Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
14 de Junho de 2024

E aí formou?! E agora?! Seja Foda!

Advogar é um dom! Alguns nascem com ele, outros o conquistam!

Publicado por GARAGEM DO DIREITO
há 6 anos

Bárbara Guedes Néspoli, Advogada OAB/ES 25.467

"Be a voice for the voiceless" - Bárbara Néspoli

O Curso de Bacharel em Direito tem duração de 05 (cinco) anos, muitos alunos, durante o decorrer do curso, já possuem um objetivo específico em mente, seja passar na OAB e posteriormente Advogar, seja passar em um Concurso Público, outros deixam para pensar nisso depois da graduação, momento este que pode ser tarde ou não.

Quando os objetivos não são delineados, as cobranças crescem com o andamento do curso e com isso aumentam as dúvidas. Essa união de fatores direcionam a maioria dos alunos a um caminho sem objetivos, tampouco perspectivas a fim de dar um passo com mais concretude após os anos de discência.

No sentido de ajudar os alunos do Curso de Direito a traçarem seus objetivos durante o curso, ou até mesmo após a conclusão do curso, convidamos a Jovem Advogada Bárbara Guedes Néspoli, a relatar como foi o período de transição para a Advocacia.

A jovem Advogada Bárbara Néspoli formou-se em 2012, pela Faculdade Novo Milênio; Especialista em Direito do Trabalho e Previdenciário pela Estácio; Direito do Trabalho (FGV); Ciências Criminais (FDV); aprovada há três anos no Exame da Ordem dos Advogados e advogando de fato há 02 (dois) anos.

Dotada de um currículo bastante vasto para pouco tempo de formada, Drª Bárbara Néspoli relata que nem tudo foram flores, após a conclusão de seu curso, assumiu um emprego relativamente estável, sendo que utilizava dessa estabilidade para estudar para o Concurso do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), no entanto, repentinamente foi demitida.

Mal sabia essa Jovem Profissional do Mundo Jurídico, que a vida é feita de percalços e que tais obstáculos serviriam como combustível de ânimo para a realização de novos planos, uma vez que a vida é movida de Objetivos, Foco, Força e principalmente Fé.

Após ser demitida, Bárbara decidiu então galgar passos mais altos na Advocacia e agora nos relata como conseguiu realizar essa transição e chegar onde está hoje.

Danilo Bendia Laurindo: Como foi o decorrer de sua graduação no Curso de Direito? Você delineou metas?
Bárbara Néspoli Guedes: Pensei em desistir várias vezes! Trabalhava em horário comercial e estudava a noite, uma rotina muito cansativa. Costumo dizer que o Direito escolheu-me. Nunca fui uma aluna nota 10, nem 8, sempre na média, o que me leva a dizer outra coisa: isso não quer dizer nada! A paixão pelo Direito e pela Advocacia veio depois de alguns anos de formada.
Danilo Bendia Laurindo: Após a conclusão do Curso de Bacharel em Direito foi difícil encontrar um emprego?
Bárbara Néspoli Guedes: Eu já tinha um emprego, e que não era na área, aliás, não tinha nada a ver com Direito, então permaneci lá um pouco acomodada e com medo de abrir mão do certo para encarar a advocacia por 03 (três) anos
Danilo Bendia Laurindo: Seu objetivo era passar em algum Concurso Público? Chegou a tentar?
Bárbara Néspoli Guedes: Em 2014 e 2015 estudei para o TRT e cheguei a fazer várias provas. Mas somando em busca de estabilidade. Nessa época voltei a ter contato com o Direito, comecei a advogar para conhecidos e aí começou o amor pela advocacia.
Danilo Bendia Laurindo: Qual foi a sensação de ser demitida?
Bárbara Néspoli Guedes: De alívio! Estava acomodada em um emprego que não me fazia feliz, dia 11 de agosto foi dia do Advogado e fiquei um pouco triste e me questionando: de que adiantava ter a carteira da OAB, se ela estava na gaveta?! No outro dia sai do meu emprego e fui para o Fórum "aprender" a advogar e conhecer esse mundo.
Danilo Bendia Laurindo: Como foi o início de sua carreira como advogada?
Bárbara Néspoli Guedes: Foi e continua sendo difícil, porém gratificante. Há 02 (dois) anos assumi a advocacia, comecei a advogar e a viver da profissão. É difícil ser jogado "CRU" em um mercado que ainda é egoísta e cruel, mas com persistência e bons amigos as dificuldades do dia a dia vão sendo superadas.
Danilo Bendia Laurindo: Participa de algum projeto de iniciação à Advocacia?
Bárbara Néspoli Guedes: Participo do Projeto Bem Vindo Advogado - @bemvindoadvogado - que é incrível! Nos tornamos uma família, que ajuda, acolhe, motiva é unida. Novos Parâmetros da Jovem Advocacia e da Advocacia em Geral estão sendo propagados nos nossos encontros. O projeto tomou grandes proporções e atinge advogados no Brasil todo.
Danilo Bendia Laurindo: Qual o seu maior prazer ao atuar como Advogada?
Bárbara Néspoli Guedes: Ser voz para os que não tem voz! Tenho, inclusive, essa frase tatuada no braço.
Danilo Bendia Laurindo: Em sua opinião o mercado encontra-se saturado? Ou existe mercado para todos atuarem?
Bárbara Néspoli Guedes: Tem lugar para todos, o que o mercado necessita são de pessoas dispostas a sair do Feijão com Arroz, buscar o diferencial. Especializar-se, politizar, envolver-se no meio, estar preparado para as oportunidades.
Danilo Bendia Laurindo: O que você pode dizer para aqueles que estão perdidos nesse momento, sem objetivos?
Bárbara Néspoli Guedes: Vou usar a frase de um grande amigo e paradigma, Dr José Carlos Rizk Filho: "meu sonho é não ver nenhum colega advogado desistindo do sonho, da profissão, por falta de oportunidade, ajuda e união". Que você não deve desistir sem antes tentar mais algumas vezes! Sempre será difícil, mas se tivermos amor pela profissão, desenvolvermos o trabalho com seriedade, respeito e ética, tudo vai dar certo! Contem comigo, com o Bem Vindo Advogado! Eu acredito em um futuro próspero, próximo e bom! Vamos Juntos!

Como relata nossa entrevistada a Drª Bárbara Néspoli, não desista sem antes tentar mais algumas vezes, pois, nenhuma Vitória vem isentas de derrotas passadas, histórias de grandes homens nos mostram isso.

A vida não é feita apenas de flores e conquistas, como vimos Bárbara Néspoli, ainda enfrenta suas limitações diariamente, vencendo dia após dia! Como ela mesmo disse, não existe pessoa mais ou menos inteligente, existem aqueles que querem fazer a diferença e aqueles que se escondem na sombra de outros. Não se esconda na Sombra de Ninguém, procure ajuda, mas trilhe seus caminhos!

A Resiliência será o ingrediente principal, juntamente com a Fé, para alcançar seus objetivos, seja ele qual for!

Não desista! Persista! E se for fazer, que o faça, mas faça com Vontade! O mundo está aguardando por você! Venha buscar a sua Vitória! Seja Foda!
Danilo Bendia Laurindo

Entrevistando: Danilo Bendia Laurindo, Bacharel em Direito.

Entrevistada: Bárbara Guedes Néspoli, Advogada OAB/ES 25.467.

  • Sobre o autor"A vida é uma constante evolução" - Danilo Bendia Laurindo
  • Publicações5
  • Seguidores38
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações696
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/e-ai-formou-e-agora-seja-foda/620913438

Informações relacionadas

Bárbara Guedes Néspoli, Advogado
Artigosano passado

O salário mínimo NÃO aumentou para R$1,320,00.

STJ decide que duplicata sem aceite e sem protesto não se constitui título executivo extrajudicial

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)
Natália Oliveira PRO
5 anos atrás

"É difícil ser jogado 'CRU' em um mercado que ainda é egoísta e cruel", essa é uma das coisas que me deixam triste na área jurídica. Pouco senso de cooperação, de crescimento em conjunto. E muito interessante saber que existem projetos como esse "Bem-vindo Addvogado" para acolher e motivar. A área precisa muito disso.

Ah, só achei o subtítulo um pouco determinista... Creio que é possível desenvolver qualquer habilidade, o principal na verdade é querer, gostar, porque um ter mais dificuldade que o outro é consequência apenas das diferenças que nos tornam únicos.

Parabéns pela entrevista, @garagemdodireito ! continuar lendo

GARAGEM DO DIREITO
5 anos atrás

Obrigado! Você pode ser aquilo que você quiser! De que adianta um dom quando não utilizado! Melhor uma pessoa determinada, focada, com fé e esperança em dias melhores, do que uma pessoa dotada de dons escondidos! Creio que estamos em um caminho mais fraterno e humano! A entrevista foi feita com o intuito de estimular aqueles que estão perdidos! Obrigado pelo feedback! continuar lendo