Página 665 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-1) de 23 de Julho de 2021

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

a um raio externo de 42,00m, mais 36,60m, 5,05m de fundos onde faz testada para Avenida Vicente de Carvalho, 336,80m à direita em 3 segmentos de 154,00m mais 35,30m mais 147,50m, por onde confronta com os prédios nºs 143, 153, 167, 187, 213, 233, 243 e 255 todos da Rua Antônio Braune, nº 281 da Rua Alice Tibiriça e nº 1159 da Avenida Vicente de Carvalho; 334,60m à esquerda em 3 segmentos de 157,10m mais 30,00m mais 147,50m por onde confronta com os prédios nºs 100, 160,178-F, 194F, 200-F,226,240,2050,260,272 e 280 todos da Rua Engenheiro Lafaiete Stockler e nº 1151 da Avenida Vicente de Carvalho. PROPRIETÁRIA: ROSSI RESIDENCIAL S/A, CNPJ nº 61.065.751/0001-80, com sede em São Paulo-SP. TITULO AQUISITIVO: 65011-A, R-4 e R-3 (8º R.G.I). FORMA DE AQUISIÇÃO: Havido por compra à Globex Administração e Serviços Ltda, conforme escritura de 18/04/2002, lavrada em Notas do 24º Ofício desta cidade (Lº SB-738,002/003), registrada em 13/05/2002. Rio de Janeiro, RJ, 30 de outubro de 2002. AV – 1 – 190104 – MEMORIAL DE INCORPORAÇÃO. A presente matricula foi aberta “ex-officio” face ao registro do Memorial de Incorporação hoje efetuado sob o R-4 da matricula nº 156098. PRAZO DE CARÊNCIA: A incorporadora, utilizando a prerrogativa prevista no art. 34 da Lei 4591-64, fixou em 180 (cento e oitenta dias) o prazo de carência para a efetivação do Memorial de Incorporação antes reportado. Rio de Janeiro, RJ, 30 de outubro de 2002. AV –2 – 190104 –ALTERAÇÃO DE MEMORIAL DE INCORPORAÇÃO. Nos termos do requerimento de 21/05/2003, hoje arquivado, a incorporadora Rossi Residencial S/A, anteriormente qualificada, solicitou a alteração do Memorial de Incorporação do empreendimento “Vila Florença” objeto do ato R-4 156098 a ser construído no terreno objeto desta matricula e, tendo em vista as alterações que sofreu o projeto arquitetônico no que concerne à composição do número de unidade/apartamentos do Bloco 3 – Edifício Alberti, pois deixaram de existir os aptº s de finais 7 e 8, localizados do 1º azo 11º pavimentos, que totalizam 22 (vinte e duas), unidades assim, com as referidas alterações o Bloco 3 do Edifício Alberti passou a conter 66 unidades/apartamentos. Por conseguinte, o aptº 106 objeto da presente passou a ter a fração ideal de 0,003135 do terreno, e o direito a uma vaga de garagem. Prazo de Carencia: O prazo de carência foi renovado por mais 180 (cento e oitenta) dias. Rio de Janeiro, RJ, 07 de julho de 2003. R –3 – 190104 –TITULO: HIPOTECA. FORMA DO TÍTULO: Escritura de 09/06/2004, lavrada em notas do 16º Ofício da Comarca da Capital do Estado de São Paulo/SP (Lº 2784, fls.041/069). VALOR: R$ 4.850.609,47 (quatro milhões oitocentos e cinquenta mil, seiscentos e nove reais e quarenta e sete centavos), sendo que o valor de garantia da unidade objeto da presente é de R$ 93.000,00 (noventa e três mil reais), e o valor mínimo de desligamento é de R$ 31.368,24 (trinta e um mil trezentos e sessenta e oito reais e vinte e quatro centavos). PRAZO: O vencimento da divida ocorrera, em 24/05/2005, período no qual serão pagos os encargos constantes do titulo. JUROS: taxa nominal: 15,00% ao ano e taxa efetiva: 16,08% ao ano, base no índice de atualização monetária: TR – Mora: 1%. FORMA DO TITULO: A devedora se obrigou a resgatar a divida até a data de vencimento em moeda corrente nacional. Para fins do art. 1484 do Código Civil, o imóvel foi avaliado no valor de R$ 14.381.000,00 (quatorze milhões trezentos e oitenta e um mil reais). DEVEDORA: ROSSI RESIDENCIAL S/A, com sede em São Paulo/SP, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 61.065.751/0001-80. CREDORA: BRAZILIAN MORTGAGES COMPANHIA HIPOTECÁRIA, com sede em São Paulo/SP, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 62.237.367/0001-80. Rio de Janeiro, RJ, 29 de junho de 2004. AV –4 – 190104 –CONSTRUÇÃO: Nos termos do requerimento de 10/01/2005, acompanhado da Certidão expedida pela secretaria Municipal de Urbanismo nº 032273 em 29/11/2004, e da CND/INSS nº 701982004-21003030 expedida em 31/12/2004, hoje arquivados, fica averbado pelo Processo 02/355384/2002, foi requerida e concedida licença para construção de prédio residencial multifamiliar afastado das divisas, como área total de 13.051.54m2, com 344 vagas de veículos descobertas, composto de 04 (quatro), Blocos, dentre outros o Bloco I (residencial multifamiliar) com um pavimento de acesso, uso comum, estacionamento coberto e descoberto, onze pavimentos de unidades residenciais mais telhado, no qual figura o Aptº 106 do Bloco I. O prédio tomou o nº 311 da Rua Alice Tbiriça com numeração suplementar nº 1155 pela Avenida Vicente de Carvalho. O Habite-se foi concedido em 29/11/2004. Rio de Janeiro, RJ, 23 de fevereiro de 2005. AV – 5 – 190104 – CANCELAMENTO DA HIPOTECA OBJETO DO ATO R-3 – Nos termos dos requerimentos de 13/10/2005 e 12/09/2005, hoje arquivados, fica averbado que a credora Brazilian Mortgages Companhia Hipotecária, autorizou o cancelamento da referida hipoteca. Rio de Janeiro, RJ, 21 de outubro de 2005. R –6 – 190104 –TITULO: PROMESSA DE VENDA. FORMA DO TÍTULO: Instrumento Particular nº 39651 de 30/09/2004. Hoje arquivado. VALOR: 118.300,00, que será pago mediante condições contratuais . PROMITENTE VENDEDORA: ROSSI RESIDENCIAL S/A, qualificada na matricula. PROMITENTE COMPRADOR: CLAUDIO BERNARDO GOMES MORAES, brasileiro, divorciado, técnico de segurança, CI/IFP nº 08413178-8 de 05/05/1997, CPF nº 044.298.887-79, residente em Duque de Caxias. Rio de Janeiro, RJ, 12 de dezembro de 2005. R –7 – 190104 –TITULO: PROMESSA DE VENDA. FORMA DO TÍTULO: Instrumento Particular nº 30/05/2005, hoje arquivado. VALOR: