Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
30 de Maio de 2024

A Evolução da Família na Perspectiva de Friedrich Engels e sua Relevância Atual

Publicado por Gabriel Miranda
há 3 meses

Friedrich Engels, em sua obra "A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado", postula que a família progride à medida que a sociedade avança, sendo moldada pelos fatores sociais e culturais de sua época. Este artigo busca explorar a veracidade dessa afirmação, analisando suas teorias e aplicando-as às dinâmicas familiares contemporâneas, especialmente no contexto brasileiro.

Engels concebe a família não apenas como um núcleo isolado, mas como uma instituição ativa, adaptável às pressões externas e mudanças sociais. A relação entre a família e o ambiente cultural e social é intrínseca, refletindo a natureza dinâmica dessa instituição.

A classificação das famílias marginais, segundo Engels, é multifacetada. Mesmo em declínio relativo, essas famílias desempenham um papel motivador de mudanças, exercendo pressão social para se ajustarem ao contexto em constante transformação.

Engels atribui à família uma importância fundamental na sociedade, sendo o primeiro grau da sociedade humana. A família monogâmica, predominante na sociedade ocidental, é vista como uma manifestação mutável, influenciada por lutas sociais e culturais ao longo do tempo.

No contexto brasileiro atual, reconhece-se legal e democraticamente a diversidade de estruturas familiares. Famílias homoafetivas e socioafetivas desfrutam dos mesmos direitos, refletindo uma evolução na percepção da família na sociedade.

Engels reconhece que a forma como a sociedade percebe a família está vinculada à volatilidade da vida social. Os arranjos familiares contemporâneos, como casais do mesmo sexo, desafiam as normas preestabelecidas, exigindo adaptações políticas, jurídicas e sociais.

A pressão social força a revisão de leis, como o reconhecimento de uniões homoafetivas no Brasil. O sistema jurídico e político, antes restritivo, passa a se adequar à diversidade familiar, respeitando princípios e direitos individuais.

Em conclusão, as análises de Engels sobre a família como produto social permanecem relevantes, inspirando discussões sobre a evolução da família na sociedade. A contemporaneidade, marcada pela aceitação de diversas estruturas familiares, reflete uma transformação que Engels antecipou, demonstrando a capacidade adaptativa da família diante das mudanças sociais.

Referências

A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado” (ENGELS, Friedrich)

  • Publicações19
  • Seguidores0
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações8
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/a-evolucao-da-familia-na-perspectiva-de-friedrich-engels-e-sua-relevancia-atual/2168311801

Informações relacionadas

Gabriel Miranda, Advogado
Artigoshá 3 meses

Responsabilidade Civil do Poder Público

Gabriel Miranda, Advogado
Artigoshá 3 meses

Panorama das Diferentes Facetas da Adoção no Brasil

Gabriel Miranda, Advogado
Artigoshá 3 meses

Abandono Afetivo: Uma Análise Jurídica e Psicológica

Gabriel Miranda, Advogado
Artigoshá 3 meses

Parcerias Público-Privadas: Entre o Político e o Jurídico

Gabriel Miranda, Advogado
Artigoshá 3 meses

Desapropriação: As Complexidades Jurídicas e Sociais da Intervenção Estatal na Propriedade Privada

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)