmente o domínio do imóvel á autora, demonstrada pela carta de adjudicação, descabida a alegação de impenhorabilidade, pois a pretensão funda-se no injusto exercício da posse e a necessidade de consolidar o direito de propriedade da parte autora.

TJ-SC - Agravo de Instrumento AG 20140046274 SC 2014.004627-4 (Acórdão) (TJ-SC)

Data de publicação: 23/06/2014

Ementa: AGRAVOS DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE EXECUÇÃO DE SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DE DISSOLUÇÃO DE UNIÃO ESTÁVEL. PRAZO ESTABELECIDO PARA A EXPLORAÇÃO EXCLUSIVA PELA AGRAVANTE DE COMÉRCIO EDIFICADO SOBRE IMÓVEL DO EX-PARCEIRO. DECISÃO QUE DETERMINA COMO TERMO INICIAL DESTA CONTAGEM A DATA DA SENTENÇA QUE HOMOLOGOU O AJUSTE ENTABULADO PELAS PARTES. INSURGÊNCIA DE AMBOS OS LITIGANTES. ARGUMENTO DE EXTINÇÃO DA EXECUÇÃO POR INADEQUAÇÃO DA VIA RECHAÇADO. OCUPAÇÃO DO IMÓVEL RESPALDADA POR CONSENSO EM DISSOLUÇÃO DA CONJUGALIDADE, E NÃO POR CONTRATO DE LOCAÇÃO A EXIGIR A OBSERVÂNCIA DO RITO ESPECÍFICO. TERMO INICIAL DO PRAZO PACTUADO QUE DEVE, TODAVIA, SER CONTADO DO TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DO ACORDO. RECURSOS CONHECIDOS, DESPROVIDO O DO EX-COMPANHEIRO E PROVIDO O DA EX-PARCEIRA.

Encontrado em: Sexta Câmara de Direito Civil Julgado Agravante: M. G. D.. Advogado:  Jefferson Damin Monteiro

TJ-SC - Agravo de Instrumento AG 20140079606 SC 2014.007960-6 (Acórdão) (TJ-SC)

Data de publicação: 23/06/2014

Ementa: AGRAVOS DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE EXECUÇÃO DE SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DE DISSOLUÇÃO DE UNIÃO ESTÁVEL. PRAZO ESTABELECIDO PARA A EXPLORAÇÃO EXCLUSIVA PELA AGRAVANTE DE COMÉRCIO EDIFICADO SOBRE IMÓVEL DO EX-PARCEIRO. DECISÃO QUE DETERMINA COMO TERMO INICIAL DESTA CONTAGEM A DATA DA SENTENÇA QUE HOMOLOGOU O AJUSTE ENTABULADO PELAS PARTES. INSURGÊNCIA DE AMBOS OS LITIGANTES. ARGUMENTO DE EXTINÇÃO DA EXECUÇÃO POR INADEQUAÇÃO DA VIA RECHAÇADO. OCUPAÇÃO DO IMÓVEL RESPALDADA POR CONSENSO EM DISSOLUÇÃO DA CONJUGALIDADE, E NÃO POR CONTRATO DE LOCAÇÃO A EXIGIR A OBSERVÂNCIA DO RITO ESPECÍFICO. TERMO INICIAL DO PRAZO PACTUADO QUE DEVE, TODAVIA, SER CONTADO DO TRÂNSITO EM JULGADO DA SENTENÇA HOMOLOGATÓRIA DO ACORDO. RECURSOS CONHECIDOS, DESPROVIDO O DO EX-COMPANHEIRO E PROVIDO O DA EX-PARCEIRA.

Encontrado em: Sexta Câmara de Direito Civil Julgado Agravante: A. F. L.. Advogado:  Leandro Maciel (20826/SC

TJ-SP - Agravo de Instrumento AI 1085308420128260000 SP 0108530-84.2012.8.26.0000 (TJ-SP)

Data de publicação: 28/09/2012

Ementa: COBRANÇA DESPESAS CONDOMINIAIS ACORDO - Manifestação do Condomínio no sentido de noticiar o descumprimento do acordo, formulando pedido de intimação da coexecutada a fim de penhorar 50% do imóvel objeto da ação para garantia da dívida em aberto Indeferimento do pedido com determinação de certificação do trânsito em julgado da sentença homologatória do acordo Afastamento Necessidade de se dar prosseguimento à execução do acordo nos próprios autos - Agravo provido.

1 2 3 4 5 999 1000 Próxima
Buscar em:
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais
  • Selecionar tribunais Todos os tribunais

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/busca