Página 2386 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT-7) de 22 de Fevereiro de 2024

unidades, com realização de trabalho remoto, sem prejuízo quanto à remuneração; 3) Realizar o exame para o Covid-19 para todos que laboram nas referidas unidades, ficando afastados até o resultado dos exames e, eventualmente, os que testarem positivo para o Covid-19, a extração do CAT para encaminhamento de tratamento médico, com afastamento de acordo com orientação médica; 4) Evitando a multiplicidade de Ações Civis Públicas, a ocorrência de situação idêntica em outra unidade e/ou setor, que os Correios suspendam a prestação dos serviços até a desinfecção da unidade e/ou setor, além de afastar os obreiros, possibilitando o trabalho remoto, preservando integralmente os salários, com a testagem de todos os obreiros para o Covid-19, afastando, desde logo, os enfermos.

Pleiteou, também, tutela de urgência, para imediato cumprimento das medidas acima requeridas.

Por sua vez, a parte ré apresentou defesa afirmando que adotou todas as medidas sanitárias indicadas na tutela de urgência deferida para proteção dos trabalhadores contra contaminação por Covid, requerendo a improcedência da ação.

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar