Página 17 do Diário Oficial do Estado do Mato Grosso (DOEMT) de 20 de Maio de 2021

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

PORTARIA Nº 349/2021/GS/SEDUC/MT.

Dispõe sobre a execução do Plano

Estadual de Readaptação do Profissional

da Educação - PERPE, objetivando a

reinserção do servidor, de acordo com

suas capacidades laborais no âmbito da

Secretaria de Estado de Educação de

Mato Grosso e dá outras providências.

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE EDUCAÇÃO , no uso das

atribuições legais que lhe confere o art. 71, da Constituição Estadual de

Mato Grosso de 1989 e tendo em vista o artigo 37, § 13, da Constituição

Federal de 1988; a Emenda Constitucional nº 92, de 21 de agosto de

2020 que altera e acrescenta dispositivos na Constituição do Estado de

Mato Grosso; a Lei Complementar nº 04, de 15 de outubro de 1990; a Lei

Complementar nº 50, de 01 de outubro de 1998; o Decreto nº 1.050, de 30

de dezembro de 1999; o Decreto 1.919, de 29 de agosto de 2013, a Lei

Complementar nº 128, de 11 de julho de 2003; e

CONSIDERANDO que a readaptação é o aproveitamento do

servidor em cargo de atribuição e responsabilidade compatíveis com a

limitação que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental, verificada

em inspeção médica;

RESOLVE:

Art. 1º Instituir, no âmbito da Secretaria de Estado de Educação de

Mato Grosso, Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação

- PERPE, com finalidade de acolher e acompanhar o servidor em situação

de readaptação funcional, que tiver por meio de inspeção médica oficial

a confirmação documental de restrição às atividades laborativas (doença

física ou mental) no cargo provido, objetivando o restabelecimento da saúde

e reinserção ocupacional/laboral.

Art. 2º O Comitê Setorial de Saúde e Segurança no Trabalho -CSSST/SEDUC, composto por profissionais: Psicólogo, Assistente Social,

Educador Físico, Pedagogo, Médico, Enfermeiro, Nutricionista, Fisioterapeuta, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Fonoaudiólogo e Psicomotricista, que executará o Plano Estadual de Readaptação do Profissional da

Educação - PERPE.

Art. 3º A equipe multiprofissional do Comitê Setorial de Saúde

e Segurança no Trabalho desenvolverá atividades para a inclusão

sociolaboral, no que tange à proposição da plenitude da capacitação dos

servidores readaptados, utilizando as seguintes intervenções:

I - Laboral;

II - Ergonomia e Ergopsicomotricidade;

III- Socioemocional;

IV- Psicossocial;

V- Bem-Estar;

VI- Ensino em Saúde Vocal;

VII- Vida Saudável;

VIII- Planejamento Pessoal e Profissional;

IX - Desenvolvimento Pessoal e Laboral;

X- Aposentadoria Saudável - PPAS.

§ O Comitê Setorial de Saúde e Segurança no Trabalho -CSSST realizará a avaliação do servidor para ser inserido no Programa de

Readaptação de Função do Estado de Mato Grosso.

§ A equipe multiprofissional do PERPE desenvolverá no período

de 12 (doze) meses, ações, atividades, acompanhamento e monitoramento no âmbito de sua atuação especializada dos perfis de capacidade

técnica para desenvolvimento das habilidades, capacidades e iniciativas do

servidor readaptado.

§ Será preenchido pela Unidade Escolar formulário (ficha) de

acompanhamento individual do servidor readaptado, conforme anexo IV

desta Portaria, que deverá ser encaminhado ao Comitê Setorial de Saúde e

Segurança no Trabalho - CSSST/SEDUC.

§ Ao final do referido período de acompanhamento e monitoramento do servidor readaptado, a equipe multiprofissional/SEDUC emitirá

um atesto de capacidade laborativa.

§ A ação interventiva da equipe multiprofissional/SEDUC será

operacionalizada e aplicada pelo Programa ERA - Educação para Redução

do Absenteísmo e suas 10 ações.

Art. 4º O Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação-PERPE, será executado no âmbito da Secretaria de Estado Educação

de Mato Grosso observando o fluxo abaixo:

I - realizar levantamento/relatório quinzenal para análise de inconsistência ou concomitância de servidores que se encontram em readaptação

de função utilizando sistemas/plataformas da SEDUC/MT;

II - realizar o acolhimento de dados dos servidores em readaptação

de função para acompanhamento, conforme o CID (Classificação Internacional de Doenças), separando-os em grupos, para posterior atendimento

pelo profissional de perfil de competência técnica exigido para o pleito,

emitindo ficha individual do servidor readaptado, discriminando sua

capacidade laborativa;

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - SEPLAG - Imprensa Oficial - IOMAT enfermeiro), efetuará a análise verificando os motivos relacionados à readaptação funcional, as restrições laborativas com ênfase na capacidade laboral do servidor readaptado;

IV- elaborar Plano de Ação que possibilite o acompanhamento, monitoramento e que valorize o servidor readaptado, integrando-o na equipe de trabalho, nas rotinas e fluxos existentes, facilitar a adequação do profissional em nova rotina de trabalho, viabilizar condições para a capacitação e treinamento do profissional nas novas atribuições, acompanhar a integração, adaptação e o desempenho do profissional readaptado;

V - caso necessário, providenciar o encaminhamento e referenciamento do servidor readaptado para tratamento na rede básica de saúde;

VI - monitorar o servidor em seu tratamento de saúde;

VII - emitir relatório mensal contendo os dados e ações interventivas aplicadas para o servidor readaptado;

VIII - realizar o monitoramento/acompanhamento do servidor em readaptação de função pelo período de 12 (doze) meses;

IX - o Comitê Setorial de Saúde e Segurança no Trabalho/SEDUC emitirá Relatório Final (laudo de acompanhamento) e encaminhará à Coordenadoria de Perícia Médica- SEPLAG para validação.

§ O resultado final das atividades desenvolvidas no Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação - PERPE, constará em relatório final que será enviado à Secretaria Adjunta de Gestão de Pessoas para elaboração de dados e indicadores na prevenção, intervenção e recuperação da saúde dos servidores readaptados da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso.

Art. 5º O servidor permanecerá na função de readaptação durante todo o ano letivo, em cumprimento às ações e programas da Política de Saúde e Segurança no Trabalho desenvolvidas pelo Comitê Setorial de Saúde e Segurança no Trabalho - CSSST, instituído pelo artigo 12, II, do Decreto 1.919 de 2013.

Art. 6º Nos anexos I, II, III desta Portaria, consta o rol de atividades/ atribuições específicas que o servidor em readaptação de função poderá desempenhar, com amparo legal na Lei Complementar 50 de outubro de 1.998.

Art. 7º O Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação será monitorado e executado pela Superintendência de Desenvolvimento, Aplicação, Saúde e Segurança - SUDASS.

Art. 8º A participação dos membros do Comitê Setorial no Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação - PERPE, será por meio de remuneração e jornada de trabalho do cargo que ocupam na unidade de lotação e, sem prejuízo das atividades normais do cargo em que ocupa no âmbito do Poder Executivo.

Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário.

Cuiabá-MT, 18 de maio de 2021.

(Original assinado)

ALAN RESENDE PORTO

Secretário de Estado de Educação

ANEXO I

DAS ATRIBUIÇÕES DO SERVIDOR EM READAPTAÇÃO DE FUNÇÃO -CARGO PROFESSOR

1 - Participar da formulação de políticas educacionais nos diversos âmbitos do Sistema Público de Educação Básica;

2 - Elaborar planos, programas e projetos educacionais no âmbito específico de sua atuação;

3 - Participar da elaboração do Plano Político - Pedagógico;

4 - Desenvolver a regência efetiva;

5 - Controlar e avaliar o rendimento escolar dos alunos;

6 - Executar tarefa de recuperação de alunos;

7 - Participar de reunião de trabalho;

8 - Desenvolver pesquisa educacional;

9 - Participar de ações administrativas o das interações educativas com a comunidade.

ANEXO II

DAS ATRIBUIÇÕES DO SERVIDOR EM READAPTAÇÃO DE FUNÇÃO -CARGO TÉCNICO ADMINISTRATIVO EDUCACIONAL/TAE

1 - Administração Escolar, cujas principais atividades são: escrituração, arquivo, protocolo, estatística, atas, transferências escolares, boletins, relatórios relativos ao funcionamento das secretarias escolares; assistência e/ou administração dos serviços de almoxarifado, dos serviços de planejamento e orçamentários, dos serviços financeiros; dos serviços de manutenção e controle da infraestrutura; dos serviços de transporte, dos serviços de manutenção, guarda e controle dos materiais e equipamentos para a prática de esportes nas unidades escolares e outros.

2 - Multimeios Didáticos, cujas principais atividades são: organizar, controlar e operar quaisquer aparelhos eletrônicos tais como: mimeógrafo, videocassete, televisor, projetor de slides, computador, calculadora, fotocopiadora, retroprojetor, bem como outros recursos didáticos de uso especial, atuando ainda, na orientação dos trabalhos de leitura nas bibliotecas escolares, laboratórios e salas de ciências.