Página 11261 da SUPLEMENTO_SECAO_III_B do Diário de Justiça do Estado de Goiás (DJGO) de 19 de Março de 2024

Portanto, REJEITO a preliminar de ilegitimidade passiva.

A empresa requerida, Bruno Leonardo Rodrigues De Oliveira Filho (FRIO EXTREMO), manifestou-se em ev. 20, sustentando o engano da ação com relação a ele, visto que jamais realizou a venda de equipamentos em nenhuma plataforma de internet, pugnando pelo reconhecimento da ilegitimidade passiva .

Em detida análise aos documentos colacionados nos autos, verifico que embora a parte autora afirme que o requerido é o vendedor responsável pela venda dos produtos objeto da lide, deixou de apresentar documentos relacionados a ele, como a nota fiscal do produto com a indicação do CNPJ ou outro documento com os dados do vendedor.

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar