Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
14 de Abril de 2024

Testamento: como escolher a modalidade adequada para o seu caso

Conheça as principais modalidades de testamento e seus respectivos valores para tomar a melhor decisão.

Publicado por Leandro Fialho
ano passado

Você já pensou em deixar suas questões patrimoniais e hereditárias resolvidas antes de partir?

O testamento é uma opção para quem deseja deixar seus bens para pessoas específicas e garantir que seus desejos sejam respeitados após a morte. Mas você sabe quanto custa fazer um testamento?

Neste texto, vamos falar sobre as principais modalidades de testamento e sobre os seus respectivos valores, para que você possa escolher a melhor opção para o seu caso. Então, continue lendo e confira todas as informações que preparamos para você!

A seguir, apresentaremos considerações sobre os custos das principais modalidades de testamento no Brasil.

Tipos mais comuns de testamentos

Testamento Público:

O Testamento Público é recomendado para pessoas que possuem um patrimônio maior e que precisam de um documento mais formal. Por exemplo, uma pessoa que possui diversas empresas e imóveis, e quer garantir que seus bens sejam deixados para as pessoas corretas após sua morte. O valor desse tipo de testamento irá variar dependendo do valor dos bens envolvidos.

O testamento público é regido pelo Código Civil Brasileiro (Lei nº 10.406/2002), artigos 1.864 a 1.867.

Testamento Cerrado:

O Testamento Cerrado é uma opção para pessoas que querem deixar seus bens para alguém específico, mas que não possuem um patrimônio tão grande a ponto de justificar um testamento público. Por exemplo, uma pessoa que deseja deixar sua casa para um amigo próximo ou parente específico. Nesse caso, o testamento cerrado pode ser uma opção mais acessível em termos de custo.

O testamento cerrado é regido pelo Código Civil Brasileiro (Lei nº 10.406/2002), artigos 1.868 a 1.875.

Testamento Particular:

O Testamento Particular é mais comum em casos em que a pessoa possui um patrimônio menor e deseja deixar seus bens para familiares próximos. Por exemplo, uma pessoa que deseja deixar seus móveis e bens pessoais para seus sobrinhos. Essa é a opção mais econômica, uma vez que não envolve gastos com cartório.

No entanto, é importante lembrar que o testamento particular pode gerar mais dúvidas e conflitos em caso de morte do testador, uma vez que não foi registrado em Cartório. Portanto, é importante garantir que o documento esteja de acordo com a lei e seja compreensível para todos os envolvidos. Para isso, é ainda mais necessário contar com a ajuda de um advogado especialista no assunto para poder te ajudar!

O testamento particular é regido pelo Código Civil Brasileiro (Lei nº 10.406/2002), artigos 1.876 a 1.880.

Conclusão

Fazer um testamento pode parecer um assunto delicado e até mesmo desconfortável para algumas pessoas. No entanto, é uma forma de garantir que seus bens sejam deixados para as pessoas corretas e evitar conflitos entre herdeiros.

Além disso, as modalidades de testamento podem se adequar às suas necessidades e patrimônio. Por isso, se você está considerando fazer um testamento, entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas.

Se você quer saber como eu posso te auxiliar no seu caso, clique aqui e visite o site do meu escritório de advocacia. Temos uma equipe qualificada e experiente, pronta para te atender!

Confira também:

Testamento: como proteger o futuro de sua família?

Mais artigos sobre o tema no meu blog: https://consultoriojuridico.com.br

Siga no Instagram: @leandrofialhoadvogados

  • Sobre o autorEspecialista em Direito Imobiliário e em Direito Processual Civil
  • Publicações78
  • Seguidores94
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoArtigo
  • Visualizações21
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/artigos/testamento-como-escolher-a-modalidade-adequada-para-o-seu-caso/1796556610

Informações relacionadas

[Modelo] Testamento Particular

Filipe Paz, Advogado
Modeloshá 8 anos

Modelo de Testamento Particular e seus requisitos

Leandro Bianchini, Advogado
Artigoshá 5 anos

Análise da Holding Familiar como instrumento de planejamento e controle sucessório e sobre o seu uso para a obtenção de economia fiscal no momento do inventário

Leandro Fialho, Advogado
Artigoshá 3 anos

Proteja seus direitos na compra de um imóvel: entenda o papel do advogado no processo

Gabriela Justo, Advogado
Artigoshá 9 anos

Vocação hereditária e análise crítica do artigo 1.829 do Código Civil

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)