Página 2651 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-3) de 22 de Junho de 2022

LTDA, relatou que, na operação criogenia, o Autor recebia R$51,00 por diária e, na operação tanque, recebia o que estava nas convenções coletivaS (que na criogenia o valor era maior). Afirmou que na criogenia havia o recebimento de pernoite, sendo que os motoristas sempre dormiam em hotéis. Esclareceu que não havia o pagamento de pernoite na operação tanque. Afirmou que quando o Autor foi transferido para a operação tanque passou a receber ajuda de custo para compensar as diferenças de remuneração de quando laborava na operação criogenia. Por fim, esclareceu que a diária é paga por dia disponível na empresa e não por viagens.

A testemunha Roberto Luiz Alves de Souza, ouvida a rogo do Reclamante, afirmou que recebia diárias no valor mensal de R$ 1.100,00, em depósito em conta, no início do mês. Que a diária na operação criogenia e na operação tanque eram praticamente do mesmo valor.

A testemunha Altair de Assis Coradi relatou que recebia R$51,00 de diária, sendo que tal valor era insuficiente para despesas com alimentação, que recebiam junto com o salário, com depósito em conta.

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar