Carregando...
JusBrasil - Tópicos
12 de fevereiro de 2016
Artigo 16 da Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Art. 16 do Estatuto do Desarmamento - Lei 10826/03

Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Art. 16. A autorização de pesquisa, que terá por título um decreto, transcrito no livro próprio da D.F.P.M., será conferida nas seguintes condições:

I - O título será pessoal e somente transmissível nos casos de herdeiros necessários ou de cônjuge sobrevivente, bem como no de sucessão comercial, desde que o sucessor satisfaça os requisitos dos números II e III do art. 14.

II - A autorização valerá por dois anos, podendo ser renovada, a juízo do Governo, se ocorrer circunstância de força maior, devidamente comprovada.

II - A autorização é válida, por dois (2) anos, podendo o Govêrno renová-la, nos dois (2) seguintes casos, a requerimento do interessado, apresentado dentro do prazo de sua vigência: (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 9.605, de 1946).

a) ocorrendo circunstância de fôrça maior, devidamente comprovada, dar-se-á por novo Decreto, com o prazo de dois (2) anos, mesmo havendo outro pretendente para a área; (Incluída pelo Decreto-Lei nº 9.605, de 1946).

b) não provada a fôrça maior e desde que não haja outro pedido para a mesma área, dar-se-á uma única renovação, por novo Decreto, válida pelo prazo de um (1) ano. (Incluída pelo Decreto-Lei nº 9.605, de 1946).

III - O campo da pesquisa não poderá exceder a área fixada no decreto.

IV - O D.N.P.M. fiscalizará a execução, dos trabalhos, sendo-lhe facultado neles intervir afim de melhor orientar a sua marcha.

V - As pesquisas em leitos de rios navegáveis ou flutuáveis somente serão concedidas sem prejuízo ou com ressalva dos interesses da navegação ou flutuação, ficando sujeitas, portanto, às exigências que forem impostas nesse sentido pelas autoridades competentes.

VI - As pesquisas nas proximidades das fortificações, das vias públicas, das estradas de ferro, dos mananciais de água potável, ou dos logradouros públicos dependerão ainda do assentimento das autoridades sob cuja jurisdição os mesmos se encontrarem.

VII - Serão respeitados os direitos de terceiros, ressarcindo o concessionário da autorização os danos e prejuízos que ocasionar, e não respondendo o Governo pelas limitações que daqueles direitos possam sobrevir.

VIII - O concessionário poderá utilizar-se do produto da pesquisa para fins de estudos sobre o minério e custeio dos trabalhos.

IX - Na conclusão dos trabalhos, dentro do prazo da autorização, e sem prejuizo de quaisquer informações pedidas pelo D.N.P.M. no curso deles, o concessionário apresentará um relatório circunstanciado, sob a responsabilidade de profissional legalmente habilitado ao exercício de engenharia de minas, com dados informativos que habilitem o Governo a formar juízo seguro sobre e a reserva mineral da jazida, qualidade do minério e possibilidade de lavra, nomeadamente:

a) situação, vias de acesso e comunicação;

b) planta topográfica da área pesquisada, na qual figurem as exposições naturais de minério e as que forem descobertas pela pesquisa;

c) perfis geológico-estruturais;

d) descrição detalhada da jazida;

e) quadro demonstrativo da quantidade e da qualidade do minério;

f) resultado dos ensaios de beneficiamento;

g) demonstração da possibilidade de lavra;

h) no caso de jazidas da classe XI, estudo analítico das águas, do ponto de vista de suas qualidades químicas, físicas e físico-quimicas, além das exigências supra-referidas que lhes forem aplicáveis.

Justiça condena réu por porte de arma e documento falso

de armas, previstos nos artigos 304 do Código Penal e 16 da Lei 10.826/03. A sentença foi publicada em 5 de fevereiro... do Ministério Público, no dia 12 de julho de 2015, o acusado estava em um táxi na Avenida Waldir Soeiro Emrich, altura do ...

Justiça condena réu por porte de arma e documento falso

de armas, previstos nos artigos 304 do Código Penal e 16 da Lei 10.826 /03. A sentença foi publicada em 5 de fevereiro... do Ministério Público, no dia 12 de julho de 2015, o acusado estava em um táxi na Avenida Waldir Soeiro Emrich, altura do ...

Alan Sales

Alan Sales -

Habeas Corpus (Nova Tese)

em flagrante delito por infringir o art. 16 da Lei n. 10.826/2003. A autoridade coatora concedeu liberdade provisória... pelo cometimento do crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, nos moldes do art. 14 da Lei 10.826/2003 . 6. Nobre... penal imputado, o qual seja o art. 14 da Lei 10.826/03 (porte de ar...

Andamento do Processo n. 201473090410 - Petição Criminal - 29/01/2016 do TJSE

ANÁLOGAS ÀS PREVISTAS NO ART. 157 , § 2º , INCISOS I , II E ART. 71 DO CÓDIGO PENAL C/C ART. 16 DA LEI 10.826 /03 C/C... PREVISTO NO ART. 157 , § 2º , INCISOS I E II , E ART. 71 , AMBOS DO CÓDIGO PENAL , E ART. 14 DA LEI 10.826 /03. NARRA... AO DELITO PREVISTO NO ART. 157 , § 2º , INCISOS I E II , E ART. 71 , AMBOS DO...

Andamento do Processo n. 1176179.32.2015.8.13.0024 - 29/01/2016 do TJMG

, das imputações do art. 16 , § único , inciso VI , da Lei 10826 /03. Sem custas.Determino, nos termos do art. 25 da Lei 10.826 /03... e absolvo o réu RENILSON SOARES DA SILVA, nos termos do art. 386 , inciso VII , do Código de Processo Penal... c/c art. 123 do Código de Processo Penal , a remessa da arma e munições a...

Andamento do Processo n. 1491837-7 - Habeas Corpus Crime - 29/01/2016 do TJPR

DA SILVA, denunciado pela prática, em tese, dos delitos tipificados no art. 16, caput, da Lei 10.826/2003 (por três... vezes) e art. 288, parágrafo único, do Código Penal, juntamente com mais dez corréus. Defende o impetrante, em suma... DA LIBERDADE PROVISÓRIA. EXEGESE DO ART. 5º, XLIII, DA CF. ORDEM 2 DENEGADA (....

Andamento do Processo n. 1491921-4 - Habeas Corpus Crime - 29/01/2016 do TJPR

16 da lei 10.826/03"; "o paciente possui emprego lícito e residência no distrito da culpa, tem o direito de responder... seu pleito de revogação da prisão cautelar. Alega o Impetrante que (fls. 03/37-TJ): "o paciente foi preso na data do dia 02... de janeiro de 2016 em flagrante por estar portando um revólver calibre ...

Pg. 116. Diário de Justiça do Estado do Maranhão DJMA de 29/01/2016

Silva Rodrigues E M E N T A HABEAS CORPUS. ARTS.12 E 16 CAPUTS DA LEI 10.826/2003. AUSÊNCIA DOS REQUISITOS PARA... JOSÉ BERNARDO SILVA RODRIGUES E M E N T A HABEAS CORPUS. ARTS.14 DA LEI 10.826/2003. IMPOSSIBILIDADE DE DECRETAÇÃO... DA PRISÃO PREVENTIVA EM SENTENÇA RECORRÍVEL. REGIME SEMIABERTO. CABIMENTO MEDIANTE DEC...

Pg. 218. Diário de Justiça do Estado do Maranhão DJMA de 29/01/2016

descritas no início, procedendo-se na forma do art. 25 da Lei n.º 10.826/03, e condeno o acusado ao pagamento das custas... o acusado MATEUS RAMOS SOARES, já qualificado no início, às penas previstas no art. 16, parágrafo único, IV, da Lei n.º...Pg. 218. Diário de Justiça do Estado do Maranhão DJMA de 29/01/2016 INCID...

Pg. 226. Diário de Justiça do Estado do Maranhão DJMA de 29/01/2016

do delito insculpido no art. 16, parágrafo único, IV, da Lei n.º 10.826/2003. Foi juntada cópia da certidão de óbito do acusado... capital/MA, como incurso nas penas do art. 14, da Lei n.º 10.826/03. Narra a denúncia que no dia 17/11/2014, por volta... com supedâneo no artigo 386, VII, do Código de Processo Penal. Em ...

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/topicos/10986363/artigo-16-da-lei-n-10826-de-22-de-dezembro-de-2003

ou