Página 10649 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-3) de 13 de Junho de 2023

Examino.

O reclamante sustenta que foi despedido de forma discriminatória, em razão de seu posicionamento político e ideológico.

Como prova de sua alegação, o autor juntou trecho de uma reunião de professores, ocorrida no início do ano letivo de 2023, em que o professor “Takão”, sócio da reclamada, teria afirmado que não iria tolerar na escola ideologia de gênero, linguagem neutra, ateísmo e doutrinação marxista.

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar