Página 10613 da Suplemento - Seção III do Diário de Justiça do Estado de Goiás (DJGO) de 11 de Janeiro de 2021

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

ressarcimento de prejuízos, se houver (CPC, art. 807).

Outrossim, se a coisa tiver sido alienada quando já litigiosa, caso solicitado, expeça-se mandado contra o terceiro adquirente, que somente será ouvido após depositá-la (CPC, art. 808).

Será resolvida em perdas e danos, o valor da coisa, quando essa se deteriorar, não for encontrada ou não for reclamada do poder de terceiro adquirente (CPC, art. 809).

Se for impossível a avaliação, o exequente apresentará estimativa, sujeitando-se ao arbitramento judicial.

O valor da coisa e os prejuízos serão apurados em liquidação de sentença.

Altere-se o valor da causa, conforme informado na emenda da inicial no evento 06, intimando em seguida a parte autora para recolher as custas complementares no prazo de 15 (quinze) dias.

Intimem-se.

Pires do Rio/GO, 08 de janeiro de 2020.

(assinatura digital)

Hélio Antônio Crisóstomo de Castro

Juiz de Direito

Obs.: Não há necessidade de assinatura física/manual, conforme art. , § 2º, III, a, da Lei 11.419/06. Para conferência, utilize o código de validade do documento e acesse o site do TJGO.