protestos populares brasileiros em Todos os Documentos

821 resultados
Ordenar Por

Carta de Sentença

Artigos20/01/2020Seu Dir Imobiliário Lindiane Maciel
perante o cadastro de inadimplentes, após esgotado o prazo de pagamento da dívida de forma voluntaria em 15 dias, bastará que leve a certidão específica de inteiro teor da decisão judicial ao cartório de protestos

Protesto de Título

Artigos17/01/2020Seu Dir Imobiliário Lindiane Maciel
Após 0 protocolo do título ou documento de dívida no Cartório de Protestos de Títulos e Documentos, o Tabelião expedirá a intimação ao devedor para que cumpra com o pagamento dentro do prazo de 3 (três

Dilma anuncia encontro com o presidente do Senado para discutir proposta de convocação de plebiscito

Notícias25/06/2013Senado
A Agência Brasil publicou às 7h21 desta terça-feira (25) que a presidente Dilma Rousseff tem uma série de reuniões hoje com o objetivo de discutir soluções para encerrar a onda de manifestações no país. Estão marcadas conversas ao longo do dia com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coelho, e do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Nessas reuniões será debatida a proposta de convocação de um plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política. Este é o segundo de reuniões da presidente com vistas a discutir formas de atender as reivindicações "das ruas". Na tarde de segunda (24) ela recebeu no Palácio do Planalto representantes do Movimento Passe Livre (MPL) de São Paulo, governadores e prefeitos. Veja a matéria da Agência Brasil

A ditadura que eles querem

Artigos29/07/2014Guilherme Scalzilli
A criminalização dos protestos violentos começa na Constituição Federal . Ali consta o veto à máscara, à destruição do patrimônio e ao bloqueio surpreendente de vias públicas.

OAB-BA oferece solidariedade a manifestantes baianos e participará de protestos nesta segunda

Notícias17/06/2013Bahia Notícias
O órgão também se fará presente nos protestos agendados para esta quinta-feira (20).

Polícia do Rio terá Robocops contra manifestações

Notícias09/03/2014Folha Política
A Polícia Militar do Rio de Janeiro vai estar preparada para os protestos previstos durante a Copa do Mundo, em junho.

Senadores propõem que protestos durante a Copa sejam considerados terrorismo e punidos com até 30 anos

Notícias21/01/2014Anderson Ferraz
Novidade : Resposta da senadora Ana Amélia à publicação "Senadores propõem que protestos durante a Copa sejam considerados terrorismo e punidos com até 30 anos" De autoria dos senadores Marcelo Crivella...Caso, em manifestações pacíficas, alguns sujeitos, inclusive infiltrados por opositores aos protestos, iniciem depredações, haverá uma preocupação em distinguir participantes pacíficos?...Felipe Garcia Folha Política http://www.folhapolitica.org/2013/06/senadores-propoem-que-protestos-durante.html

Estudantes pedem 100% dos royalties do petróleo para a educação

Notícias27/06/2013Senado
Senado, Renan Calheiros, e pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), representantes da UNE e a Ubes dizem que sua pauta de reivindicações abrange, além do dinheiro para educação, as bandeiras dos protestos

Você é o “peão” e não vai dar o xeque-mate

Artigos12/03/2015Amorim Sangue Novo
dinheiro para uma emergência qualquer. https://www.youtube.com/embed/McopWveGxcc Aécio apóia, mas, de novo, não vai ao protesto Assim como em dezembro do ano passado, quando divulgou um vídeo convocando protestos...reagiu com ironia às críticas do PT de que o panelaço contra o pronunciamento da presidente tenha sido apoiado pela oposição ao governo; "Não conseguiríamos comprar tantas panelas para atender a tantos brasileiros

Justiça arquiva processo contra acusado de lançar coquetel molotov em protesto no Rio

Notícias30/07/2013Agência Brasil
Vitor Abdala Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro - A Justiça do Rio de Janeiro decidiu arquivar o processo contra Bruno Ferreira Teles, acusado de atirar coquetéis molotov em policiais militares, durante manifestação em frente ao Palácio Guanabara. A decisão foi tomada pela juíza da 21ª Vara Criminal, Ana Luiza Coimbra Nogueira, segundo informações divulgadas pelo Ministério Público, que pediu o arquivamento. O Ministério Público considerou que apenas a palavra do policial militar que prendeu Bruno não é indício suficiente de autoria para justificar a deflagração da instância penal, em não havendo outras provas. O MP constatou que as imagens da manifestação mostram que ele não estava no local de onde foram arremessados os artefatos incendiários. Ao mesmo tempo em que pediu o arquivamento do processo, a promotora Janaína Vaz Candela Pagan pediu à Auditoria Militar a investigação da conduta do policial que prendeu Bruno. Além de ter feito a acusação contra o jovem na Polícia Civil, o PM ainda usou taser (arma não letal) contra o manifestante. Edição: Talita Cavalcante Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil
Conteúdo exclusivo para assinantes

Acesse www.jusbrasil.com.br/pro e assine agora mesmo