Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
14 de Julho de 2024

A desgourmetização da advocacia

Publicado por Gabriela Pereira
há 7 anos


Quantos perfis de “Advogados” bem sucedidos, desfilando em seus carrões, tomando vinho toda noite, acordando 08:00 e indo malhar, dando somente dicas de looks, dando somente dicas de maquiagem, com mega escritórios, vocês estão vendo por aí? Quantos coachs, mentorings, pessoas que “ensinam” o que você deverá fazer para chegar aonde ele chegou e ganham dinheiro com isso estão vendo por aí?

Gente, isso é a GOURMETIZAÇÃO da advocacia!

Esse tipo de gente não te conta que o pai deu o escritório, que comprou o carro com dinheiro de uma empresa que já tinha, que veio de família rica, isso ninguém conta. Esse tipo de gente não te conta que foi FODA chegar naquele nível. Esse tipo de gente não te conta que a advocacia NÃO É FÁCIL, porque muita gente venera a ILUSÃO.

A ILUSÃO atrai MILHÕES DE SEGUIDORES! Sabe qual o problema? Alguns pegam a EXCEÇÃO, acreditam que aquilo é a regra e após alguns anos se “matando” na advocacia, quando não conseguem o CARRÃO, o MEGA ESCRITÓRIO, essas pessoas ficam FRUSTRADAS!

Mostrar uma advocacia fantasiosa é um desrespeito àqueles que se “matam” todos os dias fazendo audiências, atendendo clientes, fazendo milhões de prazos, cursando uma especialização, cursando um mestrado, fazendo networking. Por que não mostrar a realidade? Porque a REALIDADE não vende, a realidade DESESTIMULA os fracos, desestimula quem não nasceu para a ADVOCACIA.

Vejo gente PAGANDO por MOTIVAÇÃO, gastando o dinheiro que deveria ser gasto em cursos, livros, dedicando tempo para ler ILUSÃO, quando deveriam DEDICAR TEMPO para assistir audiências, pesquisar jurisprudências, assistir sustentação oral, fazer curso de oratória, APRENDER O QUE É ADVOCACIA.

Marketing, empreendedorismo e frases motivacionais, você aprende lendo, você aprende pagando, aprende com cursos, mas ADVOCACIA você só aprende na PRÁTICA. Mais realidade por favor! Não é impossível chegar onde essas pessoas chegaram com seus esforços, mas não pense que será fácil, será difícil, vai levar tempo, mas a gente só colhe o que planta.

Autoria: Gabriela Pereira @seujuridicoimobiliario

  • Sobre o autorEspecialista em Direito Imobiliário de alto padrão
  • Publicações36
  • Seguidores471
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações5507
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/a-desgourmetizacao-da-advocacia/481504933

Informações relacionadas

Transporte de passageiros aéreos: quem pode pleitear indenização por queda de aeronave com vítima fatal?

Silvimar Charlles, Bacharel em Direito
Artigoshá 6 anos

A ilusão do curso de Direito.

Rafael Lemos, Advogado
Artigoshá 3 anos

Para o STJ mudança de guarda impede execução de alimentos devidos.

Marcelo Mammana Madureira, Advogado
Notíciashá 5 anos

A OAB existe ou não existe?

92 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

E pensar que tem mesmo gente que paga por essas coisas. Sou um daqueles que acredita que para exercer a ADVOCACIA, precisa aprender desde adolescente o que é o Direito e começar na área desde os primeiros anos da faculdade e aí sim, ver e ter ou não certeza de que é isso o que a pessoa quer para o futuro. Não é fácil pra ninguém e esse mercado está cada vez pior (isso é fato!), devido a um sem número de faculdades "de esquina" que abrem e fecham no país, despejando cada vez mais pessoas completamente despreparadas para ser um operador do Direito.
Agora, quanto aos que gostam de ostentar, sinto quase pena. Primeiro porque o Brasil é um país de terceiro mundo e sempre há pessoas de olho em quem ostenta ter dinheiro, segundo porque nem dá para ter um carro de luxo sem sentir um medo real de que poderá ser assaltado, roubado, sequestrado ou morto por conta do carro. Infelizmente há muitos brasileiros burros por aí que acham que estão nos Estados Unidos ou na Europa, onde lá sim, é tranquilo passear com carrões, etc.
Menos, gente, menos..... é melhor ficar com a realidade do que viver uma fantasia que no futuro somente fará mal. continuar lendo

Viviane Morales PRO
6 anos atrás

Dr. Excelente comentário, pois nossos carrões são carrinhos em países europeus e na América do Norte.

E eu fico com o dr. quando diz que prefere viver no mundo real.

Abraços. continuar lendo

Felippe Faquineli
6 anos atrás

Sabe o que é intrigante? Desde muito novo sempre quis construir minha carreira na advocacia. Mesmo enfrentando diversos desmotivadores no curso, como também na família e entre os amigos, não desisti de buscar minha qualificação na área. "prestei serviços" GRATUITAMENTE durante 2 anos em um escritório individual. Uma das vantagens era poder - digamos assim - advogar, pois quem realizava o trabalho externo era o próprio advogado, embora no início eu tivera feito diversas visitas ao fórum para tomar conhecimento das diligências e etc, na maior parte do tempo eu ficava no escritório, elaborando peças; atendendo a clientela; pesquisando jurisprudências; lendo artigos acadêmicos e doutrinas conforme a necessidade do processo.
Meu tutor só exigia originalidade. era expressamente PROIBIDO ctrl+c ctrl+v (rsrs).
Eu sei, não tem nada de intrigante até ai! "OCORRE QUE" estou no 10º período de direito em uma uniesquina =D.
Vivenciando o dia a dia acadêmico, se observa exatamente o que o Dr. Ivan relatou. Falta de preparo! E complemento: Falta de interesse, aptidão técnica, conteúdo acadêmico e o maior dos problemas, a imaginação apurada cominada com a ingenuidade dos brasileiros formados principalmente em escolas públicas que automaticamente comparam o ensino jurídico e a qualidade de vida profissional do ramo com a de outros países, ou até mesmo - pasmem - com a das séries fantasiosas da tv (ex: suits)
Após vivenciar a advocacia rosto a rosto durante algum tempo, este que eu tenho em mente não ser nem uma pequena parcela do que será necessário em minha possível carreira, cheguei a conclusão de que nos dias de hoje, um diploma de graduação se assemelha muito ao do ensino médio, detalhe esse que não me informaram quando encheram a minha cabeça de $$ =(. Ainda bem que ainda gosto, ainda mais após a minha aprovação no XXII (iupiii).
Creio que a advocacia será para mim o que eu sou para a minha mãe: Dá trabalho, mas eu vou amar pra sempre. continuar lendo

Gabriela Pereira PRO
6 anos atrás

Sim colega, você fez excelentes observações, muita gente que vende e mais gente ainda que paga. Obrigada pelo apoio. continuar lendo

Fernando Marques
6 anos atrás

Finalmente alguém disse o que penso... Só faltou uma coisa...será que essas pessoas que ficam o dia todo em rede social advogam de fato? Ou tais advogados só querem mesmo mostrar um estilo de vestimenta ou estilo de vida? continuar lendo

Gabriela Pereira PRO
6 anos atrás

Obrigada Dr., concordo plenamente. continuar lendo

Natália Oliveira PRO
6 anos atrás

"Vejo gente PAGANDO por MOTIVAÇÃO"
Isso é real... Vender esperança e motivação é bem lucrativo :/

Excelente texto, @gabrielapereira87 continuar lendo

Gabriela Pereira PRO
6 anos atrás

Isso, muita gente pagando mesmo. Surreal!! continuar lendo

Achei o texto bem vitimista e desmotivador. A advocacia é um desafio, mas é possível sim ter um carrão e uma vida muito confortável com a profissão. continuar lendo

Eduardo Cereda
6 anos atrás

Justamente, por existirem tantos advogados despreparados no mercado que eu fico motivado, pois sei que existem grandes oportunidades para se destacar. continuar lendo

Gabriela Pereira PRO
6 anos atrás

Desculpe Dra., então a senhora não soube interpretar o que eu escrevi. "Não é impossível chegar onde essas pessoas chegaram com seus esforços, mas não pense que será fácil, será difícil, vai levar tempo, mas a gente só colhe o que planta." continuar lendo

Andre Pfuetzenreiter PRO
6 anos atrás

Não se trata de vitimismo: são apenas pessoas vendendo o que não é a realidade. Não existe almoço grátis! Gurus vem e vão, modismos e outras cortinas de fumaça que intoxicam os incautos. Quem é diligente, atencioso com o cliente, esforçado e estudioso, com o devido tempo, irá obter suas conquistas! continuar lendo