Carregando...
Jusbrasil
12 de dezembro de 2018
Conheça a nova página de resultados de busca! Você poderá voltar a qualquer momento. CONHECER

Página 1 de 835 2 680 153 resultados para "CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR" em Artigos em Jurisprudência em Diários

TJ-ES - Apelação Civel AC 24920056256 ES 024920056256 (TJ-ES)

Data de publicação: 28/12/1993

Ementa: INDENIZACAO - ACIDENTE DE VEICULOS AUTOMOTORES- VEICULO PARADO, AGUARDANDO PARA MANOBRA QUE ABALROADO PELA TRASEIRA, E ARREMESSADO CONTRA TERCEIRO VEICULO RE GULARMENTE ESTACIONADO. CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEICULO ABALROADOR. RECURSO PROVIDO.

Encontrado em: A UNANIMIDADE, DAR PROVIMENTO AO (S) RECURSO (S) SEGUNDA CÂMARA CÍVEL 28/12/1993 - 28/12/1993 Apelação Civel AC 24920056256 ES 024920056256 (TJ-ES) SYLVIO PELLICO DE OLIVEIRA NEVES

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL AC 251546919918070000 DF 0025154-69.1991.807.0000 (TJ-DF)

Data de publicação: 25/03/1992

Ementa: COLISÃO DE VEÍCULOS - DANO CAUSADO A OUTRO VEÍCULO - CULPA DO MOTORISTA ABALROADOR - INDENIZAÇÃO INDEVIDA: - RESSALTANDO DO CONJUNTO DE PROVAS A CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR, RESPONDE ESTE INTEGRALMENTE PELOS PREJUÍZOS CAUSADOS, DEVENDO A INDENIZAÇÃO COBRIR O PREÇO DE AVALIAÇÃO DO VEÍCULO, COMPROVADO NOS AUTOS, ABATIDO O VALOR OBTIDO COM A VENDA DO CARRO COMO SUCATA.

Encontrado em: IMPROVER O RECURSO DO 1º APELANTE E PROVER O RECURSO DA 2ª APELANTE, NOS TERMOS DO RELATOR. DECISÃO UNÂNIME. 2ª Turma Cível 25/03/1992, DJU Pág. 01 Seção: 2 - 25/3/1992 APELAÇÃO CÍVEL AC 251546919918070000 DF 0025154-69.1991.807.0000 (TJ-DF) DEOCLECIANO QUEIROGA

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL AC 2515491 DF (TJ-DF)

Data de publicação: 25/03/1992

Ementa: COLISÃO DE VEÍCULOS - DANO CAUSADO A OUTRO VEÍCULO - CULPA DO MOTORISTA ABALROADOR - INDENIZAÇÃO INDEVIDA: - RESSALTANDO DO CONJUNTO DE PROVAS A CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR, RESPONDE ESTE INTEGRALMENTE PELOS PREJUÍZOS CAUSADOS, DEVENDO A INDENIZAÇÃO COBRIR O PREÇO DE AVALIAÇÃO DO VEÍCULO, COM PROVADO NOS AUTOS, ABATIDO O VALOR OBTIDO COM A VENDA DO CARRO COMO SUCATA.

Encontrado em: IMPROVER O RECURSO DO 1º APELANTE E PROVER O RECURSO DA 2ª APELANTE, NOS TERMOS DO RELATOR. DECISÃO UNÂNIME.Ramo do Direito 2ª Turma Cível DJU 25/03/1992 Pág. : 01 - 25/3/1992. DJU 25/03/1992 Pág. : 01 - 25/3/1992 APELAÇÃO CÍVEL AC 2515491 DF (TJ-DF) DEOCLECIANO QUEIROGA

TJ-RJ - APELAÇÃO APL 00249304620018190001 RIO DE JANEIRO CAPITAL 24 VARA CIVEL (TJ-RJ)

Data de publicação: 17/05/2002

Ementa: Veículo que, trafegando pela Avenida Brasil, na parte da manhã, desenvolvendo urna velocidade próxima a cem quilômetros, quando o trânsito fluía com lentidão, ao desviar-se para a direita, colide na parte traseira de uma varredeira. Alegação não comprovada de que a varredeira estava parada na pista da direita, sem ter feito qualquer sinalização. Alegação não comprovada. Culpa exclusiva do motorista do veículo abalroador.

Encontrado em: DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL 17/05/2002 - 17/5/2002 APELANTE: AXA SEGUROS BRASIL S A e outro. APELADO: BRADESCO SEGUROS S A APELAÇÃO APL 00249304620018190001 RIO DE JANEIRO CAPITAL 24 VARA CIVEL (TJ-RJ) FABRICIO PAULO BAGUEIRA BANDEIRA FILHO

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL AC 4668597 DF (TJ-DF)

Data de publicação: 20/05/1998

Ementa: ABALROAMENTO NA PARTE POSTERIOR DO VEÍCULO QUE ACIONOU O SISTEMA DE FREIOS. CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR. JUROS DEVIDOS - TERMO A QUO. AQUELE QUE NÃO GUARDA A NECESSÁRIA DISTÂNCIA, VINDO A ABALROAR O VEÍCULO QUE TRAFEGA À SUA FRENTE NO MOMENTO EM QUE O SISTEMA DE FREIOS FOI ACIONADO, NÃO PRODUZINDO PROVA ROBUSTA QUE AFASTE A PRESUNÇÃO DE CULPA, HÁ DE SER RESPONSABILIZADO PELAS CONSEQÜÊNCIAS DO INFAUSTO. A SEGURADORA, PAGANDO O PREÇO CORRESPONDENTE AOS DANOS EXPERIMENTADOS PELO PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO SEGURADO E ABALROADO, SUB-ROGA-SE, SENDO DEVIDO O ACRÉSCIMO DE JUROS A PARTIR DA DATA DO EFETIVO DESEMBOLSO DESSE VALOR.

Encontrado em: CONHECER DE AMBOS OS RECURSOS, DESPROVENDO-SE O RECURSO DO RÉU (1º APELANTE) E PROVENDO-SE PARCIALMENTE O RECURSO ADESIVO, POR MAIORIA, VENCIDO O RELATOR.Indexação 5ª Turma Cível DJU 20/05/1998 Pág. : 84 - 20/5/1998 APELAÇÃO CÍVEL AC 4668597 DF (TJ-DF) WALDIR LEÔNCIO JÚNIOR

TJ-ES - Apelação APL 00131285619998080024 (TJ-ES)

Data de publicação: 04/08/2009

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL Nº 24.990.131.286 APELANTE: BANESTES SEGUROS S⁄A APELADO: ALVIM ALVES DE FREITAS RELATORA: DESEMBARGADORA CATHARINA MARIA NOVAES BARCELLOS A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO REGRESSIVA - INDENIZAÇÃO SECURITÁRIA - ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO - COLISÃO TRASEIRA - PRESUNÇÃO DE CULPA DO CONDUTOR DO VEÍCULO ABALROADOR - INOBSERVÂNCIA DA DISTÂNCIA DE SEGURANÇA - FREADA REPENTINA DO VEÍCULO QUE SEGUIA À FRENTE, DIANTE DE SEMÁFORO DEFEITUOSO E DA APROXIMAÇÃO DE CARRO QUE VINHA PELA PISTA LATERAL, COM A INTENÇÃO DE CRUZAR A PISTA PRINCIPAL - CONDUTA JUSTIFICADA - SITUAÇÃO DE PERIGO IMINENTE - CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR - DEVER DE PAGAR À SEGURADORA O VALOR DA INDENIZAÇÃO DADA À SEGURADA - RECURSO PROVIDO - INVERSÃO DO ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA. 1) O preposto do recorrido, condutor do veículo abalroador, faltou com o dever de cautela, vez que não observou a distância de segurança necessária para evitar a colisão, em violação à regra de circulação constante no inciso II , do artigo 29 , do CTB . A imprudência fica ainda mais pronunciada se considerado que chovia no momento do acidente, e que, ocorrido o sinistro numa longa reta, o motorista tinha plena condição de verificar que o semáforo à sua frente não estava funcionando, mas com a luz amarela intermitente, o que recomenda prudência ainda maior. 2) O motorista, ao se aproximar de um cruzamento - mesmo transitando pela via preferencial - deve proceder com cautela redobrada; que dizer então quando o semáforo que regula o fluxo da via principal apresenta defeito.

Encontrado em: QUARTA CÂMARA CÍVEL 04/08/2009 - 4/8/2009 Apelação APL 00131285619998080024 (TJ-ES) CATHARINA MARIA NOVAES BARCELLOS

TJ-DF - EMB. INFRINGENTES NA APC : AC 4668598

Data de publicação: 02/06/1999

Decisão: CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR. JUROS DEVIDOS – TERMO A QUO ....CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR. JUROS DEVIDOS – TERMO A QUO ....Neste quadro, não há dúvida, a culpa é exclusiva do motorista abalroador, eis que há presunção juris...

TJ-DF - APELAÇÃO CÍVEL : AC 4668597

Data de publicação: 20/05/1998

Decisão: CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR. JUROS DEVIDOS - TERMO A QUO....Atribui a culpa do acidente à motorista do veículo segurado, consoante descrição no Aviso de Sinistro...Neste quadro, não há dúvida, a culpa é exclusiva do motorista abalroador, eis que há presunção juris...

TJ-RS - Recurso Cível 71000845313 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 03/01/2006

Ementa: VEÍCULO ABALROADO NA TRASEIRA. CULPA PRESUMIDA DO CONDUTOR ABALROADOR NÃO AFASTADA POR PROVA EM CONTRÁRIO. CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA QUE, POR NÃO GUARDAR DISTÂNCIA NEM TRAFEGAR COM ATENÇÃO, COLIDE NA TRASEIRA DE OUTRO VEÍCULO. INEXISTÊNCIA DE DANO MORAL. RECURSO IMPROVIDO. (Recurso Cível Nº 71000845313, Segunda Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Mylene Maria Michel, Julgado em 14/12/2005)

Encontrado em: Segunda Turma Recursal Cível Diário da Justiça do dia 03/01/2006 - 3/1/2006 Recurso Cível 71000845313 RS (TJ-RS) Mylene Maria Michel

TJ-RS - Recurso Cível 71000763573 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 28/12/2005

Ementa: VEÍCULO COLIDIDO NA TRASEIRA. CULPA PRESUMIDA DA CONDUTORA ABALROADORA NÃO AFASTADA POR PROVA EM CONTRÁRIO. CULPA EXCLUSIVA DA MOTORISTA QUE, POR NÃO GUARDAR DISTÂNCIA DE SEGURANÇA NEM TRAFEGAR COM ATENÇÃO, ATINGIU A TRASEIRA DO VEÍCULO À SUA FRENTE. SENTENÇA MANTIDA. RECURSO DESPROVIDO. (Recurso Cível Nº 71000763573, Segunda Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Mylene Maria Michel, Julgado em 07/12/2005)

Encontrado em: Segunda Turma Recursal Cível Diário da Justiça do dia 28/12/2005 - 28/12/2005 Recurso Cível 71000763573 RS (TJ-RS) Mylene Maria Michel

1 2 3 4 5 83 84 Próxima
Seja notificado de toda novidade sobre
CULPA EXCLUSIVA DO MOTORISTA DO VEÍCULO ABALROADOR Acompanhar

×