Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
22 de Julho de 2024

Desbravando o LinkedIn: Guia Estratégico para Advogados Impulsionarem sua Carreira [PARTE 2]

Descubra como construir uma marca forte para a sua advocacia no LinkedIn, se posicionar como autoridade e gerar resultados mensuráveis.

Publicado por Alessandra Strazzi
há 11 meses

Resumo do artigo

O LinkedIn é uma rede social profissional poderosa que deve ser utilizada de forma estratégica pelos advogados para se posicionar como autoridade em sua área de atuação, gerar networking e prospectar clientes. Neste artigo, abordamos como construir uma marca profissional forte para sua advocacia no LinkedIn, gerenciar sua reputação online na plataforma e acompanhar as métricas/estatísticas do perfil. Além disso, explicamos as principais diretrizes de uso da plataforma e como usar a rede profissional de forma ética, respeitando as regras da OAB.

Esta imagem no pode ser adicionada

Descubra como construir uma marca forte para a sua advocacia no LinkedIn, se posicionar como autoridade e gerar resultados mensuráveis.

E se você gostar desse artigo, que tal me seguir aqui no Jusbrasil? Assim, você garante que será notificado de todas as minhas publicações 🥰

Sumário

1) O que vimos previamente...

2) Construção de uma marca pessoal forte

2.1) Como criar uma imagem profissional consistente

2.2) Narrativa da sua história profissional e conquistas

2.3) Compartilhamento de depoimentos e recomendações de clientes

3) Prospecção de clientes e oportunidades de negócios

3.1) Estratégias para encontrar novos clientes potenciais no LinkedIn

3.2) Abordagem ética e eficaz para oferecer serviços jurídicos

3.3) Utilização de ferramentas de pesquisa e busca avançada para prospectar clientes

4) Gerenciamento da reputação online

4.1) Monitoramento de comentários e feedbacks

4.2) Lidando com críticas e feedback negativo de forma profissional

4.3) Construção de uma imagem positiva na plataforma

5) Acompanhamento e análise de resultados

5.1) Uso de métricas e estatísticas do LinkedIn para avaliar o desempenho

5.2) Ajuste de estratégias com base em dados e resultados obtidos

6) Ética e conformidade no uso do LinkedIn para advogados

6.1) Considerações éticas sobre publicidade e marketing jurídico

6.2) Respeitando a confidencialidade e a privacidade dos clientes

6.3) Evitando práticas que violem as diretrizes da plataforma

7) Conclusão

Fontes

1) O que vimos previamente...

🧐 Caso ainda não tenha visto o artigo anterior, saiba que essa é a segunda parte de um conteúdo super especial que estou escrevendo sobre LinkedIn para advogados.

Sim, a parte 1 do artigo já foi publicada e está repleta de informações importantes que você não pode deixar para trás se pretende crescer nessa rede profissional.

Então, recomendo que confira a parte 1 antes de começar essa parte 2, ok? Inclusive, assim vai ficar muito mais fácil de entender o que vou falar hoje!

Quero explicar como a construção de uma marca pessoal forte pode ajudar a sua imagem profissional na rede social. Além disso, também vou mostrar como é possível usar o LinkedIn para prospectar clientes e gerar excelentes oportunidades de negócios.

O gerenciamento de sua reputação na rede é um outro fator muito importante para aproveitar ao máximo o mundo digital e alavancar sua advocacia. Por isso vou abordar como fazer isso com dicas práticas.🤗

Outro ponto fundamental é saber como acompanhar e analisar os resultados online, que também serve como uma maneira de descobrir como está a sua avaliação pelos clientes. Com isso dá para alterar as suas postagens e conseguir um impacto positivo maior.

Para encerrar, ainda vou explicar sobre a ética e o uso correto do LinkedIn para advogados. Isso vai ser importante para evitar problemas e respeitar os limites da plataforma.

Dessa forma, no artigo de hoje, você encontra o final de uma bela lista de estratégias para usar na sua rede social profissional e aumentar sua presença, além de melhorar a possibilidade de conseguir mais clientes online. Os contatos e os contratos agradecem! 😉

E, para facilitar a vida dos nossos leitores, estou disponibilizando um Modelo de Contrato de Honorários Advocatícios Genérico, que pode ser adaptado e utilizado em qualquer área do Direito.

👉 Para receber a sua cópia gratuitamente, clique abaixo e informe o seu melhor e-mail 😉

Esta imagem no pode ser adicionada

2) Construção de uma marca pessoal forte

O LinkedIn pode ser uma ferramenta sensacional para construir uma marca pessoal forte e marcante, inclusive seguindo as estratégias de branding que você definiu para seu escritório.

Lembre-se de que o branding no mundo jurídico é um processo tanto de construção, como de gestão das marcas da sua advocacia. Isso leva não apenas a um destaque, mas também a uma diferenciação do profissional no mercado. 😉

O bom é que dá para levar essa ideia até o LinkedIn e aproveitar o maior alcance da rede social para atingir um maior número de pessoas com sua imagem. Entre elas, podem estar potenciais clientes e parcerias de sucesso.

🧐 E olha, de acordo com minha experiência na internet, construir uma marca pessoal forte no online é fundamental para quem advoga!

2.1) Como criar uma imagem profissional consistente

Para o processo de criação da imagem profissional consistente no seu LinkedIn, é necessário uma série de ações coordenadas. Assim você consegue uma percepção mais robusta e sólida.

Inicialmente, a própria foto de perfil e a sua capa devem ser correspondentes ao ambiente profissional da rede social. Então, vale o que expliquei no artigo anterior sobre como fazer isso.

O mesmo se aplica a seu título e resumo, ok? 🤗

Ah! O destaque mais importante é escolher um nicho no momento de compartilhar um conteúdo no perfil do LinkedIn com outros usuários da plataforma. Ou seja, foque em um uma área de atuação e faça postagens recorrentes sobre isso.

A sequência de posts e a sua regularidade mantém seus seguidores engajados. Então, nada de postar uma vez só e depois “sumir” da rede social, porque isso prejudica a sua imagem profissional. ❌

O ideal é fazer um calendário com postagens de conteúdos relevantes em determinada área do Direito e seguir a programação. Com isso, o advogado passa seriedade, profissionalismo e autoridade na área.

🧐 Inclusive, se a presença estiver em mais de uma rede social, é muito importante adotar a mesma atitude em todas. Isso vale também para a identidade visual.

Assim, o compartilhamento de posts no LinkedIn pode ser acompanhado de postagens no Instagram, Facebook e até mesmo no Whatsapp. Manter a mesma linha é fundamental para a construção de uma boa marca!

2.2) Narrativa da sua história profissional e conquistas

Uma parte importantíssima da criação de conexões, contatos e até mesmo de aumentar o impacto da sua imagem na rede social profissional é compartilhar a narrativa da sua história, em conjunto com notícias de suas conquistas. 😊

É uma ótima ideia usar o LinkedIn para mostrar aos outros usuários a sua trajetória, o histórico profissional, além de realizações relevantes para a sua carreira. Isso atrai uma atenção positiva de quem acessa sua página.

🧐 Mas não é interessante fazer isso só com postagens simples, como fotos acompanhadas de textos de agradecimentos.

Prefira publicar conteúdos com um storytelling, técnica de escrita em que o foco está em contar a história e envolver o leitor ao longo do texto.

Também não é uma boa ideia compartilhar situações sem muita importância para sua carreira. Opte por destacar momentos significativos, como uma graduação acadêmica, uma promoção, entrada em escritórios renomados e o sucesso em casos de destaque.

Contar a sua história, deixando espaço para detalhes que façam sentido e desafios que foram superados traz uma identificação maior com quem está lendo a sua postagem.

👉🏻 Por exemplo, você pode postar um conteúdo de narrativa no seguinte sentido:

“Hoje, ao chegar no escritório, recebi a notícia da minha promoção para Advogado Sênior Pleno, uma posição muito significativa e a qual há tempos gostaria de ocupar.

Isso me fez lembrar do início da minha trajetória, ainda como estagiário, que foi repleta de desafios, mas também de pessoas maravilhosas e de muitas realizações profissionais que me trouxeram até aqui.

Só tenho a agradecer a equipe por mais essa oportunidade e gostaria de compartilhar com vocês essa ótima notícia de mais uma conquista na advocacia.”

Essa é apenas uma demonstração de como você pode compartilhar sua história profissional no LinkedIn para advogados, transmitindo uma imagem de sucesso e, ao mesmo tempo, mantendo uma posição de humildade.

Isso contribui na construção de conexões!🤗

2.3) Compartilhamento de depoimentos e recomendações de clientes

Em conjunto com as narrativas para demonstrar conquistas na rede social profissional, você também pode aproveitar para contar como elas ajudaram os clientes. Isso reforça muito sua credibilidade na plataforma e traz autoridade.

Compartilhar situações de processos que já terminaram em sucesso, com falas positivas de quem lhe contratou tem um potencial significativo de impacto. Além disso, ajudam a construir uma marca pessoal forte. 🧐

Demonstrar pelas postagens que você ajudou os clientes, de preferência trazendo depoimentos e recomendações deles, é um bom caminho no LinkedIn para advogados. Isso mostra que suas habilidades tiveram influências benéficas no seu trabalho.

⚖️ Esse conteúdo agrega valor à sua narrativa e traz uma contribuição muito interessante para sua posição de autoridade no campo do Direito. Além, é claro, de trazer uma empatia maior e causar mais conexões nos visitantes, que veem outras pessoas lhe recomendarem.

Só não se esqueça de focar em um nicho, o que aumenta ainda mais a posição de especialista no assunto, ok? Isso atrai mais clientes em potencial e aumenta o networking, já que colegas também podem compartilhar suas experiências.

Ah! Outra coisa que é importante quanto a esse ponto é ter cuidado com os limites éticos da OAB, para não extrapolar na publicidade e ter problemas. Mostrar as recomendações pode até ajudar, mas existem regras bem definidas. 📜

Minha sugestão é observar o que o Tribunal de Ética e Disciplina do seu Estado diz sobre o assunto, para conferir o que pode e o que não pode ser compartilhado sobre experiências com clientes. Na dúvida, o melhor a se fazer é não postar.

Aliás, por falar em dicas práticas, você sabia que é possível recorrer ao Conselho de Recursos da Previdência Social e buscar mudanças nas decisões do INSS?

Essa é uma possibilidade interessante para os previdenciaristas e pode ser uma ótima alternativa à via judicial em alguns assuntos.

Por isso, não deixe de conferir o artigo sobre os Enunciados do CRPS, para analisar o que vale a pena em cada caso!

3) Prospecção de clientes e oportunidades de negócios

📝 Uma das grandes vantagens de usar o LinkedIn para advogados é a possibilidade de aumentar a prospecção de clientes.

Essa é uma perspectiva bastante interessante e muito valiosa na prática, porque uma das grandes limitações da advocacia é justamente a conquista de novos contratos. As restrições de publicidade e marketing são justificativas comuns para esse cenário de dificuldades.

Acontece que você só tem a ganhar quando estabelece uma posição de figura de autoridade no LinkedIn, para os advogados e demais usuários da plataforma. ✅

A estratégia de possuir uma presença sólida com uma marca forte tem um grande potencial para atrair clientes que visitam o seu perfil. A atuação em nichos, com conteúdo especializado também contribui bastante para isso.

Postagens com assuntos relevantes, dicas práticas, narrativas pessoais da sua vida profissional e análises interessantes ajudam muito na visibilidade da rede social. Isso demonstra expertise e gera atração dos usuários para sua página. 🤗

Tendo isso em mente, quero explicar para você alguns detalhes sobre o tema, que é de extrema importância para uma boa exposição da sua advocacia na plataforma!

3.1) Estratégias para encontrar novos clientes potenciais no LinkedIn

🧐 As estratégias para encontrar novos clientes no LinkedIn para advogados são muitas, como já contei lá na parte 1 deste artigo.

Mas, decidi comentar aqui as principais, para você relembrar e já ir pensando no que pode fazer no seu caso.

A participação em grupos específicos da sua área de atuação na advocacia é fundamental para uma ampliação de contatos, tanto de colegas, como de potenciais pessoas em busca de um advogado na rede social. Então, não deixe de fazer isso.

📝 Outro ponto importante é produzir um conteúdo regularmente, com relevância e trazendo uma boa abordagem. Linguagem clara, interações autênticas e discussões construtivas nas comunidades do LinkedIn ajudam a ter uma visibilidade interessante.

Otimizar o seu perfil também é importante, sem esquecer das palavras-chave no título, resumo e postagens. O objetivo é atrair todos que estão na plataforma, desde outros profissionais do direito até pessoas leigas.

Ah! A construção da imagem e tudo o que envolve a sua marca colabora na prospecção de novos clientes, além da manutenção de antigos contratantes. Então, utilize a rede social de forma a reforçar seus argumentos de autoridade e especialidades jurídicas. ⚖️

A ideia aqui não é apelar ou trazer uma face mercantilizada da advocacia, mas sim usar a ferramenta digital como instrumento para atrair organicamente as pessoas. O conteúdo de excelência e tudo o que envolve o seu perfil tem papel fundamental nisso.

Essas atitudes ajudam a atrair potenciais usuários que estão em busca de um advogado ou até mesmo fazem pesquisas em ferramentas de busca que acabam levando a plataforma.

3.2) Abordagem ética e eficaz para oferecer serviços jurídicos

Devo fazer um alerta quanto a essa questão de atração de possíveis clientes no LinkedIn para advogados. Cuidado com a forma de abordagem e conversas com essas pessoas, porque uma aproximação equivocada pode trazer muitos problemas. 😕

Na prática, uma conexão com contatos não invasivos, respeitando o limite da plataforma e sua face profissional são indispensáveis. Mostrar insights interessantes e responder dúvidas para criar uma relação de confiança com visitantes no seu perfil é um bom caminho.

Lembra dos leads, aqueles potenciais clientes e oportunidades de negócios que surgem no LinkedIn quando você usa a rede social de forma correta? Então…

Com a abordagem ética e eficaz, é possível captar muitos leads qualificados, em um fluxo constante que pode fortalecer bastante a sua advocacia. Com conteúdos do nicho específico da sua área de atuação então, tudo fica ainda melhor. 😍

Mas, para fazer isso, é necessário respeitar a OAB e os potenciais clientes, além de fazer um bom marketing de conteúdo. Assim, você consegue deixar a pessoa vir até você naturalmente por meio da sua atividade no LinkedIn.

🧐 Evite uma propaganda aberta e sempre busque, quando necessário, fazer chamadas “neutras” do tipo “procure um advogado se tiver mais dúvidas, busque a orientação de um profissional” após uma publicação. Não faça um direcionamento para você em si!

Isso evita problemas com os TEDs e ainda passa uma boa imagem para colegas e potenciais clientes que acessam os seus posts.

3.3) Utilização de ferramentas de pesquisa e busca avançada para prospectar clientes

Atrair e prospectar clientes com o uso das ferramentas de pesquisa é uma das oportunidades, além dos objetivos do LinkedIn para os advogados. Nesse aspecto entra bastante a questão do SEO (Search Engine Optimization) que tratei na parte 1 do artigo.

Descobrir as palavras-chave importantes ajuda a melhorar o posicionamento da sua página nas buscas feitas na internet. Elas aumentam as chances das suas postagens aparecerem em pontos de destaque nas pesquisas relacionadas à advocacia. ⚖️

O Google é uma das mais conhecidas formas de procurar mais informações sobre algum assunto e você pode usar isso para direcionar pesquisas ao seu perfil no LinkedIn. Faça uma boa análise e use o SEO para isso. Outros sites também seguem linhas parecidas.

Afinal, quando você aproveita as ferramentas de pesquisa e busca avançada para a rede social profissional, é possível alcançar mais clientes em potencial. 😉

Usar filtros para determinar algumas prioridades como setores, localização e interesses lhe permite atrair pessoas mais alinhadas com a sua especialidade de atuação. Dentro do próprio LinkedIn, enviar convites personalizados e manter contatos cordiais também ajuda.

E sempre é bom ficar antenado em novas tendências, além de revisar as suas pesquisas de palavras-chave para manter o SEO no melhor aproveitamento possível. Dessa forma, a sua presença no na rede social profissional fica otimizada.

Está gostando do artigo? Clique aqui e entre no nosso grupo do Telegram! Lá costumo conversar com os leitores sobre cada artigo publicado. 😊

4) Gerenciamento da reputação online

Além de se apresentar com um perfil otimizado nas imagens e bons conteúdos, observar comentários para fazer um gerenciamento da sua reputação online é fundamental. Isso faz uma grande diferença na construção da sua marca na rede.

🧐 O alcance e o impacto do LinkedIn, a exemplo de outras plataformas do universo digital, é fortemente influenciado pela maneira como os usuários veem a sua presença por lá.

Então, a reputação online é um dos pontos que mais molda a percepção de quem visita o seu perfil e vê suas postagens na rede social profissional. Ter uma boa imagem na internet é vital, mais ainda no ramo da advocacia.

É necessário não apenas se apresentar bem em relação a sua imagem, mas manter a forma como outros observam você como positiva! ✅

4.1) Monitoramento de comentários e feedbacks

O LinkedIn é uma excelente forma de estabelecer pontes, conexões e novas oportunidades de negócios com clientes potenciais, além de parcerias com outros profissionais do Direito.

😕 Só que prejudica bastante o seu perfil quando os visitantes se deparam com comentários negativos e feedbacks pouco positivos da sua página. Isso pode ocorrer dentro da própria plataforma ou em ferramentas de busca.

Então, um monitoramento eficiente dessas interações é muito importante, levando em conta também que elas acontecem em tempo real, com grande dinâmica.

Quando você monitora comentários e feedbacks, consegue proteger o seu ambiente na rede social profissional, além de garantir que a sua reputação se mantenha alta. Isso auxilia na construção de uma boa imagem, de autoridade e profissionalismo na advocacia.

👉🏻 Olha só porque essa atitude é fundamental para o seu LinkedIn de advogado:

  • Permite respostas rápidas: assim que alguém faz um comentário, é possível dar a resposta, passando uma percepção positiva de profissionalismo;
  • Demonstra engajamento com a rede social: estar antenado com comentários e feedbacks demonstra um comprometimento com sua presença no LinkedIn;
  • Facilita na hora de perceber tendências: monitorar as interações deixa mais fácil identificar o que está mudando na plataforma e na internet, o que possibilita ajustes na suas ações;
  • Prevenção de danos à sua reputação: quando você detecta uma resposta, comentário ou feedback negativo, é possível agir para evitar problemas maiores;
  • Construção de confiança com os visitantes do seu perfil: estar sempre de olho no que estão escrevendo sobre você ajuda na construção de novas ações e produção de conteúdo específico relevante para manter ou até aumentar a confiança com seus contatos.

Por isso tudo, o monitoramento de comentários e de feedbacks no seu LinkedIn é muito importante na sua reputação na rede social. Quem deixa de fazer isso perde uma grande oportunidade de ser relevante e possuir uma posição de autoridade na plataforma. ❌

4.2) Lidando com críticas e feedback negativo de forma profissional

Mesmo que o advogado se esforce para construir uma relação de respeito, com cuidado e atenção nas suas postagens, conteúdos ou imagens, é bem possível que apareçam situações não muito agradáveis. Então é necessário também saber lidar com isso.

🤓 Críticas e feedbacks negativos existem, por isso conhecer técnicas para agir nesses cenários é importante na hora de boa apresentação no LinkedIn.

Em primeiro lugar, você deve entender que existem comentários desfavoráveis e opiniões contrárias de dois tipos: os construtivos e os destrutivos. A forma de agir face a cada um deles é totalmente diferente.

Então, mantenha a calma quando se deparar com feedbacks negativos e busque não reagir de forma emocional, na hora. Toda situação de dificuldade pode se transformar em oportunidade se você agir da forma correta. 😉

Avalie a crítica feita no comentário e veja se há um fundamento, se ele foi construtivo, se é apenas um ponto de vista distinto do seu ou se, de outro modo, é uma fala destrutiva.

🧐 Quando for responder, faça isso de maneira profissional, com palavras adequadas a uma rede social de negócios. Mantenha sempre respeito e, no caso de interações negativas, mas construtivas, agradeça a opinião e a interação com seu conteúdo.

Agora, nos casos de críticas apenas destrutivas, xingamentos ou discussões sem qualquer base, o melhor caminho é excluir e não debater. Assim você se preserva e preserva os demais visitantes do seu perfil.

🤗 Busque aprender e melhorar com comentários negativos, porque apesar de ser uma parte não muito legal do LinkedIn para advogados, é possível extrair coisas boas disso. Sempre tenha em mente que ele é um local para criar conexões e não obstáculos.

4.3) Construção de uma imagem positiva na plataforma

A construção de uma imagem positiva na plataforma é essencial para a estratégia de explorar a rede social de forma a alavancar a sua advocacia. O seu perfil deve ser um local de informação, opiniões e análises de conteúdos jurídicos relevantes, passando autoridade.

🧐 Por esse motivo, sugiro fortemente evitar conteúdos polêmicos ou de cunho pessoal na sua página do LinkedIn. Deixe isso para outros ambientes, mas não para uma ferramenta profissional, ok?

A otimização do seu perfil, o destaque de habilidades, experiência, compartilhar histórias positivas e trazer um conteúdo relevante, de forma regular, também são fundamentais para uma boa imagem na rede social.

Assim, as conexões que você alcançar são verdadeiras e legítimas. Isso permite uma troca de informações sobre a prática e o contato direto com possíveis clientes. ✅

Lidar com críticas e comentários negativos, como você viu no tópico anterior, entra da mesma forma na construção da sua imagem no LinkedIn para advogados. Ser profissional, apresentar soluções e posições ponderadas fortalece a confiança na sua advocacia. ⚖️

No final, com uma boa conduta e passando uma perspectiva positiva para quem acessa seu perfil, é possível se tornar uma referência na rede social, o que ajuda no seu posicionamento com autoridade no Direito. Isso abre portas e oportunidades para você!

5) Acompanhamento e análise de resultados

Monitorar comentários é importante, porque mantém você atento a opiniões, além de permitir correções na rota em algumas situações. Mas isso não tira a importância do acompanhamento e análise de resultados na rede social.

🤔 “Alê, mas isso não é a mesma coisa?”

De forma alguma! Os feedbacks e as interações em comentários são basicamente opiniões de pessoas que visitaram seu perfil ou visualizaram seu conteúdo. Eles demonstram o que a comunidade está achando da sua atividade na plataforma.

Já no caso da análise de resultados, você trabalha com números em relação às suas postagens e a sua página na rede social profissional.

Monitorar o desempenho das suas atividades no LinkedIn é fundamental para se posicionar bem na ferramenta. Para isso você pode ativar o “Modo de Criação” no seu perfil e extrair as informações necessárias. ✅

Aí é possível identificar o que você pode manter em termos de postagens, conteúdos, além de descobrir caminhos para mudar o que não está dando certo e melhorar a visibilidade do seu perfil. Vou lhe explicar em mais detalhes isso na sequência.

5.1) Uso de métricas e estatísticas do LinkedIn para avaliar o desempenho

Em primeiro lugar, para avaliar o desempenho na rede social é preciso usar métricas e estatísticas do LinkedIn. Então, para começar você deve acessar esses dados e estudar eles, ok? 🤗

Para isso, você pode ativar o “Modo de Criação” para ter acesso a eles e entender o que está sendo bem recebido pelos seus leitores, além de identificar o que não está indo bem. Se essa função ainda não está ativada no seu perfil, é fácil fazer isso.

👉🏻 Vá até a sua página e encontre o campo “Recursos”, que é exibido só para você, dono da página. Nele, você tem 5 opções:

  • Modo de Criação
  • Minha rede
  • Informações demográficas pessoais
  • Atividades
  • Meus Itens.

É algo assim que você encontra na prática em sua rede social profissional quando acessa essa parte do perfil:

Esta imagem no pode ser adicionada

🤓 Acima, você viu que o “Modo de Criação” já está ativado, mas se o seu ainda não estiver, é só ativar ele bem rapidinho e de uma forma intuitiva. Não vou entrar muito em passo a passo porque é tranquilo fazer isso e, também, porque o LinkedIn muda bastante.

O importante é você pegar a ideia de como acessar esse recurso, porque ao clicar nele, é possível ter acesso a um campo chamado “Análises e ferramentas”. É ali que está tudo o que você quer observar em termos de métricas e estatísticas.

Olha só esse exemplo:

Esta imagem no pode ser adicionada

😍 Esse recurso é sensacional, porque lhe permite visualizar vários dados importantes para sua análise. Entre eles, você consegue observar quantas foram as impressões na sua publicação, para conferir como ela foi recebida pela comunidade.

Você também tem acesso ao total de seguidores nos últimos 7 dias, com a variação em porcentagem. Ainda dá para conferir as visualizações no seu perfil no período de 90 dias e, para encerrar, quantas foram as ocorrências em resultados de pesquisa na semana anterior.

Tudo isso lhe fornece dados e informações, que permitem uma avaliação do seu desempenho.

Por isso é muito importante manter publicações constantes e regulares, para ter mais parâmetros de estudo dessas métricas, ok? 😉

5.2) Ajuste de estratégias com base em dados e resultados obtidos

Com as estatísticas extraídas no LinkedIn em mãos, é possível fazer a análise do engajamento nas suas postagens. Curtidas e comentários que aumentaram ou diminuíram a depender de cada conteúdo, são sinais do que pensam os visitantes do seu perfil.

Isso lhe permite também medir a visibilidade da sua página, com base nas métricas da plataforma. E esse é um grande trunfo no seu planejamento de publicações! 🗓️

Afinal, quando as estatísticas mostrarem mais visitantes, mais comentários, visualizações, curtidas e seguidores, isso normalmente significa que você está no caminho certo. Ou seja, o seu conteúdo tem agradado os usuários da rede social profissional, atraindo-os até você.

🧐 Mas, se esses dados estiverem no sentido contrário, com poucas interações, diminuição de visibilidade e acessos, é necessário repensar a sua estratégia na plataforma.

Não significa que tudo deve mudar, mas resultados abaixo do esperado ou negativos são indícios de que é preciso uma mudança na postura.

Então, focar em postagens que renderam bons números de interações e mais visualizações no seu perfil é um bom caminho. Direcionar melhor seus conteúdos para tópicos populares e em alta no mundo digital também é uma boa ideia como mudança de estratégia. ✅

Não quer dizer que você não deve publicar o que gosta ou acha interessante, mas sim que deve ter um foco maior em aumentar sua visibilidade e presença na plataforma. Com isso, é possível atingir mais pessoas do mundo jurídico no LinkedIn.

6) Ética e conformidade no uso do LinkedIn para advogados

🧐 Todas as estratégias que lhe mostrei até aqui, incluindo as que abordamos na parte 1 do artigo sobre LinkedIn, precisam ser colocadas em prática tendo em mente que a rede social também é um ambiente que precisa de ética.

Portanto, não é porque você está no meio digital que vai deixar de lado as regras da sua atuação, ok? Isso vale para uma série de questões, desde a própria publicidade pessoal, até o contato com clientes e, principalmente, a privacidade deles.

A comunicação respeitosa é fundamental, mas é apenas uma das perspectivas que devem ser levadas em conta no uso do LinkedIn para advogados. ⚖️

Por esse motivo, vou entrar em mais detalhes nos próximos tópicos, para demonstrar com bastante clareza a importância da ética e da conformidade na hora de usar a rede social!

6.1) Considerações éticas sobre publicidade e marketing jurídico

🤓 Em diversos momentos, tive a oportunidade de escrever sobre publicidade e marketing jurídico, dando um panorama bem amplo sobre o assunto. Tudo o que falei anteriormente, vale para quando o advogado estiver no LinkedIn.

Então, nada de exageros nas suas publicações que possam configurar prospecção de clientela indevida ou propaganda, porque muito provavelmente isso vai causar problemas.

Lembre-se de que em relação a advocacia, o ideal é construir uma marca forte e gerir essa imagem com base no branding jurídico. Não é interessante aplicar apenas estratégias de marketing que seriam boas para outras áreas, porque a OAB tem uma postura diferente.

❌ E essa posição é evitar a mercantilização! Por isso, é necessário ter muita cautela no momento de compartilhar algum conteúdo no LinkedIn para advogados.

Você pode tranquilamente produzir artigos, posts, fazer comentários, dar suas opiniões e participar de debates em grupos..

No entanto, é necessário manter uma postura profissional e alinhada aos deveres éticos da advocacia quando estiver produzindo seus conteúdos. 📝

Ou seja, evite uma comunicação mercantilizada com propagandas explícitas, seja respeitoso, formal nos contatos com seus visitantes e não viole os direitos autorais, nem a privacidade das pessoas, para causar um impacto positivo maior.

👩🏻‍⚖️👨🏻‍⚖️ Também sugiro que fique longe de conexões que possam causar conflitos de interesses, da mesma forma que não é interessante comentar casos em andamento com outros colegas.

Por exemplo, se você é advogado de um cliente em processo contra uma empresa, não seria de bom tom manter contatos regulares com o setor jurídico da firma no LinkedIn. Quem lhe contratou não gostaria disso, além do problema ético envolvido.

🧐 A questão da construção de uma boa imagem na plataforma, que faz parte do processo para atingir o objetivo de se destacar e atrair mais oportunidades na rede social, passa obrigatoriamente por um padrão de ética nas atitudes online.

Um detalhe importante é que por mais que a OAB tenha regras gerais aplicadas no Brasil todo para a publicidade, existem alguns entendimentos éticos distintos.

Lembra que mencionei os Tribunais de Ética e Disciplina dos Estados? Então, em alguns temas existem divergências e, por isso, é interessante você sempre conferir como é a situação na sua localidade. Assim dá para evitar problemas desnecessários.😉

6.2) Respeitando a confidencialidade e a privacidade dos clientes

Como consequência da observação de uma conduta correta em relação à publicidade e ao marketing jurídico, existe o respeito à confidencialidade dos seus clientes. E vejo que muitos escorregam nessa parte. ⚠️

Comentar sobre casos em andamento é um tanto quanto complicado, mas é comum que se faça análises de certas decisões judiciais. Até aí, não há problema, desde que se observe as regras da OAB e sempre mantendo o profissionalismo.

❌ O problema é quando um advogado deseja compartilhar um caso de sucesso e acaba divulgando informações confidenciais ou sensíveis dos clientes ao fazer isso.

Quando essa situação acontece, mesmo na melhor das intenções de mostrar uma vitória no processo, existe um efeito contrário em que visualiza suas publicações. A violação de dados de pessoas é muito grave e pode gerar problemas sérios, além da perda de credibilidade.

🧐 Na prática, evite fazer postagens com conteúdos e informações muito específicas que podem identificar os clientes.

Ao elaborar as postagens sobre ações, busque escrever de forma genérica, passando o mais importante nos casos, que são justamente os aspectos jurídicos que levaram ao sucesso na causa. Não divulgue os dados das partes para proteger a privacidade delas.

🤓 Da mesma forma, lembre-se de que o LinkedIn é um espaço público na internet, então todos podem ter acesso a conteúdos postados ali. Ter cuidado com o que pública é fundamental.

Se for realmente necessário mencionar algum cliente em específico, primeiro analise bem se é realmente interessante fazer isso e, se for, peça autorização expressa dele antes de postar.

Respeitar a privacidade e proteger a confidencialidade que envolve as pessoas que lhe contratam é uma parte considerável da boa imagem no LinkedIn para os advogados. Manter o foco na parte jurídica com publicações éticas é mais uma etapa nessa construção.🤗

6.3) Evitando práticas que violem as diretrizes da plataforma

Um outro detalhe importante é que se deve evitar práticas que violem as diretrizes da plataforma. E aí precisamos ver quais são essas determinações.

📜 Afinal, além de respeitar as normas da OAB sobre ética e publicidade, não dá para esquecer que o LinkedIn tem suas próprias regras quanto ao conteúdo postado. Isso também deve ser observado na hora de usar a ferramenta.

Então, vou fazer uma pequena lista de alguns tipos de postagens e anúncios que a rede social profissional lista atualmente, em agosto de 2023, como conteúdo proibido:

  • Conteúdo abusivo de qualquer natureza - postar qualquer conteúdo que seja considerado abusivo ou indevido para outros, com intuito de se autopromover ou criar polêmicas desnecessárias. Ameaças, assédio e imagens inadequadas entram aqui;
  • Produtos, serviços e atividades ilegais - postagens ou anúncios com objetos que não respeitam as leis não são admitidos pela plataforma;
  • Discriminação ou discurso de ódio - por motivos óbvios, o LinkedIn proibe postagens discriminatórias de qualquer tipo, quanto a idade, gênero, raça, cor, etnia, nacionalidade, preferência sexual ou deficiência;
  • Ofensivo - discurso de ódio, agressividade, teor sexual ou violento e vulgaridades não são aceitos nos conteúdos da rede social profissional;
  • Informações falsas e fraudes - postagens que envolvem notícias falsas, fraudes e enganos, inclusive relacionados a anúncios também não são admitidos;
  • Violação de marca registrada e direitos autorais - o LinkedIn combate qualquer tipo de uso indevido de marcas registradas ou conteúdo que ofenda direitos autorais. Por isso mencionei na parte 1 a importância de você produzir suas postagens de forma original e não copiar de terceiros;
  • Conteúdo político - suas opiniões exclusivamente políticas não são bem-vindas na rede social profissional. Comentários com críticas ou análises são permitidas, mas é necessário tomar cuidado para não extrapolar e ter problemas;
  • Dados pessoais - violação de privacidade de outros com compartilhamento de informações sem o consentimento também não podem estar na ferramenta;
  • Spam ou bots - não é permitido usar mensagens repetidas que são consideradas como spam ou bots para se promover na plataforma.

Existem outras vedações que se aplicam ao LinkedIn, mas selecionei para mostrar aqueles que julgo ser mais importantes para os advogados.

Caso queira conferir o conteúdo completo, vou deixar o link com todas as diretrizes da plataforma ao final do artigo, ok? 😉

Inclusive, como a plataforma está sempre atualizando suas políticas, é sempre bom ficar de olho nas regras que estão valendo!

Com isso, você evita práticas que violam as diretrizes da rede social profissional e consegue entregar um conteúdo jurídico de qualidade sem maiores problemas.

7) Conclusão

Com todas as estratégias que você conferiu nesses dois super artigos que publicamos aqui no blog sobre o LinkedIn para advogados, acredito que você percebeu como é possível alavancar bastante a sua advocacia usando essa rede social.

E as formas de fazer isso são muitas, desde que se use as técnicas certas! 🤗

Hoje, expliquei como construir uma marca pessoal forte auxilia na percepção de uma melhor imagem profissional na plataforma. Afinal você estabelece uma maior presença digital com um impacto positivo nos usuários.

🤓 Além disso, mostrei como é possível usar o LinkedIn na prospecção de clientes e para oportunidades de negócios. Essas são hipóteses muito interessantes para quem deseja expandir a advocacia usando a internet, com boas estratégias e abordagens.

Também comentei como o gerenciamento de reputação na internet é vital e não pode ser deixado de lado. Só com uma boa observação desse aspecto é possível compreender o que os visitantes estão achando das suas postagens.

Falei ainda que fazer esse monitoramento ao mesmo tempo de uma análise dos resultados online, é uma excelente forma de determinar se a sua estratégia nas publicações está correta. Isso permite inclusive correções de rota nas suas ações, quando necessário.

Mas, nada adianta todas essas atitudes se a ética no uso do LinkedIn não for respeitada. Afinal, você deve observar essas regras para evitar problemas com a OAB e a própria plataforma!

E não esqueça de baixar o Modelo de Contrato de Honorários Advocatícios Genérico.

👉 Clique aqui e faça o download agora mesmo! 😉

Fontes

Veja as fontes utilizadas na elaboração deste artigo na publicação original no blog: LinkedIn para Advogados: Estratégias Poderosas para Impulsionar sua Advocacia [PARTE 2]

  • Sobre o autorEspecialista em Direito Previdenciário (INSS)
  • Publicações581
  • Seguidores10695
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações2107
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/desbravando-o-linkedin-guia-estrategico-para-advogados-impulsionarem-sua-carreira-parte-2/1949103337

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Jurisprudênciahá 6 meses

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO: XXXXX-97.2020.8.19.0042 2023001107263

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-91.2021.8.26.0000 SP XXXXX-91.2021.8.26.0000

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-91.2022.8.26.0000 SP XXXXX-91.2022.8.26.0000

Direito e tecnologia
Artigoshá 11 meses

Litígios Virtuais: quando publicações no Instagram viram casos na Justiça

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-55.2021.8.16.0000 Foz do Iguaçu XXXXX-55.2021.8.16.0000 (Acórdão)

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)
Carlos Souza
10 meses atrás

Ótimo artigo para quem pretende fazer uso de rede social profissional. continuar lendo

Alessandra Strazzi
10 meses atrás

🔍 Quais são suas maiores conquistas usando o LinkedIn para se conectar com clientes ou colegas da área jurídica? Deixe suas histórias nos comentários! 🤝📢 continuar lendo