Página 16132 da SUPLEMENTO_SECAO_III_A do Diário de Justiça do Estado de Goiás (DJGO) de 19 de Abril de 2024

trabalho adicional realizado pelo causídico na instância revisora. RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL CONHECIDO E DESPROVIDO. (TJ-GO 020XXXX-14.2016.8.09.0011, Relator: SANDRA REGINA TEODORO REIS, Aparecida de Goiânia -4ª Vara Cível, Data de Publicação: 31/01/2018) (Sem grifos no original)

No que tange à corretagem, conforme disposto nos artigos 722 e 725 do Código Civil ( CC), esta é devida ao corretor, como forma de remuneração, por ter alcançado o resultado previsto entre as partes, no caso, a venda do imóvel rural descrito na inicial.

Art. 722. Pelo contrato de corretagem, uma pessoa, não ligada a outra em virtude de mandato, de prestação de serviços ou por qualquer relação de dependência, obriga-se a obter para a segunda um ou mais negócios, conforme as instruções recebidas.

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar