Carregando...
JusBrasil - Tópicos
01 de maio de 2016
Artigo 1289 da Lei nº 3.071 de 01 de Janeiro de 1916

Art. 1289 do Código Civil de 1916 - Lei 3071/16

CC/16 - Lei nº 3.071 de 01 de Janeiro de 1916

Art. 1.289. Todas as pessoas maiores ou emancipadas, no gozo dos direitos civis, são aptas para dar procuração mediante instrumento particular, que valerá desde que tenha a assinatura do outorgante. (Redação dada pela Lei nº 3.167, de 3.6.1957)

§ 1o O instrumento particular deve conter designação do Estado, da cidade ou circunscrição civil em que for passado, a data, o nome do outorgante, a individuação de quem seja o outorgado e bem assim o objetivo da outorga, a natureza, a designação e extensão dos poderes conferidos. (Redação dada pela Lei nº 3.167, de 3.6.1957)

§ 2o Para o ato que não exigir instrumento público, o mandato, ainda quando por instrumento público seja outorgado, pode substabelecer-se mediante instrumento particular. (Redação dada pela Lei nº 3.167, de 3.6.1957)

§ 3o O reconhecimento da firma no instrumento particular é condição essencial à sua validade, em relação a terceiros. (Redação dada pela Lei nº 3.167, de 3.6.1957)

§ 4º Parágrafo suprimido pela Lei nº 3.167, de 3.6.1957:

Texto original: O reconhecimento da letra e firma no instrumento particular é condição essencial à sua validade, em relação a terceiros.

Inteiro Teor. AGRAVO DE PETIÇÃO EM RITO SUMARÍSSIMO: AP 25484720105020040 SP

1 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ã REGIÃO PROCESSO TRT/SP  0002548­47.2010.5.02.0040 2012 004573 1 AGRAVO DE PETIÇÃO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 40ã VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

Pg. 5263. Superior Tribunal de Justiça STJ de 29/02/2016

RECURSO ESPECIAL. REVISÃO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. VALOR ARBITRADO PELAS INSTÂNCIAS DE ORIGEM NÃO SE REVELA IRRISÓRIO. RECURSO A QUE SE NEGA SEGUIMENTO. DECISÃO Trata-se de recurso especial

Andamento do Processo n. 0020837-33.2015.5.04.0772 - RTOrd - 23/09/2015 do TRT-4

Processo Nº RTOrd-0020837-33.2015.5.04.0772 AUTOR J. T. B. ADVOGADO ANA CAROLINA AYRES ROSA(OAB: 84222/RS) RÉU SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE LAJEADO CUSTOS LEGIS Ministério Público do

Pg. 1382. Judiciário. Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 de 23/09/2015

Turma do TRT4, do recurso ordinário interposto no processo nº 0128300-39.2009.5.04.0030: Além disso, não obstante o parecer do MPT no sentido da necessidade de instrumento de mandato outorgado pela

AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG 50356253620154040000 5035625-36.2015.404.0000

Trata-se de agravo de instrumento interposto contra decisão que, em sede de cumprimento de sentença movido contra a CEF, determinou a intimação do procurador da parte exequente para no prazo de 10 (dez) dias, apresentar procuração com poderes para "receber e dar quitação" e com firma reconhecida, porquanto esse último ...

Inteiro Teor. AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG 50356253620154040000 5035625-36.2015.404.0000

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 5035625-36.2015.4.04.0000/SC RELATOR : FERNANDO QUADROS DA SILVA AGRAVANTE : AIR ROSSETO ADVOGADO : ANDREIA PADILHA AGRAVADO : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF DECISÃO Trata-se

Inteiro Teor. Agravo de Instrumento: AI 70065937427 RS

IDA Nº 70065937427 (Nº CNJ: 0279120-79.2015.8.21.7000) 2015/Cível AGRAVO DE INSTRUMENTO. SEGUROS. DPVAT. JUNTADA DE PROCURAÇÃO COM FIRMA RECONHECIDA. DESNECESSIDADE. AJG. FINS RECURSAIS. É

Pg. 739. Judicial - 1ª Instância - Capital. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 01/07/2015

Justiça. O Ministério Público opinou pela procedência da dúvida (fls.43/44). É o relatório. Passo a fundamentar e a decidir. Com razão o ilustre Oficial e a Douta Promotora de Justiça. A forma solene

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Ag 1261775 SP 2009/0243624-1

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.261.775 - SP (2009/0243624-1) RELATOR : MINISTRO MARCO BUZZI AGRAVANTE : ANTONIO COSER E OUTRO ADVOGADO : JOSÉ VILMAR DA SILVA E OUTRO(S) AGRAVADO : EDSON ARIAS SANTOS E OUTROS ADVOGADO : SÔNIA MARIA ARIAS SANTOS E OUTRO(S) DECISÃO Trata-se de agravo de instrumento interposto por ANTONIO COSE...

Pg. 5405. Superior Tribunal de Justiça STJ de 26/06/2015

Incorporação imobiliária. Comissão de Representantes. Convocação de assembléiageral e participação de condôminos inadimplentes. Pretensão à nulidade do ato. Inadmissibilidade. Inaplicação de

×

ou