Carregando...
JusBrasil - Tópicos
23 de outubro de 2014
Artigo 51 da Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990

Art. 51 do Código de Defesa do Consumidor - Lei 8078/90

CDC - Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990

Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências.

Art. 51. São nulas de pleno direito, entre outras, as cláusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e serviços que:

I - impossibilitem, exonerem ou atenuem a responsabilidade do fornecedor por vícios de qualquer natureza dos produtos e serviços ou impliquem renúncia ou disposição de direitos. Nas relações de consumo entre o fornecedor e o consumidor pessoa jurídica, a indenização poderá ser limitada, em situações justificáveis;

II - subtraiam ao consumidor a opção de reembolso da quantia já paga, nos casos previstos neste código;

III - transfiram responsabilidades a terceiros;

IV - estabeleçam obrigações consideradas iníquas, abusivas, que coloquem o consumidor em desvantagem exagerada, ou sejam incompatíveis com a boa-fé ou a eqüidade;

V - (Vetado);

VI - estabeleçam inversão do ônus da prova em prejuízo do consumidor;

VII - determinem a utilização compulsória de arbitragem;

VIII - imponham representante para concluir ou realizar outro negócio jurídico pelo consumidor;

IX - deixem ao fornecedor a opção de concluir ou não o contrato, embora obrigando o consumidor;

X - permitam ao fornecedor, direta ou indiretamente, variação do preço de maneira unilateral;

XI - autorizem o fornecedor a cancelar o contrato unilateralmente, sem que igual direito seja conferido ao consumidor;

XII - obriguem o consumidor a ressarcir os custos de cobrança de sua obrigação, sem que igual direito lhe seja conferido contra o fornecedor;

XIII - autorizem o fornecedor a modificar unilateralmente o conteúdo ou a qualidade do contrato, após sua celebração;

XIV - infrinjam ou possibilitem a violação de normas ambientais;

XV - estejam em desacordo com o sistema de proteção ao consumidor;

XVI - possibilitem a renúncia do direito de indenização por benfeitorias necessárias.

§ 1º Presume-se exagerada, entre outros casos, a vantagem que:

I - ofende os princípios fundamentais do sistema jurídico a que pertence;

II - restringe direitos ou obrigações fundamentais inerentes à natureza do contrato, de tal modo a ameaçar seu objeto ou equilíbrio contratual;

III - se mostra excessivamente onerosa para o consumidor, considerando-se a natureza e conteúdo do contrato, o interesse das partes e outras circunstâncias peculiares ao caso.

§ 2° A nulidade de uma cláusula contratual abusiva não invalida o contrato, exceto quando de sua ausência, apesar dos esforços de integração, decorrer ônus excessivo a qualquer das partes.

§ 3° (Vetado).

§ 4° É facultado a qualquer consumidor ou entidade que o represente requerer ao Ministério Público que ajuíze a competente ação para ser declarada a nulidade de cláusula contratual que contrarie o disposto neste código ou de qualquer forma não assegure o justo equilíbrio entre direitos e obrigações das partes.

Técnicas atuais de burla à vedação da venda casada

( Grifo nosso ) . Por sua vez, o art.51 do Código de Defesa do Consumidor considera nulo, cláusula abusiva que se mostre... de consumo , atendidos os seguintes princípios: ( Grifo nosso ) (...) O art.46 do Código de Defesa do consumidor, por sua vez... dos grandes monopólios, quando da promulgação da Lei. 8078/90. Ess...

Pg. 112. Judicial - JFRJ. Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 de 23/10/2014

o consumidor em desvantagem exagerada - art. 51, § 1º, do CDC) fique cabalmente demonstrada, ante as peculiaridades..., inciso IV, do Código de Defesa do Consumidor reza que são nulas de pleno direito, entre outras, as cláusulas contratuais.... Na verdade, inexiste limitação legal para os juros praticados pelas instit...

Pg. 4616. Superior Tribunal de Justiça STJ de 23/10/2014

jurisprudencial em relação ao entendimento adotado pela Corte de origem, arguindo que de que o art. "51, XI, do CDC prevê...-se que a matéria constante do art. 51, XI, do CDC não foi objeto de debate pela Corte de origem. Assim, ressentindo-se o especial... em favor do consumidor a garantia de que o contrato não poder...

Pg. 4840. Superior Tribunal de Justiça STJ de 23/10/2014

, em especial face os termos da Súmula 92 do STJ. CLÁUSULA MANDATO. NULIDADE. Estipulação abusiva. Ofensa ao art. 51, IV...Pg. 4840. Superior Tribunal de Justiça STJ de 23/10/2014 296 do STJ. Mantida a cobrança dos encargos nos limites... do CDC. DIREITO À COMPENSAÇÃO DE CRÉDITOS. Sendo apurada a existência de sa...

Pg. 4895. Superior Tribunal de Justiça STJ de 23/10/2014

em desvantagem exagerada, afrontando o disposto no art. 51, incisos IV e X do Código de Defesa do Consumidor. (...) Outrossim... adequada e clara, em respeito ao disposto nos artigos 6º, inc. III, 51, inc. IV e X, e 54 § 4º, do Código de Defesa..., a Corte de origem consignou que, no caso em exame, houve violação ao C...

Pg. 2573. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte II. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 23/10/2014

necessário à beneficiária. Inteligência do art. 51, IV, CDC. Acessório vinculado ao ato cirúrgico (marcapasso.... (TJSP -Apelação 1004929-02.2013.8.26.0100 - Órgão julgador: 5ª Câmara de Direito Privado - Relator(a): James Siano -Data... que se venceram no curso da lide e que eventualmente não tenham sido pagas (CP...

Pg. 1154. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 23/10/2014

e que a abusividade (capaz de colocar o consumidor em desvantagem exagerada art. 51, §1º, do CDC) fique cabalmente demonstrada, ante às... pelos bancos, deve ser observado o disposto na Súmula Vinculante n.º 7 do STF (“A norma do parágrafo terceiro do artigo 192... sua aplicação condicionada à edição de lei complement...

Pg. 2672. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 23/10/2014

O CONSUMIDOR, COMO “SERVIÇOS DE TERCEIROS”, POR SEREM ABUSIVAS, NOS TERMOS DO ART. 51, INCISO IV, DO CDC. 6. PARA LEGITIMAR... LIMITAÇÃO DE TAXA DE JUROS OU CAPITALIZAÇÃO. 3. AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS ESTÃO SUBMETIDAS AO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR... - A teor da Súmula 297 do STJ aplicam-se as disposições do Cód...

Pg. 2688. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 23/10/2014

Financeira - Abusividade evidenciada - Inteligência do art. 51, do Código de Defesa do Consumidor - Precedentes... pela lei (art. 6º, III, do CDC), estando vedado ao fornecedor prevalecer-se da fraqueza ou ignorância do consumidor (art... ilegais por afronta ao art. 51, IV, do CDC, vez que visam, exclusivamente, ressa...

Pg. 2697. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 23/10/2014

TERMOS DO ART. 51, INCISO IV, DO CDC. 3. APELO DA AUTORA IMPROVIDO. APELO DO RÉU, PARCIALMENTE, PROVIDO.” (TJ-DF - APC... está prevista no artigo 5º da MP 2.170-36/2001, atualmente em vigor, segundo o qual: “Art. 5º. Nas operações... com periodicidade inferior a um ano.” E ainda na regra contida no artigo 591 do ...

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/topicos/10601113/artigo-51-da-lei-n-8078-de-11-de-setembro-de-1990