Carregando...
JusBrasil - Tópicos
27 de novembro de 2014
Solicitação de Informações da Câmara de Vereadores ao Executivo Municipal Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Solicitação de Informações da Câmara de Vereadores ao Executivo Municipal Editar

Cancelar
Adicione uma descrição a este tópico. Editar
470 caracteres restantes
Cancelar
Ainda não há documentos separados para este tópico.

Resultados da busca JusBrasil para "Solicitação de Informações da Câmara de Vereadores ao Executivo Municipal"

TJ-SC - Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 561210 SC 2008.056121-0 (TJ-SC)

Data de publicação: 04/11/2009

Ementa: REEXAME NECESSÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA - SOLICITAÇÃO DE INFORMAÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES AO EXECUTIVO MUNICIPAL - DEVER DE FISCALIZAÇÃO DO LEGISLATIVO SOBRE O EXECUTIVO MUNICIPAL - EXEGESE DOS ARTS. 31 , 49 , X , E 70 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL - ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PRETENDIDAS DEFERIDO - DIREITO LÍQUIDO E CERTO CONFIGURADO - SENTENÇA MANTIDA - REMESSA DESPROVIDA. Há indiscutível direito líquido e certo da Câmara de Vereadores de requisitar, perante a Prefeitura, informações que satisfaçam a sua missão institucional de fiscalizar e levar a efeito o controle externo exercido simultaneamente entre os Poderes constituídos. A discussão em debate possui plena relação de direito público, travada entre o Poder Legislativo Municipal e o Executivo. O poder de fiscalização do primeiro sobre o segundo está plenamente delineado na Carta Política , além de estar contemplado na Lei Orgânica Municipal.

Encontrado em: Impetrante: Presidente da Camara Municipal de Vereadores de Porto Belo. Impetrado: Município de Porto...Quarta Câmara de Direito Público Reexame Necessário em Mandado de Segurança n. , de Porto Belo... Belo. Interessado: Prefeito Municipal de Porto Belo Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 561210 SC 2008.056121-0 (TJ-SC) José Volpato de Souza...

TJ-SC - Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 562580 SC 2008.056258-0 (TJ-SC)

Data de publicação: 04/11/2009

Ementa: REEXAME NECESSÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA - SOLICITAÇÃO DE INFORMAÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES AO EXECUTIVO MUNICIPAL - ATENDIMENTO DE FORMA PRECÁRIA - DEVER DE FISCALIZAÇÃO DO LEGISLATIVO SOBRE O EXECUTIVO MUNICIPAL - EXEGESE DOS ARTS. 31 , 49 , X , E 70 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL - ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PRETENDIDAS DEFERIDO - DIREITO LÍQUIDO E CERTO CONFIGURADO - SENTENÇA MANTIDA - REMESSA DESPROVIDA. Há indiscutível direito líquido e certo da Câmara de Vereadores de requisitar, perante a Prefeitura, informações que satisfaçam a sua missão institucional de fiscalizar e levar a efeito o controle externo exercido simultaneamente entre os Poderes constituídos. A discussão em debate possui plena relação de direito público, travada entre o Poder Legislativo Municipal e o Executivo. O poder de fiscalização do primeiro sobre o segundo está plenamente delineado na Carta Política , além de estar contemplado na Lei Orgânica Municipal.

Encontrado em: Impetrante: Câmara Municipal de Vereadores de Porto Belo. Impetrado: Município de Porto Belo....Quarta Câmara de Direito Público Reexame Necessário em Mandado de Segurança n. , de Porto Belo... Interessado: Prefeito Municipal de Porto Belo Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 562580 SC 2008.056258-0 (TJ-SC) José Volpato de Souza...

TJ-SC - Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 780130 SC 2010.078013-0 (TJ-SC)

Data de publicação: 05/07/2011

Ementa: REEXAME NECESSÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA. CAMÂRA DE VEREADORES. SOLICITAÇÃO DE DOCUMENTOS AO EXECUTIVO MUNICIPAL. OMISSÃO. ATO QUE CARACTERIZA NEGATIVA DE FORNECIMENTO. ATRIBUIÇÃO CONSTITUCIONAL DO PODER DE FISCALIZAÇÃO (ART. 31 , DA CF/88 ) QUE AUTORIZA O ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PRETENDIDAS. ORDEM CONCEDIDA. SENTENÇA MANTIDA EM SEDE DE REMESSA. "O fundamento do pedido de informações formulado por integrante da Câmara de Vereadores é ínsito à sua prerrogativa constitucional de fiscalizar os atos do Poder Executivo, e vem garantido expressamente nos artigos 5º (inc. XIV, XXXIII, XXXIV) e 31 , parágrafo único , da Carta Magna " (TJSC, Apelação Cível em Mandado de Segurança n.º , de São Carlos, Relator: Des. Luiz Cézar Medeiros. "1. A Câmara Municipal, no exercício da função fiscalizadora, tem legitimidade para impetrar mandado de segurança voltado a obter do Executivo informações e documentos necessárias ao exercício desse dever, ainda que o uso do material vá se dar no âmbito de Comissão Parlamentar de Inquérito. 2. O pressuposto basilar para que qualquer ato se submeta à correção pela via do mandado de segurança é a demonstração da sua ilegalidade ou abusividade." (TJSC, Apelação Cível em Mandado de Segurança n.º , de Orleans, Relator: Des. Newton Janke).

Encontrado em: Impetrante: Câmara Municipal de Vereadores de Jaborá. Impetrado: Prefeito Municipal de Jaborá Reexame...Segunda Câmara de Direito Público Reexame Necessário em Mandado de Segurança n. , de Catanduvas

TJ-MG - 100170501696910021 MG 1.0017.05.016969-1/002(1) (TJ-MG)

Data de publicação: 31/01/2008

Ementa: MANDADO DE SEGURANÇA - PREFEITO MUNICIPAL - EXIBIÇÃO DE DOCUMENTOS SOLICITADOS PELA CÂMARA LEGISLATIVA DO MUNICÍPIO DE ALMENARA - PEDIDO DE INFORMAÇÕES PELA CÂMARA DOS VEREADORES - OMISSÃO DO CHEFE DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL - ACOLHIDA, EM PARTE, A PRELIMINAR, SENTENÇA ULTRA PETITA DECOTADA. A Câmara Municipal possui poder fiscalizatório, que vem garantido no artigo 31 parágrafo primeiro da Carta Magna . Para exercitá-lo na plenitude, é lícito requisitar informações ao prefeito acerca de documentos concernentes à sua gestão e ao interesse público. ACOLHE-SE, EM PARTE A PRELIMINAR, DE SENTENÇA ULTRA PETITA, MANTENDO, QUANTO AO MAIS, A D. SENTENÇA MONOCRÁTICA NO REEXAME NECESSÁRIO.

DJSC 03/11/2009 - Pág. 220 - Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

EM MANDADO DE SEGURANÇA - SOLICITAÇÃO DE INFORMAÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES AO EXECUTIVO MUNICIPAL -... direito líquido e certo da Câmara de Vereadores de requisitar, perante a Prefeitura, ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

DJSC 03/11/2009 - Pág. 221 - Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

Alexandre Murilo Schramm Impetrante: Presidente da Camara Municipal de Vereadores de Porto Belo... legais. EMENTA: REEXAME NECESSÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA - SOLICITAÇÃO DE INFORMAÇÕES DA CÂMARA... DE ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

TJ-SC - Inteiro Teor. Reexame Necessário em Mandado de Segurança MS 561210 SC 2008.056121-0 (TJSC)

Data de publicação: 04/11/2009

Decisão: DA CÂMARA DE VEREADORES AO EXECUTIVO MUNICIPAL - DEVER DE FISCALIZAÇÃO DO LEGISLATIVO SOBRE O EXECUTIVO... da Câmara Municipal de Vereadores de Porto Belo, e impetrado Município de Porto Belo: ACORDAM, em Quarta... Municipal a incumbência de fiscalização do Município, e ao Poder Executivo prestar as informações...

DJSC 12/08/2009 - Pág. 292 - Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

DA CÂMARA DE VEREADORES AO EXECUTIVO MUNICIPAL - ATENDIMENTO DE FORMA PRECÁRIA - DEVER DE FISCALIZAÇÃO... RECURSO DESPROVIDO. Há indiscutível direito líquido e certo da Câmara de Vereadores de requisitar, perante ...

Diário • Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina

TJ-RS - Apelação Cível AC 70047678644 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 29/08/2012

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. SOLICITAÇÕES DE INFORMAÇÕES E DOCUMENTOS AO PREFEITO PELA CÂMARA DE VEREADORES. ART. 31 DA CF . Na forma do artigo 96, XIV, da Lei Orgânica do Município de Uruguaiana, compete ao Prefeito prestar à Câmara Municipal, em quinze dias, as informações solicitadas sobre fatos relacionados ao Poder Executivo e sobre matéria legislativa em tramitação na Câmara, ou sujeita à fiscalização do Poder Legislativo. Previsão contida no art. 31 da CF . As respostas aos requerimentos fazem parte da previsão constitucional de fiscalização...

Encontrado em: Segunda Câmara Cível Diário da Justiça do dia 29/08/2012 - 29/8/2012 Apelação Cível AC 70047678644 RS (TJ-RS) Almir Porto da Rocha Filho

STJ - RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA RMS 12942 SP 2001/0020413-9 (STJ)

Data de publicação: 28/02/2005

Ementa: ADMINISTRATIVO - VEREADOR - INFORMAÇÕES SOBRE AS ATIVIDADES DO MUNICÍPIO REQUERIDAS DE FORMA ISOLADA - NÃO-ATENDIMENTO PELO CHEFE DO EXECUTIVO - MANDADO DE SEGURANÇA - ALEGADO DIREITO Á OBTENÇÃO - SEGURANÇA DENEGADA - RECURSO ORDINÁRIO - PRETENDIDA REFORMA. - Não há como reconhecer qualquer ilegalidade no ato da autoridade apontada como coatora em deixar de prestar as informações requeridas de modo individual por vereador. Nessa linha, é o ensinamento sempre contemporâneo do saudoso mestre Hely Lopes Meirelles, ao dissertar que, "no nosso sistema municipal, ao vereador não cabe administrar diretamente os interesses e bens do Município, mas indiretamente, votando leis e demais proposições ou apontando providências e fatos ao prefeito, através de indicações, para a solução administrativa conveniente. Tratando-se de interesses locais não há limitações à ação do vereador, desde que atue por intermédio da Câmara e na forma regimental". Adverte o ilustre administrativista, com a mesma ênfase, que "o vereador não age individualmente, senão para propor medidas à Câmara a que pertence, não lhe competindo o trato direto com o Executivo ou com qualquer autoridade local, estadual ou federal acerca de assuntos oficiais do Município. Toda medida ou providência desejada pelo vereador, no desempenho de suas funções, deverá ser conhecida e deliberada pela Câmara, que, aprovando-a, se dirigirá oficialmente, por seu representante a quem de direito, solicitando o que deseja o edil" ("Direito Municipal Brasileiro", 13ª ed, São Paulo: Ed. Malheiros, p. 596, 2003). - Mais a mais, bem se sabe que a fiscalização do Município é exercida, também, pelo Poder Legislativo municipal, mediante controle externo ( cf . art. 31 da CR ). Sabem-no todos, também, que o Poder Legislativo é exercido pela Câmara Municipal como órgão colegiado integrado por vereadores e a representação é conferida ao Presidente. - Recurso ordinário em mandado de segurança improvido....

Encontrado em: Ministro Francisco Peçanha Martins. T2 - SEGUNDA TURMA HELY LOPES MEIRELLESDIREITO MUNICIPAL... DO VEREADOR, BELO HORIZONTE, DEL REY, 1995, P. 59. --> DJ 28/02/2005 p. 255 - 28/2/2005 CF-1988 LEG:FED

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://www.jusbrasil.com.br/topicos/3049192/solicitacao-de-informacoes-da-camara-de-vereadores-ao-executivo-municipal