Carregando...
JusBrasil - Tópicos
05 de maio de 2016
Artigo 7 da Constituição Federal de 1988

Art. 7 da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

I - relação de emprego protegida contra despedida arbitrária ou sem justa causa, nos termos de lei complementar, que preverá indenização compensatória, dentre outros direitos;

II - seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário;

III - fundo de garantia do tempo de serviço;

II - seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário;

IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

III - fundo de garantia do tempo de serviço;

V - piso salarial proporcional à extensão e à complexidade do trabalho;

IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

V - piso salarial proporcional à extensão e à complexidade do trabalho;

VI - irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo;

VII - garantia de salário, nunca inferior ao mínimo, para os que percebem remuneração variável;

VIII - décimo terceiro salário com base na remuneração integral ou no valor da aposentadoria;

VIII - décimo terceiro salário com base na remuneração integral ou no valor da aposentadoria;

IX - remuneração do trabalho noturno superior à do diurno;

X - proteção do salário na forma da lei, constituindo crime sua retenção dolosa;

XI - participação nos lucros, ou resultados, desvinculada da remuneração, e, excepcionalmente, participação na gestão da empresa, conforme definido em lei;

XII - salário-família para os seus dependentes;

XII - salário-família para os seus dependentes;

XII - salário-família pago em razão do dependente do trabalhador de baixa renda nos termos da lei;(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

XIII - duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e quarenta e quatro semanais, facultada a compensação de horários e a redução da jornada, mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho; (vide Decreto-Lei nº 5.452, de 1943)

XIV - jornada de seis horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento, salvo negociação coletiva;

XV - repouso semanal remunerado, preferencialmente aos domingos;

XVI - remuneração do serviço extraordinário superior, no mínimo, em cinqüenta por cento à do normal; (Vide Del 5.452, art. 59 § 1º )

XVII - gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal;

XVIII - licença à gestante, sem prejuízo do emprego e do salário, com a duração de cento e vinte dias;

XIX - licença-paternidade, nos termos fixados em lei;

XIX - licença-paternidade, nos termos fixados em lei;

XX - proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos específicos, nos termos da lei;

XXI - aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo no mínimo de trinta dias, nos termos da lei;

XXI - aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo no mínimo de trinta dias, nos termos da lei;

XXII - redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança;

XXIII - adicional de remuneração para as atividades penosas, insalubres ou perigosas, na forma da lei;

XXIV - aposentadoria;

XXV - assistência gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até seis anos de idade em creches e pré-escolas;

XXV - assistência gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até 5 (cinco) anos de idade em creches e pré-escolas; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 53, de 2006)

XXVI - reconhecimento das convenções e acordos coletivos de trabalho;

XXV - assistência gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até 5 (cinco) anos de idade em creches e pré-escolas; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 53, de 2006)

XXVI - reconhecimento das convenções e acordos coletivos de trabalho;

XXVII - proteção em face da automação, na forma da lei;

XXVIII - seguro contra acidentes de trabalho, a cargo do empregador, sem excluir a indenização a que este está obrigado, quando incorrer em dolo ou culpa;

XXIX - ação, quanto a créditos resultantes das relações de trabalho, com prazo prescricional de:

a)

cinco anos para o trabalhador urbano, até o limite de dois anos após a extinção do contrato;

b)

até dois anos após a extinção do contrato, para o trabalhador rural;

XXIX - ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho, com prazo prescricional de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho;(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 28, de 25/05/2000)

a) (Revogada). (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 28, de 25/05/2000)

a) (Revogada). (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 28, de 25/05/2000)

b) (Revogada). (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 28, de 25/05/2000)

XXX - proibição de diferença de salários, de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil;

XXXI - proibição de qualquer discriminação no tocante a salário e critérios de admissão do trabalhador portador de deficiência;

XXXII - proibição de distinção entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os profissionais respectivos;

XXXIII

proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre aos menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de quatorze anos, salvo na condição de aprendiz ;

XXXIII - proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze anos; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre aos menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de quatorze anos, salvo na condição de aprendiz ;

XXXIII - proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze anos; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

XXXIV - igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente e o trabalhador avulso

Parágrafo único. São assegurados à categoria dos trabalhadores domésticos os direitos previstos nos incisos IV, VI, VIII, XV, XVII, XVIII, XIX, XXI e XXIV, bem como a sua integração à previdência social.

Parágrafo único. São assegurados à categoria dos trabalhadores domésticos os direitos previstos nos incisos IV, VI, VII, VIII, X, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XXI, XXII, XXIV, XXVI, XXX, XXXI e XXXIII e, atendidas as condições estabelecidas em lei e observada a simplificação do cumprimento das obrigações tributárias, principais e acessórias, decorrentes da relação de trabalho e suas peculiaridades, os previstos nos incisos I, II, III, IX, XII, XXV e XXVIII, bem como a sua integração à previdência social. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 72, de 2013)

O Estado Social e a Evolução dos Direitos Sociais nas Constituições Brasileiras

como direitos sociais. Nos artigos 7º a 11, a Constituição Federal estabelece garantias ao trabalho e aos trabalhadores... a 17º da nossa atual Constituição Federal, mas esse ponto será melhor abordado em outro momento. Por hora, deve... Cidadã, pois foi a que melhor recebeu os direitos sociais, a Constituição de 1988...

Da imprestabilidade da Tabela da Susep na Justiça do Trabalho

do trabalhador acidentado, cuja regência normativa está no, Artigo 7º, inciso XXVIII, da Constituição, nas regras... Título IX, Capítulos I e II, epigrafado como “DAS OBRIGAÇÕES DE INDENIZAR” e “DA INDENIZAÇÃO”, do Código Civil, Artigos 927... do art. 950 do Código Civil. O parâmetro para o deferimento da indenização ...

Seguridade Social

-de-obra estará contribuindo para a produção do risco social que a Constituição já determinou, no art. 201, III, que deve..., da Constituição Federal determina orçamentos distintos do tesouro e da seguridade. · Custeio Prévio: poderão ser criadas... se enquadrar em um caso especial de prestação do Estado. Áreas da Segu...

Inteiro Teor. : 96039267

, descumprindo o art. 7º , inciso IV , da Constituição Federal ; 4. Contratação de funcionários para cargos comissionados... , incisos XVI e XVII , da Constituição Federal , que expressamente veda a acumulação remunerada de cargos, empregos... dos contratos executados em prazo superior àquele previsto no art. 97, incis...

Inteiro Teor. : 98013300

com o art. 7º , VIII , da Constituição Federal , dispositivo este de eficácia plena. Vale dizer, independentemente de Lei... prevista em Resolução da Câmara de Vereadores, de conformidade com o preconizado no art. 29 , V , da Constituição Federal... da Prefeitura, dada a dispensabilidade do ( 1º, do artigo 110, do Reg...

Inteiro Teor. : 96000314

. XVII, c/c art. 39, § 2º, da Constituição Federal/88, a remuneração das férias é integrada pelo adicional correspondente... sobre a remuneração exclusiva do cargo efetivo (art. 196, c/c art. 201, da Lei nº 161/94); c) Por força do disposto no art. 7º, inc..., considerando-se a fração igual ou superior a 15 dias como m...

Inteiro Teor. : 98300477

previsto no caput do art. 37, da Constituição Federal, bem como o art.7,inciso IV,do citado diploma legal, quanto à... prestação de contas; CONSIDERANDO o disposto nos atigos 70,71,inciso II, §3º,c/c o art. 75, da Constituição Federal, e art.17... a quitação, recomendando que sejam observadas as regras previstas no § ...

Inteiro Teor. : 97065614

sobre o salário mínimo, em face da vedação constitucional insculpida no artigo 7º, IV, da Constituição Federal, fixando em favor... ao artigo 40, III, alínea “d”, da Constituição Federal, não fez referência à Gratificação de Insalubridade. Então, devido... seu pleito no inciso V do artigo 97 da L.O.M. - Escada-PE, a q...

Inteiro Teor. : 97065481

seu pleito no inciso V do artigo 97 da L.O.M. - Escada-PE, a qual dispõe: “L.O.M. - Escada-PE Art. 97 — ... OMISSIS... I... de nº 1578, de 29.05.92, em seu artigo 2º: “Art. 2º — Fica autorizado o pagamento de insalubridade a partir de 1º... próprio dos Servidores Públicos da Escada, respeitadas as alterações decorrent...

A Responsabilidade Civil por fato de outrem no Âmbito Laboral
A Responsabilidade Civil por fato de outrem no Âmbito Laboral

incompatível com os princípios fundamentais deste. Como podemos analisar no artigo 8º da CLT: Art. 8º – As autoridades..., cabendo-lhe coibir eventuais condutas ofensivas por part...

×

ou