Art. 139 da Lei 8213/91 em Todos os Documentos

Mais de 10.000 resultados
Ordenar Por

Artigo 139 da Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências.
Art. 139. (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
1º. (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
I - (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
II - (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
III - s (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
2º (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
3º (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)
4º (Revogado pela Lei nº 9.528, de 1997)

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL AC 34639 SP 2001.03.99.034639-2 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 28/05/2002

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - ART. 139 DA LEI 8213 /91 - CONDIÇÃO DE POBREZA NÃO DEMONSTRADA - RECURSO IMPROVIDO - SENTENÇA MANTIDA. 1. Ausente um de seus requisitos, vez que não restou demonstrado que a parte autora não tem meios de prover a sua manutenção, nem de tê-la provida por sua família, impõe-se a denegação da renda mensal vitalícia (art. 139 da Lei 8213 /91). 2. Recurso improvido. Sentença mantida.

Encontrado em: QUINTA TURMA LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 PAR-1 LEG-FED LEI- 1060 ANO-1950 ART-11 ....LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 PAR-1 LEG-FED LEI- 1060 ANO-1950 ART-11 APELAÇÃO CIVEL AC 34639 SP 2001.03.99.034639-2 (TRF-3) DESEMBARGADORA FEDERAL RAMZA TARTUCE

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL AC 30745 SP 96.03.030745-9 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 18/08/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - SENTENÇA CONCESSIVA - PESSOA IDOSA - PREENCHIDOS OS REQUISITOS DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - PRELIMINARES REJEITADAS - RECURSO DO INSS IMPROVIDO - SENTENÇA MANTIDA. 1. NÃO SE CONHECE DA PRELIMINAR, NO QUE DIZ RESPEITO AOS PONTOS QUE NÃO FORAM DIRETAMENTE ENFOCADOS PELO RÉU (ART. 514 DO CPC ). 2. AFASTADOS OS ARGUMENTOS EMBASADOS QUE DIZEM RESPEITO AO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (ART. 203 , INCISO V , DA CF/88 ), POIS O QUE SE PLEITEIA, NA ESPÉCIE, É O BENEFÍCIO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 3. EMBORA A LEI Nº 8742/93 EXCLUA A RENDA MENSAL VITALÍCIA DO ELENCO DE BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, A EXTINÇÃO DESSE BENEFÍCIO SE DEU APENAS EM 01/01/96, A TEOR DO ART. 39 DO DECRETO Nº 1774/95, SENDO POSSÍVEL A SUA POSTULAÇÃO JUNTO AO INSTITUTO PREVIDENCIÁRIO ATÉ 31/12/95 (§ ÚNICO). 4. COMPROVADO QUE A AUTORA, QUE CONTA COM MAIS DE 70 ANOS, É POBRE, NA ACEPÇÃO JURÍDICA DA PALAVRA, E QUE EXERCEU ATIVIDADE REMUNERADA POR PERÍODO SUPERIOR A 5 ANOS, CONFORME DOCUMENTOS DE FLS. 06/07 E DEPOIMENTOS DE FLS. 24/25, IMPÕE-SE A CONCESSÃO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 5. PRELIMINARES REJEITADAS. 6. RECURSO DO INSS IMPROVIDO. SENTENÇA MANTIDA.

Encontrado em: INDEXAÇÃO: VIDE EMENTA QUINTA TURMA LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 LEG-FED DEC-1774 ANO-1995 ART-39 ***** CPC -73 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEG-FED LEI- 5869 ANO-1973 ART-514 ***** CF-88 CONSTITUIÇÃO...FEDERAL LEG-FED CFD-0 ANO-1988 ART-203 INC-5 LEG-FED LEI- 8742 ANO-1993 APELAÇÃO CIVEL AC 30745 SP 96.03.030745-9 (TRF-3) DESEMBARGADORA FEDERAL RAMZA TARTUCE

TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL AC 41639 RS 95.04.41639-0 (TRF-4)

JurisprudênciaData de publicação: 20/11/1996

PREVINDÊCIA SOCIAL. RENDA MENSAL VITALÍCIA DO ART-139 DA LEI- 8213 /91. A renda mensal vitalícia somente é devida a quem não for mantido por pessoa de que dependa obrigatoriamente.Na espécie, a autora confessa na inicial que dependente de seu marido. Isso é o bastante para elidir o direito.

Encontrado em: UNANIME QUINTA TURMA DJ 20/11/1996 PÁGINA: 89268 - 20/11/1996 LEG-FED DEC- 357 ANO-1991 ART-284 . CF-88 LEG-FED CFD- ANO-1988 ART-203 CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 ....LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART- 139 RENDA MENSAL VITALÍCIA. MULHER.IMPOSSIBILIDADE, CONCESSÃO, BENEFÍCIO, HIPÓTESE, MANUTENÇÃO, DEPENDÊNCIA ECONÔMICA, MARIDO.VMC/CFS.

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL AC 12372 SP 95.03.012372-0 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 18/08/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - VIGÊNCIA DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - RECURSO DO AUTOR PROVIDO - SENTENÇA REFORMADA. 1. INOBSTANTE TENHA O AUTOR REQUERIDO O BENEFÍCIO, NA VIA JURISDICIONAL, APÓS A PROMULGAÇÃO DA LEI 8542/93, QUE REGULAMENTOU O BENEFICIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL A IDOSOS E DEFICIENTES FÍSICOS, PREVISTA NO INCISO V DO ARTIGO 203 DA CF/88, TAL LEGISLAÇÃO AINDA PRECISAVA SER REGULAMENTADA, O QUE SÓ VEIO A OCORRER COM A EDIÇÃO DO DECRETO 1774/95. 2. NÃO BASTASSE ISSO, TAL REGULAMENTO ACABOU POR CONFIRMAR A VIGÊNCIA DO ART. 139 DA LEI 8213/91, PARA O BENEFICIO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA REQUERIDO ATÉ 31/12/95, COMO NA ESPÉCIE, A PARTIR DE QUANDO RESTOU EXTINTO. 3. NÃO HAVENDO O MM. JUIZ "A QUO" ANALISADO O MÉRITO DA QUESTÃO, É VEDADO, AO TRIBUNAL, CONHECER DIRETAMENTE DA MATÉRIA, EM RESGUARDO AO PRINCIPIO PROCESSUAL DO DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. 4. É DE SE REFORMAR A SENTENÇA QUE EXTINGUIU O FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO, COM O RETORNO DOS AUTOS Á VARA DE ORIGEM, PARA QUE SEJA DADO PROSSEGUIMENTO AO FEITO, NOS TERMOS PROPOSTOS NA INICIAL. 5. RECURSO DO AUTOR PROVIDO. SENTENÇA REFORMADA.

Encontrado em: QUINTA TURMA LEG-FED DEC-1774 ANO-1995 ART-39 LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 LEG-FED LEI- 8742 ANO-1993 ***** CF-88 CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEG-FED CFD-0 ANO-1988 ART-203 INC-5 APELAÇÃO CIVEL AC 12372

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL 234564 AC 12372 SP 95.03.012372-0 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 23/09/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - VIGÊNCIA DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - RECURSO DO AUTOR PROVIDO - SENTENÇA REFORMADA. 1. INOBSTANTE TENHA O AUTOR REQUERIDO O BENEFÍCIO, NA VIA JURISDICIONAL, APÓS A PROMULGAÇÃO DA LEI 8542 /93, QUE REGULAMENTOU O BENEFICIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL A IDOSOS E DEFICIENTES FÍSICOS, PREVISTA NO INCISO V DO ARTIGO 203 DA CF/88 , TAL LEGISLAÇÃO AINDA PRECISAVA SER REGULAMENTADA, O QUE SÓ VEIO A OCORRER COM A EDIÇÃO DO DECRETO 1774/95. 2. NÃO BASTASSE ISSO, TAL REGULAMENTO ACABOU POR CONFIRMAR A VIGÊNCIA DO ART. 139 DA LEI 8213 /91, PARA O BENEFICIO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA REQUERIDO ATÉ 31/12/95, COMO NA ESPÉCIE, A PARTIR DE QUANDO RESTOU EXTINTO. 3. NÃO HAVENDO O MM. JUIZ "A QUO" ANALISADO O MÉRITO DA QUESTÃO, É VEDADO, AO TRIBUNAL, CONHECER DIRETAMENTE DA MATÉRIA, EM RESGUARDO AO PRINCIPIO PROCESSUAL DO DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. 4. É DE SE REFORMAR A SENTENÇA QUE EXTINGUIU O FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO, COM O RETORNO DOS AUTOS Á VARA DE ORIGEM, PARA QUE SEJA DADO PROSSEGUIMENTO AO FEITO, NOS TERMOS PROPOSTOS NA INICIAL. 5. RECURSO DO AUTOR PROVIDO. SENTENÇA REFORMADA.

Encontrado em: DJU DATA:23/09/1997 PÁGINA: 77422 - 23/9/1997 LEG-FED DEC-1774 ANO-1995 ART-39 LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 LEG-FED LEI- 8742 ANO-1993 ***** CF-88 CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEG-FED CFD-0 ANO-1988 ART-

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL AC 63624 SP 94.03.063624-6 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 24/03/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - SENTENÇA CONCESSIVA - PESSOA IDOSA - PREENCHIDOS OS REQUISITOS DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - MARIDO APOSENTADO - PROPRIETÁRIA DE IMÓVEL SIMPLES - LEI 8742 /93 - ABONO ANUAL - RECURSO DO INSS PARCIALMENTE PROVIDO. 1 - COMPROVADO QUE A AUTORA, QUE CONTA COM MAIS DE 70 ANOS, É POBRE, NA ACEPÇÃO JURÍDICA DA PALAVRA, E QUE EXERCEU ATIVIDADE REMUNERADA POR PERÍODO SUPERIOR A 5 ANOS, CONFORME DOCUMENTOS DE FLS.24/26 E DEPOIMENTOS DE FLS.62/64, IMPÕE-SE A CONCESSÃO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 2 - NÃO SE PODE CONSIDERAR COMO GANHO SUFICIENTE, PARA O SUSTENTO DE SI E DA FAMÍLIA, A RENDA MÍNIMA PERCEBIDA PELO MARIDO DA AUTORA, QUE NÃO É OBSTÁCULO PARA A CONCESSÃO DA RENDA MENSAL VITALÍCIA. 3 - O FATO DE A AUTORA SER PROPRIETÁRIA DE UM PEQUENO IMÓVEL LOCADO NÃO FAZ ÓBICE À CONCESSÃO DO BENEFÍCIO PLEITEADO, PORQUE SE TRATA, NA ESPÉCIE, DE IMÓVEL SIMPLES, CUJO ALUGUEL É DE VALOR IRRISÓRIO. 4 - AFASTADOS OS ARGUMENTOS EMBASADOS NA LEI 8742 /93, PORQUE TAL LEGISLAÇÃO TRATA DO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (ART. 203 , INCISO V , DA CF/88 ), QUANDO O QUE SE PLEITEIA, NA ESPÉCIE, É O BENEFÍCIO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 5 - A BENEFICIÁRIA DE RENDA MENSAL VITALÍCIA NÃO FAZ JUS AO RECEBIMENTO DO ABONO ANUAL, VEZ QUE O DISPOSITIVO CONSTITUCIONAL REFERE-SE A APOSENTADOS E PENSIONISTAS, TÃO SOMENTE. 6 - RECURSO DO INSS PARCIALMENTE PROVIDO.

Encontrado em: QUINTA TURMA LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 PAR-1 INC-1 INC-2 INC-3 LEG-FED LEI- 8742 ANO-1993 ***** CF-88 CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEG-FED CFD- ANO-1988 ART-203 INC-5 ART-226 PAR-5 ART-201 PAR-6 LEG-FED

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL 313689 AC 30745 SP 96.03.030745-9 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 23/09/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - SENTENÇA CONCESSIVA - PESSOA IDOSA - PREENCHIDOS OS REQUISITOS DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - PRELIMINARES REJEITADAS - RECURSO DO INSS IMPROVIDO - SENTENÇA MANTIDA. 1. NÃO SE CONHECE DA PRELIMINAR, NO QUE DIZ RESPEITO AOS PONTOS QUE NÃO FORAM DIRETAMENTE ENFOCADOS PELO RÉU (ART. 514 DO CPC ). 2. AFASTADOS OS ARGUMENTOS EMBASADOS QUE DIZEM RESPEITO AO BENEFÍCIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (ART. 203, INCISO V, DA 139 DA LEI 8213 /91). 3. EMBORA A LEI Nº 8742 /93 EXCLUA A RENDA MENSAL VITALÍCIA DO ELENCO DE BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, A EXTINÇÃO DESSE BENEFÍCIO SE DEU APENAS EM 01/01/96, A TEOR DO ART. 39 DO DECRETO Nº 1774/95, SENDO POSSÍVEL A SUA POSTULAÇÃO JUNTO AO INSTITUTO PREVIDENCIÁRIO ATÉ 31/12/95 (§ ÚNICO). 4. COMPROVADO QUE A AUTORA, QUE CONTA COM MAIS DE 70 ANOS, É POBRE, NA ACEPÇÃO JURÍDICA DA PALAVRA, E QUE EXERCEU ATIVIDADE REMUNERADA POR PERÍODO SUPERIOR A 5 ANOS, CONFORME DOCUMENTOS DE FLS. 06/07 E DEPOIMENTOS DE FLS. 24/25, IMPÕE-SE A CONCESSÃO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 5. PRELIMINARES REJEITADAS. 6. RECURSO DO INSS IMPROVIDO. SENTENÇA MANTIDA.

Encontrado em: INDEXAÇÃO: VIDE EMENTA DJU DATA:23/09/1997 PÁGINA: 77428 - 23/9/1997 LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 LEG-FED DEC-1774 ANO-1995 ART-39 ***** CPC -73 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEG-FED LEI- 5869 ANO-1973...ART-514 ***** CF-88 CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEG-FED CFD-0 ANO-1988 ART-203 INC-5 LEG-FED LEI- 8742 ANO-1993 APELAÇÃO CIVEL 313689 AC 30745 SP 96.03.030745-9 (TRF-3) JUIZA RAMZA TARTUCE

TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL AC 13087 SC 1998.04.01.013087-4 (TRF-4)

JurisprudênciaData de publicação: 05/05/1999

PREVIDENCIÁRIO. RENDA MENSAL VITALÍCIA. ART- 139 DA LEI- 8213 /91.ASSISTÊNCIA JURÍDICA E ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA. INSTITUTOS DIVERSOS. 1. O entendimento predominante desta Corte, na concessão de benefício de renda mensal vitalícia em tais circunstâncias, é no sentido de que deve ser o mesmo negado na hipótese de a autora ser mantida por pessoa de quem obrigatoriamente dependa. 2. A assistência judiciária regulada pela LEI- 1060 /50, ART- 11 e ART-12, e recepcionada pela CF-88 , não se confunde com a assistência jurídica integral prevista no ART- 5 , INC-74, deste Diploma legal.

TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL AC 13087 SC 1998.04.01.013087-4 (TRF-4)

JurisprudênciaData de publicação: 05/05/1999

PREVIDENCIÁRIO. RENDA MENSAL VITALÍCIA. ART- 139 DA LEI- 8213 /91.ASSISTÊNCIA JURÍDICA E ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA. INSTITUTOS DIVERSOS. 1. O entendimento predominante desta Corte, na concessão de benefício de renda mensal vitalícia em tais circunstâncias, é no sentido de que deve ser o mesmo negado na hipótese de a autora ser mantida por pessoa de quem obrigatoriamente dependa. 2. A assistência judiciária regulada pela LEI- 1060/50, ART- 11 e ART-12, e recepcionada pela CF-88, não se confunde com a assistência jurídica integral prevista no ART- 5, INC-74, deste Diploma legal.

TRF-3 - APELAÇÃO CIVEL AC 102198 SP 95.03.102198-7 (TRF-3)

JurisprudênciaData de publicação: 18/08/1997

PREVIDENCIÁRIO - RENDA MENSAL VITALÍCIA - SENTENÇA DE IMPROCEDÊNCIA- PESSOA IDOSA - PREENCHIDOS OS REQUISITOS DO ART. 139 DA LEI 8213 /91 - VALOR MENSAL DO BENEFÍCIO - TERMO "A QUO" - JUROS - CORREÇÃO MONETÁRIA - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - CUSTAS - RECURSO DA AUTORA PROVIDO - SENTENÇA REFORMADA. 1 - COMPROVADO QUE A AUTORA, QUE CONTA COM MAIS DE 70 ANOS, É POBRE, NA ACEPÇÃO JURÍDICA DA PALAVRA, E QUE EXERCEU ATIVIDADE REMUNERADA POR PERÍODO SUPERIOR A 5 ANOS, CONFORME DOCUMENTOS DE FLS. 07/09 E DEPOIMENTOS DE FLS. 30/33, IMPÕE-SE A CONCESSÃO DE RENDA MENSAL VITALÍCIA (ART. 139 DA LEI 8213 /91). 2 - NAS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA, IMPRESCINDÍVEL É A COLABORAÇÃO MÚTUA DE SEUS MEMBROS, PARA OBTENÇÃO DAS CONDIÇÕES MÍNIMAS NECESSÁRIAS A SUA SOBREVIVÊNCIA. 3 - O VALOR MENSAL DO BENEFÍCIO É DE SER FIXADO EM CONFORMIDADE COM O DISPOSTO NO ART. 139, § 2º, DA LEI 8213/91. 4 - O TERMO INICIAL DO BENEFÍCIO É FIXADO À DATA EM QUE A AUTORA COMPLETOU 70 (SETENTA) ANOS, QUE É POSTERIOR AO REQUERIMENTO NA VIA ADMINISTRATIVA. 5 - OS JUROS DE MORA SÃO DEVIDOS NO PERCENTUAL DE 6% A.A., CONTADOS DA CITAÇÃO. 6 - A CORREÇÃO MONETÁRIA DAS PRESTAÇÕES VENCIDAS DEVE INCIDIR NOS TERMOS DA SÚMULA 08 DESTE TRIBUNAL, LEI 6899/81, LEI 8213/91 E LEGISLAÇÃO SUPERVENIENTE. 7 - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS FIXADOS EM 15% SOBRE O TOTAL DA CONDENAÇÃO, EM CONSONÂNCIA COM OS JULGADOS DESTA TURMA. 8 - SEM CUSTAS PROCESSUAIS, VEZ QUE A AUTORA É BENEFICIÁRIA DA JUSTIÇA GRATUITA. 9 - RECURSO DA AUTORA PROVIDO. SENTENÇA REFORMADA.

Encontrado em: INDEXAÇÃO: VIDE EMENTA QUINTA TURMA LEG-FED SUM-111 STJ LEG-FED LEI- 6899 ANO-1981 ***** CPC -73 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEG-FED LEI- 5869 ANO-1973 ART-219 LEG-FED LEI- 8213 ANO-1991 ART-139 PAR-1 INC...-2 PAR-2 ***** CC-16 CÓDIGO CIVIL LEG-FED LEI- 3071 ANO-1916 ART-1062 LEG-FED SUM-8 TRF3 APELAÇÃO CIVEL AC 102198 SP 95.03.102198-7 (TRF-3) DESEMBARGADORA FEDERAL RAMZA TARTUCE

Conteúdo exclusivo para assinantes

Acesse www.jusbrasil.com.br/pro e assine agora mesmo