Página 130 da Industria e Comercio do DOERS (DOERS) de 23 de Abril de 2021

Publicado por DOERS
há 2 meses
Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

Grazziotin Financiadora S.A – Crédito Financiamento e Investimento | CNPJ 06.339.468/0001-91 – NIRE 43.300.044.157 - RELATÓRIO DOS ADMINISTRADORES - Srs. Acionistas: Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à sua apreciação, os resultados obtidos, bem como as atividades e ações desenvolvidas no 2º semestre 2020. 1. Situação Econômico-Financeira e Operações de Crédito a) Resultado O lucro líquido obtido no 2º semestre de 2020 foi de R$ 2.868 milhões. O resultado é decorrente das operações de crédito pessoal e das vendas por CDC da controladora. b) Operações - b.1) Crédito Pessoal: Continuamos com a estratégia de concessão de Empréstimos, apenas aos clientes já cadastrados na controladora e com bom perfil. Esta estratégia nos permite riscos de perdas significativamente menores do que as existentes no mercado. b.2) Crédito Direto ao Consumidor: Estas operações são efetuadas conforme necessidades da controladora. 2. Gerenciamento de Riscos: O gerenciamento de riscos é considerado um dos elementos essenciais na condução das atividades da instituição, adotando práticas em absoluta consonância com os preceitos do Acordo de Basiléia II. Entre os principais riscos gerenciados pela instituição, destaca-se, o operacional, o de mercado, o de crédito e o de liquidez, cujas estruturas estão apresentas a seguir. O gerenciamento de riscos é regulamentado pela resolução nº 4.557 de 23/02/17, segundo a qual a instituição estrutura suas políticas e diretrizes para a atividade de gerenciamento dos riscos. a) Risco Operacional: A gestão do Risco Operacional foi consolidada, e promoveu uma série de ações relativas à gestão de riscos, contemplando a adoção das melhores práticas de mercado e a adequação aos normativos pertinentes. Todas as providências visando à conformidade com as exigências normativas estão sendo tomadas, sempre observando os prazos fixados pela regulamentação vigente. Dentre as iniciativas desenvolvidas para a gestão de risco operacional na Instituição, destacam-se as seguintes: -Indicação do diretor responsável pelo risco operacional; -Indicação do Colaborador Responsável pelo Gerenciamento do Risco Operacional; -Elaboração e divulgação das políticas e processos de gestão de riscos operacionais, através de Manuais e Circulares internas; -Instituição e mapeamento dos processos de registros manuais e operacionais das áreas envolvidas; -Identificação e avaliação dos fatores de risco operacionais nos principais processos; -Mapeamento das ações de tratamento necessárias para redução do nível de exposição ao risco; -Elaboração de treinamento à distância para dirigentes, gerentes e colaboradores e divulgação de conteúdos voltados à disseminação da cultura de gerenciamento de riscos. Processos de gestão de continuidade de negócio foram instituídos como um dos principais elementos mitigadores do risco operacional na instituição, elevando o nível de proteção dos recursos tecnológicos contra falhas ou interrupções nos sistemas de tecnologia da informação que dão suporte ao negócio. A área responsável pela Gestão do projeto de Continuidade é a área de Tecnologia da Informação. b) Risco de Mercado: Define-se risco de mercado, a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes da flutuação nos valores de mercado de instrumentos detidos pelas instituições financeiras. A gestão dos riscos de mercado pela instituição, consiste no processo de identificação e avaliação dos riscos existentes ou potenciais, e no seu efetivo monitoramento e controle, conduzidos através da adoção de limites consistentes com as estratégias de negócios, de políticas e processos de gestão e de metodologias voltadas a sua administração e à alocação de capital econômico compatível com os riscos incorridos. A exposição da Instituição ao Risco de Mercado é reduzida, devido à Instituição não operar com ativos de maior risco, tais “commodities” e moedas estrangeiras. c) Risco de Crédito: O Risco de Crédito define-se como sendo a possibilidade de ocorrência de perdas associadas ao não cumprimento pela contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados. A Gestão do Risco de Crédito consiste em trabalhar preventivamente, desde a liberação até a recuperação do crédito, estimando, segundo critérios consistentes e prudentes, limites aceitáveis de perdas e adotando índices para essa avaliação. Para manter essa exposição em níveis aceitáveis, contem políticas e estratégias documentadas em manuais. 3. Risco de Liquidez: Entende-se por liquidez a capacidade de uma instituição honrar seus compromissos financeiros no vencimento, incorrendo em pouca, ou nenhuma perda. E defini-se como gestão do risco de liquidez, o conjunto de processos que visam garantir a capacidade de pagamento da instituição, considerando o planejamento financeiro, os limites de riscos e a otimização dos recursos disponíveis. Não importa qual o fator que inicie o colapso em uma instituição financeira, a falta de liquidez será sempre o motivo de sua falência. A Estrutura de Gerenciamento de Risco de Liquidez adotada pela Grazziotin Financiadora deve identificar, avaliar, monitorar e controlar os riscos associados a instituição. 4. Estrutura do Capital: Com a ampliação das operações sem acréscimo, a necessidade de capital na Financiadora ficou reduzida. Os recursos passaram a ser utilizados na Controladora. Entretanto, se as condições de mercado se alterar, esta disponibilizará os recursos necessários. Para melhor controle e avaliação dessas necessidades, a instituição possui estrutura de Gerenciamento de Capital (Resolução Bacen nº 4.557/17), prevendo entre outros, o planejamento de metas e projeções de capital, de ativos, passivos, receitas e despesas, as ameaças e oportunidades relativas ao ambiente econômico e de negócios, bem como metas de crescimento. A descrição da estrutura de Risco Operacional, Mercado, Crédito e Liquidez e do processo de Gerenciamento de Capital encontra-se na sede da Grazziotin Financiadora S/A e disponível no site www.grazziotin.com.br. Passo Fundo, Abril de 2021. A Diretoria

Balanços patrimoniais em 31 de dezembro 2020 e 2019

(Em milhares de Reais)

Nota 2020 2019

Caixa e equivalentes de caixa 4 3.409 14

Aplicações interfinanceiras de liquidez 5 2.015 8.460

Instrumentos financeiros 65.613 19.406

Operações de crédito 6 65.613 19.406

Provisão para perdas esperadas (367) (181)

Associadas ao risco de crédito (367) (181)

Operações de crédito 6 (367) (181)

Outros ativos 7 55 -

TOTAL DO ATIVO 70.725 27.699

Nota 2020 2019

Depósitos e demais instrumentos financeiros 46.146 6.051

Recursos de aceites cambiais 46.146 6.051

Recursos de aceites cambiais 8 46.146 6.051

Outros passivos 1.368 639

Cobrança e arrecadação de tributos e assemelhados 22 29

Fiscais e previdenciárias 373 84

Dividendos a pagar 686 -

Outras obrigações - diversas 9 287 526

Patrimônio líquido 10 23.211 21.009

Capital Social 18.000 18.000

Reserva legal 1.778 1.633

Reserva estatutária 3.433 1.376

TOTAL DO PASSIVO 70.725 27.699

Demonstração do resultado em 31 de dezembro de 2020 e 2019

(Em milhares de Reais)

2020 2019

Nota 2º semestre Exercício Exercício

Receita da intermediação financeira 12 6.627 8.034 2.542

Rendas de operações de crédito 6.603 7.888

Resultado de operações com títulos e valores mobiliários 24 146 2.542

Despesa da intermediação financeira (529) (650) (297)

Operações de captação no mercado 15.c (318) (360) (169) Provisão para perdas esperadas assoc. ao risco de crédito (211) (290) (128) Resultado bruto da intermediação financeira 6.098 7.384 2.245 Outras receitas (despesas) operacionais (1.254) (2.025) (1.195)

Receita de prestação de serviços 4 8 36

Remuneração dos administradores 15.a (467) (941) (952)

Despesas de pessoal (126) (192) (125)

Outras despesas administrativas 13 (422) (649) (483)

Despesas tributárias 14 (320) (385) (296)

Outras receitas operacionais 77 134 625

Resultado antes da tributação sobre o lucro 4.844 5.359 1.051 Imposto de renda e contribuição social (2.241) (2.472) (395) Imposto de renda e contrib. social correntes 11 (2.241) (2.472) (395)

Lucro líquido do período e exercício 2.603 2.887 656

Quantidade de ações do capital social 200 200

Lucro líquido por ação 14,4374 3,2804

Demonstração do Resultado Abrangente em

31 de dezembro de 2020 e 2019 (Em milhares de Reais)

2020

2019

2º semestre Exercício Exercício

Lucro líq. do período 2.603 2.887 656

Outros resultados abrangentes - - -

Resultado abrangente total 2.603 2.887 656

Demonstrações das mutações do patrimônio líquido em 31 de dezembro de

2020 e 2019 (Em milhares de Reais)

RESERVA DE LUCROS

Capital Reserva Reserva Lucros

Nota social legal estatutária acumulados Total Saldos em 1 de jan/19 18.000 1.600 753 - 20.353 Lucro líquido do período - - - 656 656 Destinação do lucro - 33 623 (656) -Saldos em 31 de dez/19 18.000 1.633 1.376 - 21.009 Mutações do patrimônio

Saldos em 01 de jan/20 18.000 1.633 1.376 - 21.009 Lucro líquido do período - - - 284 284 Destinação do lucro - 14 270 (284) -Dividendos a pagar - - - - -Saldos em 30 de jun/20 18.000 1.647 1.646 0 21.293 Lucro líquido do período - - - 2.603 2.603 Destinação do lucro - 131 1.787 (1.918) 0 Dividendos a pagar - - - (686) (686) Saldos em 31 de dez/20 10 18.000 1.778 3.433 - 23.211 Mutações do patrimônio - 145 2.057 0 2.202

Demonstrações dos fluxos de caixa em

31 de dezembro de 2020 e 2019 - Método Indireto (Em milhares de Reais)

2020 2019

Fluxos de caixa das atividades operacionais 2º semestre Exercício Exercício Lucro líquido do período e exercício 2.603 2.887 655 Ajustes para conciliar o resultado ao caixa

e equiv. de caixa gerados pelas atividades operac.: 2.452 2.762 (267) Prov. para perdas esperadas assoc. ao risco de crédito 211 290 128 Imposto de renda e contribuição social 2.241 2.472 (395)

Resultado líquido ajustado 5.055 5.649 389

Variações nos ativos e passivos (1.797) (2.254) (442)

(Aumento) em depositos interfinanceiros 5.406 6.445 1.384 (Aumento) em operações de crédito (37.411) (45.285) (5.091)

(Aumento) em outros créditos 394 (55) 132

Aumento/(Redução) em outras obrigações (6.833) (1.463) (414) Aumento/(Redução) em aceites cambiais 38.470 40.095 3.547 Imposto de renda e contribuição social pagos (1.824) (1.991) -Caixa líq. gerado pelas (aplicado nas) ativ. operac. 3.258 3.395 (53) Aumento/(Redução) no caixa e equiv. de caixa 3.258 3.395 (53)

No início do período e exercício 151 14 67

No fim do período e exercício 3.409 3.409 14

Aumento/(Redução) no caixa e equivalentes de caixa 3.258 3.395 (53)

Demonstração do Valor Adicionado em 31 de dezembro de 2020 e 2019

(Em milhares de Reais)

2020 2019

2º semestre Exercício Exercício

RECEITAS 6.573 7.806 3.042

Rendas de operações de crédito 6.603 7.888 2.542

Rendas de prestação de serviços 5 8 35

Prov. para perdas esper. assoc. ao risco de crédito (162) (290) (128)

Outras 127 200 592

DESPESAS DE ACEITES CAMBIAIS (317) (360) (169) INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (384) (570) (370)

Serviços de terceiros (434) (649) (404)

Recuperação de créditos baixados com prejuízo 49 79 33

VALOR ADICIONADO BRUTO 5.872 6.877 2.502

VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR 5.872 6.877 2.502 DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO 5.872 6.877 2.502

PESSOAL 592 1.133 1.077

Remuneração direta 466 893 847

Benefícios 25 42 24

Encargos sociais 101 198 205

IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES 2.677 2.856 770

Federais 2.677 2.856 768

Municipais 0 0 2

REMUNERAÇÃO DE CAPITAIS PRÓPRIOS 2.603 2.856 655

Lucros Retidos 2.603 2.887 655 Notas explicativas às demonstrações financeiras (Em milhares de Reais) - 1.

Contexto operacional: A Grazziotin Financiadora S.A. - Crédito, Financiamento e

Investimentos (“Financeira”) instituição financeira privada nacional, com sede em

Passo Fundo, Estado do Rio Grande do Sul, foi constituída em 2004 e está autorizada

a operar com financiamento de operações de compra a prazo, de operações de crédito

pessoal, financiamento e investimento. Sua constituição, formalizada em Ata de

Assembleia Geral de Constituição, recebeu autorização para todas e quaisquer

operações de crédito, financiamento e investimento. A acionista Trevi Participações

Ltda. Sua controladora e possui 99,99% das ações. Grazziotin Financiadora tem o

intuito de oferecer aos clientes das lojas do Grupo financiamento através do Crédito

Direto ao Consumidor (CDC) e Crédito Pessoal, atendendo as necessidades

financeiras dos clientes. 2. Apresentação e elaboração das demonstrações

financeiras : As demonstrações financeiras da Grazziotin Financiadora S.A. Crédito,

Financiacmentos e Investimentos (“Financeira”, “Companhia”) foram elaboradas em

conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis a instituições

autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil e de acordo com as normas e

instruções do Conselho Monetário Nacional (CMN), quando aplicável. A apresentação

dessas demonstrações financeiras está em conformidade com o Plano Contábil das

Instituições do Sistema Financeiro Nacional (COSIF) e os Pronunciamentos emitidos

pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), aprovados pelo Banco Central do

Brasil até o momento. As demonstrações financeiras incluem estimativas e premissas,

como estimativa do valor justo de determinados instrumentos financeiros, provisão

para contingências, provisão para perdas esperadas associadas ao risco de crédito e

outras provisões. Os resultados efetivos podem ser diferentes daquelas estimativas e

premissas. A Financeira efetua a revisão das estimativas e das premissas pelo menos

semestralmente. Em 05 de Abril de 2021, a Diretoria executiva aprovou as

demonstrações financeiras e autorizou divulgá-las, a partir dessa data. 3. Descrição

das principais práticas contábeis: a.Moeda funcional: Estas demonstrações

financeiras estão apresentadas em Reais, que é a moeda funcional da Financeira.

Todos os saldos foram arredondados para o milhar mais próximo, exceto quando

indicado de outra forma. b. Caixa e equivalente de caixa: Caixa e equivalentes de

caixa são representados por disponibilidades em moeda nacional, moeda estrangeira,

quando aplicável, aplicações interfinanceiras de liquidez, cujo vencimento das

operações na data da efetiva aplicação seja igual ou inferior a 90 dias e apresentem

risco insignificante de mudança de valor justo, que são utilizados pela Instituição para

gerenciamento de seus compromissos de curto prazo. c. Apuração de resultados: As

receitas e as despesas são escrituradas pelo regime de competência. d. Aplicações

interfinanceiras de liquidez: Representam operações a preços fixos referentes às

compras de títulos com compromisso de revenda e estão demonstradas pelo valor de

c. Composição da carteira de operações de crédito:

resgate, líquidas dos rendimentos a apropriar correspondentes a períodos futuros. e.

2020 2019

Setor privado

Empréstimos – CPP 112 535

Financiamento – CDC 65.501 18.871

Provisões para perdas esperadas

associadas ao risco de crédito (367) (181)

Total 65.246 19.225

Circulante 65.246 19.225

Realizável a longo prazo - -

Total 65.246 19.225

Empr. Financ. Total Total

Tipo cliente CPP CDC 2020 2019

Pessoas físicas 112 65.501 65.613 19.406

Pessoas jurídicas - - - -

Total da carteira 112 65.501 65.613 19.406

Total das provisões para perdas

esperadas associadas ao risco de crédito (26) (341) (367) (181)

Total líquido 86 65.159 65.246 19.225

b. Composição da carteira por vencimento : As operações de crédito apresentam o seguinte perfil por faixa de vencimento das parcelas:

Vencimento Empr. CPP Financ. CDC Total/20 Total/19

Vencidos - a partir de 15 dias 26 - 26 32

A Vencer

Até 3 meses 23 41.854 41.877 6.458

De 3 a 12 meses 53 23.647 23.700 12.916

Acima de 12 meses 10 - 10 -

Total da carteira 112 65.501 65.613 19.406

Total das provisões para perdas

esperadas associadas

ao risco de crédito - Curto prazo (26) (341) (367) (181)

Total das provisões para

perdas esperadas associadas

ao risco de crédito (26) (341) (367) (181)

Total líquido 86 65.160 65.246 19.225 Operações de crédito e provisão para perdas esperadas associadas ao risco de crédito: As operações estão classificadas de acordo com as características de garantia e os valores individuais envolvidos, e a constituição da provisão para perdas esperadas associadas ao risco de crédito foi definida para cobrir eventuais perdas e leva em consideração os riscos específicos e globais da carteira, bem como as diretrizes estabelecidas pela Resolução nº 2.682, de 21 de dezembro de 1999 do CMN. As baixas de operações de crédito contra prejuízo (write-offs) são efetuadas após decorridos seis meses de sua classificação no rating H, desde que apresentem atraso superior a 180 dias. O controle das operações de crédito ocorre em contas de compensação por, no mínimo, cinco anos, não sendo registrados posteriormente. As rendas de operações de crédito vencidas há mais de 60 dias, independentemente de seu nível de risco, somente são reconhecidas como receita quando efetivamente recebidas. As operações renegociadas são mantidas, no mínimo, no mesmo nível em que estavam classificadas quando da data da renegociação. As renegociações que já haviam sido baixadas contra a provisão e que estavam em contas de compensação, são classificadas como nível H, e as eventuais receitas provenientes da renegociação somente são reconhecidas quando efetivamente recebidas. Quando houver amortização significativa da operação ou quando novos fatos relevantes justificarem a mudança do nível de risco, poderá ocorrer a reclassificação da operação para categoria de menor risco. f. Tributos: Os tributos são apurados com base nas alíquotas demonstradas no quadro a seguir:

Tributos Alíquotas vigentes

Imposto de Renda (15% + adicional de 10%) 25%

Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) 15%

PIS/PASEP 0,65%

Contribuição para Financ. da Seguridade Social (COFINS) 4%

Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) 2,2% e 4,2%

Os créditos tributários de imposto de renda e contribuição social são constituídos sobre diferenças temporariamente indedutíveis, prejuízo fiscal de imposto de renda e base negativa de contribuição social. As alíquotas aplicáveis são de 15% para a contribuição social e de 15% (mais adicional de 10% conforme a legislação) para imposto de renda sobre o lucro tributável apurado no período, ajustado por diferenças permanentes e temporárias. g. Estimativas : Na elaboração das demonstrações financeiras é necessário utilizar estimativas para contabilizar certos ativos, passivos e outras transações. As informações financeiras da Financeira incluem estimativas e premissas, como a mensuração de provisões para perdas com operações de crédito, estimativas do valor justo de determinados instrumentos financeiros, provisão para contingências, outras provisões e projeções de realização de créditos tributários. Os resultados efetivos podem ser diferentes daquelas estimativas e premissas. A Financeira revisa as estimativas e as premissas pelo menos trimestralmente. h. Reapresentação dos saldos comparativos: Os balanços patrimoniais de 31 de dezembro de 2019, as demonstrações de resultado e as demonstrações dos fluxos de caixa de 30 de junho de 2019, apresentadas para fins de comparação, foram reclassificados conforme Resolução nº 4.720/19 do CMN e Circular nº 3.959/19 do Bacen. Como consequência, as nomenclaturas e/ou saldos apresentados nessas demonstrações financeiras podem deferir daqueles apresentados em períodos anteriores, conforme demonstrado a seguir.

Demonstrações do Resultado - Ativo

Public. 31/12/2019

De Para 31/12/19 Recl. (Reapres.)

(14)

Disponibilidade Caixa e equivalente de caixa 14 14 14

Prov. para Perdas Prov. p/Perdas Esperadas 181

em Oper. de Crédito

Assoc. ao Risco de Crédito (181) (181) (181)

Outros Créditos Outros ativos - - -

Balanço Patrimonial - Passivo

Public. 31/12/2019

De Para 31/12/19 Recl. (Reapres.)

(526)

Diversas Outras obrigações - Diversas 526 526 526

Demonstrações do Resultado

Public. 31/12/2019

De Para 31/12/19 Recl. (Reapres.)

(1.306)

Operações de Crédito Renda de oper. de crédito 1.306 1.306 1.306

Operações p/ Créditos Provisão para crédito (119)

de Liquidação Duvida perdas esperadas

119 119 119

i. Resultado recorrente e/ou não recorrente: A financeira considera como recorrentes os resultados oriundos das operações realizadas de acordo com o objeto social da Instituição, considerando seu Estatuto Social, sendo este “a realização de operações de financiamento, a prazos curto e médio, para suprimentos de capital fixo ou de movimento, mediante a aplicação de recursos próprios e coleta, intermediação e aplicação de recursos de terceiros, assim como a administração de valores mobiliários e quaisquer outras atividades permitidas, isto é, a realização de todas as operações e serviços de previsão para instituições da espécie, contempladas na Lei nº 4.595, de 31 de dezembro de 1964, segundo as normas editadas pelas autoridades competentes, ou que venham a ser permitidas por essas mesmas autoridades”. Além disto, a Administração considera como não recorrentes os resultados que não estejam relacionados ou estejam relacionados incidentalmente com as atividades típicas da instituição e resultados que não estejam previstos para ocorrer com frequência nos exercícios futuros. Para os exercícios de 2020 e 2019, o resultado da financeira foi obtido exclusivamente com base em resultados recorrentes. 4. Caixa e equivalente de caixa: (a) Disponibilidades são representadas por depósitos bancários.

2020 2019

Disponibilidades (a) 3.409 14

Total 3.409 14

(a) São aplicações em CDI/DI com taxa de 96,5 a 97% e normalmente mantidas até o vencimento. 5. Aplicações interfinanceiras de liquidez:

2020 2019

Depósitos interfinanceiros (a)

2.015 8.460

Total

2.015 8.460

6. Operações de crédito: As operações de crédito são compostas de empréstimos e financiamentos concedidos a pessoas físicas, decorrentes de operações de aquisições de mercadorias através de CDC. Essas operações estão classificadas de acordo com o previsto na Resolução nº 2.682, de 21 de dezembro de 1999 do CMN, em função das características de garantia e dos valores individuais envolvidos. a. Composição das operações de crédito

Provisão em 2020

Mínima

(Resolução nº 2.682/99)

%

Nível Empr. CPP Financ. CDC Total em R$

0,5%

A 86 66.011 66.097 (330)

10%

D - - - -

30%

E - - - -

50%

F - - - -

70%

G - - - -

100%

H 26 11 37 (37)

Total 112 66.022 66.134 (367)

Provisão em 2019

Mínima

(Resolução nº 2.682/99)

Nível Empr. CPP Financ. CDC Total % em R$

A 409 18.860 19.269 0,5% (96)

D 8 1 9 10% (1)

E 7 - 7 30% (2)

F 9 - 9 50% (5)

G 11 - 11 70% (8)

H 64 5 69 100% (69)

Total 535 18.871 19.406 181

d. Movimentação da provisão para perdas esperadas associadas ao risco de crédito

2020 2019

Saldo inicial – dezembro exercício anteior 181 155

Constituição/reversão de provisão

para perdas esperadas associadas ao risco de crédito 525 153

Créditos baixados contra prejuízo (a) (339) (127)

Saldo final 367 181

(a) Os créditos baixados contra prejuízos obedecem às práticas contábeis descritas na Nota Explicativa nº 3.e. No exercício de 2020 foram recuperados R$ 79 (R$ 33 em 31 de dezembro de 2019) dos valores baixados como prejuízo. A empresa não adota renegociação. 7. Outros créditos – Diversos:

2020 2019

Devedores diversos - País (a) 55 -

Total 55 -

Circulante 55 -

Total 55 -

(b) O valor de devedores diversos país referem-se a valores nas operações de empréstimos e financiamentos com a controladora indireta Grazziotin S/A.

8. Obrigações com aceites cambiais:

2020 2019

A vencer de 1 a 3 anos (a) 46.146 6.051

Total 46.146 6.051

(a) Refere-se a valores aplicados pela controladora indireta Grazziotin S/A mediante aquisição de letras de câmbio. 9. Outras obrigações – Diversas:

2020 2019

Credores diversos - País (a) 257 498

Provisão para pagamentos a efetuar (b) 29 23

Obrigações trabalhistas 11 5

Total 287 526

Circulante 287 526

Total 287 526

(a) O valor de credores diversos país referem-se a valores nas operações de empréstimos e financiamentos com a controladora indireta Grazziotin S/A. (b) Refere-se a pagamentos a fornecedores a vencer nos próximos 30 dias. 10. Patrimônio líquido - Capital social: O capital social subscrito e integralizado está representado por 200.000 ações ordinárias nominativas sem valor nominal de acionistas domiciliados no País. Reserva legal: É constituída à razão de 5% do lucro líquido apurado em cada exercício social, nos termos do art. 193 da Lei nº 6.404/76, até o limite de 20% do capital social. Reserva estatutária: É constituída conforme estatuto social onde não poderá exceder 80% do capital social e tem por finalidade o financiamento do capital de giro da Companhia. Juros sobre capital próprio/dividendos: Conforme o parágrafo quarto, do art. 19, do estatuto, é assegurada a distribuição de dividendos obrigatórios de 25% (vinte e cinco por cento) do lucro líquido ajustado nos termos do art. 202, da Lei nº 6.404/76 alterada pela lei 10.303/01. Demonstração do cálculo dos dividendos:

2020 2019

Lucro líquido do exercício 3.152 656

(-) Reserva legal (158) (33)

(-) Reserva estatutária (2.246) (623)

Base de cálculo dos dividendos 2.994 623

Dividendos mínimos obrigatórios distribuídos 748 -

Total de dividendos 748 -

11. Imposto de renda e contribuição social: Demonstramos, abaixo, a apuração do imposto de renda e da contribuição social para semestre e exercício findo em 31 de dezembro de 2020 e 2019. a. Imposto de renda e contribuição social correntes:

2º Sem./20 Dez./20 Dez./19

Lucro antes do imp. de renda e da contrib. social

5.365 5.881 1.050

Efeito das adições e das excl. no cálculo dos tributos

210 271 29

Diferenças temporárias de provisões

193 276 56

(-) Exclusões por perdas fiscais

17 (5) (27)

Base de cálculo do imposto de renda e da contrib. social

5.575 6.152 1.079

Imposto de renda e contribuição social - Corrente

2.152 2.729 395

Em 31 de dezembro de 2020, o montante não reconhecido relativo aos créditos tributários sobre diferenças temporárias (ativos fiscais diferidos) é de R$ 132 (R$ 4 em 2019). Não existem valores sob decisão judicial. 12. Receita de operações de crédito:

2020 2019

Receita com juros contratuais 8.410 2.542

Resultado de operações com títulos e valores mobiliários 146 -

Total 8.556 2.542

13. Outras despesas administrativas:

2020 2019

Despesas de serviços de terceiros (a) (220) (98)

Despesas com processamento de dados (238) (194)

Despesas com propaganda e publicidade (28) (20)

Contribuição filantrópica (45) (13)

Despesas de comunicações (25) (28)

Corretagens e emolumentos (50) (49)

Impostos e taxas (10) (2)

Despesas bancárias (33) (79)

Total (649) (483)