Página 8 da NORMAL do Diário Oficial do Estado do Espírito Santo (DOEES) de 19 de Outubro de 2015

TURISMO

Marlin azul é declarado

peixe-símbolo do Espírito Santo

O novo ícone capixaba foi oficializado na última quinta-feira (15), com a publicação da Lei Nº 10.426

Considerada a capital mundial do marlin, Vitória, capital do Espírito Santo, tem dois recordes internacionais pela captura de marlim azul e branco: o mundial de marlim azul é um peixe de 636 quilos, que foi capturado em fevereiro de 1992, e o do marlim branco com um peixe de 82,5 quilos, capturado em dezembro de 1979. A espécie azul agora é o peixe-símbolo do Estado.

O secretário Estado de Turismo, José Sales Filho, ressalta que o Estado é referência em pesca esportiva oceânica. “Pescadores do mundo inteiro são fascinados pela quantidade e tamanho dos peixes do litoral capixaba. O marlin-azul é um dos destaques da pesca esportiva no Espírito Santo, e atrai diversos turistas que sonham em encontrá-lo”.

O marlin-azul agora é o peixesímbolo do Espírito Santo. O novo ícone capixaba foi oficializado na última quinta-feira (15), com a publicação no Diário Oficial do Espírito Santo, da Lei Nº 10.426, decretada pela Assembleia Legislativa do Estado e sancionada pelo governador Paulo Hartung.

A lei declara o Makaira nigricans, popularmente conhecido como marlim -azul ou espadarte-azul, peixe-símbolo do Estado do Espírito Santo e também institui o Dia Estadual do Marlim Azul, que será comemorado anualmente no dia 28 de fevereiro.

O MARLIM - O marlim azul é o peixe mais cobiçado da pesca esportiva oceânica. Com dorso azul-cobalto e bico pontiagudo, destaca-se por sua velocidade e valentia. Por isso, tornouse símbolo de tudo que o mar tem de >>> Com dorso azul-cobalto e bico pontiagudo, o marlin-azul destaca-se por sua velocidade e valentia. Por isso, tornou-se símbolo de tudo que o mar tem de desafio, mistério e aventura

desafio, mistério e aventura. 130 Ib, varas e carretilhas de 700 metros

É possível encontrá-lo na superfície de linhas. Em relação às iscas naturais, durante o dia. À noite, o marlim procura as preferidas são farnagaios e soroas águas mais profundas sem mani- rocas. Entre as artificiais, as melhores festar muito interesse por alimentos. são as lulas.

Os maiores exemplares podem pesar A melhor época de pesca do marlim mais de 650 quilos e medir 4 metros de azul é de outubro a março, e do marlim

comprimento. branco em novembro, mas, em qualquer

Para capturá-lo são necessários época do ano, a pesca é farta e certa. materiais pesados, como linhas de até A pesca esportiva não é predatória,

* * *

pois não retira o peixe do meio ambiente, e o objetivo é fisgar o animal, não para consumo ou comércio, mas pelo prazer de pescar. Após pesar, medir e fotografar, o pescador o devolve para a água.

Para o que o peixe não fique debilitado existem equipamentos e acessórios diferenciados para esse tipo de pesca. Anzóis, iscas, entre outros, são idealizados com o intuito de não ferir o peixe. Porto de São Mateus recebe curso voltado para o turismo

Moradores do Porto de São as ações do Programa Qualifica ES interpretação ambiental e técnicas de 2010, o Programa Qualifica ES Mateus vão participar, de hoje até Turismo, tem como meta promover a condução de turista em atrativos natu- Turismo é fruto de parceria entre o próximo dia (30), do curso ‘Téc- valorização do Sítio Histórico de São rais, visando estimular a manutenção a Setur e o Serviço Nacional de nicas para Monitor de Turismo’, Mateus e qualificar os moradores do e o fortalecimento do ecoturismo local. Aprendizagem Comercial (Senac) e

promovido pelo Governo do Estado, local e do entorno. A capacitação vai acontecer no res- já qualificou mais de 12 mil pessoas

por meio das secretarias de Cultu- Com carga horária de 40 horas, taurante Samburá, localizado no Sítio em todo o Estado. Seu objetivo é ra (Secult) e de Turismo (Setur), o curso ‘Técnicas para Monitor de Histórico de São Mateus. As vagas para promover o desenvolvimento do em parceria com a prefeitura do Turismo’ vai proporcionar aos partici- o curso já estão todas preenchidas. turismo e estimular o crescimento

município. pantes a aquisição de conhecimentos socioeconômico das Regiões

A capacitação, que integra sobre ecoturismo, turismo de aventura, O PROGRAMA - Desenvolvido desde Turísticas do Espírito Santo.