espiao em Todos os Documentos

4.351 resultados
Ordenar Por

Um encontro de detetives e espiões

Notícias30/07/2020Addp Brasil
Começou esta segunda-feira, em Tenerife, a oitava Security Analyst Summit (SAS) organizada pela Kaspersky , multinacional de segurança fundada em 1997, em Moscovo. Trata-se do encontro anual da empresa de software , que reúne nesta edição cerca de 340 participantes, entre funcionários e parceiros convidados. Aliás, a SAS é um encontro exclusivo, onde só se chega por convite. É aqui que se encontram os programadores e executivos da empresa que estão espalhados pelo mundo, num palco de reunião e convívio. Ao longo de dois dias, a conferência soma 60 palestras e debates, uma agenda recheada de figuras importantes relacionadas com a segurança informática. As discussões centram-se sobretudo no setor industrial, onde se trava uma autêntica guerra entre grupos bem estruturados de piratas informáticos, empresas de segurança e organizações estatais. Além da espionagem industrial, o setor bancário está a ser alvo de novas e elaboradas estratégias de ataque. Ao longo destas sessões serão reveladas algumas das últimas descobertas da Kaspersky, que abordaremos no Observador em breve. O SAS é uma reunião técnica, com uma linguagem por vezes difícil (própria do meio) mas com criatividade e em ambiente descontraído. A forte componente social vê-se não só nos jantares animados (que começaram logo no dia anterior à conferência) mas também no palco, onde é tradição os oradores beberem um shot no final da apresentação. Este ano a bebida escolhida foi o whisky, o moderador de cada painel é quem brinda com os vários oradores e por isso, quem mais bebe. Pela hora de almoço já levam caminho, mas as quantidades são pequenas e só contribuem para a boa disposição. A Security Analyst Summit 2016 é a que recebe mais convidados e também, pela primeira vez, este ano foram organizadas sessões de treino técnico para desenvolvimento de competências. Os destinatários são pequenos grupos de 15/20 participantes, as formações duram entre dois e quatro dias e os preços podem chegar aos 4 mil dólares por pessoa (alojamento e refeições incluídas). As sessões gerais baseiam-se, sobretudo, na apresentação de casos práticos. O foco são as técnicas de espionagem e contra-espionagem, tema que serve de cenário para o jogo de figurinos, gente mascarada de detetives e criminosos, afinal estamos na semana do Carnaval. Tudo está organizado ao pormenor para receber as três centenas de participantes que chegam de todo o mundo. A língua oficial é o inglês mas só por conveniência, já que o russo domina o som ambiente das conversas. Tudo o resto é festa. Os ciber detetives não são geeks mal-humorados, pelo contrário. Nos intervalos a música rock ouve-se alta e no final do dia há batalhas e desafios (técnicos) com direito a prémios. O utilizador mais ativo na aplicação móvel desenvolvida para este evento ganha um iPad. E um tiro de whisky, seguramente. Pode seguir as coordenadas do evento no Twitter através da etiqueta #TheSAS2016. Fonte: O Observador https://www.addpbrasil.com.br

Roomba, o aspirador de pó espião

Notícias19/09/2020Damiao Oliveira
Fabricante do robô de limpeza admite que pretende vender dados sobre as plantas das residências Há uma máxima consagrada em Silicon Valley como orientação para a abertura de novos negócios: “Os dados são o novo petróleo”. A iRobot, fabricante do popular aspirador de pó inteligente Roomba, quer vender os dados que a máquina pode fornecer a terceiros sobre as plantas e a distribuição interna das residências. A empresa, criada no MIT em 1990 com a finalidade inicial de produzir robôs que desativam bombas, admitiu que pretende compartilhar as informações sobre as residências de seus clientes com outros fabricantes, como o Google e a Apple. Em entrevista à agência Reuters , Colin Angle, fundador e presidente da empresa, revela os seus planos para comercializar os dados: “Existe todo um ecossistema de equipamentos e serviços que podem ser oferecidos às famílias quando você dispõe de uma planta bem realizada da casa e que o dono nos dá autorização para compartilhar”. Entre os produtos a que ele se refere estão lâmpadas, termostatos e câmeras de segurança. O executivo afirma que a expectativa é começar a oferecer essa informação nos próximos anos. Por enquanto, a empresa conta com apenas uma integração tecnológica com terceiros. Dois dos seus modelos se conectam com o Alexa, assistente de voz da Amazon . Com isso, pode-se dar ordens do tipo: “Alexa, passe o aspirador na sala”. Uma utilização possível do conhecimento das plantas das residências poderia ser perguntar aos assistentes de voz –Siri, Alexa ou Google— “onde ficou o iPad”. O Roomba foi o primeiro robô a entrar nas casas. O aspirador conseguiu ocupar espaço substituindo o aspirador de pó tradicional e é líder nesse mercado, com 68,5% em nível mundial e mais de 80% na Espanha. Ele pode ser programado para fazer a limpeza enquanto se está fora de casa; é amigável e cada vez mais inteligente. À medida que vai sendo usado, ele já reconhece os lugares e faz a limpeza seguindo padrões de modo a não deixar nenhum cantinho da casa com sujeira. Nem o tapete ou o carpete resistem a ele. Os modelos mais recentes –sinal dos tempos—incluem um aplicativo para que o aparelho seja conectado com o celular via wifi e possa, assim, ser controlado remotamente. São justamente esses modelos recentes que conseguem mapear a casa. O primeiro modelo começou a ser vendido em 2002. Desde então, foram comercializados mais de 14 milhões de unidades. Em 2015, saiu o modelo 980, que custava 900 dólares (2.800 reais). Foi o primeiro a embutir a tecnologia de navegação capaz de armazenar uma planta e reconhecer os espaços. Para isso, ele conta com uma câmera com inclinação de 45 graus que registra o espaço em busca de desvios ou obstáculos. Depois disso, ela armazena esses dados e os analisa para poder executar melhor a limpeza --e, como acabamos de saber, a empresa poderá tirar proveito dessas informações. A iRobot afirma que nada será vendido sem a autorização do consumidor, mas não ficou claro se essa licença se dará de fato como parte do ato de compra do aparelho ou se o cliente terá de formalizar o seu consentimento de maneira mais explícita. Guy Hoffman, professor da Universidade de Cornell especializado em robótica, afirmou à Reuters que o acesso a essas plantas representaria um grande avanço para a indústria de tecnologia do lar. “Hoje em dia ela funciona como um turista de Nova York que nunca sai do metrô. Existe muito mais informação sobre a cidade, mas ele perde o contexto daquilo que ocorre acima, na superfície, de cada estação”. Segundo a IHS Markit, empresa especializada em análises financeiras, o mercado do lar inteligente atingiu um total de 9,8 bilhões de dólares (31,4 bilhões de reais) em 2016 apenas nos Estados Unidos, com uma projeção de crescimento de 60% em 2017. Apesar da enorme polêmica gerada entre os consumidores pela ideia de Angle, os investidores já lhe deram o sinal verde para seguir adiante, com uma alta de 21% em suas ações em Wall Street . Fonte : El Pais

Rússia reconhece que há vários espiões entre diplomatas expulsos

Notícias28/03/2018Agência Brasil
Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, acusou os EUA de "pressão" e "chantagem" sobre os países ocidentais para que aceitassem expulsar diplomatas russos em represália pelo envenenamento do ex-espião

Rússia diz não saber nada sobre ex-espião supostamente envenenado

Notícias06/03/2018Agência Brasil
A Rússia classificou hoje (6) de "trágico" o incidente no qual o ex-espião russo Sergei Skripal foi hospitalizado na Inglaterra por suposto envenenamento, mas disse não saber nada sobre o caso....Por sua vez, Andrey Lugovoy, outro ex-espião e atual deputado russo acusado por Londres do envenenamento de seu colega Alexander Litvinenko, em 2006, classificou de "boletim de propaganda" a informação...O ex-espião duplo está agora internado em "estado crítico", segundo a última informação da polícia britânica.

Rússia expulsa diplomatas de 23 países por envenenamento de ex-espião

Notícias30/03/2018Agência Brasil
A Rússia expulsou hoje (30) diplomatas de 23 países no total, entre eles 16 membros da União Europeia (UE), por terem se solidarizado com o Reino Unido pelo envenenamento do ex-espião duplo Sergei Skripal

Filha de ex-espião envenenado deixa estado crítico e melhora com rapidez

Notícias29/03/2018Agência Brasil
A filha do ex-espião russo Sergei Skripal, Yulia, que foi envenenada junto com seu pai por um agente nervoso no último dia 4 em Salisbury, na Inglaterra, está "melhorando com rapidez e sua condição já...Na porta de casa O último boletim médico dos Skripal chega depois que a polícia britânica informou hoje que o ex-espião e sua filha estiveram expostos pela primeira vez ao agente nervoso de fabricação...Não obstante, baixas concentrações dessa toxina também foram encontradas em outros lugares de Salisbury, entre eles no automóvel do ex-espião e no restaurante italiano onde os Skripal comeram no dia 4.

Japão lança satélite espião para analisar instalações da Coreia do Norte

Notícias27/02/2018Agência Brasil
O Japão lançou hoje (27) com sucesso um foguete com um novo satélite espião destinado a tarefas como obter informação sobre as instalações de mísseis da Coreia do Norte, informou a Agência Aeroespacial...O Japão planeja posicionar até dez satélites espiões, incluindo os ópticos (destinados a captar fotografias a grande distância) e os equipado com radares (capazes de fazer imagens sem serem afetados por

Ponte dos espiões e o papel do advogado

Artigos17/05/2016Larissa Leitão
Ponte dos espiões, filme dirigido por Steven Spielberg baseado em fatos reais, mostra-nos a importância do papel exercido pelo advogado para a justa efetivação do processo, tendo em vista que um processo...Ponte dos espiões se estende além dessa questão, perpassando pelas negociações feitas através de Donavam para a troca de prisioneiros, isto é, a troca do espião russo Rudolf Abel por um piloto norte-americano...Ponte dos espiões: o advogado e sua profissão. Site Jus Brasil. Disponível em: http://canalcienciascriminais.jusbrasil.com.br/artigos/298829479 >. Acesso em: 7 abril 2016. STRECK, Lenio Luiz.

Reino Unido expulsa 23 diplomatas russos após envenenamento de ex-espião

Notícias14/03/2018Agência Brasil
O Reino Unido expulsará 23 diplomatas russos, por considerar que Moscou desprezou a gravidade do envenenamento do ex-espião Serguei Skripal e sua filha Yulia por um agente nervoso de fabricação russa,...O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou que seu país não tem relação com o envenenamento do ex-espião e sua filha, e que considera inaceitáveis as acusações sem provas.

Rússia diz que substância que envenenou ex-espião foi desenvolvido no Ocidente

Notícias17/03/2018Agência Brasil
O governo da Rússia afirmou neste sábado (17) que o agente nervoso Novichok, que segundo o Reino Unido foi utilizado para envenenar o ex-espião russo Sergei Skripal e a sua filha Yulia, foi desenvolvido...chefe do governo britânico, Theresa May, utilizou essa palavra russa quando acusou a Rússia de estar por trás do ataque a Skripal, com o argumento que o agente nervoso com o qual foram envenenados o ex-espião
Conteúdo exclusivo para assinantes

Acesse www.jusbrasil.com.br/pro e assine agora mesmo