Carregando...
JusBrasil - Tópicos
03 de agosto de 2015
Princípio da Razoabilidade Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Princípio da Razoabilidade Editar

Cancelar
Princípio da razoabilidade

O princípio da razoabilidade é uma diretriz de senso comum, ou mais exatamente, de bom-senso, aplicada ao Direito. Esse bom-senso jurídico se faz necessário à medida que as exigências formais que decorrem do princípio da legalidade tendem a reforçar mais o texto das normas, a palavra da lei, que o seu espírito. Enuncia-se com este princípio que a Administração, ao atuar no exercício de discrição, terá de obedecer a critérios aceitáveis do ponto de vista racional, em sintonia com o senso normal de pessoas equilibradas e respeitosas das finalidades que presidiram a outorga da competência exercida. Vide princípio da proibição do excesso. Vide princípio da proporcionalidade. Vide princípio da razão suficiente.

Eduardo Bezerra

Eduardo Bezerra -

Tatuagem e concurso público
Tatuagem e concurso público

do poder discricionário da Administração, deve observância aos princípios da legalidade e da razoabilidade. Atentando... dos princípios da legalidade e da isonomia. O Tribunal Reg...

Arma de fogo absolutamente inidônea para produção de disparo: Atipicidade da conduta

. O princípio da razoabilidade traz uma ideia de justiça, proibição de excesso, devendo preceder a atividade jurídica à... referida lei. PALAVRAS-CHAVE:Ofensividade da Conduta; Direito Penal do Risco; Intervenção Mínima; Princípios..., sem os quais inexistirá o próprio crime. No terceiro tópico, discutiremos sobre a vi...

TRT PR: Ministros do TST debatem critérios para tipificar e coibir o dano moral

e demonstrar claramente como foram observados os critérios de razoabilidade e proporcionalidade. Continua valendo a máxima... menção à proporcionalidade e à razoabilidade sem a demonstração de como se chegou à indenização não é motivação, é...

Apelação Cível: APC 20140110600690

E RAZOABILIDADE DO PODER JUDICIÁRIO. ADMITIDA A POSSIBILIDADE DE EXIGÊNCIA DE APROVAÇÃO EM EXAME PSICOTÉCNICO PARA PROVIMENTO... PORQUANTO OS TESTES PSICOTÉCNICOS DEVEM REVESTIR-SE DE OBJETIVIDADE EM SEUS CRITÉRIOS. APLICAÇÃO DOS PRINCÍPIOS.... 1. O pedido autoral de declaração de nulidade do ato atacado encontra-se f...

Reequilíbrio econômico financeiro

, através do Principio da Razoabilidade que nasce deste, buscar através do cumprimento da Lei, dos Contratos.... Ou seja, o reequilíbrio Econômico Financeiro deriva do Principio da intangibilidade da equação econômico-financeira do contrato Administrativo... , 88 § 5º e 6º , da Lei 8.666 /93). Deveras, a Constituição F...

Andamento do Processo n. 0287532-78.2014.8.21.0001 - 14/05/2015 do TJRS

DE SEUS GENITORES, FUNDAMENTADO NO PRINCÍPIO DO SUPERIOR INTERESSE DA INFANTE E NO PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE. Foro Central...

É desproporcional a eliminação de candidato de concurso da Aeronáutica em razão de sobrepeso

promovido pela Aeronáutica em razão de sobrepeso. No recurso, a União Federal defendeu a necessidade de obediência ao princípio... público, não obstante se encontre dentro do poder discricionário da Administração, deve observância aos princípios... da legalidade e da razoabilidade. “Afigura-se preconceituoso, discrimi...

Resultados da busca JusBrasil para "Princípio da Razoabilidade"

STJ - HABEAS CORPUS HC 246780 SP 2012/0131321-2 (STJ)

Data de publicação: 22/10/2012

Ementa: PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS. JULGAMENTO DE REVISÃO CRIMINAL.EXCESSO DE PRAZO. PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE. 1. A alegação de excesso de prazo não pode basear-se em simplescritério aritmético, devendo a demora ser analisada em cotejo com asparticularidades e complexidades de cada caso concreto, pautando-sesempre pelo critério da razoabilidade. 2. No caso concreto, não restou caracterizado o alegadoconstrangimento ilegal, pois a demora no julgamento da revisãocriminal decorreu da inércia do advogado constituído pelo réu.Ordem denegada, com recomendação.

STJ - HABEAS CORPUS HC 227352 SP 2011/0293996-1 (STJ)

Data de publicação: 21/05/2013

Ementa: HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. CRIMES DE TRÁFICO E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROGAS. CUSTÓDIA CAUTELAR. EXCESSO DE PRAZO NA FORMAÇÃO DA CULPA. PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE. CONSTRANGIMENTO ILEGAL NÃO EVIDENCIADO. HABEAS CORPUS DENEGADO. 1. Os prazos indicados para a consecução da instrução criminal servem apenas como parâmetro geral, pois variam conforme as peculiaridades de cada processo, razão pela qual a jurisprudência uníssona os tem mitigado, à luz do princípio da razoabilidade. Precedente. 2. Somente se cogita da existência de constrangimento ilegal, quando o excesso de prazo for motivado por injustificada demora do juízo, o que não ocorreu na presente hipótese, em se considerando as peculiaridades do caso, que envolve nove acusados, custodiados em comarcas diversas do distrito da culpa, o que requer a expedição de diversas cartas precatórias. 3. Habeas corpus denegado, com recomendação de urgência na conclusão do processo.

STJ - HABEAS CORPUS HC 244183 SP 2012/0111109-6 (STJ)

Data de publicação: 25/02/2013

Ementa: PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS. EXCESSO DE PRAZO NO JULGAMENTO DAAPELAÇÃO. PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE. AUSÊNCIA DE CONSTRANGIMENTOILEGAL. ORDEM DENEGADA. COM RECOMENDAÇÃO DE CELERIDADE AO FEITO. 1. A alegação de excesso de prazo não pode basear-se em simplescritério aritmético, devendo a demora ser analisada em cotejo com asparticularidades e complexidades de cada caso concreto, pautando-sesempre pelo critério da razoabilidade. 2. Na hipótese, considera-se razoável a demora no julgamento daapelação por pouco mais de 1 (um) ano. Desse modo, por ora, não háque se falar em manifesto constrangimento suportado pelo paciente.Ordem denegada, com recomendação de celeridade no julgamento daapelação.

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/topicos/292526/principio-da-razoabilidade