Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
24 de Junho de 2024

Aposentadoria: documentos importantes para comprovar o tempo de trabalho

há 2 meses

O acesso a uma documentação consistente é essencial, tanto para validar o período laboral, quanto para retificar possíveis equívocos presentes no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) ou em outros registros.

É comum que o INSS, ao analisar o requerimento de aposentadoria, não considere períodos trabalhados devido à falta de documentos, ausência de “baixa” na Carteira de Trabalho ou à inconsistência de informações no CNIS, o que pode inviabilizar o direito à aposentadoria ou reduzir o valor do benefício.

Muitos documentos podem comprovar o tempo de trabalho para fins de aposentadoria ou retificação da contagem do INSS, as vezes, um documento atrelado a outro tem a força de comprovar um grande período de trabalho esquecido pelo INSS.

Alguns desses documentos são:

1. Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS): o CNIS é o ponto de partida fundamental. No entanto, é essencial examinar minuciosamente, pois frequentemente apresenta erros. Para acessar o CNIS, é necessário criar uma senha no MEU INSS;

2. Carteira de Trabalho (CTPS): a CTPS é um documento essencial. Além disso, é válido buscar a Ficha de Registro de Empregados ou o Livro de Registro de Empregados, contendo o registro do trabalhador, acompanhado de declaração fornecida pela empresa, devidamente assinada e identificada por seu responsável;

3. Contrato individual de trabalho e contratos temporários de trabalho (feitos em documentos apartados);

4. Termo de Rescisão Contratual: esse documento é essencial para comprovar datas como: o início e o término do contrato de trabalho;

5. Comprovante de recebimento do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS): o comprovante do FGTS é indispensável para demonstrar os depósitos realizados em um determinado período de contrato de trabalho;

6. Extrato analítico de conta vinculada do FGTS: O extrato deve conter dados do empregador, data de admissão, data de rescisão, datas dos depósitos e atualizações monetárias do saldo, permitindo remeter ao período a ser comprovado. Ainda, pode confirmar o valor recebido mensalmente pelo funcionário (por regra de 3 chega-se a 100%) e corrigir erros na carta de concessão da aposentadoria. Pode ser requisitado na Caixa Econômica Federal.

7. Ficha financeira ou contra-cheques: estes documentos, que detalham os pagamentos mensais, devem ser requisitados ao RH da empresa ou ao empregador.

8. Declaração da empresa com cópia autenticada do cartão, livro ou folha de ponto: a declaração, devidamente assinada e identificada, juntamente com cópia autenticada do registro de ponto, é uma evidência adicional.

9. RAIS (Relação Anual de Informações Sociais): criada em 1975, a RAIS é um relatório anual que lista todos os colaboradores de uma empresa ao longo de um ano completo, de janeiro a dezembro. Pode ser requisitada através do site do Governo Federal: https://

www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-vinculos-empregaticios-da-rais;

10. CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados): este cadastro reúne informações sobre admissões e demissões conforme a CLT. Pode ser solicitado através do site do Governo Federal:

https://www.gov.br/pt-br/ servicos/solicitar-vinculos-empregaticios-do-caged;

11. CTPS digital: a Carteira de Trabalho pode ser uma alternativa diante da perda ou extravio da carteira de trabalho “física”;

12. Documentos de certidão, atas e acordos trabalhistas: certidões, atas ou acordos trabalhistas podem ser úteis para comprovar vínculos laborais específicos.

Em face das frequentes imprecisões ou omissões nos registros previdenciários, é imperativo que o segurado busque e mantenha uma documentação completa e correta para comprovar seu tempo de contribuição.

A regularização desses documentos não apenas garante o reconhecimento adequado de períodos laborais, mas também assegura a correta contabilização para efeitos de aposentadoria junto ao INSS.

Renata Brandão Canella, advogada.

www.brandaocanella.adv.br

  • Publicações177
  • Seguidores208
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações196
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/aposentadoria-documentos-importantes-para-comprovar-o-tempo-de-trabalho/2401498508

Informações relacionadas

Sthefanie Campos Teixeira, Advogado
Artigoshá 2 meses

Seguro Desemprego, conta para aposentadoria?

Patrícia Bonetti, Advogado
Artigoshá 2 meses

Sou pensionista, tenho direito a revisão do valor do meu benefício?

André Beschizza, Advogado
Artigoshá 2 meses

Burnout no INSS: Como conseguir aposentadoria ou auxílio-doença?

Cássio Furlan, Advogado
Artigoshá 4 anos

O que fazer quando a pessoa não tem condições de comparecer até a agência do INSS para ser avaliada pelos peritos?

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL: AC XXXXX-26.2019.4.04.7000 PR XXXXX-26.2019.4.04.7000

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)