Página 3922 da Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I do Diário de Justiça do Estado de São Paulo (DJSP) de 2 de Agosto de 2021

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

Não encontrado (s) o (s) executado (s), havendo bens de sua titularidade, o Oficial de Justiça deverá proceder ao arresto de tantos quanto bastem para garantir a execução, seguindo o processo na forma do art. 830, do Código de Processo Civil. As citações, intimações e penhoras poderão realizar-se no período de férias forenses, ou nos feriados ou dias úteis mesmo antes das 6 e depois das 20 horas, observado o disposto no art. , inciso XI, da Constituição Federal. O (s) executado (s) deverá(ão) ter ciência de que, nos termos do art. 827, § 1º, do Código de Processo Civil, em caso de pagamento integral no prazo declinado, os honorários advocatícios poderão ser reduzidos pela metade. Registre-se, também, a possibilidade de oferecimento de embargos à execução, distribuídos por dependência e instruídos com cópias das peças processuais relevantes, no prazo de 15 (quinze) dias, contados na forma do art. 231, do Código de Processo Civil. Alternativamente, no lugar dos embargos, mediante o depósito de trinta por cento do valor total executado, poderá ser requerido o parcelamento do restante em até 6 (seis) parcelas mensais, acrescidas de correção monetária e de juros de um por cento ao mês. Fica (m) o (s) executado (s) advertido (s) que a rejeição dos embargos, ou, ainda, inadimplemento das parcelas, poderá acarretar na elevação dos honorários advocatícios, multa em favor da parte, além de outras penalidades previstas em lei. O exequente, por sua vez, deverá ter ciência de que, não localizados o (s) executado (s), deverá, na primeira oportunidade, requerer as medidas necessárias para a viabilização da citação, sob pena de não se aplicar o disposto no art. 240, § 1º, do Código de Processo Civil. Tratando-se de pessoa jurídica, deverá, desde logo, providenciar a juntada de certidão de breve relato obtida junto à Junta Comercial ou semelhante, diligenciando, ainda, perante os cadastros processuais do juízo onde a empresa tem sede ou filial. Havendo pedido de pesquisas junto aos sistemas informatizados à disposição do juízo, deverá, também, comprovar o prévio recolhimento das taxas previstas no art. 2º, inc.XI, da Lei Estadual 14.838/12, calculada por cada diligência a ser efetuada. Por fim, registre-se que, independentemente de nova ordem judicial, mediante o recolhimento das respectivas taxas, a parte requerente poderá requerer nos autos, por meio de petição digital, a expedição de certidão, nos termos do art. 828, que servirá também aos fins previstos no art. 782, § 3º, todos do Código de Processo Civil. Expedida a certidão, caberá ao exequente providenciar as averbações e comunicações necessárias, comprovando posteriormente nos autos no prazo de 10 dias, sob pena de nulidade, sem prejuízo de eventual responsabilização. A presente decisão, assinada digitalmente e devidamente instruída, servirá como carta, mandado ou ofício.Cumpra-se na forma e sob as penas da Lei. Int. - ADV: ALESSANDRA MATIAS DA SILVA (OAB 291522/SP)

Processo 1008021-26.2021.8.26.0223 - Procedimento Comum Cível - Interpretação / Revisão de Contrato - Wesley de Abreu Gomes - Vistos. 1. Sendo discutíveis as teses aventadas na exordial e considerando-se o princípio do pacta sunt servanda, ou seja, o cumprimento do contrato livremente pactuado entre as partes, (fls. 34/35), INDEFIRO o pedido de tutela antecipada, ainda mais, porquanto em sede de cognição sumária, depreende-se que a probabilidade do direito quanto à ilegalidade das taxas de juros, emissão de boleto e análise de crédito, bem como e o depósito das parcelas mensais no valor que entende correto se confundem com o próprio mérito, e com ele serão apreciadas após o devido contraditório e instrução, se o caso. Nesse mesmo sentido: AGRAVO DE INSTRUMENTO. Decisão que indefere pedido detutelaantecipada. Pretensão à sua reforma. REVISIONAL DE CONTRATO BANCÁRIO. Pretensão de consignação do valor incontroverso decorrente de indevidacapitalizaçãodejuros. Descabimento, antes do aperfeiçoamento do contraditório. Precedentes vinculantes do STJ. Hipótese em que não estão preenchidos os requisitos do art. 300, do CPC. Decisão mantida. AGRAVO DESPROVIDO. Agravo de Instrumento. AçãoRevisionalde Contrato Bancário com Pedido deTutelaAntecipada e Consignação em Pagamento.Tutelade Urgência. Indeferimento. Inconformismo do autor. Requisitos legais não preenchidos. Súmula 380 do STJ. Probabilidade do direito, perigo de dano ou abusividade de cláusulas não constatados. Prevalência das cláusulas contratuais até a revisão. Depósito judicial que, não obstante facultado, não tem o condão de afastar a mora. Decisão mantida, com observação. Recurso não provido, nos termos da fundamentação. Agravo de instrumento. Açãorevisional. Ausentes os requisitos para concessão do pedidoliminar. Manutenção do r. “decisum”. Recurso não provido. Saliento, por outro lado, que não haverá prejuízo, isso porque, uma vez reconhecido o alegado pagamento indevido, o valor despendido a maior poderá ser abatido do saldo devedor, ensejando recálculo das prestações futuras. Observe-se, ainda, que a propositura de Ação Revisional não autoriza o autor a deixar de honrar o compromisso financeiro assumido com o credor. No mesmo diapasão, INDEFIRO o pedido de gratuidade, porquanto parte autora demanda com advogado constituído (fls. 32) e discute contrato de financiamento cujo valor (entrada R$ 17.200,00 e saldo de R$ 50.300,00 fls. 34), inclusive as prestações assumidas (R$ 1.778,00 fls. 34), indica possuir condições econômicas incompatíveis com a condição de necessitado que trata a Lei nº 1.060/50. Assim, INTIME-SE o polo ativo para providenciar a comprovação do recolhimento das custas judiciais, despesas processuais, taxa previdenciária relativa à procuração ad judicia, no prazo de 10 (dez) dias, sob pena de extinção do processo, por falta de pressuposto processual, bem como para emendar a exordial nos exatos termos acima, sob pena de indeferimento da inicial, sem nova intimação. Int. - ADV: ALESSANDRO NUNES BORTOLOMASI (OAB 185846/SP)

Processo 1008034-25.2021.8.26.0223 - Execução de Título Extrajudicial - Despesas Condominiais - Condomínio Edificio Maria Luiza - Vistos, Inclua-se o nome da parte executada no cadastro de inadimplentes, via SERASAJUD (custas de pesquisa recolhidas às fls. 15/16), bem como expeça-se certidão para fins do art. 828, CPC, cabendo ao exequente providenciar as averbações e comunicações necessárias, comprovando posteriormente nos autos no prazo de 10 dias, sob pena de nulidade, sem prejuízo de eventual responsabilização. No mais, cite (m)-se o (s) executado (s) para pagar a dívida, custas e despesas processuais, além de honorários advocatícios, fixados no patamar de dez por cento, no prazo de 3 (três) dias, a contar da citação. Caso o (s) executado (s) possua (m) cadastro na forma do art. 246, § 1º, e art. 1.051, do Código de Processo Civil, a citação deverá ser feita de maneira preferencialmente eletrônica. Do mandado ou carta de citação deverá constar, também, a ordem de penhora e avaliação a ser cumprida pelo Oficial de Justiça tão logo verificado o não pagamento no prazo assinalado, de tudo lavrando-se auto, com intimação do executado. Não encontrado (s) o (s) executado (s), havendo bens de sua titularidade, o Oficial de Justiça deverá proceder ao arresto de tantos quanto bastem para garantir a execução, seguindo o processo na forma do art. 830, do Código de Processo Civil. As citações, intimações e penhoras poderão realizar-se no período de férias forenses, ou nos feriados ou dias úteis mesmo antes das 6 e depois das 20 horas, observado o disposto no art. , inciso XI, da Constituição Federal. O (s) executado (s) deverá(ão) ter ciência de que, nos termos do art. 827, § 1º, do Código de Processo Civil, em caso de pagamento integral no prazo declinado, os honorários advocatícios poderão ser reduzidos pela metade. Registre-se, também, a possibilidade de oferecimento de embargos à execução, distribuídos por dependência e instruídos com cópias das peças processuais relevantes, no prazo de 15 (quinze) dias, contados na forma do art. 231, do Código de Processo Civil. Alternativamente, no lugar dos embargos, mediante o depósito de trinta por cento do valor total executado, poderá ser requerido o parcelamento do restante em até 6 (seis) parcelas mensais, acrescidas de correção monetária e de juros de um por cento ao mês. Fica (m) o (s) executado (s) advertido (s) que a rejeição dos embargos, ou, ainda, inadimplemento das parcelas, poderá acarretar na elevação dos honorários advocatícios, multa em favor da parte, além de outras penalidades previstas em lei. O exequente, por sua vez, deverá ter ciência de que, não localizados o (s) executado (s), deverá, na primeira oportunidade, requerer as medidas necessárias para a viabilização da citação, sob pena de não se aplicar o disposto no art. 240, § 1º, do Código de Processo Civil. Tratando-se de pessoa jurídica, deverá, desde logo, providenciar a juntada de certidão de breve relato