Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
3 de Março de 2024

IA algoritmos na indústria fonográfica e sua influência no direito autoral.

O tema tem sido de ampla abrangência no mundo todo sobre o direito autoral.

Publicado por Ana Zan Mosca
há 5 meses

Resumo do artigo

A importância na indústria fonográfica, como lidar com essa tecnologia e ao mesmo tempo não prejudicar titulares de direitos autorais.

Em sentindo abrangente e temos que levar isso em consideração o mundo digital sabe o que você gosta, se procurar uma blusa vermelha essa busca irá te seguir por muito tempo, e com a música não é diferente.

O digital revolucionou a indústria da música que estava capenga e com isso vieram grudadas as implicações de um mundo digital juntamente.

Então o mundo digital sabe quais músicas você ouve e curte e esses gêneros te seguirão seguirão e seguirão...

Há críticos e defensores e o que vamos analisar aqui é a parte do direito autoral.

Como já dissemos e entendo ser importante frisar aqui , no caso de inteligências artificiais que imitam vozes, ou recriam músicas, ou ainda colhem beats e fazem novas músicas, essas tem que logo ter que atualizar a lei autoral para que respeitem os direitos autorais.

Aqui pela nossa lei tem que ter autorização do autor, herdeiros , editoras, enfim quem for o titular, para usar qualquer parte de uma criação seja qual for.

Eu penso que as portas estão abertas a artistas seja criando, seja expondo , tentando independente, e até se precisar regravar é bem fácil hoje com a internet encontrar o compositor, bater um papo, tentar essa autorização e seguir .

Mas não vejo em nenhum momento que qualquer uso de música , de obras, de criações de outros possa ser burlada pela IA, muito pelo contrário

Pode vir a ser uma maior influência , e os algoritmos podem sim auxiliar titulares, pois quanto mais executada uma música mais arrecadação autoral.

Então na realidade no meu entender o mercado é favorável por completo.

Mas e sempre repito a modernização da lei de direitos autorais se faz essencial.

Porque esses campos trabalhando juntos pode ser de grande valia aos autores, produtores, editoras, músicos, e toda gama envolvida no mercado fongráfico.

Lembrando que os números mostram crescimento tanto do ramo fonográfico nesse primeiro semestre quanto do ramo autoral.

Assim e pela gama de artistas crescendo, artistas se reinventando temos que trabalhar junto com IAs e algoritmos

Mas, num todo não acredito que seja bom o mercado no geral.




  • Publicações766
  • Seguidores131
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações8
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/ia-algoritmos-na-industria-fonografica-e-sua-influencia-no-direito-autoral/1991759046

Informações relacionadas

Ana Clara  Ribeiro, Advogado
Artigoshá 6 anos

Como saber se estou violando direitos autorais? (Atualizado 2023)

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)