Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
28 de Maio de 2024

O dia que nunca achei que chegaria chegou (e numa sexta-feira)

O que custa, doutor? É só assinar.

Publicado por Gabriel Araujo
há 4 anos

Eu já estava pronto para encerrar o expediente, salvando as últimas alterações naquela inicial inacabada (caso de investigação de paternidade, processo que promete ser tenso), dando aquela última checada nas publicações no Jusbrasil e quase partindo para mais um final de semana de isolamento… eis que toca o telefone:

- Boa tarde, doutor, aqui quem fala é fulana, estou com problemas para receber um cheque. Pode me ajudar?

Respondi que sim e perguntei qual era a situação. Segundo minha querida quase-cliente, o cheque estava “vencido, e por isso tinha que entrar com uma ação”. Tentei marcar uma reunião para segunda, mas ela recusou, disse que não tinha necessidade e que “já estava tudo pronto”.

- O que a senhora quer dizer com tudo pronto?

- Meu vizinho é advogado, mas não tem OAB. Ele tá adiantando os papéis para mim, então vai ser só você assinar. Vou levar tudo pronto já.

Confesso que sempre achei que essa história era meme jurídico. Não que eu já não tenha tido uma pequena dose de absurdos nesses poucos anos trabalhando em um escritório, como o famoso “olha, doutor, vou trazer uma causa milionária para você, aí a gente divide os honorários, beleza?”, mas por essa realmente eu não esperava.

Assinar uma peça que não foi escrita por você, além de infração ética, é uma irresponsabilidade sem tamanho. Será que o vizinho-advogado-sem-OAB seria o Dr. Google? O que exatamente ela entendia por cheque vencido? Seria o caso de uma ação monitória ou uma execução? Bom, pelo menos ela não tentou me convencer a assinar alegando que eu estou apenas começando minha carreira e preciso de clientes.

- Quanto você cobra para fazer isso?

Pensei em responder que cobraria R$ 50.000,00, que foi a estimativa que fiz em alguns segundos das mensalidades dos cinco anos de faculdade. Mas disse apenas que não trabalharia dessa forma, desejei boa tarde e desliguei o telefone, porque lembrei que além das mensalidades, havia o deslocamento, a alimentação, os livros, e depois veio a prova da OAB, com cursinho, material, mais deslocamento, e agora a anuidade, pós-graduação…

Bem, voltemos à investigação de paternidade.

  • Publicações12
  • Seguidores83
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações664
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/o-dia-que-nunca-achei-que-chegaria-chegou-e-numa-sexta-feira/881983772

Informações relacionadas

Flávio Tartuce, Advogado
Notíciashá 2 meses

[Resumo] Informativo 803 do STJ

20 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Já tive proposta de um "Doutor" para fazer uma parceria com recebimento de porcentagens "SÓ PARA ASSINAR" porque apesar de ser "advogado" não havia passado na prova da ordem... É cada uma... rsrs continuar lendo

Até porque não é "só assinar", né? kkk continuar lendo

Hahahahaha eu já vi isso

Uma advogada de família recebeu a mesma proposta pra uma ação de alimentos, a pessoa disse que era só ela assinar que a petição ela já tinha feito por meio de modelo da internet continuar lendo

Aposto que a dela também foi feita só com modelos de internet. Infelizmente nossa profissão tem dessas haha continuar lendo

O doutor não quis ganhar dinheiro fácil. Tem gente que não exita. Talvez eu tivesse examinado a situação reais e me aprofundado um pouco mais. Pelo menos não ficaria na dúvida sobre as razões jurídicas da cliente. Talvez fosse melhor encaminhá-la para a Defensoria Pública. continuar lendo

Com respeito as ponderações do Dr. mas eu nem os encaminho para a Defensoria, eles sabem disso e muito bem melhor que nós. Alias sabem os caminhos para prejudicar também continuar lendo

Optei por não me aprofundar porque a dita cuja já é conhecida por condutas desse tipo. continuar lendo

Pois é doutor, também recebi uma proposta assim . Aí eu saí do escritório em que trabalhava e passei num concurso ,de nivel médio oh deus kkkk continuar lendo